Fique esperto: você só tem 30 dias para voltar à sua versão anterior do Windows

Windows 10

Da mesma forma que facilitou o processo de instalação do Windows 10 a partir de versões já existentes, liberando o novo sistema operacional como se ele fosse uma atualização, a Microsoft também quer permitir que os usuários façam o caminho inverso sem problemas. Mas se você acaba de mudar para a nova plataforma ou pretende fazer isso em breve, é melhor ficar esperto, já que o “rollback”, como é chamado, só é permitido nos primeiros 30 dias após a instalação.

A funcionalidade está dentro das configurações de atualização e segurança, sob o menu de “Recuperação”. O caminho permite não apenas o retorno às configurações do computador antes da instalação do Windows 10, mas também uma reinicialização do sistema, que também pode melhorar problemas de compatibilidade com a nova plataforma, mantendo ou não os arquivos do usuário.

Para a Microsoft, 30 dias é tempo suficiente para que os usuários testem todas as funções do sistema e saibam se a atualização funciona para eles ou não. Além disso, serve como uma alternativa para que, assim como no update, nenhum dado ou configuração de sistema seja perdido no processo, fazendo com que o retorno a uma versão antiga do Windows não exija formatação ou uma instalação limpa.

Uma série de coisas, porém, não ficou clara quando o processo é realizado. Quando ocorre o rollback, a opção de reserva e atualização para o Windows 10 fica desabilitada e, pelo menos até o momento, não é possível mudar de ideia novamente e reinstalar a mais recente versão do sistema operacional pelos meios convencionais.

Além disso, há confusão com relação à chave do sistema, que é modificada com a instalação do Windows 10. Ela será perdida com o rollback, que retorna a plataforma à sua versão anterior, ou mantém o mesmo número, fazendo com que a numeração original do usuário desapareça? E se ele quiser reinstalar o velho sistema do zero, como fica? Sobre tais questões, a Microsoft ainda não se pronunciou, renegando aqueles que quiserem se submeter ao processo a um jogo de tentativa e erro.

Normalmente, problemas desse tipo são resolvidos com uma ligação ao suporte, uma vez que, ao instalar uma key original, o sistema acaba atrelado, na validação, ao tipo de hardware instalado no computador. Muitas vezes, pessoas se viram na situação de ter sua cópia do Windows invalidada no caso de uma troca de componentes, por exemplo, algo que somente pode ser solucionado com uma chamada para a fabricante. Não se sabe se o mesmo processo também é válido aqui.

O ideal, no final das contas, é garantir que tudo vai funcionar com o Windows 10 antes de realizar a instalação, de forma a evitar problemas. A própria Microsoft disponibiliza uma ferramenta de verificação para isso no seu processo de reserva do sistema e, além disso, uma rápida visita ao site de fabricantes de periféricos e componentes, ou desenvolvedores de softwares essenciais, também pode ser uma boa para descobrir se os mais recentes drivers são compatíveis com a nova versão do sistema operacional.

Se tudo checar, faça a atualização. Senão, é melhor aguardar, já que ainda tem muito tempo pela frente. De acordo com a Microsoft, todos os usuários do Windows 7, 8 ou 8.1 terão direito à atualização gratuita para a versão 10 por um ano desde o lançamento, que aconteceu em 29 de julho. É tempo o suficiente para se preparar, checar se tudo vai realmente funcionar e, então, fazer o upgrade com mais segurança.

Fonte: Extreme Tech

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação pela Uninove - Campus São Roque. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Cursando Mestrado em Ciências da Computação - UFSCar - Campus - Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping, para versões: 2000, 2005, 2008, 2008 R2, 2012 e 2014. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP - SQL Server renovada desde 2007.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s