7 dicas para atualizar seu currículo

São Paulo – Atualizar o currículo é um trabalho de edição. Para ter um bom currículo é preciso, primeiramente, ter claro qual é o seu objetivo profissional. Aproveite o começo de ano para reler e refletir sobre a sua carreira.

“Como profissional eu sugiro que as pessoas corram atrás das oportunidades, o país está em um ótimo momento para mudanças. Agora é a hora para perseguir aquele cargo que sempre desejou”, explica Andreza Santana, gerente de marketing sênior do Monster Brasil.

Para isso, é preciso ficar de olho nas oportunidades e atualizar o currículo. Confira abaixo sete dicas:

1 – Atualize seus dados pessoais

Nome completo, telefone e e-mail. Nesse campo do currículo o ideal é acrescentar o endereço do LinkedIn, por exemplo. Entretanto, lembre-se de que tão importante quanto atualizar o seu currículo é atualizar a página da rede social profissional.

Para Andreza, os recrutadores querem saber se você faz networking, por exemplo. “De qualquer forma o recrutador irá buscar informações nas redes profissionais, por isso é interessante mantê-lo sempre atualizado”.

2 – Reflita sobre o que você quer

Seja preciso ao redigir seu objetivo profissional. Evite que o recrutador, ao ler seu currículo, tenha a impressão de que você está atirando para todos os lados. Deixe claro qual cargo você deseja ocupar e qual sua área de interesse.

“Seja o mais especifico possível ou inclua áreas afins. Um profissional de marketing pode colocar como objetivo gerência de marketing, novos negócios e relacionamento com canais”, diz Andreza.

 

3 – Relembre a sua formação educacional

Foque no seu objetivo profissional e avalie se vale a pena incluir algum trabalho acadêmico ou uma monografia que você tenha feito durante a faculdade.

4 – Inclua cursos e treinamentos

Cursos pontuais não devem ser incluídos, se a palestra for de um assunto aleatório e não relevante, pode parecer que o candidato está “enchendo linguiça”.

5 – Resuma sua experiência profissional

Classifique as experiências profissionais da mais recente para a primeira. O recrutador espera uma evolução profissional, por isso, foque nos resultados alcançados ou projetos realizados.

6 – Elimine informações desnecessárias

Fotos, número de CPF e RG não são dados imprescindíveis. Listar referências também não é recomendado, pois o recrutador no momento adequado pedirá nas fases seguintes da seleção.

7 – Revise o currículo

Releia o texto com atenção, corrija erros de português ou digitação. Mostre para algum amigo ou familiar para que deslizes sejam evitados.

Fontes e Direitos Autorais: Camila Lam, de EXAME.com – Quarta-feira, 04 de janeiro de 2012 – 09h01.

Anúncios

Sobre Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulações e Reconhecimentos: Microsoft MVP, MCC, MSTC e MIE.
Esse post foi publicado em Carreira, Diversos, Internet, Notícias e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para 7 dicas para atualizar seu currículo

  1. João Paulo Rodrigues disse:

    Mandou bem Junior, é isso ai ! Recomendo que o texto seja claro e simples. Menos é mais !

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s