Tecnologia pessoalPSN terá conteúdo gratuito após invasão

A Sony conquistou alguns jogadores depois que começou a oferecer acesso gratuito a conteúdo premium da PlayStation Network como forma de compensar o vazamento de detalhes pessoais de 78 milhões de contas de usuários.

Anúncios

A Sony conquistou alguns jogadores depois que começou a oferecer acesso gratuito a conteúdo premium da PlayStation Network como forma de compensar o vazamento de detalhes pessoais de 78 milhões de contas de usuários.

Muitos usuários do PlayStation em todo o mundo ficaram zangados e frustrados com a demora da Sony em alertá-los sobre uma das maiores violações de segurança na história da Internet. Um primeiro aviso da empresa só surgiu uma semana depois que a Sony detectou um problema na rede, em 19 de abril.

No domingo, a empresa pediu desculpas e disse que reativará a PlayStation Network gradativamente, com segurança ampliada, e que oferecerá alguns conteúdos gratuitos aos usuários.

“O estrago está feito para a Sony não importa em que escala a empresa venha distribuir conteúdo a essa altura. A companhia terá que realizar um esforço prolongado para reconquistar a confiança dos clientes”, disse Jay Defibaugh, diretor de pesquisa de ações da MF Global, em Tóquio.

“Qualquer coisa que solape a disposição dos consumidores de fornecer detalhes de cartão de crédito à Sony representa um problema para sua estratégia de redes”, disse.

A Sony anunciou no domingo que oferecerá conteúdos gratuitos, o que inclui 30 dias de acesso grátis a um serviço premium, para os usuários existentes, e que em certas regiões pagará os custos de renovação de cartões de crédito. Essa compensação só será paga caso o usuário tenha sofrido danos com a invasão da PSN, informou a empresa sem acrescentar detalhes.

A notícia causou milhares de comentários no blog do PlayStation e na página da empresa no Facebook, muitos dos quais positivos.

“É bom descobrir que a Sony respeita e se preocupa tanto com seus clientes”, afirmou um usuário identificado como “Ragabunny”. “Honestamente, jamais duvidei da Sony quanto a isso. Como proprietário do PlayStation desde o primeiro
console, sempre soube que eles são bons em reconhecer problemas em sua infraestrutura e no mundo dos jogos.”

Outros manifestaram insatisfação. “O ponto é que vocês pegaram nosso dinheiro e não protegeram nossos dados pessoais e de cartão de crédito. Nem sei como vocês poderiam compensar isso”, afirmou um usuário do site identificado como “rawstory”.

Alguns usuários comentaram ainda que vão ter interesse em registrar dados de cartão de crédito na rede no futuro.

“Apesar de eu nunca mais colocar informações do meu cartão em suas mãos de novo, se eu vier a comprar qualquer coisa da PSN vai ser via cartões pré-pagos”, disse o usuário “leukoplast”.

O Goldman Sachs estimou que o impacto total no resultado da empresa deve ficar abaixo dos 50 bilhões de ienes (615,5 milhões de dólares). Muitos usuários abrem múltiplas contas e o número total de cartões de crédito válidos registrados na rede é de 10 milhões.

Fonte e Direitos Autorais: Reuters, Segunda-feira, 02 de maio de 2011 – 11h45.

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s