Metodologia de desenvolvimento low-code terá mais adesão a partir de 2020

Segundo Jennifer Gill Portal ITForum365, esta nova tendência de desenvolvimento conquistará até os desenvolvedores da old-school.


Desenvolver software de maneira visual e mais rápida; permitir que profissionais de negócios participem do desenvolvimento, melhorar o time-to-market são alguns dos benefícios mais comentados quando se pensa em desenvolvimento low-code. No entanto, os beneficios vão muito além.

Image result for imagens low-code

As plataformas de código baixo (low-code) ajudarão a minimizar os impactos causados por escassez de desenvolvedores e cientistas de dados, à medida que as empresas poderão contar com mais profissionais durante o desenvolvimento de software. Tudo isso respeitando os limites e padrões estabelecidos pela governança, para evitar falhas e riscos as organizações. A tendência é que essas plataformas conquistem até os desenvolvedores mais experientes.

Continue Lendo “Metodologia de desenvolvimento low-code terá mais adesão a partir de 2020”

UX a estratégia para um novo produto ou solução

Segundo Guilherme Sesterheim – Portal ITForum365. O UX trata de entender como o cliente se comporta e quais são as suas necessidades, para resolver os problemas o mais rápido possível.


Image result for imagens UX DesignersAnualmente, o Gartner IT Symposium/Xpo reúne, em Orlando, uma comunidade de líderes e especialistas em TI, para discutirem e terem acesso a todas as recentes descobertas do setor de tecnologia. Durante um painel financeiro na edição deste ano, o que mais me impactou foi a forma natural de como o tópico de UX foi discutido – o questionamento era simples: “o que você está fazendo no mercado financeiro se não tem UX como base em sua estratégia?”,  – e a mensagem mais clara e fácil ainda: estamos entrando em 2020 e apenas alguns bancos ao redor do mundo realmente investem e têm UX como ponto principal de sua estratégia. Embora o foco fosse financeiro, é uma constatação para todas as demais indústrias.

Quando falamos em serviços, todas as pessoas desejam uma boa experiência (UX), querem se sentir especiais. E isto só é atingido através da personalização do serviço para cada pessoa individualmente. Porém para atingir este ponto, geralmente mais custos são envolvidos. Mais pessoas dedicadas e especializadas são necessárias para entregar a personalização, o atendimento/serviço/produto, de forma única. É isto que o investimento em UX gera nos clientes, e sua fidelidade é o resultado para a marca que investiu.

Continue Lendo “UX a estratégia para um novo produto ou solução”

DevOps e seus segredos obscuros

Empresas estão cada vez mais se voltando para o DevOps para apoiar as suas transformações digitais.


No começo, havia o código, e os desenvolvedores eram responsáveis ​​por tudo. Eles criaram a lógica e a mantiveram em execução nos servidores, mas isso mudou com a expansão e a diferenciação das equipes. Alguns profissionais permaneceram com o código (devs) e outros acabaram cuidando das máquinas (ops).

Atualmente, graças à nuvem e à ascensão dos microsserviços, o software se tornou uma constelação de dezenas e até milhares de componentes rodando em máquinas separadas. Cada um é tecnicamente independente, mas todas essas máquinas devem trabalhar juntas.

A principal tarefa da equipe de DevOps é fornecer toda a orquestração desses aplicativos multifacetados. Eles podem não lidar com a profundidade da arquitetura do software, mas mantêm as peças em funcionamento.

Confira algumas verdades ocultas e conceitos errôneos que têm sido amplamente divulgados.

DevOps não programa

Muitos pensam que o DevOps não faz programação – e eles estão certos. As funções divergiram, e grande parte do trabalho de lidar com bytes e estruturas de dados hoje é atribuído a desenvolvedores que vivem em um mundo diferente.

Estrategicamente, faz sentido isentar os programadores da responsabilidade de manter tudo em funcionamento, porque as suas mentes estão perdidas no meio de toda a abstração. Mas os membros da equipe de DevOps ainda precisam escrever trechos de código e pensar abstratamente sobre estruturas de dados ocultos. Manter tudo funcionando requer inúmeras linhas de comando, mas que geralmente podem ser coletadas e simplificadas.

Continue Lendo “DevOps e seus segredos obscuros”

Lista de possíveis novidades a serem lançadas em 2020 para Windows 10

Estas podem ser algumas das milhares de novidades a serem adicionadas no Windows 10 em 2020.


Segundo o WebSite Windows Central, a Microsoft que atualmente esta trabalhando no Build 20H1, codinome da próxima grande atualização do Windows, destaca algumas informações sobre as possíveis novidades a serem adicionadas ao Windows 10 em 2020.

Aparência do Windows

  • O Explorador de Arquivos ganhará uma nova interface de pesquisa e agora é alimentado por um novo sistema, o “ELF64 Linux”.
  • O Teclado Virtual ganhou mais 39 idiomas adicionais baseados nas tecnologias SwiftKey.
  • O Input Method Editor (IME) ganhou melhorias para japonês, bem como chinês simplificado e tradicional.
  • O Ditador agora suporta 12 idiomas adicionais.
  • A lista de Wi-Fi foi atualizada com uma interface do usuário aprimorada e melhor iconografia.
  • O Windows Ink Workspace agora é menor e fornece acesso direto ao Microsoft Whiteboard e ao Snip & Sketch.
  • Uma nova experiência da Cortana está presente e apresenta uma nova interface do usuário de conversação, modo claro e escuro e muito mais.
  • Os Desktops Virtuais agora podem ser renomeados e salvos entre as reinicializações.
  • Novas opções de notificação estão presentes e permitem que o usuário controle quais aplicativos podem emitir notificações. Também ficou mais fácil ocultar o conteúdo das notificações.
  • Agora, os usuários podem adicionar eventos ao calendário diretamente no menu desdobrável de hora e data na barra de tarefas.

Configurações

  • Vai ser possível remover todas senhas tradicionais do sistema, isso condicionado apenas ao uso exclusivo dos mecanismos de autenticação do Windows Hello.
  • Uma nova seção de visualização geral para a área Idiomas nas Configurações permitirá saber rapidamente quais idiomas estão selecionados como padrão para sua exibição do Windows, aplicativos e sites, formato regional, teclado e fala.
  • A nova opção de “Cloud Download” permitirá restaurar o Windows a partir de um back-up feito na Nuvem.

Continue Lendo “Lista de possíveis novidades a serem lançadas em 2020 para Windows 10”

Windows Store agora oferece suporte a Apps Win32

Embora o formato UWP (Universal Windows Platform) tenha sido projetado para quem sabe substituir o antigo formato de APPS Win32, a gigante de Redmond voltou atrás em sua decisão.


Parece que finalmente teremos o suporte por parte da Microsoft aos aplicativos Win32 e eles poderão ser publicados na Microsoft Store a partir de hoje.

Sabemos que a plataforma foi inicialmente projetada para unificar o desenvolvimento de aplicativos do Windows 10 (mobile, desktop e todas as outras tela), mas que parece ter perdido um pouco de sua força com o fim da linha de smartphones com Windows 10.

A Microsoft passou os últimos 4 anos, desde o último lançamento de dispositivos com o Windows 10 Mobile em 2015, buscando maneiras de atrair desenvolvedores para a Microsoft Store, primeiramente, por meio dos UWP e, logo após, por meio dos aplicativos Centennial, que permitiriam aos desenvolvedores usar seu código Win32 inalterado para colocá-los na loja.
Recentemente, a Microsoft ate tentou uma nova forma de atrair desenvolvedores para sua loja, dessa vez, via PWA (Progressive Web Applications), que lhes permitiriam usar seu código web inalterado.

Em uma publicação no Xbox Wire, a Microsoft disse:

“Reconhecemos que o Win32 é o formato de aplicativo que os desenvolvedores de jogos adoram usar e os jogadores adoram jogar, por isso, estamos empolgados em compartilhar que disponibilizaremos o suporte completo para jogos nativos do Win32 na Microsoft Store no Windows. Isso vai abrir caminhos para desenvolvedores e jogadores, permitindo a personalização e o controle que eles tanto esperam do ecossistema de jogos abertos do Windows.”

A empresa anunciou que irá lançar o Xbox Game Pass para PC e que pretende aumentar seus esforços para que os jogos do Xbox Game Studios apareçam em mais plataformas. Tudo isso mostra que a Microsoft se preocupa em espalhar seus recursos e tornar-los disponíveis independente do sistema que o público utiliza.

Fontes e Direitos Autorais: Diego Mendes – Windowsteam.com.br
Leia na integra acessando: https://www.windowsteam.com.br/suporte-a-apps-win32-finalmente-chegam-para-windows-store-e-windows-10/

Microsoft disponibiliza PWA Builder 2.0


Está no ar a versão 2.0 do PWA Builder, a ferramenta criada pela Microsoft que facilita e muito a criação de um Progressive Web App (PWA).

PWA Builder

A v2.0 possui um novo design e “snippits” para integração de interfaces de programação web, tem ainda a adição de uma plataforma de desktop Mac e Webkit com base em Webkit.

Outra novidade é que os desenvolvedores agora podem visualizar sua “pontuação” e adicionar recursos de plataforma cruzada (cross plataform), como autenticação, integração de sistemas e interfaces de usuário por meio de interfaces de programação do Microsoft Graph.

Não tenha dúvida que uma das principais ideias por trás dessa ferramenta é a geração de novos aplicativo compatíveis com o Windows 10, assim como tem ainda o interesse da MS em estimular desenvolvedores a migrarem seus aplicativos mais antigos para novos formatos, entre os quais estão os PWA.

Já falamos aqui que os PWA serão muito importantes no futuro de toda plataforma e de todo sistema operacional. O futuro que nos aguarda tem a Nuvem como centro de tudo e é lá que os PWA reinam e operam boa parte das aplicações web.

Sendo assim, se você é desenvolvedores, estudante, programador ou entusiastas, vale a pena explorar as possibilidades ofertadas pelo PWA Builder. Tem muita coisas simples de usar, então, vale a pena dar uma fuçada.

Para saber sobre esta nova ferramenta da Microsoft, acesse: https://www.pwabuilder.com/

Fontes e Direitos Autorais: WindowsTeam – https://www.windowsteam.com.br/microsoft-libera-versao-2-0-da-sua-ferramenta-para-criacao-de-pwa/

Visual Studio 2019 Release Candidate (RC) já está disponível

Visual Studio 2019 Release Candidate (RC) – uma das etapas finais antes de disponibilidade geral em 2 de abril.


Em seu blog oficial dedicado ao Visual Studio, a Microsoft realizou o anuncio informando sobre a liberação da primeira versão RC – Release Candidate do novo Microsoft Visual Studio 2019, o qual será oficialmente apresentando para o mundo no dia 02 de abril.

Release Candidate

Segundo, John Montgomery – Diretor de gestão do programa. “Com esta versão, estamos introduzindo dois produtos “canais“: o canal de lançamento e o canal de visualização.

A partir de hoje, o Visual Studio 2019 RC está disponível no canal de lançamento (visualstudio.com/downloads) e o Visual Studio 2019 Preview 4 está disponível no canal de visualização (visualstudio.com/preview). Ambas as versões podem ser instaladas e usadas lado a lado e, agora, ambos os canais contêm os mesmos bits.

A partir de 2 de abril, a compilação do canal de lançamento (RC) pode ser atualizada para a nossa versão disponível em geral (GA), que estará pronta para uso na produção. O canal de visualização continuará a oferecer uma visão antecipada dos recursos programados, assim como você se acostumou a no Visual Studio 2017.

Visual Studio 2019 canais do produto.

Estamos incrivelmente gratos a todos os usuários que têm vindo a experimentar o Visual Studio 2019 desde a primeira visualização e têm vindo a dar-nos feedback a cada passo do caminho.”

Dentre as edições existentes, a Microsoft desta a Community que manteve presente e passou por diversas melhorias neste nova versão: “Para o Visual Studio Community 2019, estamos fazendo as referências, Application insights (solicitações e exceções), e teste (status de teste e testado por) CodeLens recursos disponíveis, que só estavam disponíveis no Visual Studio Professional e Enterprise Anteriormente.


Isso significa que qualquer usuário do Visual Studio 2019 pode agora obter insights específicos e informações sobre o código, diretamente no editor de código.”

Quer saber mais sobre o Visual Studio 2019? Confira as notas de lançamento disponíveis para esta primeira release candidate e seus detalhes.

Caso deseje realizar o download acesse: https://visualstudio.microsoft.com/downloads/

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft – Visual Studio – John Montgomery  – 28/02/2019.
Leia na integra acessando: https://devblogs.microsoft.com/visualstudio/visual-studio-2019-release-candidate-rc-now-available/