Abin também vai investigar crackers

Além da Polícia Federal, o governo autorizou a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) a entrar nas investigações contra os crackers que atacaram os serviços online do Estado.

De acordo com o blog de Josias de Souza, a presidente Dilma se declarou “surpresa” com a vulnerabilidade dos sites dos órgãos públicos.

Anúncios
Presidente Dilma quer saber qual foi o tamanho do estrago provocado pelas invasões

Além da Polícia Federal, o governo autorizou a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) a entrar nas investigações contra os crackers que atacaram os serviços online do Estado.

De acordo com o blog de Josias de Souza, a presidente Dilma se declarou “surpresa” com a vulnerabilidade dos sites dos órgãos públicos.

Leia tudo o que já foi publicado sobre a onda de ataques

A presidente quer saber também qual foi o tamanho do estrago provocado pelos crackers. De acordo com um especialista, pode ter ocorrido roubo de dados.

A Abin é um órgão subordinado ao GSI (Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República).

Ainda ontem, a Polícia Federal iniciou as investigações para tentar identificar a origem e os autores dos ataques, que começaram na quarta-feira contra o site da Presidência, contra o Brasil.gov e contra a página da Receita Federal.

Além deles, o site Ministério da Cultura, da Infraero, da Petrobras, do Ministério do Esporte e do IBGE também foram vítimas dos ataques.

Fontes e Direitos Autorais: Vinicius Aguiari, de INFO Online – Sábado, 25 de junho de 2011 – 09h50.

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s