Como instalar o SQL Server 2008 do prompt de comando – Parte I

A instalação de uma nova instância do SQL Server no prompt de comando permite especificar os recursos a serem instalados e como eles devem ser configurados. Você também pode especificar interação silenciosa, básica ou completa com a interface do usuário de Instalação.
 
Quando você instala pelo prompt de comando, o SQL Server dá suporte ao modo silencioso completo usando o parâmetro /Q ou o modo Silencioso Simples usando o parâmetro /QS. A opção /QS mostra apenas o progresso, mas não aceita nenhuma entrada e não exibe nenhuma mensagem de erro, se encontrado. O parâmetro /QS só é suportado quando /Action=install é especificado.
 

A instalação de prompt de comando é suportada nos seguintes cenários:

  • Instalação, atualização ou remoção de uma instância e de componentes compartilhados do SQL Server 2008 em um computador local usando sintaxe e parâmetros especificados no prompt de comando.
  • Instalando, atualizando ou removendo uma instância de cluster de failover.
  • Atualizando de uma edição do SQL Server 2008 para outra edição do SQL Server 2008.
  • Instalando uma instância do SQL Server 2008 em um computador local usando sintaxe e parâmetros especificados em um arquivo de configuração. É possível usar esse método para copiar uma configuração de instalação em vários computadores ou para instalar vários nós de uma instalação de cluster de failover.

Ao instalar o SQL Server no prompt de comando, especifique parâmetros de Instalação para sua instalação no prompt de comando como parte da sintaxe de instalação.

Para instalações locais, você deve executar a Instalação como um administrador. Se você instalar o SQL Server de um compartilhamento remoto, deverá usar uma conta de domínio que tenha permissões de leitura e execução no compartilhamento remoto. Para instalações de cluster de failover, você deve ter privilégios de administrador local com permissões para fazer logon como um serviço e atuar como parte do sistema operacional em todos os nós do cluster de failover.

 

Uso apropriado dos parâmetros de instalação

Use as diretrizes a seguir para desenvolver comandos de instalação com a sintaxe correta:

  • /PARAMETER
  • /PARAMETER=true/false
  • /PARAMETER=1/0 para tipos booleanos
  • /PARAMETER="valor" para parâmetros de valor único. O uso de aspas duplas é recomendado, mas exigido se o valor contiver um espaço.
    Observação:
    /PID, o valor deste parâmetro deve ser incluído entre aspas duplas

  • /PARAMETER="value1" "value2" "value3" para todos os parâmetros de vários valores. O uso de aspas duplas é recomendado, mas exigido se o valor contiver um espaço.

Exceções:

  • /FEATURES, que é um parâmetro de vários valores, mas seu formato é /FEATURES=AS,RS,IS sem nenhum espaço, delimitado por vírgulas

Observe o uso de caracteres de escape:

  • /INSTANCEDIR=c:PathName é suportado.
  • /INSTANCEDIR=c:PathName é suportado
  • /INSTANCEDIR="c:PathName\" é suportado.
  • /INSTANCEDIR="c:PathName" não é suportado.

Continuaremos…

Anúncios

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

3 comentários em “Como instalar o SQL Server 2008 do prompt de comando – Parte I”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s