G8 da web pede cautela ao regular a internet

A cúpula tecnológica do G8 (grupo que agrega os países europeus e os principais emergentes), que reuniu durante dois dias algumas das principais personalidades do mundo da internet, se encerrou nesta quarta-feira, 25, com um pedido geral aos governos para que sejam “muito prudentes” na regulação de seu uso.

Anúncios

A cúpula tecnológica do G8 (grupo que agrega os países europeus e os principais emergentes), que reuniu durante dois dias algumas das principais personalidades do mundo da internet, se encerrou nesta quarta-feira, 25, com um pedido geral aos governos para que sejam “muito prudentes” na regulação de seu uso.

O presidente-executivo do Google, Eric Schmidt, defendeu a autorregulamentação da internet por parte das empresas. FOTO: Bob Edme/AP

Tal gesto foi a resposta ao desafio lançado pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, anfitrião do encontro que pediu que os participantes do fórum concretizassem o papel que os Estados devem ter na revolução digital da rede.

Oito dos “gurus” da web vão expor na quinta-feira aos oito líderes dos países mais industrializados as conclusões de dois dias de intensos debates que contaram com a presença, entre outros, dos responsáveis de Facebook, Google, Wikipedia e eBay.

Sarkozy tinha advertido na abertura do encontro que o desafio surgido com a internet não pode ficar às custas da vigilância dos governos, “os únicos representantes legítimos da vontade geral”.

Ao mesmo tempo, alertou dos perigos existentes para a proteção da infância, dos direitos autorais, e do uso para fins violentos que comporta um mal uso da rede.

Na França, uma lei aprovada no ano passado estabeleceu punições severas para pessoas que fazem downloads de arquivos ilegais, com advertências, multas e até o corte da conexão. A lei ganhou o apelido de Hadopi, nome do órgão criado para monitorar os casos downloads ilegais junto dos provedores de internet.

Resposta. Mas, na mesa-redonda que encerrou o encontro, a maioria dos participantes mostrou ressalvas ao intervencionismo estatal para regular o uso da internet e, por sua vez, pediu aos governos que facilitem um acesso universal à banda larga.

“A internet potencia o crescimento econômico e a criação de emprego”, lembraram os participantes, que pediram aos líderes mundiais que não “rompam” essa dinâmica com novas limitações legais que ponham em perigo o “espírito empreendedor” da rede.

No entanto, os participantes defenderam o papel controlador dos poderes políticos na regulação da segurança e da privacidade na rede, naqueles casos quando o setor público não garante sozinho um equilíbrio satisfatório.

O fato de que o acesso à rede permaneça nas mãos de “poucos guardiões” foi outro dos aspectos que alguns participantes assinalaram a regulação governamental como positiva para favorecer a concorrência.

Mas o encontro concluiu que a internet deve ser um espaço de liberdade, e a melhor prova disso é o sucesso da rede social Facebook, à qual Sarkozy reconheceu um papel preponderante no desenvolvimento das revoltas no Egito e Tunísia, tal importância que foi minimizada pelo fundador do site, Mark Zuckerberg, que considerou que o Facebook não foi “nem necessário nem suficiente” no início das revoltas árabes.

“Se não tivesse sido pelo Facebook, teria sido com a ajuda de outra coisa”, afirmou o multimilionário, estrela da segunda sessão do encontro.

Vestido com calça jeans, Zuckerberg assegurou que o desejo de compartilhar experiências explica o sucesso da rede social, e que essa necessidade “chegou para ficar”.

“Estamos mais próximos do início desta tendência que do final”, concluiu Zuckerberg.

/ EFE

Fonte e Direitos Autorais: Estadao.com – Link – 25 de maio de 2011| 18h44| Por Agências

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s