Permanecer com XP é má ideia para empresas, alerta IDC

Com apoio da Microsoft, estudo da consultoria alega que custos para TI e usuário final são maiores com o Windows XP do que com o 7. XP só terá suporte até 2014.

Anúncios

Qual é o melhor sistema operacional para os negócios? Se você perguntasse à Microsoft, provavelmente esperaria que eles pregassem as virtudes do Windows 8, que chega no fim do ano para PCs e tablets.

Mas para as empresas que ainda rodam o antiquado Windows XP, o Windows 7 é a atualização lógica, pelo menos de acordo com comunicado institucional escrito pela consultoria IDC e patrocinado pela Microsoft.

O documento, chamado “Atenuando riscos: por que continuar com o Windows XP é uma má idéia”, é o mais recente passo da cruzada contínua da Microsoft em enfiar uma estaca no coração do XP.

Então, o que o relato diz? Basicamente o que você esperaria. “A IDC constatou que a base de TI e os custos para o usuário final que continuam usando o Windows XP estão agora cerca de cinco vezes maior do que o custo para a execução do Windows 7”, escreveu Erwin Visser em 24 de maio em um post no blog do Windows.

Sim, mas como o Windows 8, que é radicalmente redesenhado para a interface Metro, se ajusta ao ciclo de atualização dos negócios?

Visser escreve que “migrar agora para o Windows 7 irá fazer com que as empresas abracem bem o Windows 8 no futuro, já que o IDC descobriu que tudo indica neste momento que a migração do Windows 7 para o 8 será transparente para os aplicativos e não impactante para o hardware existente”.

Outro possível cenário: as empresas ignorarem completamente o Windows 8 e esperarem o Windows 9 por alguns anos, principalmente se os benefícios da mudança do 7 para o 8 não valerem a pena pela despesa e pelo trabalho de atualização.

O Windows XP está lentamente sendo substituído pelo Windows 7, mas não rapidamente como a Microsoft gostaria. De acordo com a empresa de análise Net Applications, o Windows XP possuía percentual de uso de 46% de todos os sistemas operacionais rodando em desktops em abril deste ano, enquanto o Windows 7 possuía pouco menos de 39%.

A Microsoft irá acabar com seu apoio ao XP em abril de 2014, prazo em que a empresa espera fazer com que os consumidores finalmente larguem o antigo sistema operacional. Por enquanto, o Windows 7 é a melhor escolha, e pode muito bem continuar sendo mesmo depois do lançamento do Windows 8.

Fontes e Direitos Autorais: Jeff Bertolucci, PC World/EUA – 28 de maio de 2012 – 10h00.

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s