Arquivo mensal: setembro 2015

Microsoft anuncia o Windows 10 IoT Core Starter Kit


A Microsoft anunciou hoje o Windows 10 IoT Core Starter Kit, que basicamente é um kit pronto para ajudar os desenvolvedores na criação de um novo projeto.

O kit foi desenvolvido em parceria com a Adafruit e inclui componentes como sensores, cabos, cartão SD com o Windows 10 IoT Core instalado e placa Raspberry Pi 2.

O Windows 10 IoT Core Starter Kit está disponível por US$ 114,95 com a placa Raspberry Pi 2 e por US$ 39,95 sem a placa Raspberry Pi 2.

O kit também vem com um conjunto de instruções e amostras de códigos para projetos que você pode criar.

Windows 10 IoT Core Starter Kit:

Microsoft anuncia o Windows 10 IoT Core Starter Kit

iot-core-skit-02-mini
Clique na imagem para ampliá-la

O Windows 10 para “Internet das Coisas” permite que desenvolvedores e entusiastas criem dispositivos conectados à nuvem usando placas de desenvolvimento como as já citadas Raspberry Pi 2 e Minnowboard Max. Mais detalhes sobre estas duas placas e sobre outras similares podem ser encontrados aqui.

A Microsoft falou pela primeira vez sobre esta versão do Windows 10 em novembro de 2014.

Os interessados podem fazer o download da versão final do Windows 10 IoT Core para as placas Raspberry Pi 2 e Intel MinnowBoard MAX, e das ferramentas adicionais aqui. O sistema operacional está disponível gratuitamente.

O site oficial do Windows 10 IoT Core inclui informações sobre ele, modelos de projetos que podem ser usados pelos desenvolvedores e muito mais.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – Sid Vicious @ 24 set 2015 | 3:05 pm

Anúncios

Microsoft lança o Office 2016; veja as novidades


Os assinantes do Office 365 começaram a receber nesta terça-feira (22) a edição 2016 de uma das suítes de aplicativos mais populares do mundo. As novas versões do Word, Excel, PowerPoint, Outlook e Access chegam alguns meses depois do lançamento do Windows 10 e fazem parte de um movimento cada vez maior da Microsoft rumo a tecnologias mais conectadas e ligadas à nuvem.

A maior novidade de todas é a integração completa da nuvem a todas as atividades do Office. O grande foco da versão 2016 é a colaboração, permitindo pela primeira vez que os documentos, planilhas, apresentações e outros arquivos sejam editados de forma simultânea pelos usuários, com os resultados sendo vistos em tempo real por todos os envolvidos.

A conectividade também aparece com a introdução da Cortana, que, assim como nos celulares com Windows Phone, pode ajudar no trabalho. É possível perguntar a ela, por exemplo, quais são as atividades previstas no calendário do dia, solicitar que ela encontre um trecho específico em um documento ou encontre aquele arquivo que você há muito tempo não mexia.

Já o Outlook vem com ferramentas que facilitam a comunicação, como a possibilidade de criação de caixas de entrada compartilhadas pela web, calendários que podem ser alterados por diversas pessoas e opções de grupo e pesquisas aprimoradas. O Skype passa a ser uma solução integrada a todas as aplicações do Office, tornando-se o app padrão para realização de chamadas, envio de mensagens instantâneas, conferências em vídeo ou compartilhamento direto de arquivos.

O Office 2016 traz ainda um novato, o Planner, um organizador de tarefas online que permite a coordenação de esforços e trabalhos em grupo. De forma semelhante ao Trello, por exemplo, o aplicativo permite que todos acompanhem simultaneamente o andamento de um projeto, criando etapas, marcando-as como concluídas e enviando notificações por e-mail sempre que a atenção de alguém for necessária.

Essa, porém, é a única novidade que não está disponível efetivamente no lançamento desta terça. De acordo com a Microsoft, a funcionalidade ainda está sendo desenvolvida e deve ser lançada até o final deste ano, estando disponível de forma gratuita para todos os usuários do pacote.

Novidades visuais e de integração entre aparelhos também aparecem aqui. Alguns menus se tornaram mais modernos e cada um dos aplicativos terá uma barra superior em sua cor característica – azul para o Word, verde para o Excel e assim por diante. A otimização é para o estilo visual do Windows 10, mas os aplicativos funcionam também nos celulares e tablets, com todas as funções, a partir da nuvem.

O Office 2016 está disponível em 40 opções de linguagem, inclusive o português, e deve ser liberado aos poucos, de forma a não sobrecarregar servidores e permitir uma experiência de upgrade tranquila para todos. A nova suíte de aplicativos está disponível tanto para Windows (apenas da versão 7 em diante) quanto para Macs.

Além da opção de atualização pela internet, por meio do Office 365, os usuários também contam com a boa e velha licença única. A opção Home & Student, como é chamada, custa US$ 149,99 (cerca de R$ 600), um valor pago uma única vez, ao contrário do serviço de assinaturas, que tem valores mensais de US$ 6,99 e US$ 9,99 (de R$ 28 a R$ 40) e permitem a instalação também em celulares e tablets, além do próprio computador, e inclui um plano de chamadas do Skype.

Para a Microsoft, o ideal é que os usuários optem pela segunda opção. A empresa promete trabalhar com o Office da mesma maneira que com o Windows, lançando atualizações com frequência e adicionando novas funções aos aplicativos de tempos em tempos. Uma estratégia que a companhia está adotando também com o seu sistema operacional.

Fonte: Microsoft

Webcast: Licenciamento do Windows 10


A Microsoft realizará no próximo dia 29 de setembro um webcast sobre o licenciamento do Windows 10. O evento online terá 1 hora e 15 minutos de duração.

Neste webcast você poderá tirar dúvidas sobre as melhores formas de licenciar o seu desktop e entenda como funciona a oferta de gratuidade do Windows 10.

Além disso, neste webcast sobre o licenciamento do Windows 10 você também descobrirá como aproveitar melhor os recursos para empresas e como os benefícios do contrato de licenciamento por volume podem fazer a diferença em sua organização.

Webcast: Licenciamento do Windows 10

Data: 29 de setembro de 2015
Horário: 14:00 (horário de Brasília)
Duração: 1 hora e 15 minutos
Mais informações e inscrições: Clique aqui.

Webcast: Licenciamento do Windows 10

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – Sid Vicious

Office 2016 já está disponível para assinantes da MSDN


O Office 2016 foi lançado nesta terça-feira pela Microsoft e os assinantes do Office 365 foram os primeiros a receber a nova versão.

Agora a empresa confirmou que a nova versão da suíte de produtividade também está disponível para os assinantes da MSDN.

Office 2016 já está disponível para assinantes da MSDN

Se você possui uma assinatura da MSDN, é possível obter tanto o Office Professional Plus 2016 para Windows como o Office Home and Business 2016 para Mac.

Os seguintes aplicativos da nova suíte de produtividade também estão disponíveis na MSDN:

• Visio Professional 2016
• Project Professional 2016

Office 2016 já está disponível para assinantes da MSDN
Empresas com contratos de licenciamento por volume terão acesso ao Office 2016 a partir do dia 1 de outubro.

Quem não é assinante do Office 365 ou da MSDN já pode comprar o Office 2016 nos links abaixo:

Office Home & Student 2016 (R$ 347)
Office Home & Business 2016 (R$ 837)
Office Professional 2016 (R$ 1.499)

Antes conhecido pelo codinome Office 16, o novo Office teve um primeiro build vazado (16.03030.1018) na Web em novembro de 2014.

Uma das novidades trazidas pela atualização para o Office 2016 é que agora será possível ver em tempo real quem também está editando seu documento. Por enquanto, este recurso só está disponível para clientes do OneDrive for Business.

A nova versão também facilita o compartilhamento de documentos com a inclusão do botão “Compartilhar” na faixa de opções. Quando você clicar neste botão, o Office 2016 salva o documento na nuvem e outras pessoas poderão fazer edições, revisões e também poderão comentar nele.

O Office 2016 também introduz o recurso Insights no Word 2016 e no Outlook 2016. Basta selecionar uma palavra no texto e informações adicionais serão exibidas no painel de tarefas. Estas informações são oferecidas pelo Bing.

O novo Office também traz novos tema (o colorido e um mais escuro), melhorias no histórico de versões dos documentos e também adiciona o recurso Tell Me no Word, Outlook e em outros aplicativos da suíte.

Basicamente o Tell Me oferece uma forma fácil e rápida de obter ajuda sem que seja necessário navegar pela documentação completa do Office. Por exemplo, fazer perguntas como “Como insiro imagens?” no Word fará com que ele exiba informações relevantes e ajuda adicional.

Outra novidade útil principalmente para estudantes é o suporte para conversão de equações manuscritas para texto. Use o recurso Inserir Equação para escrever as equações no Word, Excel e PowerPoint com uma caneta stylus, mouse ou seu dedo e elas serão convertidas automaticamente para texto.

Saiba mais sobre o Office 2016 aqui.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – Sid Vicious @ 22 set 2015 | 2:05 pm

Microsoft lista smartphones que já estão prontos para receber o Windows 10


Windows 10 Mobile

Ainda sem ter uma data oficial de lançamento do Windows 10 Mobile, muitos usuários do sistema móvel da Microsoft se perguntam se seus dispositivos receberão a nova versão do sistema. Apesar de também não haver uma resposta oficial sobre quais serão exatamente os aparelhos que receberão o Windows 10, a Microsoft listou nos seus sites dos Estados Unidos e do Reino Unido os smartphones que já estão prontos para receber a nova versão do sistema operacional móvel.

Na lista britânica, alguns modelos que não estão disponíveis nos Estados Unidos também foram listados. Os aparelhos listados incluem o Lumia 640, Lumia 640 XL, Lumia 735, Lumia 635, Lumia 830, Lumia 535 e Lumia 435.

Ainda não se sabe se esses dispositivos são os únicos que receberão a atualização para o Windows 10 Mobile ou se são apenas os primeiros que terão o novo sistema operacional disponível para atualização. É provável que a Microsoft otimize o sistema para outros dispositivos que tenham configurações de hardware mais modestas.

Além disso, é de interesse da Microsoft levar o Windows 10 ao máximo de dispositivos possíveis, mirando a meta de alcançar 1 bilhão de dispositivos rodando seu mais novo sistema operacional.

Apesar da companhia não informar qual a data de lançamento do Windows 10 Mobile, os mais recentes rumores que chegaram na última semana indicam que o SO estará disponível oficialmente no dia 10 de outubro.

Fonte: Microsoft USA e Microsoft UK

TechNet Virtual Lab: Windows 10 para profissionais de TI


A Microsoft disponibilizou recentemente em sua página Laboratórios Virtuais TechNet o laboratório virtual Windows 10 para profissionais de TI.

Os laboratórios virtuais permitem que usuários e profissionais de TI testem recursos dos sistemas operacionais da Microsoft via nuvem como se estivessem usando seus próprios PCs. Isto é útil para quem não quer perder tempo criando uma máquina virtual apenas para testar um recurso específico, por exemplo.

TechNet Virtual Lab: Windows 10 para profissionais de TI

Com este laboratório virtual, profissionais de TI e instituições de ensino poderão testar os novos recursos e funcionalidades do Windows 10.

Além disso, ele também mostrará como fazer o upgrade de equipamentos com Windows 7 para o Windows 10 e como gerenciar dispositivos, apps e usuários no novo sistema operacional da Microsoft.

Confira o laboratório virtual Windows 10 para profissionais de TI clicando aqui.

TechNet Virtual Lab: Windows 10 para profissionais de TI

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – Sid Vicious

Microsoft cria navegador com código aberto usando HTML, JavaScript e CSS


A equipe de desenvolvimento do navegador Microsoft Edge publicou um post em seu blog mostrando que é possível criar um navegador com código aberto usando HTML, JavaScript e CSS.

Navegador com código aberto usando HTML, JavaScript e CSS

O núcleo principal deste navegador é o controle WebView, que inclui o mecanismo de renderização EdgeHTML – o mesmo do navegador Microsoft Edge. Este controle oferece diversas APIs e não traz as limitações que afetam os iframes.

A Microsoft disponibilizou o código do navegador baseado em HTML, JavaScript e CSS em seu repositório no GitHub.

Uma versão de demonstração do navegador também está disponível para download através da Windows Store.

Clique na imagem para ver um gif animado do navegador:

Microsoft cria navegador com código aberto usando HTML, JavaScript e CSS

Fontes e Direitos Autorias: Baboo.com – Sid Vicious