Saídas de executivos marcam fim de uma era do Windows

A saída de vários executivos da Microsoft vem marcando o fim de uma era do Windows. No último ano, seis profissionais da “velha guarda”, que trabalhavam de alguma forma com o sistema operacional, deixaram a empresa. Com isso, é possível que as próximas gerações do sistema tenham apenas pequenos ajustes e não mudanças significativas, de acordo com o site InfoWorld.

Saídas de executivos marcam fim de uma era do Windows

Fim de uma era do Windows: velha guarda deixa sistema

As mudanças mais recentes, que sacramentaram tal aspecto, foram as saídas de Jon DeVaan e Grant George. Os dois foram considerados salvadores do Windows devido, principalmente, à evolução notória do Windows 7 em relação às versões anteriores.

DeVaan também trabalhou na suíte Office, tendo parte no Excel 1.0 e no Office 2000, por exemplo. Além disso, ele acumulou 30 anos de experiência na engenharia de software da Microsoft e substituiu Brian Valentine como Chefe de Desenvolvimento do Windows em 2006, passando pelas versões Vista SP1, Windows 7, Windows 8 e Windows 8.1.

Já George defendeu uma abordagem diferente para testes e controle de qualidade, mais colaborativa e automatizada, que serviu de inspiração para outras companhias. Por esse e outros motivos, o executivo ficou conhecido como “o cara no comando de teste no Windows” – ele também comandava os testes do Office. George também esteve envolvido na telemetria da Microsoft. Ambos saíram da empresa em 1° de janeiro.

Outros importantes nomes que deixaram a divisão do Windows recentemente foram Julie Larson-Green e Jensen Harris, a quem são atribuídos muitos créditos não só pelo Windows, mas também pelo Office, mais precisamente o ribbon – sistema de abas que divide seções, como “Página Inicial” e “Inserir”.

Larson-Green também fez parte da reorganização da empresa feita no mês de julho de 2013, que resultou na criação da divisão de dispositivos móveis, setor esse que deve ser assumido nos próximos meses pelo executivo da Nokia, Stephen Elop, que vai coordenar a integração da empresa finlandesa com a de Redmond. Jensen Harris agora é da equipe do Bing. Ele foi um dos principais responsáveis pelo novo design do Office e do Windows 8.

Há cerca de um ano foi a vez do então Chefe do Windows, Steve Sinofsky, sair da empresa. No mesmo período, o executivo Antoine Leblond, que trabalhou no Office da edição de 95 a 2007 e nos Windows 7 e 8, também ficou fora de ação.

Outros nomes que não estão mais voltados para o Windows são o de Tami Reller, que passou de Chefe de Marketing e Finanças do sistema para Vice-Presidente Executivo de Marketing da Microsoft, e Michael Angiulo, que foi peça importante no lançamento do Windows 8 e agora é Vice-Presidente Corporativo de Hardware do Xbox.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com.br –   – 07/Jan/14

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação pela Uninove - Campus São Roque. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Cursando Mestrado em Ciências da Computação - UFSCar - Campus - Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping, para versões: 2000, 2005, 2008, 2008 R2, 2012 e 2014. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s