Mais informações sobre o CShell do Windows 10

O site Windows Central divulgou nesta segunda-feira mais algumas informações sobre o CShell do Windows 10. Um vídeo mostrando uma versão preliminar também está disponível.

CShell do Windows 10

No início deste ano surgiram informações de que a Microsoft estava trabalhando em um novo “shell adaptável” para o Windows 10 que funcionará em PCs, tablet, smartphones, HoloLens e até mesmo no Xbox One.

O Shell do Windows 10 atual ainda não é um elemento completamente universal, ao contrário do subsistema OneCore e dos aplicativos baseados na Universal Windows Platform.

Os PCs e tablets compartilham o mesmo Shell graças ao Continuum, mas smartphones, HoloLens e Xbox One possuem versões individuais próprias que são mantidas e atualizadas separadamente.

Com futuras atualizações do Windows 10, a Microsoft pretende implementar um Shell único que se adaptará a diferentes plataformas e assim transformá-lo em um sistema completamente universal.

Conhecido internamente na empresa como “Composable Shell” ou “CShell”, este novo Shell do Windows poderá se adaptar a diferentes tipos de dispositivos de forma similar ao modo como o Continuum alterna entre o modo padrão e o modo tablet.

Embora não tenha sido mencionado pelo nome, o Composable Shell já apareceu publicamente em uma demonstração da Microsoft no ano passado. Nesta demonstração foi possível ver o modo Continuum do Windows 10 Mobile com um ambiente mais parecido com o do Windows 10 para PCs, ou seja, nela foi possível ver uma versão inicial do Composable Shell:

Mais informações sobre o CShell do Windows 10

Mais informações sobre o CShell do Windows 10

Uma versão preliminar do CShell do Windows 10 foi encontrada em um build interno da Microsoft que foi disponibilizado por engano por alguns minutos via Windows Insider Program.

No Windows 10 Mobile atual, a experiência do usuário com a tela inicial é diferente da oferecida na versão para desktops. Por exemplo, a versão para desktops incluir mais tamanhos para os blocos dinâmicos, menus de contexto e outras opções não presentes no Windows 10 Mobile.

Com o CShell do Windows 10, a situação é um pouco diferente. Com ele o usuário tem a mesma experiência no smartphone e no desktop, incluindo os menus de contexto e as outras opções:

A Central de Ações também é a mesma no PC e no smartphone com o CShell. Quando você desliza o dedo da parte superior para a inferior da telado smartphone, o design da Central de Ações é praticamente o mesmo da versão para desktop:

Outra mudança nesta versão preliminar do CShell do Windows 10 é o modo de visualização da tela inicial mostrado abaixo em um smartphone. Vale lembrar que nada disso é final e muita coisa ainda pode mudar:

Esta versão preliminar do CShell também introduz algumas melhorias no modo Continuum. Por exemplo, já é possível utilizar aplicativos em janelas que podem ser organizadas via Snap ou em diferentes áreas de trabalho virtuais como se o usuário estivesse no Windows 10 para desktops:

Fontes e Direitos Autorais:  Baboo.com –

Anúncios

Sobre Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Pós-Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação Faculdade - ESAMC Sorocaba. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1995 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator - Administrador de Banco de Dados - SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, Triggers. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping. Atualmente trabalho como Administrador de Banco de Dados no FIT - Instituto de Tecnologia da Flextronics, como também, Consultor em Projetos de Tunnig e Performance para clientes, bem como, Professor Titular na Fatec São Roque. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Possuo titulações e Reconhecimentos: Microsoft MVP, MCC, MSTC e MIE.
Esse post foi publicado em Curiosidades, Descoberta, Dispositivos Móveis, Diversos, Ferramentas, Inovações, Microsoft, Notícias, Sistema Operacional, Utilitários, Windows e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s