Governo vai pedir ajuda de hackers

Segundo o Ministro Mercadante (foto), o governo vai procurar a comunidade de hackers para pedir ajuda na construção do projeto Aquarius.

//

São Paulo – O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, anunciou hoje que o governo vai procurar a comunidade de hackers para pedir ajuda na construção do projeto Aquarius, que se destina a promover segurança cibernética de dados no Brasil.

De acordo com Mercadante, há mais de 21 bilhões de operações financeiras que transitam na rede no País. O tráfego aéreo também necessita de segurança constante. Em vez de criminalizar os hackers, o governo tentará um acordo para que colaborem na construção desse projeto, que será desenvolvido no Centro de Defesa Cibernética do Comando do Exército.

“Não podemos confundir hackers éticos com os crackers, que são piratas destruidores que atuam na rede. Os hackers, ao contrário são colaboradores do País. O que eles querem é mais transparência e mais eficiência do governo, e isso nós também queremos. Eles são jovens talentosos, não podemos criminalizá-los”, disse o ministro.

“O que eles querem é mais transparência na administração pública e novos instrumentos para a cidadania.” Mercadante informou que haverá nos próximos dias um encontro entre representantes do governo e mais de 300 hackers das comunidades de softwares livres que atuam no País.

O ministro participou hoje de reunião com a delegação argentina que acompanha a presidente Cristina Kirchner na visita ao Brasil.

Ele informou que um dos assuntos tratados é a construção de um reator multipropósito destinado à pesquisa e à produção de radiofármacos – insumos usados no tratamento de câncer e outras aplicações na medicina. Os argentinos são mais avançados nesse campo e vão ajudar o Brasil a construir esse reator no complexo de Aramar, em Iperó (SP).

Fontes e Direitos Autorais: Agência Estado • Sexta-feira, 29 de julho de 2011 – 14h44.

Anúncios

Sobre Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulações e Reconhecimentos: Microsoft MVP, MCC, MSTC e MIE.
Esse post foi publicado em Notícias, Segurança e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s