Como elogiar no ambiente de trabalho sem ser piegas

Mostrar gratidão não precisa ter data ou ocasião especial. Cumprimentos a respeito de uma tarefa bem realizada ou pela conquista de um projeto devem ser dados mesmo se a empresa tiver uma cultura organizacional mais rígida.

“Profissionais que dão presentes sem motivo ou supervalorizam as atividades dos chefes o tempo todo tendem a misturar as questões pessoais e profissionais. E acabam exagerando no marketing pessoal”, explica.

Anúncios

http://platform.twitter.com/widgets/hub.1326407570.html

 

São Paulo – Mostrar gratidão não precisa ter data ou ocasião especial. Cumprimentos a respeito de uma tarefa bem realizada ou pela conquista de um projeto devem ser dados mesmo se a empresa tiver uma cultura organizacional mais rígida.

Romaly de Carvalho, professora de Etiqueta Empresarial da Fundação Getúlio Vargas (FGV), afirma que os bajuladores de plantão correm o risco de serem rotulados como pessoas falsas no ambiente de trabalho.

“Profissionais que dão presentes sem motivo ou supervalorizam as atividades dos chefes o tempo todo tendem a misturar as questões pessoais e profissionais. E acabam exagerando no marketing pessoal”, explica.

Uma maneira simples e eficaz de agradecer um cliente, colega de trabalho ou chefe é mandar um “muito obrigado” por escrito em um cartão ou por e-mail.

O mais importante é dar o tom do agradecimento correto, enfatizando os feitos e não se estender demais, para que o efeito não seja negativo.

Recomendações no LinkedIn, por exemplo, também são válidas para demonstrar gratidão. Mas há ressalvas. “É preciso ter muito cuidado com as palavras, para que os elogios não soem vazios. Ressalte o que realmente ocorreu e o que você aprendeu com a pessoa”, afirma a especialista.

Algumas ocasiões, como quando o colega é promovido, podem servir de gancho para agradecer e parabenizar, mesmo que você não seja muito próximo daquela pessoa.  Este pode ser um ótimo meio para estreitar o contato com o colega.

Agora, se a ideia é presentear, cuidado com o valor dos presentes. Romaly aconselha a não presentear com objetivos muito elevados – situação semelhante aos amigos secretos de fim de ano. 

Fontes e Direitos Autorais: Camila Lam, de EXAME.com
• Segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 09h03.

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s