Material de Apoio – Março 2014


Galera, bom dia.

Meu Deus, mais um mês que esta se encerrando e para fechar, vou compartilhar com vocês alguns dos arquivos que utilizei nos últimos dias.

Nesta relação, você vai encontrar exemplos sobre:

  • Backup de Banco de Dados;
  • Body_Format HTML;
  • Chaves Primárias;
  • Chaves Estrangeiras;
  • Colunas;
  • Formatação de Valores;
  • Índices;
  • SP_Send_DBMail;
  • Tabelas; e
  • Trigger DDL.

Como de costume os arquivos estão renomeados com a extensão .doc para manter a compatibilidade com a plataforma WordPress.com.

Fique a vontade para compartilhar este conteúdo:

Exemplo – Básico – Criação – Chave Primária Composta + Chave Estrangeira Composta.sql

Exemplo – Criando – Função – Formatação de Valores.sql

Exemplo – Enviando – Email – SP_Send_DBMail + Body_Fomat HTML.sql

Exemplo – Enviando – Email – SP_Send_DBMail.sql

Exemplo – Relacionamento – Tabelas + Colunas + Tipos de Dados.sql

Exemplo – Stored Procedure – Backup All Databases.sql

Exemplo – Trigger – DDL – Bloquear – Criação Tables.sql

Até mais.

Microsoft disponibiliza código-fonte do MS-DOS e Word for Windows


A Microsoft disponibilizou para todos o código-fonte do MS-DOS 1.1 e 2.0, e também do Word for Windows 1.1a. No blog da TechNeta empresa informa que trabalhou com o Computer History Museum para isso.

Microsoft disponibiliza código-fonte do MS-DOS

Microsoft disponibiliza código-fonte do MS-DOS

Roy Levin, engenheiro e diretor-gerente da Microsoft Research, declarou:

“Graças ao Computer History Museum esse importante código-fonte será preservado e colocado à disposição da comunidade para o conhecimento histórico e técnico”.

O código-fonte pode ser encontrado no site do grupo para o MS DOS 1.1 e 2.0 e para o Word para Windows 1.1a. Quem quiser fazer o download do código-fonte deve concordar em utilizá-lo para fins não-comerciais, e o código não pode ser publicado em nenhum outro site na web.

Microsoft disponibiliza código-fonte do MS-DOS e Word for Windows 1.1a

MS-DOS é acrônimo de MicroSoft Disk Operating System

Em julho de 1981, a Microsoft fez um acordo com a Seattle Computer Products para comprar os direitos de uso do QDOS (Sistema Operacional Quick and Dirty) por US$ 50 mil. O sistema operacional foi renomeado MS DOS e foi pré-instalado em todos os PCs da IBM em seguida.

A Microsoft continuou desenvolvendo o MS-DOS e lançou diversas versões nos anos seguintes, e embora os concorrentes tivessem sistemas semelhantes, nenhum deles foi capaz de desbancar totalmente o MS-DOS.

MS-DOS 1.25

Quando a primeira versão do Windows foi lançada em 1985, o MS-DOS ainda era suportado e atualizado pela Microsoft enquanto os desenvolvedores continuaram a criar aplicações e jogos para ele. Quando o Windows 95 foi lançado em 1995, os criadores de jogos finalmente começaram a deixar o MS-DOS de lado para se focar no novo sistema operacional da Microsoft.

A última versão do MS-DOS vendida nas lojas foi a 6.22, lançada em 1994. As versões 7 e 8 do MS-DOS foram lançadas como parte integrante do Windows 95 e do Windows Me, respectivamente.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com.

Ex-programador da Microsoft é preso por vazar código do Windows 8


Um arquiteto de software da Microsoft que trabalhou por sete anos na empresa foi acusado e preso em Seatle pelo FBI. Entre outras acusações, ele foi acusado de vazar o código do Windows 8 antes de seu lançamento em 2012.

Ex-programador da Microsoft é preso por vazar código do Windows 8

Programador é preso por vazar código do Windows 8

Seattle Post-Intelligencer relata que o suspeito, Alex Kibkalo, foi acusado de roubo de segredos comerciais. O FBI afirma que ele vazou o código do Windows 8 em meados de 2012 a um blogueiro de tecnologia francês anônimo.

Ele também é acusado de vazar um Kit Ativação do servidor de desenvolvimento de software da empresa para o mesmo blogueiro. Esta ferramenta foi feita para ajudar a evitar cópias não autorizadas do software da Microsoft.

Investigadores Corporativos confrontaram Kibkalo em setembro de 2012, durante uma entrevista na qual ele alega ter admitido compartilhar o software. Kibkalo é acusado de ter admitido a partilha de programas inéditos do Windows, bem como memorandos e documentos; investigadores da Microsoft afirmam que ele estava com raiva depois de uma pobre avaliação de desempenho do programa.

O blogueiro teria publicado imagens do aplicativo devido ao vazamento de Kibkalo.

“Eu vou vazar o software hoje, provavelmente,” Kibkalo disse ao blogueiro uma troca de mensagens em 02 de agosto de 2012, de acordo com os documentos coletados pelo FBI.  “Hmm”, o blogueiro respondeu. “Você tem certeza que quer fazer isso? Lol “.  Ele chegou a comentar que vazamento seria “bastante ilegal”, e Kibkalo é acusado de ter respondido “Eu sei”.

O programador é acusado também de vazar o código do Windows 7 também antes de ele ser lançado.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com –  | em 20/Mar/14.

Links para download do Windows 8.1 Update 1 estão disponíveis


Dias atrás uma dica que permitia o download do Windows 8.1 Update 1 via Windows Update após uma pequena alteração no Registro do Windows foi divulgada na Web. A Microsoft corrigiu o problema pouco tempo depois, mas os links diretos ainda continuaram disponíveis por alguns dias antes de serem tirados do ar.

Agora, com o lançamento da atualização se aproximando, os links para download do Windows 8.1 Update 1 estão novamente disponíveis. Vale destacar que os arquivos são oficiais e estão hospedados nos servidores do próprio Windows Update.

Outro detalhe é que eles são idênticos aos arquivos vazados pelo grupo russo Wzor semanas atrás.

Download do Windows 8.1 Update 1 – 32 bits:

Download do Windows 8.1 Update 1 – 64 bits:

Download do Windows 8.1 Update 1 – ARM:

Depois de fazer o download dos arquivos, eles devem ser instalados na seguinte ordem:

1. KB2919442
2. KB2939087
3. KB2919355
4. KB2932046
5. KB2938439
6. KB2937592

Vale destacar que a Microsoft ainda pode tirar os links acima do ar sem aviso prévio. Por isso corra se você quiser fazer o download da atualização antes do lançamento oficial.

Sobre o Windows 8.1 Update 1
O Windows 8.1 Update 1 trará melhorias com foco no uso do sistema operacional com mouse e teclado, como novos botões e menus de contexto na tela inicial e novos botões para minimizar, maximizar e fechar os apps Metro.

Além disso, a Microsoft também confirmou que será possível fixar os apps Metro na barra de tarefas.

Links para download do Windows 8.1 Update 1 já estão disponíveis

O Windows 8.1 Update 1 também permitirá que os fabricantes de computadores utilizem especificações mais modestas para novos dispositivos. A empresa confirmou que agora os fabricantes poderiam utilizar no mínimo 1GB de RAM e 16GB de capacidade para armazenamento em novos dispositivo (antes era necessário ter pelo menos 2GB de RAM e 32GB de capacidade).

Rumores afirmam que a atualização será lançada no dia 8 de abril e que os assinantes da MSDN terão acesso já no dia 2. Mais detalhes sobre ela devem ser divulgados durante a conferência Build, que será realizada de 2 a 4 de abril em San Francisco.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com –  | em 20/Mar/14.

Microsoft inicia campanha Microsoft Certifica Você


A campanha Microsoft Certifica Você vai te dar 1 notebook, 5 licenças do Windows 8 Pro e 30 vouchers de certificação oficial Microsoft. Para isso, é só montar o seu laboratório virtual e realizar os cursos listados.

Microsoft inicia campanha Microsoft Certifica Você

Confira os prêmios abaixo:

1º colocado: 1 Notebook Touch-screen Asus, 1 licença do Windows 8 Pro  e 1 voucher de certificação oficial Microsoft; 2º ao 5º colocado: 1 Licença do Windows 8 PRO e 1 voucher de certificação oficial Microsoft; 6º ao 30º colocado: 1 voucher de certificação oficial Microsoft. Lembrando que é necessário passar por todas as etapas listadas, desde o download do seu laboratório, até a realização do último curso da lista!

Etapas da campanha Microsoft Certifica Você

1ª etapa: Monte o seu laboratório – Para ter um laboratório disponível para os cursos a seguir, faça o download dos produtos de avaliação de Windows Server 2012 R2 clicando na imagem abaixo. Se você não tem muita experiência no deployment do Windows Server 2012 R2, escolha a última opção que é o Laboratório Virtual. Nele já existe um laboratório preparado com tudo que você precisa para os treinamentos. microsoft_cert_02

2ª etapa: Windows Server – Assista ao treinamento básico do Windows Server 2012 e o que há de novo no Windows Server 2012 R2. 3ª etapa: Virtualização de servidores – Assista ao treinamento de virtualização de servidores Windows Server 2012: Virtualização. 4ª etapa: Implemente cenários mais avançados de virtualização de servidores – Assista aos treinamentos Instalando e Configurando o Windows Server 2012: Exame 70-410 e Disaster Recovery com Hyper-V Replica.

Para mais informações, acesse o regulamento da campanha clicando aqui.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com

Microsoft lança o Windows 8.1 User Readiness Toolkit


Em janeiro deste ano a Microsoft lançou o guia do Windows 8.1 para empresas e na época prometeu que disponibilizaria mais conteúdo voltado para profissionais de TI. Agora a empresalançou nesta semana o Windows 8.1 User Readiness Toolkit.

w81rtkt

Windows 8.1 User Readiness Toolkit

Disponível para download aqui*, este kit para profissionais de TI inclui diversas ferramentas para ajudar no processo de adoção do novo sistema operacional da Microsoft. Confira a lista abaixo.

*Somente em inglês.

  • User Roadmap – Oferece uma visão geral do Windows 8.1 User Readiness Toolkit e dos recursos e passos necessários para melhor utilizá-lo dentro da empresa.
  • User Tip Sheet – Esta página contém dicas para ajudar usuários iniciantes que ainda estão começando a conhecer o Windows 8.1. Ela está disponível no formato PDF e como apresentação do PowerPoint, assim você pode personaliza-la para atender suas necessidades.

Microsoft lança o Windows 8.1 User Readiness Toolkit

  • E-mail template library – Envie estas oito mensagens de e-mail para oferecer dicas e recursos online para os usuários dentro da empresa. Esta biblioteca com modelos de e-mails está disponível nos formatos HTML e OFT.
  • Posters and flyers – Exiba estes pôsteres e flyers correspondentes em áreas públicas dentro da empresa para anunciar a implantação do Windows 8.1 e aumentar a conscientização dos usuários. Você pode selecionar o estilo dos pôsteres para que eles se encaixem melhor no ambiente. Eles estão disponíveis no formato PDF e como apresentações do PowerPoint.
  • In-house trainer toolkit – Use estes scripts de 30 minutos e slides para preparar o treinamento interno de usuários.
  • Windows 8.1 business user training videos – Os usuários podem usar estes vídeos (com cerca de 4 minutos de duração) como ferramentas de aprendizado sobre os recursos e funcionalidades básicas do Windows 8.1 via instruções passo a passo.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com –  | em 13/Mar/14.

Short Script – Março – 2014


Salve, galera!!!

Mais uma vez começando e como de costume vou complicar com vocês, mas alguns Short Scripts, específicos para o Microsoft SQL Server 2008, R2 e 2012.

Na relação de hoje, vocês vão poder encontrar Scripts sobre:

– History Auto Page Repair;

– Long Running SQL/CLR Tasks;

– Process Address Space Info;

– Information about Memory Amounts and State;

– Numa State;

– CPU Utilization History in the Last 30 minutes;

– Isolate Top Waits for Instance Since Last Server Restart; e

– Pending I/O Request By File.

Fique a vontade para compartilhar e melhorar estes códigos, a seguir você encontra-rá cada um deles:

Exemplo 1 – History Auto Page Repair:

SELECT  DB_NAME(database_id) AS [database_name] ,
        database_id ,
        file_id ,
        page_id ,
        error_type ,
        page_status ,
        modification_time
FROM    sys.dm_db_mirroring_auto_page_repair ;

Exemplo 2 –  Long Running SQL/CLR Tasks:

SELECT  os.task_address ,
        os.[state] ,
        os.last_wait_type ,
        clr.[state] ,
        clr.forced_yield_count
FROM    sys.dm_os_workers AS os
        INNER JOIN sys.dm_clr_tasks AS clr
                     ON ( os.task_address = clr.sos_task_address )
WHERE   clr.[type] = ‘E_TYPE_USER’ ;

Exemplo 3 – Process Address Space Info:

SELECT  physical_memory_in_use_kb,
        locked_page_allocations_kb,
        page_fault_count,
        memory_utilization_percentage,
        available_commit_limit_kb,
        process_physical_memory_low,
        process_virtual_memory_low
FROM    sys.dm_os_process_memory ;

Exemplo 4 – Information about Memory Amounts and State:

SELECT  total_physical_memory_kb ,
        available_physical_memory_kb ,
        total_page_file_kb ,
        available_page_file_kb ,
        system_memory_state_desc
FROM    sys.dm_os_sys_memory ;

Exemplo 5 – Numa State:

SELECT  CASE COUNT(DISTINCT parent_node_id)
          WHEN 1 THEN ‘NUMA disabled’
          ELSE ‘NUMA enabled’
        END
FROM    sys.dm_os_schedulers
WHERE   parent_node_id <> 32 ;

Exemplo 6 – CPU Utilization History in the Last 30 minutes:

DECLARE @ts_now bigint = (SELECT cpu_ticks/(cpu_ticks/ms_ticks) FROM sys.dm_os_sys_info);

SELECT TOP(30)

SQLProcessUtilization AS [SQL Server Process CPU Utilization],

SystemIdle AS [System Idle Process],

100 – SystemIdle – SQLProcessUtilization AS [Other Process CPU Utilization],

DATEADD(ms, -1 * (@ts_now – [timestamp]), GETDATE()) AS [Event Time]

FROM (

SELECT record.value(‘(./Record/@id)[1]’, ‘int’) AS record_id,

record.value(‘(./Record/SchedulerMonitorEvent/SystemHealth/SystemIdle)[1]’, ‘int’) AS [SystemIdle],

record.value(‘(./Record/SchedulerMonitorEvent/SystemHealth/ProcessUtilization)[1]’,’int’) AS [SQLProcessUtilization], [timestamp]

FROM (

SELECT [timestamp], CONVERT(xml, record) AS [record]

FROM sys.dm_os_ring_buffers

WHERE ring_buffer_type = N’RING_BUFFER_SCHEDULER_MONITOR’

AND record LIKE N’%<SystemHealth>%’) AS x

) AS y

ORDER BY record_id DESC;

Exemplo 7 – Isolate Top Waits for Instance Since Last Server Restart:

WITH    Waits

AS ( SELECT   wait_type ,

wait_time_ms / 1000. AS wait_time_s ,

100. * wait_time_ms / SUM(wait_time_ms) OVER ( ) AS pct ,

ROW_NUMBER() OVER ( ORDER BY wait_time_ms DESC ) AS rn

FROM     sys.dm_os_wait_stats

WHERE    wait_type NOT IN ( ‘CLR_SEMAPHORE’, ‘LAZYWRITER_SLEEP’,

‘RESOURCE_QUEUE’, ‘SLEEP_TASK’,

‘SLEEP_SYSTEMTASK’,

‘SQLTRACE_BUFFER_FLUSH’, ‘WAITFOR’,

‘LOGMGR_QUEUE’, ‘CHECKPOINT_QUEUE’,

‘REQUEST_FOR_DEADLOCK_SEARCH’,

‘XE_TIMER_EVENT’, ‘BROKER_TO_FLUSH’,

‘BROKER_TASK_STOP’,

‘CLR_MANUAL_EVENT’,

‘CLR_AUTO_EVENT’,

‘DISPATCHER_QUEUE_SEMAPHORE’,

‘FT_IFTS_SCHEDULER_IDLE_WAIT’,

‘XE_DISPATCHER_WAIT’,

‘XE_DISPATCHER_JOIN’ )

)

SELECT  W1.wait_type ,

CAST(W1.wait_time_s AS DECIMAL(12, 2)) AS wait_time_s ,

CAST(W1.pct AS DECIMAL(12, 2)) AS pct ,

CAST(SUM(W2.pct) AS DECIMAL(12, 2)) AS running_pct

FROM    Waits AS W1

INNER JOIN Waits AS W2 ON W2.rn <= W1.rn

GROUP BY W1.rn ,

W1.wait_type ,

W1.wait_time_s ,

W1.pct

HAVING  SUM(W2.pct) – W1.pct < 95 ; — percentage threshold

Exemplo 8 – Pending I/O Request By File:

SELECT  DB_NAME(mf.database_id) AS [Database] ,
mf.physical_name ,
r.io_pending ,
r.io_pending_ms_ticks ,
r.io_type ,
fs.num_of_reads ,
fs.num_of_writes
FROM sys.dm_io_pending_io_requests AS r INNER JOIN sys.dm_io_virtual_file_stats(NULL, NULL) AS fs
ON r.io_handle = fs.file_handle
INNER JOIN sys.master_files AS mf
ON fs.database_id = mf.database_id
AND fs.file_id = mf.file_id
ORDER BY r.io_pending, r.io_pending_ms_ticks DESC;

Legal, mais uma relação de Short Scripts compartilhada com vocês, espero que este conteúdo possa ser útil no seu dia – á – dia.

Um grande abraço.

Até a próxima.