Novidades sobre Xbox Scarllet apresentadas por Phil Spencer

Alguns dias atrás, Spencer falou ao alemão PCGamesHardware, onde ele revelou uma série de pontos muito interessantes. É claro que ele também contribuiu com informações sobre o Xbox ScarlettApesar desse site alemão ser dedicado aos jogos de PC, o chefe da divisão do Xbox lida amplamente com os esforços da Microsoft em relação ao Windows, mas também teve tempo de falar sobre os consoles.

Nesta entrevista, ele apostou em trazer mais Xbox e Windows através do novo SDK de Redmond, com o qual os desenvolvedores podem tirar proveito do trabalho feito para uma das plataformas no outro, todos vimos como a conferência do Xbox se referia ao Xbox Scarlett como um hardware quatro vezes mais poderoso que o Xbox One X.

Bem, Spencer queria ressaltar que, com essa afirmação, eles se referiam diretamente à CPU:

“Quando declaramos que o console seria quatro vezes mais potente, nos referimos apenas à CPU. Seria um pouco simplista falar sobre a potência total do console, porque há muitos componentes que ainda não estão definitivos.”

                                      Phil Spencer – CEO da divisão Xbox.

Isso significa que já existe uma CPU decidida por Scarlett? Provavelmente não, mas esta é certamente a especificação mais próxima da final. Além disso, deixou claro que o console ainda está em preparação, então nem ele sabe ao certo o seu verdadeiro poder.

Spencer também relatou a importância de incorporar ao console o SSD, o que ele diz “pode ser usado por desenvolvedores quase como se fosse RAM“: 

“… Nosso objetivo principal com Scarlett era melhorar os recursos gráficos e a GPU do console. Agora estamos falando de 120 Hertz ou taxas de atualização variáveis. Porque se o tempo do loop do jogo – as principais rotinas de um jogo – corresponder à taxa de atualização, isso reduz a latência de entrada e, assim, garante uma experiência de jogo tranquila. E isso depende muito da largura de banda da CPU e da memória. É por isso que você tem que ver uma declaração como “Scarlett é x vezes mais rápido que o Xbox One X” um pouco mais diferenciado.”

Outro fato interessante, Phil Spencer adicionou que podemos ver versões melhoradas para o Xbox Scarlett dos jogos da geração atual no próximo, como aconteceu com os jogos da retrocompatibilidade. Ainda disse que diferentemente dos PCs, os consoles historicamente tinham GPUs fracas mas que mudar isso para ir além dos 30FPS.

Ficamos felizes em saber que a Microsoft e suas equipes estão construindo seu próximo console pensando não apenas em potência bruta , mas também para facilitar a vida dos desenvolvedores.

As expectativas é que esta máquina seja uma outra obra de arte para os fãs do Xbox, com certeza, uma forma de mostra que esta plataforma vai muito além de um “simples jogo”, representa a junção de todo potencial humana existente na construção de uma máquina em união das principais invoações tecnológicas para programação voltada para jogos.


Fontes e Direitos Autorais: PCGamesHardware.de – 05/07/2019.
Leia na integra acessando: https://www.pcgameshardware.de/Xbox-Next-Scarlett-Konsolen-268616/Specials/Phil-Spencer-Das-Mega-Interview-1293543/?utm_source=twitter.com&utm_campaign=sharebutton&utm_medium=social
Coautoria – WindowsClub.com.br