18 sites e cursos em português sobre tecnologia e programação

Quase tudo grátis

Quer aprender a programar ou conhecer e se aprofundar em algum conceito de ciência da computação ou tecnologia no geral? Cursos sobre tudo isso existem aos montes, mas vários estão disponíveis apenas em inglês. Para facilitar um pouco o trabalho, então, separamos uma série de dezoito sites e aulas em português – sendo que apenas dois cobram pelas aulas. Veja mais sobre eles a seguir:

Codecademy

A versão em português da escola online de programação foi lançada há quase um ano e continua como uma boa opção. O site traz cursos gratuitos que parte do básico e vão até o avançado, começando pela linguagem de marcação HTML e chegando até PHP, Python e Ruby. As aulas são compostas de instruções (à esquerda) e de uma área para colocar os ensinamentos em prática (à direita). Há ainda opções de projetos, que podem ser concluídos em menos tempo e ajudam a colocar os conhecimentos para funcionar.

Dá para acessar por aqui.

Programaê

Iniciativa que foi reforçada no Brasil ao final do ano passado, o Programaê tem foco em jovens e não traz cursos próprios, mas sim uma coletânea de materiais de parceiros – como o já mencionado Codecademy, a KhanAcademy e o Code.org. As aulas, portanto, são mais introdutórias e ajudam a pegar os conceitos básicos de programação. O conteúdo está todo em português, o que facilita bastante.

Dá para acessar por aqui.

Microsoft Virtual Academy

Focado em produtos da Microsoft, a “escola” virtual e gratuita da empresa é cheia de tutoriais em português sobre aplicações de Windows 8 e Windows Phone. Há também informações sobre data centers, nuvem e mobilidade, entre outros assuntos que envolvem plataformas e serviços lançados pela empresa norte-americana.

O material está todo disponível aqui.

Code.org

Também voltado para crianças e parceiro do Programaê, o Code.org reúne quatro cursos de 20 horas com atividades para os pequenos a partir dos 4 anos. Há também materiais relacionados a Frozen e ao game Flappy Bird, além de uma área chamada de “Laboratório” para que os aprendizes de programador coloquem tudo que aprenderam em prática – e ainda confiram os projetos feitos por outras crianças.

Dá para saber mais por aqui.

Ciência da Computação 101

Um dos mais tradicionais cursos disponíveis no Coursera, o Ciência da Computação 101 é basicamente o que o nome sugere: uma introdução à ciência da computação. As aulas gravadas podem ser seguidas no ritmo do aluno (embora a recomendação seja fazer de 3 a 5 horas por semana), têm legendas em português e são ministradas pelo professor Nick Parlante, da conceituada Universidade Stanford. O material já está todo disponível na primeira vez que você acessar o curso.

Dá para saber mais por aqui.

Desenvolvimento de games em HTML5

Assim como o curso anterior, o de desenvolvimento de games em HTML5 pode ser feito no seu ritmo. As aulas são ministradas por dois funcionários do Google e focam nos principais pontos envolvidos na criação de um jogo. Elas não são básicas, e é bom levar consigo algum conhecimento prévio. Os vídeos estão em inglês, mas há opção de legenda em português, e o curso é grátis – mas o certificado não.

Para saber mais, clique aqui.

Introdução à Programação interativa em Python Partes 1 e 2

Divido em duas partes, este curso introdutório foca na linguagem Python e no desenvolvimento de aplicações simples – games clássicos, na verdade, como Pong, Blackjack e Asteroids. Segundo a descrição, o método de ensino é baseado nesses projetos, e as aulas seguem um cronograma. Elas começaram no último dia 13, e são recomendadas de 7 a 10 horas de estudo semanais – então ainda dá para alcançar a classe. O áudio das aulas está em inglês, mas há opções de legendas em português.

Dá para saber mais aqui e aqui.

Introdução à Lógica

Programação e computação não valem muito sem a parte lógica, e o que este curso se propõe a fazer é dar uma introdução a seus conceitos. Segundo a descrição, as aulas ensinarão a “formalizar informações e a justificar para produzir conclusões lógicas”. Haverá também análises da tecnologia lógica e de suas muitas aplicações possíveis. As classes, porém, só terão início em setembro deste ano.

Dá para saber mais por aqui.

Curso em Vídeo

Obra do professor carioca Gustavo Guanabara, o CursoEmVídeo traz aulas sobre HTML5, Algoritmos, PHP e Photoshop Creative Cloud. Todas podem ser acompanhadas de graça diretamente pelo YouTube ou no site, que exige um cadastro e oferece uma série de materiais para consultar no decorrer do curso.

Dá para saber mais aqui.


Desenvolvimento Web Mobile

Disponível no Udacity e com legendas em português, o curso foca na construção de “experiências mobile”, daquelas que se adaptam ao tamanho da tela do usuário e são feitas para o uso displays sensíveis ao toque. O curso também envolve ferramentas relacionadas ao desempenho, que ajudarão entender como as redes móveis, a bateria e outros aspectos afetam o desenvolvimento de aplicações. As aulas são dadas por dois funcionários do Google.

Dá para saber mais por aqui.

KhanAcademy: JavaScript, HTML e CSS

As aulas da KhanAcademy seguem a linha do Codecademy, mas têm bem mais vídeos. Elas focam na introdução a linguagens de programação e marcação e depois partem para partes mais avançadas, como desenvolvimento de jogos. Há também laboratórios virtuais para tirar projetos do papel e testar seus conhecimentos – que ainda podem ser discutidos com outros alunos em um fórum interno.

Dá para saber mais aqui.

KhanAcademy: Ciência da Computação

Quer algo menos focado nas linguagens? Os cursos de Ciência da Computação na KhanAcademy giram em torno de conceitos como criptografia e algoritomos, partindo da cifra de César e chegando na RSA e nos algoritmos aleatorizados. Há também lições sobre teoria da informação, que são verdadeiras aulas de história. O material, assim como o dos cursos de linguagens, está em português, assim como as legendas dos vídeos.

Para saber mais, clique aqui.

Busca na Web: Tecnologia, Sociedade e Negócios

Esta coletânea de vídeo-aulas do Veduca, acessíveis gratuitamente e com legendas em português, dão uma ideia de como engines de busca foram criadas e ainda funcionam. Já um pouco “antigas”, as palestras são ministradas por Sergey Brin, Bradley Horowitz (então diretor do Yahoo! e hoje no Google) e Peter Norvig (também do Google), entre outros nomes, que falam de suas experiências e dão algumas valiosas explicações – que vão exigir um tanto de conhecimento técnico, no entanto. O site não oferece materiais complementares.

Para saber mais, clique aqui.

TecnoHour – Coleção: Swift

Derivada do ObjC, a linguagem de programação Swift foi introduzida pela Apple para ser a padrão das aplicações de OS X e iOS. E se você quer aprender um pouco mais sobre em videoaulas, as do TecnoHour podem ser úteis. Elas estão disponíveis de graça e em português – mas vale ressaltar que o uso dos materiais de apoio, que não são grátis, é recomendável. 

Dá para saber mais por aqui.

Plugge

Outro site brasileiro, o Plugge tem uma boa variedade de cursos, do básico ao avançado, sobre design gráfico, web design, programação e motion design e games. Há aulas sobre Photoshop, InDesign, design responsivo, JavaScript, Unreal Engine e vários outros – mas nenhum gratuito. Para acessar as lições, é preciso comprar o curso ou assinar pacotes de 90, 180 ou 365 dias, cujos valores vão de 139 a 272 reais e dão acesso a todos os materiais.

Saiba mais por aqui.

Linguagem R

Com legendas em português, os vídeos do curso dão uma introdução à linguagem de programação e ambiente de software R, usados na análise de dados e seus bancos por estatísticos e “mineradores”. Pelo programa, as aulas começam abrangentes, dando um panorama e explicando conceitos, e depois passam a especificar e detalhar funções. O curso começa em 2 de março.

Para saber mais, clique aqui.

Aprendizagem Automática

O curso dá introduções aos conceitos de “machine learning” – como é chamada a aprendizagem automática em inglês – e a outros ligados a ele, como mineraração de dados e reconhecimento de padrões. As aulas giram em torno de aprendizado supervisionado ou não e às boas práticas da área, apresentando estudos de caso e mostrando como aplicar algoritmos de aprendizagem na construção de robôs. As classes começaram no mês passado, mas vão até abril – então talvez ainda dê tempo de alcançar os outros alunos. Em último caso, todo o material deve permanecer disponível. Os vídeos estão em inglês, mas há opções de legenda em português.

Dá para saber mais por aqui.

C, Java e HTML Progressivos

Em português, os três sites trazem tutoriais de C, Java e HTML. Há aulas básicas, que introduzem os conceitos, há sequências de lições sobre testes e laços, ponteiros em C e orientação a objetos em Java, mais avançadas. Os textos estão disponíveis de graça, mas alguns materiais recomendados que podem ajudar.

Para saber mais, clique aqui (C), aqui (Java) ou aqui (HTML).

Bônus: iHeadGo

O site iHeadGo fica com a menção honrosa na lista, e mais por não estar disponível em português. Ele traz uma coleção enorme de simulados para provas de certificação da Microsoft, da Cisco, da IBM e de diversas outras empresas, todos disponíveis de graça. Se você pretende tirar alguma em breve, talvez valha a pena exercitar o inglês e dar uma olhada.

Dá para saber mais aqui.

Fontes e Direitos Autorais: InfoExame.com –  – 16 de Fevereiro de 2015.

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação pela Uninove - Campus São Roque. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Cursando Mestrado em Ciências da Computação - UFSCar - Campus - Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping, para versões: 2000, 2005, 2008, 2008 R2, 2012 e 2014. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s