Resultado – Enquente – Qual certificação Microsoft você possui?


Pessoal, boa noite.

Tudo bem? Pois bem, como de costume após o encerramento de mais uma enquete, eu volto para compartilhar com você o resultado, sendo assim, veja abaixo o resultado final de mais esta enquete:

Mais uma vez quero agradecer sua participação neste enquente, nos encontramos em breve.

Até mais.

Anúncios

Transformando um Conjunto de Números Inteiros separados por Vírgulas em Linhas no SQL Server

Dica – Transformando um Conjunto de Números Inteiros separados por Vírgulas em Linhas no SQL Server.


Pessoal, boa tarde.

Tudo bem? Aproveitando a aproximação do Natal, quero desejar a todos os meus amigos, visitantes, seguidores, enfim á todos que por algum motivo consumam visitar o meu Blog.

UM FELIZ 2012, com muito Amor, Esperança, Paz e principalmente Harmonia.

_______________________________________________________________________

Bom como todos devem estar em clima de festa, não vou ser muito chato e querer compartilhar com vocês algo que possa consumir muito do seu tempo preciso, sendo assim, escolhi um tema bastante prático e que normalmente é muito procurado e questionado nos Fóruns MSDN e TechNet.

Estou me referindo à possibilidade de Separar, Dividir, Desagrupar ou simplesmente Fatiar um conjunto de Números Inteiros separados por Vírgulas no SQL Server. Este conjunto de números pode ser reconhecido ou definido como um Array Simples, Uma coleção de números, enfim, podemos empregar diversas terminologias, que todas poderão ser bem compreendidas para esta situação.


Vamos lá!

Uma das maiores dificuldades para qualquer Programador, Desenvolver, Analista e até mesmo DBA esta relacionada à forma de tratamento de todo e qualquer dado que se pretende armazenar em uma estrutura de dados do tipo tabela, ou até mesmo a manipulação deste dado.

Quando trabalhamos como uma série de valores numéricos temos diversas possibilidades de utilização de recursos específicos para estes valores, como por exemplo:

  • Realização de Cálculos;
  • Utilização de Mecanismos de Pesquisa e Ordenação de Valores;
  • Métodos para organização e diferenciação de dados; entre outros.

Até ai tudo bem, trabalhar diretamente com valores inteiros, números, fórmulas é algo que já realizamos há muito tempo. Agora se por acaso em um dos nossos Aplicativos, Sistemas ou até mesmo Algoritmos nos deparamos com um conjunto de 5, 10, 20, 100, 500 números armazenados em uma estrutura de dados de forma seqüência ou não, mas todos os números separados por vírgula. Então o que fazer ou como fazer para trabalhar de forma individual este conjunto?

É justamente esta pergunta que eu pretender responder para você. Como podemos manipular um conjunto de números inteiros, contidas nesta estrutura, reconhecendo cada número de forma individual e posteriormente separando este conjunto em valores independentes.

Para tentar responder este questionamento, bem como, demonstrar as possibilidades, vou começar a explicar cada uma das partes do Código 1, apresentado abaixo:

— Código 1 —

Declare @Resultado Table (Numero Int)

Declare @ListaValores VarChar(50), @PosicaoAtual Int            

Set @ListaValores=’25,3545,45,6015,2569,14535,2544,4878,15′

While CharIndex(‘,’,@ListaValores,0) <> 0

 Begin

  Set @PosicaoAtual = SubString(@ListaValores,1,CharIndex(‘,’,@ListaValores,0)-1)

  Set @ListaValores = SubString(@ListaValores,CharIndex(‘,’,@ListaValores,0)+1,Len(@ListaValores))

  If Len(@PosicaoAtual) > 0

    Insert Into @Resultado Values (Convert(Int, @PosicaoAtual))   

 End

  If Len(@ListaValores) > 0

    Insert Into @Resultado Values (Convert(Int,@ListaValores))

Select * from @Resultado

Começamos a análise e entendimento do Código 1, com base nas linhas 1,2 e 3 definida como Código 1 – Parte 1, apresentada a seguir:

— Código 1 – Parte 1 —

1. Declare @Resultado Table (Numero Int)

2. Declare @ListaValores VarChar(50), @PosicaoAtual Int            

3. Set @ListaValores=’25,3545,45,6015,2569,14535,2544,4878,15′

Na linha de número 1, estou fazendo a declaração de uma estrutura de armazenamento de valores, sendo esta estrutura denominada @Resultado, o que representa uma variável do Tipo Tabela, existente somente durante a execução completa do Código 1.

A linha de número 2, estou declarando duas variáveis denominadas:

  • @ListaValores: Utilizada como Array ou Container para armazenamento do conjunto de valores numéricos; e
  • @PosicaoAtual: Utilizada para armazenar durante a execução do Código 1, o primeiro valor existente dentro do Array.

Para a linha de número 3, estou atribuindo para a variável @ListaValores este conjunto de números: ‘25,3545,45,6015,2569,14535,2544,4878,15’. Observe que todos os valores estão sendo separados por vírgulas.

Agora que já conhecemos a Parte 1 do nosso Código 1, vou destacar a Parte 2 que representa as seguintes linhas:

— Codigo 1 – Parte 2 —

4. While CharIndex(‘,’,@ListaValores,0) <> 0

5. Begin

6.  Set @PosicaoAtual = SubString(@ListaValores,1,CharIndex(‘,’,@ListaValores,0)-1)

7.  Set @ListaValores = SubString(@ListaValores,CharIndex(‘,’,@ListaValores,0)+1,Len(@ListaValores))

8.  If Len(@PosicaoAtual) > 0

9.   Insert Into @Resultado Values (Convert(Int, @PosicaoAtual))   

10. End

A linha de número 4, apresenta o comando While utilizado para criar e manter a estrutura de repetição enquanto a condição CharIndex(‘,’,@ListaValores,0) for diferente de Zero.

As linhas de número 5 e 10, são de conhecimento de todos, responsáveis em iniciar e encerrar o bloco de código do comando While.

Um dos segredos do Código 1, encontra-se nas linhas de número 6 e 7, onde estamos fazendo as seguintes operações:

  • Na linha 6: É realizado um tratamento para obter o primeiro valor númerico dentro deste conjunto, através da função Substring() dividida em 3 parâmetros:
    • Parâmetro 1 – Informamos a String que contem os valores que queremos obter uma determinada posição, neste caso, utilizamos a variável @ListaValores;
    • Parâmetro 2 – Neste parâmetro devemos informar a posição e número Inteiro que o SQL Server deve começar se posicionar para capturar a porção de dados desejada.

Como nossos números estão armazenados na mesma estrutura o que dificulta em muito a identificação dos valores, é necessário utilizar a função string CharIndex, responsável em encontrar um determinado caracter do tipo String dentro de uma String definida pelo usuário, que neste caso será a Vírgula(‘,’) dentro da variável @ListaValores. 

    • Parâmetro 3 – Neste parâmetro devemos informar o tamanho da porção ou parte de dados string que queremos copiar. Neste parâmetro esta sendo passado um valor fixo -1, pois como o segundo parâmetro vai retornar a posição do dado a ser copia incluíndo a vírgula, temos que desconsiderar justamente a vírgula na cópia.
  • Após a realização deste tratamento o resultado é armazenado dentro da variável @PosicaoAtual.

A linha de número 7, apresenta o outro segredo do Código 1, realizando um tratamento similar a linha de número 6, mas com algumas diferenças.

Ao invês de armazenarmos o resultado do tramanento de valores na variável @PosicaoAtual, estamos na verdade, substituíndo o conteúdo da variável @ListaValores, removendo sempre valor contido da variável @PosicaoAtual, conforme o bloco While vai se executado.

A Figura 1 apresentada a seguir ilustra como o SQL Server vai realizando o armazenamento dos dados na variável @PosicaoInicial, removendo este mesmo valor da variável @ListaValores.

Figura 1, Valores armazenados nas variáveis @PosicaoAtual e @ListaValores.

Além disso, temos outras duas diferença nos parâmetros de número 2 e 3 da função Substring(), onde: 

    • Parâmetro 2 – Ao invês de realizarmos a diminuição de uma posição conforme apresentado na linha 6, estamos fazendo justamento o contrário, acrescentando mais linha posição no valor retornado pelo CharIndex, incluíndo então a posição da Vírgula.
    • Parâmetro 3 – Neste parâmetro estamos passando o tamanho total da nossa variável @ListaValores.

Após os tratamentos realizados nas linhas 6 e 7, é realizado uma análise condicional na linha 8, responsável em verificar se a variável @PosicaoAtual possui algum valor, caso esta condição seja verdadeiro o valor contido nesta variável é armazenada na variável table @Resultado, através do comando Insert.

Para finalizar vou apresentar a parte final do Código 1, com base nas seguintes linhas:

— Codigo 1 – Parte Final —

11. If Len(@ListaValores) > 0

12. Insert Into @Resultado Values (Convert(Int,@ListaValores))

13. Select * from @Resultado

Na linha de número 11, estamos realizando uma nova análise condicional, responsável em verificar se a variável @ListaValores, possui algum valor, sendo este valor o último valor existente dentro do conjunto de valores declarados, posteriormente armazenado na tabela @Resultado, conforme a apresenta a linha de número 12.

A linha de número 13, tem como finalidade apresentar o resultado da seperação deste conjunto de valores numéricos, conforme apresenta a Figura 2.

Figura 2 – Conjunto de números separados em linhas.

Galera, é isso ai, vou chegando ao final de mais uma dica, espero que todos possam ter gostado, que as informações apresentadas aqui possam ajudar no seu dia-á-dia.

Nos encontramos em breve.

Até mais.

Scripts – Material de Apoio – SQL Server

Scripts – Material de Apoio – SQL Server.


Pessoal, bom dia.

Tudo bem? Poxa vida, quanto tempo que eu não disponibilizo para vocês os meus scripts, ainda mais agora que a minha biblioteca de códigos estão aumentando e se renovando.

Bom, vamos então voltar a compartilhar conteúdo com a galera, espero que vocês possam gostar do que vou disponibilizar neste post.

Hoje, vou compartilhar Scripts relacioandos aos seguintes assuntos:

– Collation de Banco de Dados;
– Estatísticas;
– Conexões Ativas;
– Função Contains para Campos Text;
– Formatação de campos tipo Data, entre outros.

A seguir você poderá selecionar os arquivos desejados, realizar o download e compartilhar com seus contatos:

 

 

 

CONTAINS – FullText.sql

Conex_es ativas.sql

Comparar dados entre Tabelas.sql

Diversas formas de utilizar valores Null.sql

Data sem barras(Convert – Replace).sql

Exemplo – Utilizando a Função – Count – Campos – Text.sql

Estatisticas.sql

Observação: Por questão de compatibilidade com o WordPress.com, todos os arquivos foram renomeados, adicionando a extensão .doc, após realizar o download, basta remover esta extensão, mantendo o padrão de arquivos gerados pelo Management Studio, neste caso, .sql.

Agradeço mais uma vez a sua visita, espero poder continuar contando com sua participação, comentários, sugestões e críticas em 2012.

Que o ano que aproxima possa nos trazer novas conquistas, e que tudo que foi sonhado e planejado em 2011 possa se tornar realidade.

Um forte abraço, nos vemos em breve.

Até mais.

11 filmes para ver (ou rever) em 2012 e mudar sua carreira


São Paulo – Especialistas em desenvolvimento profissional indicam longas metragens de todos os gêneros para você repensar sua carreira.

O Palhaço

 

Junto com toda a trupe do circo, Benjamin (Selton Mello) roda o país dividindo os palcos com seu pai. Apesar da paixão que a tarefa de ser palhaço exige, o jovem entra em crise com sua vocação.

“Todo mundo passa por isso, mas muitos negam a crise e se obrigam a continuar na carreira”, diz Thelma Teixeira, consultora de projetos na Dasein Executive Search.

O filme mostra a importância de investir no “verdadeiro papel, ou seja, aquele que melhor representamos”, como explica João Xavier, diretor geral da Ricardo Xavier Recursos Humanos. No filme, segundo ele, Benjamin descobre isso exatamente quando estava procurando a si mesmo em outras carreiras.

“Quando o chefe dele faz uma piada, ele percebe que fazer piada era algo que ele fazia bem. E o mais importante: ele gostava de divertir as pessoas. Ele não sabia disso antes”, diz.

O Palhaço

Direção

: Selton Mello

Duração: 90 minutos

Gênero: Comédia Dramática

 

Cisne Negro

 

A bailarina Nina Sayers (Natalie Portman) conquista o papel principal de O Lago dos Cisnes. Ela tem confiança para interpretar Odette, o Cisne Branco, mas luta para viver Odile, o Cisne Negro. O filme narra a superação dos limites físicos e as barreiras psicológicas da bailarina.

“No mundo corporativo você enxerga situações semelhantes, é muita cobrança, pressão e competição. Se no palco ela busca aplausos, no nosso caso buscamos a aprovação do chefe ou do cliente”, afirma Marcelo Cuellar, headhunter da Michael Page, empresa especializada em recrutamento.

Para ele, o filme ensina que só a perfeição da técnica não adianta, é preciso paixão. “Outra dica do filme é a importância de conhecer seus limites. Executivos que viram a noite e abusam de remédios é um exemplo de que qualquer profissão precisa de paixão com responsabilidade”, explica.

Cisne Negro

Direção

: Darren Aronofsky

Duração: 108 minutos

Gênero: Drama

 

Margin Call – O dia antes do fim

 

O filme, que acaba de estrear no circuito nacional, segue o drama de um grupo de executivos que luta para evitar a falência de um banco de investimentos. As medidas poderão arruinar os mercados globais.

“Excelente para mostrar o jogo político e como a hierarquia funciona em empresas. Além disso, mostra como se portar (ou não) em ambientes de crise”, diz Paulo Mendes, da 2GET.

Margin Call – O dia antes do fim

Direção

: J.C. Chandor

Duração: 107 minutos

Gênero: Drama

 

Meia Noite em Paris

 

O roteirista Gil (Owen Wilson) viaja a Paris com sua noiva (Rachel McAdams) para acompanhar os pais dela em uma viagem de negócios. Apesar da carreira bem sucedida em Hollywood, o personagem deseja ser escritor.

“O problema é que ele estava sempre seguindo o desejo de alguém – da noiva ou da família dela”, lembra Thelma. “Quando ele tem aquela alucinação, ele vê que pode fazer o que deseja e ter uma carreira completamente diferente”.

Segundo ela, na vida, tudo é uma questão de sair da zona de conforto. Com equilíbrio e moderação, mas com coragem.

Meia Noite em Paris

Direção

: Woody Allen

Duração: 100 minutos

Gênero: Comédia romântica

 

Invictus

O longa conta a história de Nelson Mandela (Morgan Freeman) recentemente eleito o presidente da África do Sul, um país dividido devido ao apartheid. “Mandela usou o esporte como uma ferramenta de integração da população e é possível perceber a forte liderança”, explica Fernando Andraus, diretor da Executive Search.

O time de rúgbi que tem Francois Pienaar (Matt Damon) como capitão da equipe sul-africana tem o desafio de vencer a Copa do Mundo de Rúgbi que estava sendo realizada pela primeira vez no país.

“O filme traz lições de liderança, humildade e resiliência”, resume Andraus.

Invictus

Direção: Clint Eastwood

Duração: 134 minutos

Gênero: Drama

 

Lixo Extraordinário

 

O documentário indicado ao Oscar este ano segue o trabalho do artista plástico Vik Muniz no aterro Jardim Gramacho, no Rio de Janeiro.

“Muitas vezes, as pessoas não têm consciência do potencial que elas têm e deixam de fazer grandes coisas por isso”, diz Thelma. “As pessoas do filme não mudaram de profissão. Mas desenvolveram um meio para dar significado ao trabalho”.

Lixo Extraordinário

Direção

: Lucy Walker

Duração: 99 minutos

Gênero: Documentário

 

Coração Valente

 

O filme estrelado por Mel Gibson se passa no século 13 e conta a história de um líder que leva seu povo a lutar pela independência da Escócia.

“Enquanto líder, o personagem de Gibson é motivador, inspirador e não mede esforços para conseguir o objetivo”, diz Bernardo Entschev, presidente da De Bernt Entschev Human Capital.

Ele ressalta também que é possível notar como os valores e ideais são puros e por isso consegue com naturalidade fazer com que mais pessoas se juntem à causa.

Apesar de um pouco violento, Entschev recomenda o filme porque tem uma mensagem relevante sobre liderança.

Coração Valente

Direção

: Mel Gibson

Duração: 177 minutos

Gênero: Ação

 

Forrest Gump

 

A trama conta a história de Forrest Gump, um americano que vivenciou alguns dos principais momentos históricos da primeira metade do século 20 – sem perceber isso.

“O filme fala sobre essência. Apesar da simplicidade, o personagem nasceu para aquilo. Ele não seria diferente por causa das limitações que tinha”, diz André Asseff, diretor da Desix. “Há também a questão da lealdade. Ele sempre foi leal às pessoas que o ajudaram”.

Forrest Gump

Direção

: Robert Zemeckis

Duração: 142 minutos

Gênero: Comédia dramática

 

Tom Cruise interpreta Jerry Maguire, um agente esportivo bem sucedido que é demitido por sugerir que agentes deviam adotar um tratamento mais humano e ter menos clientes.

“Assisti esse filme várias vezes e é incrível que apesar dos momentos difíceis, o personagem não desistiu em nenhum momento. Matar um leão por dia era tudo que ele fazia, ele buscava sempre fazer o melhor”, explica Sócrates Melo, gerente sênior de recrutamento temporário da Robert Half.

Melo conheceu o Jerry Maguire pessoalmente, mas desde que assistiu o filme pela primeira vez afirma que mudou sua forma de enxergar as coisas. “É preciso ter resiliência, se antigamente era problema, hoje sei que é uma oportunidade de crescimento”, diz.

Jerry Maguire – A grande virada

Direção

: Cameron Crowe

Duração: 135 minutos

Gênero: Comédia romântica

 

O segredo do meu sucesso

 

Cheio de ambição, Brantley Foster desembarca em Nova York com o objetivo de fazer uma carreira de sucesso. Mas só consegue emplacar um emprego no baixo escalão. A trama mostra as aventuras e desventuras dele para conseguir chegar ao topo.

Para Caio Brisolla, da Marcondes Consultoria, o filme é um retrato da geração Y. “É um cara que teve que aprender na rua, meio sem base. Hoje, a geração Y é muito mais bem preparada e não é carreirista”, diz o especialista.

O segredo do meu sucesso

Direção: Robert Zemeckis

Duração: 142 minutos

Gênero: Comédia dramática

 

Wall Street: O dinheiro nunca dorme

 

Ambientado no epicentro da crise de 2008, em Nova York, Wall Street – O dinheiro nunca dorme (Wall Street: Money Never Sleeps, 2010) traz uma crítica severa com relação aos valores.

“Os jovens estão cada vez mais ansiosos com relação ao sucesso. O filme mostra que é preciso tomar cuidado com isso”, diz Brizolla. “Não foque só na meta. Existe uma maneira correta de fazer as coisas”.

Wall Street: O dinheiro nunca dorme

Direção

: Oliver Stone

Duração: 133 minutos

Gênero: Drama

Fonte e Direitos Autorais: Camila Lam e Talita Abrantes, de EXAME.com • Sexta-feira, 23 de dezembro de 2011 – 10h24

China testa trem-bala capaz de fazer 500 km/h

O governo da China começou hoje (26) a testar um trem-bala mais veloz do que o utilizado atualmente. O trem-bala em teste é capaz de atingir até 500 quilômetros por hora, tornando-se assim um dos mais rápidos do mundo. O veículo em fase de teste é inspirado nas espadas antigas da China.


Brasília – O governo da China começou hoje (26) a testar um trem-bala mais veloz do que o utilizado atualmente. O trem-bala em teste é capaz de atingir até 500 quilômetros por hora, tornando-se assim um dos mais rápidos do mundo. O veículo em fase de teste é inspirado nas espadas antigas da China.

A nova série de trem-bala conhecido pelas iniciais CRH (China Railway de Alta Velocidade, em inglês) tem seis carros e uma potência de 22.000.800 quilowatts – mais do que o dobro do trem-bala que faz a linha Pequim-Xangai.

O veículo em teste foi projetado e fabricado pela Locomotive Sifang, uma subsidiária da China Railway Construction CSR, com sede na cidade de Qingdao, no Leste do país, na província de Shandong. O material utilizado no trem envolve plástico reforçado com fibra de carbono. De acordo com especialistas, esse tipo de transporte é o ideal para os países em desenvolvimento econômico.

No Brasil, o projeto envolvendo o trem-bala é o do Trem de Alta Velocidade Rio-São Paulo (TAV RJ-SP) também conhecido como TAV Brasil, que conta com o apoio do governo federal, e tem o objetivo de interligar Campinas, São Paulo e o Rio de Janeiro. O trem fará um percurso de 518 quilômetros.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) marcou para 10 de março de 2012 a retomada do processo de licitação para a implantação do TAV. Pelo novo cronograma, a previsão é que a segunda fase do leilão seja realizada no segundo trimestre de 2013, um ano após o leilão da primeira etapa, e que o TAV comece a operar em 2018.

Fontes e Direitos Autorais: Agência Brasil –  Segunda-feira, 26 de dezembro de 2011 – 12h30

Veja os 8 principais golpes virtuais de 2011


São Paulo – A empresa de segurança Norton, da Symantec,  liberou uma lista com os principais golpes virtuais do ano, aqueles que mais se espalharam pela rede e causaram danos aos internautas. Cibercriminosos se aproveitam de acontecimentos globais que atraem o interesse do público para espalhar malware e aplicar golpes virtuais nos usuários. Os ataques podem afetar qualquer um que esteja conectado à rede e não tome precauções básicas. 

Dentre as maneiras de se proteger, estão as clássicas não clicar em posts suspeitos, não confiar em mensagens enviadas por remetentes desconhecidos, não divulgar suas senhas nem deixá-las expostas e desconfiar de ofertas surreais. Outras características devem chamar atenção do usuário como, por exemplo, links que são repetidamente repassados entre seus contatos (especialmente se eles postarem sempre com as mesmas palavras e mensagens ou em línguas estrangeiras). 

1. Março – Terremoto no Japão: ataques de spams e phishing solicitando doações ou tentando disseminar ameaças virtuais começaram a surgir poucas horas após a tragédia no Japão. 

2. Abril – Casamento Real do Príncipe William e Kate Middleton: foram identificados mais de 500 sites maliciosos, que se aproveitavam da curiosidade das pessoas para redirecioná-las a páginas contendo janelas de antivírus falsos. O usuário receberia notificações de erros e ameaças que precisam ser eliminadas. 

3. Maio – Morte de Osama bin Laden: páginas da web, muitas vezes prometendo conter imagens da morte do terrorista, eram “envenenadas” com o intuito de obter acesso aos computadores e infectá-los com malware. 

4. Maio – Jogos Olímpicos de Londres: os ingressos para as Olimpíadas mal começaram a ser vendidos e os hackers já começaram uma série de ataques cibernéticos, incluindo resultados de busca contaminados e confirmações falsas por e-mail. 

5. Julho – Morte de Amy Winehouse: mais uma vez os cibercriminosos se aproveitaram da curiosidade do público. Foram criados ataques de spam que traziam promessas de fotos do corpo da cantora e de supostas drogas encontradas no local de sua morte. 

6. Setembro – Roubo do “curtir” no Facebook: esse ataque foi bem elaborado. O usuário era levado a clicar em um conteúdo qualquer na rede social, normalmente algum vídeo polêmico, e, automaticamente, seus amigos recebiam o aviso de que ele “curtiu” o conteúdo, sem que ele tenha de fato clicado no botão. O spam gerado propagava conteúdos dentro do Facebook e, com frequência, servia para roubar e revender dados financeiros e pessoais dos internautas. 

7. Outubro – Morte de Steve Jobs: quando o co-fundador da Apple morreu, os criminosos virtuais se aproveitaram para disseminar mensagens com informações falsas, mas que atraíam a curiosidade das pessoas. Ao clicar nos links, o usuário tinha seu computador infectado. 

8. Novembro: Filme Amanhecer (parte 1): poucos dias antes da estreia mundial do filme da saga Crepúsculo, os usuários foram enganados por supostas fotos e links com informações da produção, que teve trechos filmados no Rio de Janeiro. Ao clicar nas páginas contaminadas ou tentar fazer download das “fotos”, o computador do usuário era acessado.

Fontes e Direitos Autorais: Amanda Previdelli, de INFO Online – Segunda-feira, 26 de dezembro de 2011 – 17h55.

IE terá update automático nos sistemas Windows

O update, de acordo com a Microsoft, não irá alterar as configurações prévias do usuário para o browser como página inicial, provedor de busca e navegador padrão. Ao longo de 2012 os demais países poderão utilizar deste meio para atualizar o IE.


São Paulo – A Microsoft anunciou hoje que as atualizações do seu navegador Internet Explorer (IE) serão automáticas a partir de janeiro de 2012.

Segundo a empresa, Brasil e Austrália serão os primeiros países a receber o update do IE automaticamente nos sistemas Windows XP, Windows Vista e Windows 7.

A atualização será feita por meio do utilitário Windows Update. Esta função já havia sido liberada para o Internet Explorer 9, porém somente para sua instalação e com autorização prévia do usuário.

O update, de acordo com a Microsoft, não irá alterar as configurações prévias do usuário para o browser como página inicial, provedor de busca e navegador padrão. Ao longo de 2012 os demais países poderão utilizar deste meio para atualizar o IE.

Fontes e Direitos Autorais: Monica Campi, de INFO Online.