Petrobras e Intel fazem parceria tecnológica

A Petrobras, sua subsidiária Petrobras Distribuidora (BR) e a Intel Semicondutores do Brasil assinaram memorando de entendimentos para futura cooperação tecnológica, segundo informou hoje a estatal, por meio de nota.

O objetivo deste acordo, de acordo com a Petrobras, é identificar oportunidades de cooperação entre as empresas no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a indústria de petróleo, gás e energia.


Documento é válido por 12 meses, período no qual Petrobras, BR e Intel realizarão discussões técnicas para a realização de projetos
 

A Petrobras, sua subsidiária Petrobras Distribuidora (BR) e a Intel Semicondutores do Brasil assinaram memorando de entendimentos para futura cooperação tecnológica, segundo informou hoje a estatal, por meio de nota.

O objetivo deste acordo, de acordo com a Petrobras, é identificar oportunidades de cooperação entre as empresas no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a indústria de petróleo, gás e energia.

O acordo foi assinado no Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras (Cenpes), no Rio de Janeiro. De acordo com a estatal, destacam-se no memorando três possíveis frentes de trabalho: o desenvolvimento de soluções de computação de alta performance voltados para o processamento sísmico; a definição de linhas de pesquisa envolvendo semicondutores e plataformas de computação e comunicação aplicadas à exploração e produção de petróleo e gás; e o projeto Posto do Futuro, que visa a disponibilizar aos clientes de postos Petrobras serviços baseados em tecnologia da informação e comunicação.

O documento é válido por 12 meses, período no qual Petrobras, BR e Intel realizarão discussões técnicas, identificarão oportunidades e poderão estabelecer projetos com atuação conjunta, informa a nota.

Fonte e Direitos Autorais: Agência Estado, Segunda-feira, 30 de maio de 2011 – 15h10.

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP – Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação pela Uninove – Campus São Roque. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1994 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator – Administrador de Banco de Dados – SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, entre outros recursos. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping, etc. Trabalhei entre 2011 e 2017 como Administrador de Banco de Dados e Coordenador de TI no FIT – Instituto de Tecnologia da Flextronics, atualmente exerço a função de Professor Universitário na FATEC São Roque. CTO da Galvão Tecnologia, consultoria especializada em Gestão de TI, Administração de Servidores Windows Server, Bancos de Dados Microsoft SQL Server e Virtualização. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP e reconhecimentos: MCC, MSTC e MIE.