Microsoft define “Santorini” como novo codinome para o futuro Windows Lite

Próxima versão leve do sistema operacional da Microsoft tem um novo codinome definido.

See the source image

No final do ano passado, alguns os relatórios apresentando dados de um possível novo sistema operacional Microsoft chamado  “Windows Lite ” começaram a surgir. Detalhes faziam referência a um sistema operacional construído no Windows Core OS, que visa assumir o Chrome OS com novas experiências de usuário e um foco na Web. 

De acordo informações divulgadas recentemente na internet, a Microsoft internamente esta utilziando o codinome  “Santorini” para falar sobre o Windows Lite. Não está claro por que exatamente a Microsoft também está usando este codinome.

O Windows Lite não é uma versão menor do Windows; é uma experiência inteiramente nova, para o que podemos chamar de computação de pouco peso. Provavelmente não vai mesmo ser chamado Windows por causa disso, talvez este possa ser o motivo da escolha deste codiname, o qual tem sua origem e faz referência, a uma das ilhas gregas Cíclades no mar Egeu.

 

Vale destacar que outros codinomes também foram utilizados para representar o Windows Lite, dentre eles: Oasis e Aruba, sendo este último codinome presente em alguns produtos que a Microsoft apresentou no Ignite 2018.

Rumores sugerem que a Microsoft está planejando falar sobre o Windows Lite em sua conferência Build Developer em maio, se assim for, será a primeira vez que o público recebe uma prévia de Santorini, a versão do Windows Core OS que provavelmente veremos o envio em PCs dobráveis e laptops mais tradicionais e 2-em-1s, os quais estão sendo tratados com os codinomes  “Centaurus ” e  “Pegasus “, respectivamente.

Fontes e Direitos Autorais: WindowsCentral.com – Zac Bowden – 22/02/2019.
Leia na integra acessando: https://www.windowscentral.com/microsofts-windows-lite-project-gets-new-codename

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP – Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação pela Uninove – Campus São Roque. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1994 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator – Administrador de Banco de Dados – SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, entre outros recursos. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping, etc. Trabalhei entre 2011 e 2017 como Administrador de Banco de Dados e Coordenador de TI no FIT – Instituto de Tecnologia da Flextronics, atualmente exerço a função de Professor Universitário na FATEC São Roque. CTO da Galvão Tecnologia, consultoria especializada em Gestão de TI, Administração de Servidores Windows Server, Bancos de Dados Microsoft SQL Server e Virtualização. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP e reconhecimentos: MCC, MSTC e MIE.