Arquivo da categoria: Dispositivos Móveis

Microsoft Windows 10 IoT Core Preview build 17763 disponível


A Microsoft liberou no decorrer desta semana o download o Windows 10 IoT Core Preview build 17763, para os participantes do Windows Insider Program.

A relação e lista de problemas conhecidos neste build inclui somente dois itens:

  • O primeiro relacionado a implantação de drivers via F5 a partir do Visual Studio não funcione; e
  • O segundo que impede a conexão à internet via Wi-Fi com SoftAp (software enabled access point).

Os participantes do Windows Insider Program que neste momento estão utilizando versões de builds anteriores podem instalar o Windows 10 IoT Core Preview build 17763 via Windows Update, não é necessário realizar nenhum outro procedimento de atualização.

Além disso, os arquivos para instalação limpa serão disponibilizados nos próximos dias para as placas Raspberry Pi, MinnowBoard MAX e Dragonboard 410c.

Importante destacar que a Microsoft anunciou recentemente o Windows 10 IoT Core Services, sendo esta uma nova edição do Windows 10 para dispositivos inteligentes.

Para saber mais esta versão acesse: https://docs.microsoft.com/pt-br/windows/iot-core/commercialize-your-device/iotcoreservicesoverview

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft.com – Insider.Windows.com – 25/09/2018.

Anúncios

Novidades no cliente do OneDrive para Windows anunciadas pela Microsoft


A Microsoft divulgou nesta semana no OneDrive Blog algumas novidades no cliente do OneDrive para Windows que estarão disponíveis ainda em julho. O OneDrive é o serviço de armazenamento e sincronização de arquivos na nuvem da Microsoft e sucessor do SkyDrive. Ele foi lançado oficialmente no dia 19 de fevereiro de 2014.

Uma das novidades no cliente do OneDrive para Windows é útil para usuários de portáteis e permite a pausa da sincronização de arquivos quando o modo de economia de energia estiver ativo.

Assim que o cliente do OneDrive detectar que o modo de economia de energia foi ativado, a sincronização será interrompida automaticamente e uma notificação como essa abaixo será exibida:

Microsoft anuncia novidades no cliente do OneDrive para Windows

Os usuários também poderão enviar facilmente feedback para a Microsoft acessando a opção abaixo no menu do cliente do OneDrive:

Onedrive Julho 04Capture.JPG

A Central de Atividades do OneDrive será atualizada para tornar seu uso mais fácil. A Central de Atividades permite que o usuário visualize o status do cliente do OneDrive para Windows e acesse suas configurações:

Sincronização em andamento:

Onedrive Julho 03Sincronização concluída:

Onedrive Julho 02Fontes e Direitos Autorais: Microsoft OneDrive Blog – Julho/2018.

Windows 10 IoT Core Services, nova versão do Windows 10 para dispositivos inteligentes


A Microsoft anunciou durante a Computex 2018, evento realizado nos últimos dias uma nova edição do Windows 10 para dispositivos inteligentes, a Windows 10 IoT Core Services.

Microsoft anuncia nova edição do Windows 10, a Windows 10 IoT Core ServicesEm seu anúncio a Microsoft destaca que esta nova edição do Windows 10 foi desenhada e otimizada para criação de dispositivos IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas) inteligentes.

Além do Windows 10 IoT Core, que é gratuito, a Microsoft também apresentou o Windows 10 IoT Core Services versão paga voltada para dispositivos IoT. A versão gratuita continuará sendo oferecida através do canal Semi-Annual Channel (SAC).

Já a versão paga será oferecida através do canal Long-Term Servicing Channel (LTSC) e terá 10 anos de suporte. No canal LTSC, novas versões são lançadas normalmente a cada dois ou três anos.

Ela também terá controle de atualizações com o novo Device Update Center (DUC), segurança comprovada por hardware com o Device Health Attestation (DHA) e mais. O DHA permite que empresas e fabricantes avaliem a confiabilidade de um dispositivo IoT durante sua inicialização.

Esta nova edição está sendo testada por um número limitado de participantes. Empresas e fabricantes interessadas em testá-la podem entrar em contato via iotservices@microsoft.com.

A Microsoft ainda não definiu uma data oficial de lançamento desta versão, mas ressalta que uma versão Preview “pública” será disponibilizada em julho de 2018.

Fontes e Direitos Autorais: Windows Blogs – – 05/06/2018 – https://blogs.windows.com/windowsexperience/2018/06/05/windows-10-iot-tomorrows-iot-today/

SQL Operations Studio versão preview v0.29.3 liberado


A Microsoft disponibilizou para download no último dia 05/08 a nova versão preview do SQL Operations Studio denominada v0.29.3. A ferramenta está disponível para Windows, macOS e Linux.

O SQL Operations Studio é uma ferramenta gratuita para gerenciamento do SQL Server, Azure SQL Database e Azure SQL Data Warehouse.

De acordo com o changelog, a versão 0.29.3 traz correções de bugs, nova extensão Redgate SQL Search disponível no Extension Manager, suporte para mais idiomas e outras novidades. Quer saber mais sobre todas as novidades, melhorias e mudança, clique aqui.

A versão para Windows do SQL Operations Studio Preview v0.29.3 está disponível para download com instaladorou versão portátil (não requer instalação).

Para maiores informações sobre o SQL Operations Studio para Windows e demais plataformas de sistemas operacionais acessem link: https://docs.microsoft.com/en-us/sql/sql-operations-studio/download?view=sql-server-2017.

Fontes e Direitos Autorias: Microsoft.com – 05/08/2018 –  Docs | SQL | Tools | SQL Operations Studio.

Microsoft vai distribuir sua própria versão do Linux pela primeira vez


A Microsoft anunciou ontem o Azure Sphere, um sistema dedicado a garantir a segurança de dispositivos conectados à “Internet das Coisas” (IoT). O sistema é composto por três partes, e a mais interessante delas é o Azure Sphere OS, o sistema operacional que a Microsoft criou para gerenciar esses dispositivos: isso porque trata-se de uma versão do Linux customizada pela empresa.

De acordo com o Business Insider, o presidente da Microsoft, Brad Smith, anunciou o sistema em um evento em San Francisco. Para marcar o lançamento, ele ressaltou a ligação da Microsoft com o sistema operacional aberto: “Após 43 anos, esse é o primeiro dia em que estamos anunciando, e estaremos distribuindo, uma versão customizada do kernel do Linux”, disse. O vídeo abaixo mostra mais do projeto:

Perigo que une

Para o presidente da Microsoft, o fato de que atualmente muitos aparelhos diferentes (desde um computador até uma lâmpada) têm processadores é uma preocupação de segurança. Afinal, esses dispositivos – se conectados à rede – podem ser manipulados por pessoas mal-intencionadas para funcionar de maneiras diferentes do que as pretendidas. O melhor exemplo disso é a botnet Mirai, uma rede de dispositivos IoT que foi manipulada para comprometer a internet do mundo inteiro.

Com o objetivo de combater problemas desse tipo, a Microsoft lançou o Azure Sphere, que é uma medida de segurança em três frentes: hardware, software e nuvem. O hardware em questão é um design de microcontrolador elaborado pela própria empresa, e que ela pretende disponibilizar gratuitamente para fabricantes interessadas em produzí-lo.

Na frente do software é que entra o Azure Sphere OS, a versão do Linux que a Microsoft criou e pretende distribuir e suportar. Finalmente, na frente da nuvem, os dispositivos da Azure Sphere vão se conectar á nuvem da empresa de maneira regular para verificar sua integridade, e a Microsoft se compromete a oferecer atualizações de software a eles por até dez anos.

Amor e ódio

O lançamento do Azure Sphere OS é um dos passos mais significativos na lenta aproximação da Microsoft com o Linux. Essa aproximação começou quando Satya Nadella assumiu como seu CEO e se aprofundou em 2016, quando a empresa entrou para a Fundação Linux 15 anos após chamar o sistema operacional livre de “câncer”.

Mais recentemente, essa relação já vinha se intensificando, com a Microsoft até mesmo permitindo o download de distribuições do Linux por meio da própria Windows Store. E agora que a empresa não só lançou sua própria versão do sistema operacional aberto como está posicionando-a como um dos diferenciais de um produto seu, essa relação deve se tornar ainda mais próxima.

Fontes e Direitos Autorais: Olhar Digital.com – Gustavo Sumares 17/04/2018 12h33

SQL Operations Studio – Public Preview release (0.27.3) – Março 2018


Salve galera, bom dia.

Quinta – feira, véspera de mais um feriado nacional, o mês de março esta se encerrando mas ainda temos tempinho para produzir muito coisa, e falando justamente em produzir a Microsoft como sempre não perde tempo e esta a todo o vapor para liberar logo a versão final do SQL Operations Studio “o futuro substituto” do ótimo Management Studio.

Versão 0.27.3

Segundo o anúncio realizado ontem dia 28/03 através do SQL Server Blog, uma nova versão do SQL Operations Studio torna-se pública, definida como versão 0.27.3.

A Figura 1 abaixo ilustra a interface desta nova versão:
Figura 1 – SQL Operations Studio 0.27.3.

Lançado de maneira pública e ainda em versão preliminar o SQL Operations Studio, esta passando por um período de grande evolução se levarmos em consideração a primeira versão preview apresentada oficial pela Microsoft em 15/11/2017. Esta nova versão é considerada oficialmente como a quarta maior atualização disponibilizada pelas equipes que trabalham em seu desenvolvimento.

Caso você queira saber um pouco mais sobre as versões anteriores, acesse: https://blogs.technet.microsoft.com/dataplatforminsider/2018/02/15/the-february-release-of-sql-operations-studio-is-now-available/

Esta nova versão preview tem como foco melhorias no conjunto de extensões disponíveis para o produto, como também, continuar a abordar os problemas com maior destaque apresentados na plataforma github. Dentre algumas melhorias e correções o gerenciador de extensões e gerenciador do Dashboard foram os principais recursos aprimorados nesta release.

Outros destaques apresentados nesta release são:

  • Aprimoramento no modelo de extensibilidade de gerenciamento de Dashboard oferecerendo maior suporte a informações com guias e painéis de configuração;
  • Extensões de painel de visão para sp_whoisactive existentes no whoisactive.com e um exemplo de relatórios de servidor;
  • Extension Manager permite a aquisição simples de extensões oficiais ou de terceiros;
  • Nova APIs de extensibilidade adicionada para a conexão e gerenciamento de ObjectExplorer; e
  • Suporte a 10 idiomas.

Para maiores informações e acesso a lista completa de atualizações pode ser obtida acessando Release Notes.

Extension Manager

Um dos recursos mais importantes existente tanto no SQL Operations Studio e também no Visual Code, o Gerenciador de extensão facilita a descoberta e a aquisição de funcionalidades adicionais do SQL Operations Studio.

Agora neste nova versão este fantástico recurso acaba de passar por um processo de reformulação, tendo maior capacidade para gerenciar extensões oficiais como também aquelas disponibilizadas pela comunidade.

A Figura 2 ilustra a interface do Extension Manager a partir desta versão:
Figura 2 – SQL Operations Studio – Extension Manager.

Downloads

Dentre as possibilidades para download destaco as seguintes:

Plataforma Link
Windows Setup Installer https://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=870837
Windows ZIP https://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=870838
macOS ZIP https://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=870839
Linux TAR.GZ https://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=870840
Linux DEB https://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=870842
Linux RPM https://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=870841

Maiores informações sobre as novidades do SQL Operations Studio podemo ser obtidas acessando SQL Server Blog.


Fontes e Direitos Autorais: SQL Server Blog – 

Azure for Students anunciada pela Microsoft


A Microsoft anunciou no último dia 05/03 o Azure for Students. Desenvolvido para o uso da nuvem, com os estudantes em mente, ele oferece aos alunos verificados acesso total a mais de 25 produtos Azure gratuitos, além de crédito de US$ 100 para uso em produtos pagos, sem exigência de cartão de crédito.

O Azure for Students faz parte do crescente compromisso da Microsoft com a Educação, tanto na nuvem quanto na sala de aula STEM (“Science, Technology, Engineering and Mathematics”, ou Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, em português).

Microsoft anuncia o Azure for Students

Você pode começar a construir com qualquer um dos serviços gratuitos e usar o seu crédito Azure para gastar agora:

– Descubra a flexibilidade do Azure por meio da biblioteca de serviços de código aberto.

– Implemente máquinas virtuais Azure, incluindo equipadas com GPUs poderosas, com suporte para Linux, Windows Server, SQL Server, Oracle, IBM e SAP. O Azure oferece aos usuários a flexibilidade de virtualização para uma ampla gama de soluções de computação.

– Crie aplicativos Web e Móveis rapidamente usando .NET, .NET Core, Java, Ruby, Node.js, PHP e Python. Integre o Azure App Service em modelos existentes e obtenha uma produtividade de desenvolvedor incomparável com recursos de ponta, como integração contínua, depuração no site ao vivo e o líder do setor, Microsoft Visual Studio IDE – Integrated Development Environment.

– Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquinas conectam aplicativos, sites e robôs com algoritmos inteligentes para ver, ouvir, falar, entender e interpretar as necessidades de um usuário por meio de métodos naturais de comunicação. Habilitando computadores para aprender com dados e experiências e para agir sem ser programado.

– Aproveite o Big Data analisando todos os dados em um único lugar sem restrições artificiais com o Azure Data Lake Store. O Data Lake Store pode armazenar trilhões de arquivos, e um único arquivo pode ser maior do que um petabyte em tamanho – 200 vezes maior do que outras opções da loja na nuvem.

Para maiores informações, acesse: https://azure.microsoft.com/pt-br/free/students/

Fontes e Direitos Autorais: