Startup brasileira Codenation oferece curso online gratuito para linguagem de programação React


A startup brasileira Codenation lançou um programa de capacitação online gratuito para desenvolvedores com foco na linguagem de programação React. As inscrições para estão abertas até o dia 31 de março e podem ser feitas pelo site da startup.

Foto: Shutterstock

O curso AceleraDev React é online e tem duração de seis semanas, entre 16 de abril e 28 de maio de 2019. Durante o programa, 50 selecionados realizarão desafios de programação acompanhados por tutores atuantes no mercado de TI e participarão de workshops com profissionais experientes das empresas apoiadoras e outros especialistas. Os participantes que se destacarem durante a aceleração terão a oportunidade de fazer parte do time de tecnologia das empresas apoiadoras — entre elas Neoway, Ambar, Conaz, Loadsmart e Legalist — ao fim da capacitação.

O desenvolvedor Frontend é responsável pela parte da interface que interage diretamente com o usuário. O programa AceleraDev React foca nessa frente, especialmente em React, uma das principais bibliotecas JavaScript. A capacitação conta com o apoio das empresas Neoway, Ambar e Conaz.

Atualmente, há uma deficiência de profissionais qualificados no mercado de tecnologia que leva as empresas a competirem entre si pelos colaboradores mais capacitados. “Os estudantes que saem da universidade não têm a experiência que o mercado requer e os profissionais que estão em outras regiões têm dificuldades para chegar aos polos de tecnologia”, explica o CEO da Codenation, Eduardo Varela. Para ele, a melhor maneira para resolver essa situação é investir na educação e criar um recrutamento sustentável, com a inserção de novos profissionais treinados para o mercado de trabalho.

Fontes e Direitos Autorais: ITMidia.com –  Direto da Redação – 25/03/2019.
https://itmidia.com/startup-brasileira-oferece-curso-online-gratuito-na-linguagem-de-programacao-react/

Assespro apresenta propostas com objetivo de modernizar leis para startups


Representantes da Assespro (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação) foram à Brasília para apresentar propostas que buscam beneficiar startups, empresas e micro empresas de tecnologia. Em visita recente à Câmara dos Deputados, o representante da entidade Adriano Krzyuy, do Paraná, apresentou duas propostas para parlamentares.

A primeira diz respeito à modernização da Lei de Licitações (PL 1292/1995). Um documento entregue a alguns parlamentares pleiteou, entre outros pontos, licitações exclusivas para micro e pequenas empresas com o valor de até R$240 mil, penalização quando do não pagamento pela administração pública e fomento ao software livre. “Nossa proposta é tornar as compras públicas mais rápidas, baratas e eficientes, tanto para o governo quanto para as empresas”, afirmou Krzyuy, da Assespro-Paraná.

As outras questões discutidas diziam respeito à Lei Geral de Proteção de Dados, sobre a qual serão reabertas as discussões na casa legislativa em breve.  A Assespro pretende que elas cheguem a esta discussão com o apoio de alguns deputados.

“É preciso aproveitar esse momento para corrigir algumas imprecisões do texto de lei e manter as conquistas que garantem o equilíbrio ao ecossistema de inovação e empreendedorismo no país”, afirmou o presidente da Assespro-PR.

Entre as principais emendas do texto sobre LGPD apoiadas pela entidade estão estabelecimento de uma autoridade nacional de proteção de dados dotada de mais autonomia e independência; fixação de regras mais efetivas e rígidas para o tratamento de dados pelo poder público; estímulo à inovação com regras diferenciadas para startups e empresas inovadoras em geral; e regras mais claras para todas as hipóteses legais que autorizam o tratamento de dados pessoais.

Hoje, o Brasil conta com cerca de 70 mil empresas de TI que geram mais de 1,2 milhão de postos de trabalho. A expectativa é de que, nos próximos dez anos, este mercado alcance a marca de U$220 bilhões de dólares, que pode corresponder a 6,5% do PIB.

Fontes e Direitos Autorais: ITMidia.com – Direto da Redação – 25/08/2019.
https://itmidia.com/assespro-apresenta-propostas-para-modernizar-leis-que-cobrem-startups/