Versões Preview do Windows Server começarão a ser disponibilizadas em breve


A Microsoft confirmou nesta semana no Windows Server Blog que as versões Preview do Windows Server começarão a ser disponibilizadas em breve via Windows Insider Program.

O Windows Server passou a fazer parte do Windows Insider Program em 11 de maio.

Novas versões Preview do Windows Server em breve

No dia 15 de junho a Microsoft anunciou que, assim como o Windows 10 e o Office 365 ProPlus, o Windows Server passará a receber duas grandes atualizações por ano.

Com isso as atualizações serão disponibilizadas durante a primavera norte-americana (entre março e junho) e uma durante o outono norte-americano (entre setembro e dezembro).

Versões Preview do Windows Server começarão a ser disponibilizadas em breve

O novo post da Microsoft sobre a disponibilidade das novas versões Preview do Windows Server em breve indica que os testes da primeira atualização, com lançamento entre setembro e dezembro de 2017, estão para começar.

Usuários e profissionais de TI interessados podem se registrar no Windows Insider Program através do link https://insider.windows.com/ForBusiness.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft – Windows Server Blog – 15/06/2017. https://blogs.technet.microsoft.com/windowsserver/2017/06/15/previews-for-windows-server-semi-annual-channel-releases-coming-soon/

 

Microsoft SQL Server 2016 Express já está disponível


Com o lançamento do SQL Server 2016 nesta semana, a Microsoft também disponibilizou para download no Microsoft Download Center o SQL Server 2016 Express.

O Microsoft SQL Server 2016 Express é uma edição gratuita e com muitos recursos do SQL Server 2016. Esta versão é ideal para aprender, desenvolver e capacitar aplicativos Web, para desktops e para servidores de pequeno porte, bem como para redistribuição por ISVs.

LocalDB (SqlLocalDB)
• O LocalDB é uma versão simples do Express que tem todos os recursos de programação, é executado no modo de usuário, tem uma instalação rápida e sem configuração e uma lista pequena de pré-requisitos. Use essa opção se você precisar de uma maneira simples de criar e trabalhar com bancos de dados a partir do código. Ele pode ser agrupado com ferramentas de desenvolvimento de aplicativos e bancos de dados, como o Visual Studio, ou inserido em um aplicativo que necessite de bancos de dados locais.

Express (SQLEXPR)
• A edição Express inclui apenas o mecanismo de banco de dados do SQL Server. Mais indicado para aceitar conexões remotas ou administrar remotamente.

Express com Advanced Services (SQLEXPRADV)
• Esse pacote contém todos os componentes do SQL Server Express, incluindo a versão completa do SQL Server Management Studio. Este pacote inclui a Pesquisa de Texto Completo e o Reporting Services.

Faça o download do SQL Server 2016 Express

O SQL Server 2016 Express está disponível para download gratuitamente aqui. Esta versão é compatível com o Windows 10, Windows 7 SP1, Windows 8, Windows 8.1, Windows Server 2008 Windows Server 2008 R2, Windows Server 2008 R2 SP1, Windows Server 2012 e Windows Server 2012 R2.

Outros requisitos incluem processador Intel com 1GHz ou mais rápido, mínimo de 512MB de memória RAM e pelo menos 4.2GB de espaço livre em disco.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – Sid Vicious @ 2 jun 2016 | 8:45 am

Microsoft disponibiliza o SQL Server 2016 RC0


A Microsoft anunciou esta semana, a disponibilidade do SQL Server 2016 RC0 (Release Candidate 0), versão de testes mais recente do novo SQL Server.

Microsoft disponibiliza o SQL Server 2016 RC0

A Microsoft anunciou hoje a disponibilidade do SQL Server 2016 RC0 (Release Candidate 0), versão de testes mais recente do novo SQL Server

 

Benefícios do SQL Server 2016

• O desempenho aprimorado in-memory fornece transações 30 vezes mais rápidas, consultas 100 vezes mais rápidas do que bancos de dados relacionais baseados em disco e análises operacionais em tempo real.

• A nova tecnologia Always Encrypted ajuda a proteger seus dados parados e em movimento, no local e na nuvem, com chaves mestras no aplicativo, sem alterações no aplicativo.

• A tecnologia Stretch Database mantém mais dados históricos de seus clientes ao seu alcance ao ampliar de forma transparente seus dados OLTP quentes e frios ao Microsoft Azure de maneira segura sem alterações no aplicativo.

• Análises avançadas internas fornecem a escalabilidade e os benefícios de desempenho de criar e executar seus algoritmos de análise avançados diretamente no principal banco de dados transacional do SQL Server.

• Insights comerciais por meio de visualizações sofisticadas em dispositivos móveis com aplicativos nativos para Windows, iOS e Android.

• Simplifica o gerenciamento de dados relacionais e não relacionais ao consultar ambos com T-SQL usando o PolyBase.

• Backups híbridos mais rápidos, alta disponibilidade e cenários de recuperação de desastres para armazenar em backup e restaurar seus bancos de dados locais no Microsoft Azure e colocar secundários do SQL Server AlwaysOn no Azure.

Faça o download do SQL Server 2016 RC0

De acordo com o anúncio da Microsoft, este Release Candidate 0 do SQL Server 2016 traz novidades como suporte para página de código UTF-8, novas funções STRING_SPLIT (Transact-SQL) e STRING_ESCAPE (Transact-SQL), nova função JSON_MODIFY (Transact-SQL) e outras novidades. O changelog completo pode ser encontrado aqui.

O SQL Server 2016 CTP RC0 está disponível para download no Centro de Avaliação TechNet como um arquivo ISO e como um arquivo CAB nos seguintes idiomas: chinês (simplificado), chinês (tradicional), inglês, francês, alemão, italiano, japonês, coreano, português (Brasil), russo e espanhol.

Ele também estará disponível em breve aqui como máquina virtual do Microsoft Azure.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com

MICROSOFT ALERTA PARA O FIM DO SUPORTE DO SQL SERVER 2005 EM ABRIL


A Microsoft confirmou no site do SQL Server o fim do suporte do SQL Server 2005 no dia 12 de abril de 2016. Este prazo também afeta a versão Express, que é gratuita.

O SQL Server 2005 está atualmente na fase de suporte estendido e depois desta data ele deixará de receber novas atualizações de segurança.

Microsoft alerta para o fim do suporte do SQL Server 2005 em abril

A Microsoft confirmou no site do SQL Server o fim do suporte do SQL Server 2005 no dia 12 de abril de 2016. Este prazo também afeta a versão Express, que é gratuita

FIM DO SUPORTE DO SQL SERVER 2005

Empresas que ainda estão rodando a versão 2005 terão que migrar para uma versão mais recente e suportada do SQL Server se quiserem manter seus ambientes seguros.

Com o fim do suporte do SQL Server 2005, ele não receberá mais nenhuma atualização de segurança. Com isso ele ficará vulnerável a ataques caso novas vulnerabilidades sejam descobertas depois do dia 12 de abril de 2016.

De acordo com a Microsoft, o SQL Server 2014, que é versão mais recente, é 13 vezes mais rápido do que a versão 2005.

Para quem está preocupado com o fim do suporte do SQL Server 2005, a Microsoft colocou no ar uma página com informações úteis para empresas e profissionais de TI.

Disponível aqui, a página oferece informações sobre o upgrade, link para download da versão de avaliação do SQL Server 2014, link para download do SQL Server 2014 Express, link para o Microsoft Assessment and Planning Toolkit, e mais.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – SID VICIOUS @ 3 MAR 2016 | 3:55 PM

Microsoft lista smartphones que já estão prontos para receber o Windows 10


Windows 10 Mobile

Ainda sem ter uma data oficial de lançamento do Windows 10 Mobile, muitos usuários do sistema móvel da Microsoft se perguntam se seus dispositivos receberão a nova versão do sistema. Apesar de também não haver uma resposta oficial sobre quais serão exatamente os aparelhos que receberão o Windows 10, a Microsoft listou nos seus sites dos Estados Unidos e do Reino Unido os smartphones que já estão prontos para receber a nova versão do sistema operacional móvel.

Na lista britânica, alguns modelos que não estão disponíveis nos Estados Unidos também foram listados. Os aparelhos listados incluem o Lumia 640, Lumia 640 XL, Lumia 735, Lumia 635, Lumia 830, Lumia 535 e Lumia 435.

Ainda não se sabe se esses dispositivos são os únicos que receberão a atualização para o Windows 10 Mobile ou se são apenas os primeiros que terão o novo sistema operacional disponível para atualização. É provável que a Microsoft otimize o sistema para outros dispositivos que tenham configurações de hardware mais modestas.

Além disso, é de interesse da Microsoft levar o Windows 10 ao máximo de dispositivos possíveis, mirando a meta de alcançar 1 bilhão de dispositivos rodando seu mais novo sistema operacional.

Apesar da companhia não informar qual a data de lançamento do Windows 10 Mobile, os mais recentes rumores que chegaram na última semana indicam que o SO estará disponível oficialmente no dia 10 de outubro.

Fonte: Microsoft USA e Microsoft UK

Usuários apressados em usar o Windows 10 são as novas vítimas dos hackers


Windows 10

A ansiedade de testar logo o Windows 10 tem deixado alguns usuários com sérios problemas em seus computadores. Como a Microsoft está liberando a atualização em etapas, hackers estão se aproveitando para atingir os alvos que não estão dispostos a esperar ainda mais pelo novo sistema operacional.

De acordo com a Talos Group, empresa de segurança da Cisco, os cibercriminosos estão enviando e-mails para os usuários oferecendo propostas de atualização imediata para o Windows 10. O remetente engana, pois parece legítimo e a mensagem ainda possui truques como indicações de que o e-mail passou por um serviço de antivírus e está seguro.

E-mail falso Windows 10

A mensagem oferece um programa executável que supostamente instala a atualização imediatamente, mas quando é executado dispara um alerta informando que houve um ataque do tipo ransomware. A praga utilizada é a CTB-Locked, que criptografa todos os dados da máquina, os trancando e exigindo um pagamento para resgate em até 96 horas. Inclusive, os donos dos computadores são ameaçados com mensagens para que o malware não seja deletado, caso contrário todas as informações serão perdidas.

A Cisco ainda reforça que a Microsoft não oferece atualização para o Windows 10 por e-mail, mesmo para os usuários que reservaram a sua cópia. O update é feito somente nos canais oficiais, seja com a compra da licença na Windows Store ou atualizando a cópia do Windows 7, e 8.1.

Fonte: Cisco

Atualização do Windows 10 utilizará P4P?


Quando a Microsoft disponibiliza atualizações importantes ou novas versões do Windows, muitos reclamam da baixa velocidade de download. Isso é algo relativamente esperado pois esses arquivos são baixados por centenas de milhões de computadores ao mesmo tempo.

Com o Windows 10 os usuários terão duas opções adicionais: baixar as atualizações através de computadores da rede local (um computador baixa as atualizações e os demais baixam dele) e também a opção de obter as atualizações de várias fontes da internet, funcionando basicamente como uma rede P2P similar ao Bittorrent. Isso agilizará bastante o download desses arquivos.

Atualização do Windows 10 utilizará P4P?

Há cerca de uma década os usuários corporativos utilizam o WSUS (Windows Server Update Services), que faz algo similar: ele permite que servidores das empresas sejam a fonte principal de download de updates e hotfixes das estações de trabalho, economizando banda e tempo de download desses arquivos. Infelizmente usuários domésticos não podem aproveitar essa tecnologia.

P2P (peer-to-peer) é um conhecido modelo de rede de computadores que compartilham arquivos pela internet sem necessidade de um servidor central e o Bittorrent é o maior exemplo disso. A Microsoft já tinha intenção de incorporar P2P no Windows Vista e depois no Windows 7, mas isso não foi feito.

Atualização do Windows 10 utilizará P4P?

O que é P4P?

Com o Windows 10 aparentemente tudo mudará – e não será via P2P, mas sim P4P. O P4P (Proactive Network Provider Participation for P2P) é um framework proposto há vários anos por pesquisadores da Universidade de Yale e Universidade de Washington, e foi aprimorada pela Pando Networks, empresa adquirida pela Microsoft em 2013. Ele tem por base o P2P.

A Pando criou uma aplicação baseada em P4P para distribuição de conteúdo de mídia digital utilizando a mesma tecnologia do BitTorrent, mas modificada para selecionar peers mais rápidos (e não peers aleatórios), além de também ser otimizada para redes locais de computadores, e tráfego de arquivos grandes (acima de 1GB). Essa tecnologia mostrou ser muito eficiente (mais infos aqui), permitindo integração de servidores de arquivos, CDN e servidores P2P.

O P4P permitiu uma diminuição de até 50% do tráfego da rede e redução de até 8x o tempo de recebimento de arquivos provindos de servidores externos. Essa solução da Pando foi utilizada pela NBC para transmissão de episódios de TV em alta definição, além de ser muito usada para distribuição de jogos multiplayers online, atingindo mais de 30 milhões de usuários.

O estudo proposto pelos pesquisadores mostrou a ineficiência do P2P no site ThePirateBay, aonde 50% da demanda dos arquivos são entregues por apenas 1,22% dos computadores disponíveis.

Isso não aconteceria com o P4P, que trabalha de modo inteligente no compartilhamento dos arquivos entre os computadores disponíveis, permitindo que o computador que esteja enviando parte dos arquivos utilize pouca banda e pouca memória, ao mesmo tempo que computadores que estejam recebendo esses arquivos finalizarão o download mais rapidamente.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo @ 2 jun 2015 | 3:09 pm