Dica – Espelhando Backup de Banco de Dados e Backup de Log de Banco de Dados no Microsoft SQL Server 2008 e R2.

Dica – Espelhando Backup de Banco de Dados e Log de Banco de Dados no Microsoft SQL Server 2008 e R2.

Anúncios

Salve comunidade, bom dia para todos.

Hoje vou postar uma simples dica, mas que realmente é algo que poderá ajudar em muito nos procedimentos de backup e até mesmo distribuição de dados em uma rede.

Você sabia que é possível realizar um backup de banco de dados e durante este processo de backup espelhar o arquivo para outro disco, fita ou até mesmo servidor?

Se a resposta for SIM, parabéns, você conhece a opção Mirror disponível para o comando Transact – SQL Backup Database e Backup Log.

Agora se a resposta for NÃO, sem problemas, esta dica vai lhe ajudar a conhecer e entender esta funcionalidade.

Entendendo o espelhamento de Backup de Banco de Dados ou Log

A capacidade do Microsoft SQL Server em possibilitar ao administrador de backup de dados manter o seu ambiente a cada dia mais seguro vem evoluindo de versão em versão do produto.

Principalmente a partir da versão 2005 a Microsoft foi introduzindo ferramentas, recursos e funcionalidades que permitem garantir ainda mais este cenário. Respeitando os conceitos de Segurança da Informação, com base, nos seus quatro pilares:

  • Confidencialidade;
  • Integridade
  • Disponibilidade; e
  • Autenticidade.

Com base no conceito de Disponibilidade de dados, os comandos Backup Database e Backup Log receberam alguns melhoramentos neste quesito, com a possibilidade de gerar cópias distribuídas localmente ou remotamente de um arquivo de Backup gerado de forma automática pelo Microsoft SQL Server, fazendo uso da opção Mirror em conjunto com estas instruções.

Vantagens e Desvantagens em se Espelhar Backup de Banco de Dados ou Log

Como todo e qualquer novo recurso sempre nos deparou com considerações que podem nos fazer pensar, analisar e até mesmo validar o seu uso, o que posteriormente poderá ser classificado como uma vantagem ou desvantagem o seu uso. A seguir eu destaco com base, na minha análise o que pode ou não ser uma possível vantagem ou desvantagem.

Vantagens:

  • Aumento na disponibilidade e distribuição dos dados;
  • Aumento na segurança dos dados;
  • Diminuição na possibilidade de perda de dados;
  • Facilidade no uso;
  • Possibilidade de realizar espelhamentos locais ou remotos;
  • Maior aumento do Nível de Segurança dos Dados;
  • Não requer um conhecimento avançado ou específico para este de funcionalidade; e
  • Não requer a utilização de ferramentas de terceiros ou produtos específicos.

Desvantagens:

  • Aumento no espaço ocupado em disco, devido à duplicidade de dados;
  • Aumento na necessidade de gerenciamento e controle dos dados;
  • Aumento no tempo de execução e encerramento do procedimento de Backup;
  • Força o uso da opção Format em conjunto com a opção Mirror para realização do Backup;
  • Funcionalidade presente somente nas edições Enterprise do Microsoft SQL Server 2005, 2008 ou R2; e
  • Possibilidade de Espelhamento de Backup em fita removida em versões futuras.

Após elencar um pouco das possíveis vantagens e desvantagens, vou agora apresentar algumas formas de uso da opção Mirror em conjunto com o comando Backup Database.

Utilizando a opção Mirror em Backup Database:

1. Espelhamento Backup de Banco Dados em unidades de disco diferentes:

BACKUP DATABASE MEUBANCO

TO DISK = ‘C:\BANCOS\MEUBANCO-BACKUP.BAK’

MIRROR TO DISK = ‘D:\Banco\MeuBanco-Backup-Mirror.bak’

With Init,

Format,

Stats=10,

Description = ‘Backup de Banco de Dados, com espelhamento para o arquivo MeuBanco-Backup-Mirror’

Go

2. Espelhamento de Backup de Dados em pastas diferentes, na mesma unidade de disco:

BACKUP DATABASE MEUBANCO

TO DISK = ‘C:\BANCOS\MEUBANCO-BACKUP.BAK’

MIRROR TO DISK = ‘C:\Backup-Banco\MeuBanco-Backup-Mirror.bak’

With Init,

Format,

Stats=10,

Description = ‘Backup de Banco de Dados, com espelhamento para o arquivo MeuBanco-Backup-Mirror’

Go

3. Espelhamento de Backup de Dados em unidades locais e remotas:

BACKUP DATABASE MEUBANCO

TO DISK = ‘C:\BANCOS\MEUBANCO-BACKUP.BAK’

MIRROR TO DISK = ‘\\Servidor\Backup\SQLServer\MeuBanco-backup-Mirror.bak’

With Init,

Format,

Stats=10,

Description = ‘Backup de Banco de Dados, com espelhamento para o arquivo MeuBanco-Backup-Mirror’

Go

Utilizando a opção Mirror em Backup Log:

1. Espelhamento Backup de Banco Dados em unidades de disco diferentes:

BACKUP Log MEUBANCO

TO DISK = ‘C:\BANCOS\MEUBANCO-BACKUP-Log.BAK’

MIRROR TO DISK = ‘D:\Banco\MeuBanco-Backup-Mirror-Log.bak’

With Init,

Format,

Stats=10,

Description = ‘Backup de Banco de Dados, com espelhamento para o arquivo MeuBanco-Backup-Mirror-Log’

Go

2. Espelhamento de Backup de Dados em pastas diferentes, na mesma unidade de disco:

BACKUP Log MEUBANCO

TO DISK = ‘C:\BANCOS\MEUBANCO-BACKUP-Log.BAK’

MIRROR TO DISK = ‘C:\Backup-Banco\MeuBanco-Backup-Mirror-Log.bak’

With Init,

Format,

Stats=10,

Description = ‘Backup de Banco de Dados, com espelhamento para o arquivo MeuBanco-Backup-Mirror-Log’

Go

3. Espelhamento de Backup de Dados em unidades locais e remotas:

BACKUP Log MEUBANCO

TO DISK = ‘C:\BANCOS\MEUBANCO-BACKUP-Log.BAK’

MIRROR TO DISK = ‘\\Servidor\Backup\SQLServer\MeuBanco-backup-Mirror-Log.bak’

With Init,

Format,

Stats=10,

Description = ‘Backup de Banco de Dados, com espelhamento para o arquivo MeuBanco-Backup-Mirror-Log’

Go

Observação: Podemos notar em todos os exemplos, que tivemos a necessidade de declarar a opção Format. Esta necessidade se faz necessária e obrigatória por estarmos trabalhando com no mínimo dois arquivos de backup, algo que para o SQL Server representa um conjunto de mídias de backup, forçando que seja escrito no cabeçalho do arquivo de backup o conjunto de arquivos físicos que compõem e formam estas mídias de backup.

Bom pessoal vou encerrar mais esta dica por aqui, acredito mais uma vez ter consegui apresentar algo que possa ser simples, mas muito útil, importante, fácil e acima de tudo que demonstre ainda mais como o Microsoft SQL Server esta se tornando um produto formidável.

Um grande abraço agradeço mais uma vez a sua visita.

Nos encontramos brevemente.

Até mais.

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

2 comentários em “Dica – Espelhando Backup de Banco de Dados e Backup de Log de Banco de Dados no Microsoft SQL Server 2008 e R2.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s