Nova York – Um estudo britânico publicado online no periódico The Lancet descobriu que o número de nascidos vivos não aumenta com a transferência de mais de dois embriões, mas os riscos de danos sim.

Aproximadamente 40% das fertilizações in vitro realizadas nos Estados Unidos envolvem a transferência de três ou mais embriões para dentro do útero. Mais de 20% das gestações obtidas pelo procedimento resultam em nascimentos múltiplos. Os riscos para a saúde e os custos dessas gestações são enormes.

Os pesquisadores analisaram 124.148 procedimentos, os quais resultaram em 33.514 nascidos vivos. Em todas as pacientes, a transferência de dois embriões resultou em mais nascimentos com vida que a transferência de um embrião.

Contudo, em mulheres com menos de 40 anos, a transferência de três embriões gerava uma taxa menor de nascidos vivos em comparação com a transferência de dois embriões. Já em mulheres mais velhas, a transferência de três embriões ao invés de dois não alterava a taxa de nascidos vivos.

Entretanto, a transferência de três ou mais embriões em qualquer grupo etário estava associada a um risco significativamente maior de complicações, o que inclui nascimentos prematuros e peso baixo ao nascer.

Scott M. Nelson, um dos autores do estudo e diretor de obstetrícia da Universidade de Glasgow, afirmou que os Estados Unidos são um dos poucos países onde ainda é possível que mais de dois embriões sejam transferidos de forma rotineira. “O estudo mostra claramente que transferir três ou mais embriões não é benéfico”, afirmou.

Fontes e Direitos Autorais: The New York Times • Segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 11h15.

Anúncios

Sobre Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulações e Reconhecimentos: Microsoft MVP, MCC, MSTC e MIE.
Esse post foi publicado em Ciência, Enquete e Pesquisas...., Meio Ambiente, Notícias e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s