8 profissões subestimadas no Brasil

São Paulo – Tradicionalmente, medicina e direito são exemplos de profissões que só de você anunciar o nome, todo mundo já tem uma ficha completa do plano de carreira e estimativa de remuneração na ponta da língua.

Outras, nem tanto. As profissões a seguir tem uma coisa em comum: todas têm o mercado de trabalho em expansão.

Confira galeria com as profissões que, apesar de não serem as mais concorridas dos vestibulares por aí, oferecem ótimas perspectivas de carreira:

 

Gerontologia

 

De acordo com o Censo 2010 divulgado pelo IBGE, o Brasil tem mais idosos do que crianças de até quatro anos. O aumento da expectativa de vida e a conscientização da população quanto os cuidados com a saúde são fatores que justificam a previsão do aumento do número de idosos no país.

O profissional com bacharelado em Gerontologia é capacitado para lidar com idoso em seus aspectos psicológico, físico e social. O curso tem duração de quatro anos e o mercado de trabalho vai de hospitais, ambulatórios, unidades básicas de saúde a preparar cuidadores de idosos.

No vestibular de 2011 para o curso da Universidade de São Paulo, apenas 206 estudantes se candidataram a uma das 60 vagas oferecidas pela universidade. Com uma relação candidato/vaga de 3,43.

 

De acordo com a Associação Brasileira de Gerontologia o salário inicial é de 2.9 mil reais – com perspectivas de expansão.

 

Estatística

 

O mercado de trabalho para estatísticos é amplo e só tende a crescer. O profissional além de atuar em bancos e instituições financeiras como analista de crédito, pode trabalhar em indústrias, no setor de contabilidade. Há espaço na carreira pública também.

 

Interpretação de dados numéricos é essencial para a criação de banco de dados ou tabelas para sistematizar resultados de pesquisas.

 

A última relação candidato/vaga da FUVEST em 2010 foi de 4.9.

 

De acordo com o Conselho Regional de Estatística 3ª Região – SP-PR-MT-MS o salário inicial, em São Paulo, varia de 2,5 mil a 4 mil reais. Em um cargo gerencial, a remuneração fica entre 5 mil a 12 mil reais. A relação candidato/vaga da FUVEST no ano passado foi de apenas 4.9.

 

Ciências Contábeis

 

A facilidade com os números, uma característica essencial, nem sempre levam as pessoas a escolherem o curso de ciências contábeis. Pesquisa global divulgada pela Robert Half no primeiro semestre deste ano mostra que 54% dos executivos brasileiros pretendem aumentar as suas equipes e contratar profissionais da área de Finanças e Contabilidade.

 

O crescimento e a expansão das empresas brasileiras comprova o bom momento no mercado de trabalho. Além da auditoria e das perícias contábeis, o profissional pode ajudar a traçar planos de investimento da empresa.

 

A remuneração inicial de um analista contábil de uma empresa de pequeno a médio porte, de acordo com a tabela de salários, é de 1.5 a 3 mil reais.

A geologia é erroneamente associada ao profissional que lida somente com rochas. Na verdade, o profissional tem a oportunidade de atuar no ramo de engenharia geológica, geofísica, geologia ambiental, geologia forense, geologia do petróleo, hidrogeologia e mineralogia.

 

De acordo com o Sindicato dos Geólogos no Estado de São Paulo o piso salarial de um geólogo é de 3.270 mil reais. Com dois anos de formado, o valor do piso sobe para 4.760 mil reais.

 

As oportunidades não param por aí, os concursos também oferecem um salário atraente para esse profissional.

 

Informática Biomédica

 

Além de criar softwares para aperfeiçoar o trabalho em clínicas médicas, hospitais e centros de pesquisa, o profissional com bacharel em Informática Biomédica pode trabalhar com banco de dados e criação de equipamentos para melhoria do atendimento, por exemplo.

 

É uma área que engloba a Ciência da Computação, as Ciências Biológicas e as Ciências da Saúde e com o aumento da necessidade de rapidez nos prontuários médicos, o profissional pode até abrir uma empresa própria para criar seus próprios softwares médicos.

 

A relação candidato/vaga da FUVEST de 2011 para o curso é de 4,7.

 

Gestão Ambiental

 

Com a crescente preocupação com a preservação dos recursos naturais do planeta e da biodiversidade, o profissional que se forma em bacharel ou técnico em Gestão Ambiental tem um amplo mercado à sua frente.

 

Desde definir a política ambiental de uma empresa, que para trabalhar com exportação precisa ter a certificação ISSO 14.000 – documento que comprova o cumprimento de normas de gestão ambiental a trabalhar no planejamento de recuperação de áreas devastadas.

 

O profissional é preparado para elaborar e gerenciar projetos ambientais no setor privado, entidades públicas e até escolas. É indiscutível que o mercado só tende a crescer. No ano passado, a relação candidato/vaga para o vestibular da USP foi de 5.98.

De acordo com o Ministério do Turismo, em 2010, 5,1 milhões de turistas estrangeiros vieram ao Brasil. Para 2011 a previsão é de que até dezembro chegue a 5,4 milhões, recorde histórico. A Copa do Mundo e as Olímpiadas no Brasil prometem aquecer ainda mais, o já aquecido mercado de trabalho para o profissional do turismo.

 

O turismólogo não cuida somente do planejamento de viagens. Seja bacharel ou tecnólogo, o turismólogo pode atuar em cargos de gerência e coordenação em hotéis. Além de trabalhar na área de marketing, ecoturismo, planejamento e turismo de negócios.

 

A profissão ainda não é regulamentada, por isso, de acordo com a Associação Brasileira de Bacharéis em Turismo, o salário é regido de acordo com a ocupação. Os turismólogos que atuam como consultores são remunerados por hora, que varia de 70 a 120 reais a hora.

 

Fonoaudiologia

 

É uma daquelas profissões que transformam a vida das pessoas. Já pensou como seria se você não soubesse mastigar ou falar? Fora dos consultórios, o profissional é indispensável no ambiente hospitalar, auxiliando pacientes após uma cirurgia na cabeça ou pescoço, por exemplo, a se comunicarem e a retomarem com a função de deglutição.

 

Atua em parceria com fisioterapeutas, otorrinolaringologistas, neurologistas e psicólogos. Cuida também de questões como vícios de mastigação e pode orientar locutores, atores a melhorarem na pronúncia das palavras. O piso salarial de acordo com o Sindicato dos Fonoaudiólogos do Rio de Janeiro é de 1.630,99 mil reais.

Fontes e Direitos Autorais: Por Camila Lam, de EXAME.com • Sexta-feira, 11 de novembro de 2011 – 09h04.

Anúncios

Sobre Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulações e Reconhecimentos: Microsoft MVP, MCC, MSTC e MIE.
Esse post foi publicado em Carreira, Diversos, Notícias e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s