Microsoft informa que vai retirar do meio ambiente todo seu carbono emitido

Plano da empresa envolve se tornar carbono negativa até 2030 e retirar todo o carbono emitido por ela desde 1975

A Microsoft anunciou nesta quinta-feira (16), durante evento no seu campus em Redmond, Washington, metas para se tornar carbono negativa até 2030. Além disso, o projeto aponta que até 2050 a empresa deverá remover do meio ambiente todo o carbono emitido por ela desde sua fundação, em 1975.

Brad Smith with Amy Hood and Satya Nadella

As metas foram apresentadas pelo CEO da empresa, Satya Nadella, o presidente Brad Smith, a CFO Amy Hood, e o diretor ambiental Lucas Joppa.

Em publicação no blog oficial, Smith detalhou o plano da Microsoft e a preocupação com o meio ambiente. “Se não reduzirmos as emissões e as temperaturas continuarem subindo, a ciência nos diz que os resultados serão catastróficos”, disse o executivo.

No início do ano, cientistas do Serviço de Mudanças Climáticas Copernicus (C3S) divulgaram que 2019 foi o ano mais quente da história. Nesta semana, NASA e Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA apontaram que foi o segundo ano mais quente de todos.

“Enquanto o mundo precisa buscar o zero líquido, aqueles de nós que podem se mover mais rápido e ir mais longe devem fazê-lo”, afirmou Smith.

Chart showing world economic growth

A companhia também anunciou um novo fundo de inovação de US$ 1 bilhão para acelerar o desenvolvimento global de tecnologias para redução, captura e remoção de sistema, máquinas e serviços relacionados à produção de carbono.

Até julho de 2021, a empresa promete implementar novos processos e ferramentas de compras, além de incentivar fornecedores a reduzir suas emissões. “Trabalharemos com nossos fornecedores para implementar relatórios consistentes e precisos e tomar medidas eficazes para progredir em relação a metas com base científica”, afirma a publicação.

Chart of Microsoft pathway to carbon negativity

Para saber mais, assista o vídeo – Understanding the Math Behind Microsoft’s Commitment to Become Carbon Negative by 2030:


Fontes e Direitos Autorais: Official Microsoft Blog – Brad Smith – President, 16/01/2020.
Leia na integra acessando: https://blogs.microsoft.com/blog/2020/01/16/microsoft-will-be-carbon-negative-by-2030/

Autor: Junior Galvão - MVP

Profissional com vasta experiência na área de Tecnologia da Informação e soluções Microsoft. Pós-Graduado no Curso de Gestão e Engenharia de Processos para Desenvolvimento de Software com RUP na Faculdade FIAP – Faculdade de Informática e Administração Paulista de São Paulo. Graduado no Curso Superior em Gestão da Tecnologia de Sistemas de Informação pela Uninove – Campus São Roque. Formação MCDBA Microsoft, autor de artigos acadêmicos e profissionais postados em Revistas, Instituições de Ensino e WebSistes. Meu primeiro contato com tecnologia ocorreu em 1994 após meus pais comprarem nosso primeiro computador, ano em que as portas para este fantástico mundo se abriram. Neste mesmo ano, comecei o de Processamento de Dados, naquele momento a palavra TI não existia, na verdade a Tecnologia da Informação era conhecida como Computação ou Informática, foi assim que tudo começou e desde então não parei mais, continuando nesta longa estrada até hoje. Desde 2001 tenho atuado como Database Administrator – Administrador de Banco de Dados – SQL Server em tarefas de Administração, Gerenciamento, Migração de Servidores e Bancos de Dados, Estratégias de Backup/Restauração, Replicação, LogShipping, Implantação de ERPs que utilizam bancos SQL Server, Desenvolvimento de Funções, Stored Procedure, entre outros recursos. Desde 2008 exerço a função de Professor Universitário, para as disciplinas de Banco de Dados, Administração, Modelagem de Banco de Dados, Programação em Banco de Dados, Sistemas Operacionais, Análise e Projetos de Sistemas, entre outras. Experiência na Coordenação de Projetos de Alta Disponibilidade de Dados, utilizando Database Mirroring, Replicação Transacional e Merge, Log Shipping, etc. Trabalhei entre 2011 e 2017 como Administrador de Banco de Dados e Coordenador de TI no FIT – Instituto de Tecnologia da Flextronics, atualmente exerço a função de Professor Universitário na FATEC São Roque. CTO da Galvão Tecnologia, consultoria especializada em Gestão de TI, Administração de Servidores Windows Server, Bancos de Dados Microsoft SQL Server e Virtualização. Possuo titulação Oficial Microsoft MVP e reconhecimentos: MCC, MSTC e MIE.