Short Scripts – Junho 2017


Boa noite galera, olá comunidade de banco de dados.

Tudo bem? Graças a deus mais um final de semana se aproximando, finalzinho de noite de quinta – feira, acredito que neste momento minha linda esposa esta curtindo mais um episódio de uma das suas séries favoritas, ou lendo mais um dos seus intermináveis livros (kkkkkk), isso não é um crítica, muito ao contrário, a leitura faz bem para a alma e principalmente para a mente, mas posso dizer que minha pequena Fernanda é uma degustadora insaciável de livros.

Mudando de assunto, este é o segundo post deste ano dedicado exclusivamente a sessão Short Scripts, sessão criada a alguns anos que  esta atraindo um número interessante de visitantes, principalmente de profissionais da área de banco de dados na busca por exemplos de códigos que possam solucionar ou elucidar na resolução de um determinado problema.

O post de hoje

Para este post, selecionei como de costume os principais scripts armazenados recentemente na minha biblioteca de códigos, que apresentam os seguintes assuntos:

  • Check Constraint;
  • Common Table Expression;
  • Índices;
  • Information_schema.columns;
  • Monitoramento de Processos;
  • Network Protocol;
  • Operador Outer Apply;
  • Requisição de Disco;
  • Sys.dm_server_registry;
  • Sys.dm_tcp_listener_states;
  • sys.dm_exec_query_plan;
  • sys.dm_exec_sql_text;
  • sys.dm_exec_query_stats;
  • sys.types;
  • sys.tables;
  • sys.dm_db_index_usage_stats;
  • Sys.Identity_Columns; e
  • User Defined Function.

Então mãos no teclado, a seguir apresento os códigos e exemplos selecionados para o Short Script – Junho 2017. Vale ressaltar que todos os scripts publicados nesta sessão são devidamente testados, mas isso não significa que você pode fazer uso dos mesmo em seu ambiente de produção, vale sim todo cuidado possível para evitar maiores problemas.

Fique a vontade para compartilhar, comentar e melhorar cada um destes códigos.

Short Scripts

— Short Script 1  – Utilizando Check Constraint para cálculo de datas —

Create Table Alunos
(Codigo Int)
Go

— Adicionando a coluna e constraint —
Alter Table Alunos
Add DataNascimento DateTime
Constraint CK_Alunos_DataNascimento Check (DateDiff(Year,DataNascimento, GetDate()) >=18)
Go

— Adicionando somente a constraint —
Alter Table Alunos
Add Constraint CK_Alunos_DataNascimento
Check (DateDiff(Year,DataNascimento, GetDate()) >=18)
Go

— Default – Estado —
Alter Table Alunos
Add Constraint [DF_Estado] Default ‘SP’ for Estado
Go

— Short Script 2  – Aplicando o uso de Common Table Expression para inserir registros com valores de um registro anterior —

DECLARE @Metas TABLE ( Data DATE, Meta INT );

INSERT INTO @Metas
( Data, Meta )
VALUES ( DATEFROMPARTS(2017, 03, 29), 50 ),
( DATEFROMPARTS(2017, 04, 11), 35 ),
( DATEFROMPARTS(2017, 04, 13), 50 );

DECLARE @Producao TABLE
(
Data DATE ,
Quantidade INT
);

INSERT INTO @Producao
( Data, Quantidade )
VALUES ( DATEFROMPARTS(2017, 04, 10), 49 ),
( DATEFROMPARTS(2017, 04, 11), 35 ),
( DATEFROMPARTS(2017, 04, 12), 36 ),
( DATEFROMPARTS(2017, 04, 13), 50 ),
( DATEFROMPARTS(2017, 04, 14), 50 );

WITH DadosProduzidos
AS ( SELECT P.Data ,
Quantidade = SUM(P.Quantidade)
FROM @Producao AS P
GROUP BY P.Data
)
SELECT D.Data ,
[Produzido] = D.Quantidade ,
Meta = ( SELECT TOP 1 M.Meta
FROM @Metas AS M
WHERE M.Data <= D.Data
ORDER BY M.Data DESC
)
FROM DadosProduzidos D;

— Short Script 3  – Identificando a relação de todos os índices existentes em um banco de dados —

SELECT DB_NAME(Database_ID) DBName,
SCHEMA_NAME(schema_id) AS SchemaName,
OBJECT_NAME(ius.OBJECT_ID) ObjName,
i.type_desc,
i.name,
user_seeks,
user_scans,
user_lookups,
user_updates
FROM sys.dm_db_index_usage_stats ius INNER JOIN sys.indexes i
ON i.index_id = ius.index_id
AND ius.OBJECT_ID = i.OBJECT_ID
INNER JOIN sys.tables t
ON t.OBJECT_ID = i.OBJECT_ID
GO

— Short Script 4 – Obtendo informações de network protocols e device através da sys.dm_server_registry —

SELECT MAX(CONVERT(VARCHAR(15),value_data)) As ‘Default Port’ FROM sys.dm_server_registry
WHERE registry_key LIKE ‘%MSSQLServer\SuperSocketNetLib\Tcp\%’
AND value_name LIKE N’%TcpPort%’
AND CONVERT(float,value_data) > 0
Go

SELECT MAX(CONVERT(VARCHAR(15),value_data)) As ‘Dynamic Port ‘ FROM sys.dm_server_registry
WHERE registry_key LIKE ‘%MSSQLServer\SuperSocketNetLib\Tcp\%’
AND value_name LIKE N’%TcpDynamicPort%’
AND CONVERT(float,value_data) > 0
Go

— Short Script 5 – Obtendo informações de network protocols e device através da sys.dm_tcp_listener_states —

SELECT port As ‘Default Port’ FROM sys.dm_tcp_listener_states
WHERE is_ipv4 = 1
AND [type] = 0
AND ip_address <> ‘127.0.0.1’
Go

— Short Script 6 – Criando uma User Defined Function com operador Outer Apply —

CREATE FUNCTION AttributesOfTable (@tableToSearch nvarchar(500))
returns table
return SELECT TABLE_CATALOG, TABLE_SCHEMA, TABLE_NAME, COLUMN_NAME
from information_schema.columns
where TABLE_NAME = @tableToSearch;
go

Declare @tableToSearch table (nome_tabela varchar(50));
INSERT into @tableToSearch values (‘Customer’), (‘Order’), (‘Papagaio’);

SELECT T1.nome_tabela as [nome da tabela],
T2.TABLE_SCHEMA as [nome do esquema],
T2.COLUMN_NAME as [nome da coluna]
from @tableToSearch as T1
outer apply dbo.AttributesOfTable(T1.nome_tabela) as T2;

— Short Script 7 – Utilizando a DMV sys.identity_columns para identificar o valor identity de uma determinada coluna —

SELECT sys.tables.name AS [Table Name],
sys.identity_columns.name AS [Column Name],sys.types.name as Type,
last_value AS [Last Value]
FROM sys.identity_columns
INNER JOIN sys.tables
ON sys.identity_columns.object_id = sys.tables.object_id
Inner join sys.types on sys.types.user_type_id = sys.identity_columns.user_type_id
ORDER BY last_value DESC

— Short Script 8 – Consultando informações sobre o SQL Server armazenadas no Registro do Windows —

— A. Display the SQL Server services —
SELECT registry_key, value_name, value_data
FROM sys.dm_server_registry
WHERE key_name LIKE N’%ControlSet%’
Go

— B. Display the SQL Server Agent registry key values —
SELECT registry_key, value_name, value_data
FROM sys.dm_server_registry
WHERE key_name LIKE N’%SQLAgent%’
Go

— C. Display the current version of the instance of SQL Server —
SELECT registry_key, value_name, value_data
FROM sys.dm_server_registry
WHERE value_name = N’CurrentVersion’
Go

— D. Display the parameters passed to the instance of SQL Server during startup —
SELECT registry_key, value_name, value_data
FROM sys.dm_server_registry
WHERE registry_key LIKE N’%Parameters’
Go

— E. Return network configuration information for the instance of SQL Server —
SELECT registry_key, value_name, value_data
FROM sys.dm_server_registry
WHERE keyname LIKE N’%SuperSocketNetLib%’
Go

— Short Script 9 – Identificando a relação de querys que apresentam o maior consumo de disco durante seu período de processamento – 

SELECT TOP 20 SUBSTRING(qt.text,
(qs.statement_start_offset/2)+1,
((CASE
qs.statement_end_offset
WHEN -1 THEN DATALENGTH(qt.text)
ELSE
qs.statement_end_offset
END –
qs.statement_start_offset)/2)+1),
qs.execution_count,

qs.total_logical_reads, qs.last_logical_reads,
qs.min_logical_reads,
qs.max_logical_reads,
qs.total_elapsed_time,
qs.last_elapsed_time,
qs.min_elapsed_time,
qs.max_elapsed_time,
qs.last_execution_time,
qp.query_plan
FROM sys.dm_exec_query_stats
qs
CROSS APPLY sys.dm_exec_sql_text(qs.sql_handle) qt
CROSS APPLY
sys.dm_exec_query_plan(qs.plan_handle) qp
WHERE qt.encrypted=0
ORDER BY
qs.total_logical_reads DESC

Legal, mais uma relação de short scripts acaba de ser compartilhada, mesmo sendo denominados short entre aspas “pequenos”, posso garantir que todos estes exemplos são de grande importância e apresentam um valor e conhecimento do mais alto nível.


Chegamos ao final de mais um Short Scripts, espero que este material possa lhe ajudar, ilustrando o uso de alguns recursos e funcionalidades do Microsoft SQL Server.

Acredito que você tenha observado que estes códigos são bastante conhecidos em meu blog, todos estão relacionados aos posts dedicados ao Microsoft SQL Server publicados no decorrer dos últimos anos.

Boa parte deste material é fruto de um trabalho dedicado exclusivamente a colaboração com a comunidade, visando sempre encontrar algo que possa ser a solução de um determinado problema, bem como, a demonstração de como se pode fazer uso de um determinado recurso.

Links

Caso você queira acessar os últimos posts desta sessão, não perca tempo acesse os links listados abaixo:

Agradecimento

Agradeço sua visita, com certeza é imenso prazer saber que você teve interesse em acessar este post.

Nos encontramos novamente no mês de setembro, para o próximo post dedicado a sessão Short Scripts.

Um grande abraço, boa noite, bom descanso.

Valeu.

Material de Apoio – Maio 2017


Muito boa tarde comunidade e amantes de banco de dados!!!

Tudo bem? Este é mais um post da sessão Material de Apoio, sendo o segundo no decorrer de 2017 e de número 152 no total desta sessão. Estamos nos aproximando da metade de 2017, que loucura isso, como a rotina do dia a dia não nos deixa perceber o quanto o tempo correr, falando justamente da correria da nossas vida, a relação de arquivos compartilhadas neste post poderá justamente lhe ajudar a economizar muito do seu tempo.

O post de hoje

Para aqueles que já acompanham o meu blog a um certo tempo, os posts dedicados a sessão Material de Apoio, possuem o objetivo de compartilhar o conhecimento de recursos, funcionalidades e procedimentos que podemos realizar no Microsoft SQL Server.

Hoje não será diferente, estou trazendo alguns dos mais recentes scripts  catalogados nos últimos meses que atualmente estão compondo a minha galeria de códigos formada ao longo dos anos de trabalho como DBA e hoje principalmente como Professor de Banco de Dados.

Neste post você vai encontrar arquivos relacionados com os seguintes temas:

  • Check Constraint para Cálculo de Data;
  • CTE – Preenchendo dados de um registro com base no registro anterior;
  • Função para formatação de valores;
  • Função para retornar nome de tabelas e seus respectivos atributos(colunas);
  • Identificação do primeiro dia do mês corrente;
  • Monitoramento de Processos Bloqueados;
  • Movimentação de tabelas entre filegroups;
  • Obtendo o último valor Identity de uma coluna; e
  • Requisição de disco.

Tenho a certeza que este conteúdo poderá lhe ajudar muito em seus atividades profissionais e acadêmicas, fique a vontade para copiar, editar, compartilhar e distribuir estes arquivos com seus contatos.

Material de Apoio

A seguir apresento a relação de scripts selecionados:

1 – Material de Apoio – Maio – 2017 – Check Constraint – Cálculo de Data.sql

2 – Material de Apoio – Maio – 2017 – Preencher dados de um registro com dados do registro anterior.sql

3 – Material de Apoio – Maio – 2017 – Função – Formatação de Valores.sql

4 – Material de Apoio – Maio – 2017 – Função para retornar o nome e seus atributos – Utilizando operador Outer Apply.sql

5 – Material de Apoio – Maio – 2017 – Identificar o primeiro dia do mês com base na data atual.sql

6 – Material de Apoio – Maio – 2017 – Monitorando Processos Bloqueados no SQL Server.sql

7 – Material de Apoio – Maio – 2017 – Move Table between Filegroup – Stored Procedure.sql

8 – Material de Apoio – Maio – 2017 – Obtendo último valor identity.sql

9 – Material de Apoio – Maio – 2017 – Listando as querys que mais realizam requisição de disco.sql

Por questões de compatibilidade com a plataforma WordPress.com, todos os arquivos estão renomeados com a extensão .doc ao final do seu respectivo nome, sendo assim, após o download torna-se necessário remover esta extensão, mantendo somente a extensão padrão .sql.

Nota: Todos os arquivos aqui disponibilizados foram obtidos ou criados com autorização de seus autores, sendo estes, passíveis de direitos autorais.

Links

Caso você queira acessar os posts anteriores da sessão, não perca tempo utilize os links listados abaixo:

Agradecimento

Mais uma vez obrigado por sua visita, espero lhe encontrar muitas vezes no decorrer deste ano em meu blog.

Não deixe de acessar os outros posts das demais sessões, e o próximo post desta sessão será publicado em Agosto, um forte abraço.

Até mais.

Material de Apoio – Fevereiro 2017


Salve, salve, amigos…. Bom dia!

Estamos chegando com mais um post da sessão Material de Apoio, sendo esta a sessão mais antiga do meu blog que em 2017 completa 10 anos de existência.

Ao longo destes 10 anos muita coisa mudou não somente na minha vida, mas também no meu blog, dentre elas o número de visitante crescendo ao longo dos dias, meses e anos conseguindo no começo deste ano atinguir a impressionamente marca de 1 milhão de visitantes a contar desde o primeiro dia que o meu antigo blog publicado no extinto livespace foi publicado.

Muito obrigado a todos, só tenho a agradecer á você e estes milhares de visitantes que me ajudaram a atinguir esta marca e fazem parte desta história.

Obrigado, valeu e que venham os próximos 1, 2, 3 milhões de visitantes.

O post de hoje

Para aqueles que já acompanham o meu blog a um certo tempo, os posts dedicados a sessão Material de Apoio, possuem o objetivo de compartilhar o conhecimento de recursos, funcionalidades e procedimentos que podemos realizar no Microsoft SQL Server.

Hoje não será diferente, como diria naquele filme vou “compartilhagram” os meus scripts catalogados ao longo dos anos de trabalho como DBA e hoje principalmente como Professor de Banco de Dados.

Neste post você vai encontrar arquivos relacionados com os seguintes temas:

  • Advanced Query with Tunning;
  • Compactação de Backup;
  • Compactação de Tabelas e Índices;
  • Compressão de Dados;
  • Criptografia de Banco de Dados;
  • Criptografia de Banco de Dados com Master Key;
  • Linked Server para Excel;
  • Transparent Data Encription TDE;
  • XQuery With Data Method;
  • XQuery With Exist Method; e
  • XQuery With Query Method.

Material de Apoio

A seguir apresento a relação de scripts selecionados:

1 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – advanced-querying-and-query-tuning-in-sql-server-2000-and-2005-sql

2 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – compactacao-de-backup-sql

3 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – compactacao-de-tables-e-index-sql

4 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – exemplo-compressao-de-dados-sql

5 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – criptografia-sql

6 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – criptografia-master-key-sql

7 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – linked-server-para-excel-sql

8 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – xquery-data-method-sql

9 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – xquery-exist-method-sql

10 – Material de Apoio – Fevereiro – 2017 – xquery-query-method-sql

Por questões de compatibilidade com a plataforma WordPress.com, todos os arquivos estão renomeados com a extensão .doc ao final do seu respectivo nome, sendo assim, após o download torna-se necessário remover esta extensão, mantendo somente a extensão padrão .sql.

Nota: Todos os arquivos aqui disponibilizados foram obtidos ou criados com autorização de seus autores, sendo estes, passíveis de direitos autorais.

Links

Caso você queira acessar os posts anteriores da sessão, não perca tempo utilize os links listados abaixo:

Agradecimento

Mais uma vez obrigado por sua visita, espero lhe encontrar muitas vezes no decorrer deste ano em meu blog.

Um forte abraço, vamos em frente.

Até mais.

Material de Apoio – Novembro 2016


Bom dia, bom dia, bom dia…..

Olá comunidade, amantes de bancos de dados e profissionais de tecnologia, estou chegando com mais um post dedicado a sessão Material de Apoio, sendo este o último desta sessão no ano de 2016.

Mesmo sendo o último desta sessão, este post é o primeiro com o nome layout que eu decidi adotar desde o final de Outubro para as novas publicações compartilhadas com você no meu blog, espero que vocês estejam gostando.

O post de hoje

Para aqueles que já acompanham o meu blog a um certo tempo, os posts dedicados a sessão Material de Apoio, possuem o objetivo de compartilhar o conhecimento de recursos, funcionalidades e procedimentos que podemos realizar no Microsoft SQL Server.

Hoje não será diferente, como diria naquele filme vou “compartilhagram” os meus scripts catalogados ao longo dos anos de trabalho como DBA e hoje principalmente como Professor de Banco de Dados.

Neste post você vai encontrar arquivos relacionados com os seguintes temas:

  • Funções de Conversão de dados;
  • Funções Temporáis e Lógicas;
  • Funções Textuais;
  • Funções de Ranking;
  • Páginação de Dados;
  • Objeto Sequence;
  • Windows Function First e Last Value;
  • Windows Function Lad e Lead;
  • Windows Function Percent_Rank e Cume_Dist; e
  • Windows Function Range e Row_Number.

Como de costume gosto de destacar que todos estes arquivos são fruto do trabalho realizado como DBA desde 2000, bem como, a pesquisa e coleta de informações através da internet, onde grande parte do conhecimento aqui compartilhado também é obtido através da  colaboração de seus autores, grande profissionais nacionais e internacionais como reconhecidos especialistas nas áreas de:

  • Modelagem de Dados;
  • Engenharia de Banco de Dados;
  • Engenharia de Softwares e Processos;
  • Banco de Dados;
  • Servidores;
  • Alta Disponibilidade;
  • Desenvolvimento; e
  • Migração e Contingência de Dados.

Obseravação: Toda e qualquer informação, código, exemplo e lógica utilizada nestes scripts foi aplicada em um determinado cenário, situação ou necessidade, o que em muitos casos talvez não se aplica a sua necessidade mas pode ser útil como material de consulta ou aprendizado.

Além disso, todos os arquivos estão renomeados tendo ao final do seu nome a extensão .doc acrescido, isto se torna necessário para garantir a compatibilidade com a plataforma do WordPress.com.

Vale ressaltar que após o seu download será necessário remover esta extensão mantendo a extensão .sql padrão para arquivos do script do SQL Server.

Material de Apoio

A seguir apresento a relação de scripts selecionados:

Exemplo – 1 – Funcoes-de-conversao-sql

Exemplo – 2 – Funcoes-tempororais-e-logicas-sql

Exemplo – 3 – Funcoes-textuais-sql

Exemplo – 4 – Utilizando-paging-sql

Exemplo – 5 – Utilizando-sequence-rank-function-sql

Exemplo – 6 – Windows-function-first-e-last-value-sql

Exemplo – 7 – Windows-function-lad-e-lead-sql

Exemplo – 8 – Windows-function-percent_rank-e-cume_dist-sql

Exemplo – 9 – Windows-function-range-e-row-sql

Bom pessoal, chegamos ao final de mais um Material de Apoio, espero que estes arquivos possam lhe ajudar e ilustrar como podemos fazer dos recursos aqui compartilhados.

Acredito que você tenha observado que estes códigos já são bastante conhecidos no meu blog, todos estão relacionados aos posts dedicados ao Microsoft SQL Server 2012, publicados anteriormente.

Links

Caso você queira acessar os posts anteriores da sessão, não perca tempo acesse os links listados abaixo:

 

Agradecimento

Mais uma vez obrigado por sua visita, um forte abraço, nos encontramos em breve.

Material de Apoio – Julho 2016


Hoje é sexta – feira, sexta – feira….. Graças a deus.

Salve galera, bom dia, Tudo bem?

E ai, mês de Julho, férias para boa parte dos estudantes, professores e demais profissionais relacionados a área de educação, assim como eu também. Espero que todos estejam aproveitando este justo e necessário período de descanso, pois muitos pensam que a vida acadêmica é fácil, tranquila e estável, mas posso dizer que não é bem assim.

Pois bem, como você deve ter percebido este é mais um post da sessão Material de Apoio, que a partir deste ano esta sendo publicada a cada três meses. Para você que ainda não conhece esta sessão, ela é uma das mais antigas do meu blog, tendo atualmente mais de 140 posts exclusivos, tendo como objetivo principal compartilhar os códigos de exemplo e scripts existentes em minha biblioteca pessoal de scripts dedicados ao SQL Server desde a versão 7 isso lá nos anos 2000.

Caso você queira acessar os últimos posts, utilize os links apresentados abaixo:

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2016/04/20/material-de-apoio-abril-2016

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2016/01/18/material-de-apoio-janeiro-2016/

Seguindo em frente, no post de hoje vou compartilhar com vocês alguns scripts que utilizei recentemente com os meus alunos da Fatec São Roque na Disciplina de Banco de Dados II, dentre os quais destaco:

  • Comando Merge;
  • Comando Begin Catch;
  • Comando Begin Try;
  • Comando Begin Transaction;
  • Comando Commit;
  • Comando Rollback;
  • Comando Print;
  • Common Table Expression;
  • Função de Ranking – Dense_Rank();
  • Função de Ranking – NTile()
  • Função de Ranking – Rank();
  • Função de Ranking – Row_Number();
  • Ordenação de Dados;
  • Operador And;
  • Operador Between; e
  • Operador Is Not Null.

    Como de costume gosto de destacar que todos estes arquivos são fruto do trabalho realizado como DBA desde 2000, bem como, a pesquisa e coleta de informações através da internet, onde grande parte do conhecimento aqui compartilhado também é obtido através da  colaboração de seus autores, grande profissionais nacionais e internacionais como reconhecidos especialistas nas áreas de:

    • Modelagem de Dados;
    • Engenharia de Banco de Dados;
    • Engenharia de Softwares e Processos;
    • Banco de Dados;
    • Servidores;
    • Alta Disponibilidade;
    • Desenvolvimento; e
    • Migração e Contingência de Dados.

      Obseravação: Toda e qualquer informação, código, exemplo e lógica utilizada nestes scripts foi aplicada em um determinado cenário, situação ou necessidade, o que em muitos casos talvez não se aplica a sua necessidade mas pode ser útil como material de consulta ou aprendizado.

      Além disso, todos os arquivos estão renomeados tendo ao final do seu nome a extensão .doc acrescido, isto se torna necessário para garantir a compatibilidade com a plataforma do WordPress.com.

      Vale ressaltar que após o seu download será necessário remover esta extensão mantendo a extensão .sql padrão para arquivos do script do SQL Server.

A seguir a relação de scripts:

Exemplo 1 – Utilizando a função Raiserror.sql

Exemplo 2 – Utilizando o Comando Merge.sql

Exemplo 3 – Utilizando o comando Merge + Insert + Update.sql

Exemplo 4 – Utilizando o comando Begin Try.. Begin Catch + Transaction + Print para apresentar mensagem.sql

Exemplo 5 – Trabalhando com função de Ranking.sql

Exemplo 6 – Trabalhando com função de Ranking-2.sql


Legal, chegamos ao final de mais um post, fique a vontade para compartilhar com seus contatos, não deixe de enviar seus comentários, críticas, dicas ou sugestões.

Mais uma vez obrigado por sua visita, por seu interesse e participação.

Uma ótima sexta – feira e bom final de semana.

Abraços.

Material de Apoio – Abril – 2016


Boa noite, boa noite, boa noite!!!!

Véspera de feriado e aqui estamos nós se preparando para alguns dias de descanso e também não deixando de compartilhar com a comunidade um pouco mais sobre o Microsoft SQL Server seus segredos e mistérios. Alias este é um ótimo nome para uma possível nova sessão que estou pensando em lançar no meu blog!!!

Falando das sessões atuais, hoje estou retornando com mais um post relacionado a minha biblioteca de scritps e códigos voltados para o SQL Server, como você já percebeu estou me referindo a sessão Material de Apoio que este ano ainda não recebeu uma merecida atenção, tendo seu último post publicado em Janeiro.

Caso você queira acessar este último post, utilize o link apresentado abaixo:
https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2016/01/18/material-de-apoio-janeiro-2016/

Neste post vou ser um pouco mais generoso e disponibilizar uma relação mais extensa e diversificada de arquivos, destaco alguns dos assuntos relacionados aos scripts de hoje:

  • BulkInsert com arquivos de formato .fmt;
  • Criptografia;
  • Controle Automática de Very Large Files;
  • Constrainst e Common Table Expressions;
  • Dynamic Management View – Sys.dm_os_memory_clerks;
  • Extended Stored Procedure – XP_FixedDrives;
  • Informações sobre Page Life Expectancy;
  • Informações sobre licença do uso do SQL Server
  • Funções – DateDiff, Convert, SubString;
  • System Stored Procedure – SP_FixedDrives;
  • Stored Procedure Não Documentada – SP_MSForEachDB; entre outros.

Como de costume gosto sempre de destacar que todos estes arquivos são fruto do meu trabalho realizado como DBA desde 2000 e principalmente da pesquisa e coleta de informações através da internet, onde grande parte do conhecimento aqui compartilhado também obtido através da dedicação e colaboração de seus autores grande profissionais nacionais e internacionais que atuam como profissionais reconhecidos e especialistas nas áreas de:

  • Modelagem de Dados;
  • Engenharia de Banco de Dados;
  • Engenharia de Softwares e Processos;
  • Banco de Dados;
  • Servidores;
  • Alta Disponibilidade;
  • Desenvolvimento;
  • Migração e Contingência de Dados.

Obseravação: Toda e qualquer informação, código, exemplo e lógica utilizada nestes scripts foi aplicada em um determinado cenário, situação ou necessidade, o que em muitos casos talvez não se aplica a sua necessidade mas pode ser útil como material de consulta ou aprendizado.

Além disso, todos os arquivos estão renomeados tendo ao final do seu nome a extensão .doc como forma de compatibilidade com a plataforma do WordPress.com, vale sempre ressaltar que após o seu download será necessário remover esta extensão mantendo a extensão .sql padrão para arquivos do script do SQL Server.

A seguir a relação de scripts:

1 – Exemplo – Avançado – Utilizando – Stored Procedure – sp_fixeddrives.sql

2 – Exemplo – Básico – Utilizando a Extended Procedure – XP_fixeddrives.sql

3 – Exemplo – Intermediário – BulkInsert com arquivo de formato.fmt.sql

4 – Exemplo – Obtendo informações – Utilizando sys.dm_os_memory_clerks.sql

5 – Exemplo – Obtendo informações – Page Life Expectancy.sql

6 – Exemplo – Informações – Server Memory.sql

7 – Exemplo – Intermediário – Cuidados – DATEDIFF, CONVERT, SUBSTRING e funções sobre colunas na cláusula WHERE e JOINs.sql

8 – Exemplo – Avançado Controle Automático de VLFs – Passo 1 – Setup.sql

9 – Exemplo – Avançado Controle Automático de VLFs – Passo 2 – Initial Config.sql

10 – Exemplo – Avançado Controle Automático de VLFs – Passo 3 -On Demand Check.sql

11 – Exemplo – Básico – Descobrindo se o Trigger é Insert, Update ou Delete.sql

12 – Exemplo – Utilizando – CTE Composta + CTE Recursiva.sql

13 – Exemplo – Criando – Check Constraint + User Function vinculada com Check Constraint.sql

14 – Exemplo – Utilizando – SP_MSForEachDB + Use Dinâmico.sql

15 – Exemplo – Utilizando – Stored Procedure – Exibir – Código Stored Procedure Criptografada.sql

16 – Exemplo – Utilizando – Stored Procedure para Descriptografia de Stored Procedure.sql

17 – Exemplo – Obtendo o Menor e o Maior Valor – Acrescentendo Valores Intermediários.sql

18 – Exemplo – Obtendo – Quantidade de Dias – Encerramento – Licença SQL Server.sql

 

Fique a vontade para compartilhar com seus contatos, não deixe de enviar seus comentários, críticas, dicas ou sugestões.

Mais uma vez obrigado por sua visita, por seu interesse e participação.

Um ótimo feriado, bom descanso, nos encontramos me breve.

Abraços.

Short Script – Junho – 2015


Bom dia, Comunidade! Hello Everybody!!!

Estamos começando mais um mês e como diz alguns dos cronistas esportivos durante suas transmissões “O tempo passa….”, realmente passa e temos que procurar aproveitar.

Como já destaquei anteriormente procure diariamente estudar e conhecer cada vez mais sobre o mundo de Banco de Dados, Carreira de DBA, SQL Server e outros elementos que se relacionam com a minha função de Administrador de Banco de Dados, que exerço a muito tempo. Na verdade faço isso por que gosto e principalmente para me manter atualizado neste concorrido mercado de trabalho, seja ele profissional ou acadêmico, neste sentido em muitos momentos algumas informações, dicas, truques e até mesmo códigos de exemplo acabam fazendo parte da minha “Biblioteca de Scripts” que venho nos últimos anos compartilhando com todos vocês.

Seguindo esta escrita e mantendo a tradição, como de costume todo inicio ou final de mês estou compartilhando com vocês novos Shorts Scripts ou Materiais de Apoio, e hoje não será diferente.

Neste Short Script, você vai encontrar pequenos blocos de código ou exemplos relacionados aos seguintes itens:

  • Criação de Jobs e Steps por linha de comando utilizando a opção @subsytem;
  • Criação de função para manipulação de String;
  • Criação de uma User Function Scalar para trabalhar com a Tabela Price;
  • Simulando um Select “*” que não retorna todas as colunas;
  • Trabalhando com XML em conjunto com SP_XML_PrepareDocument;
  • Utilizando a função Count_Big em conjunto com Funções de Agregação;
  • Utilizando o comando Intersect com valores Char e Int; e
  • Utilizando Sparse Columns e Sparse Columns Sets.

Fique a vontade para copiar e compartilhar os Short Scripts apresentados abaixo:

 

— Short Script 1 – Criando Job para substituir o uso do XP_CMDShell –

Create PROCEDURE dbo.usp_ExecCmdShellProcess

AS

BEGIN

DECLARE @job NVARCHAR(100), @BulkCMD Varchar(1000)

SET @job = ‘xp_cmdshell replacement’+Convert(Varchar(10),GetDate()) ;

 

SET @BulkCMD = ‘BULK INSERT ListFiles FROM ‘+”’C:\TEMP\LISTFILES.TXT” ‘+

‘WITH (FIELDTERMINATOR = ”;”, ROWTERMINATOR = ”’+ CHAR(10) +”’, CODEPAGE = ”ACP”)’

 

EXEC msdb..sp_add_job @job_name = @job,

@description = ‘Automated job to execute command shell script’,

@owner_login_name = ‘pedro’, @delete_level = 1 ;

 

EXEC msdb..sp_add_jobstep @job_name = @job, @step_id = 1,

@step_name = ‘Command Shell Execution’, @subsystem = ‘CMDEXEC’,

@command =’dir /b > C:\TEMP\LISTFILES.TXT’, @on_success_action = 1;

 

EXEC msdb..sp_add_jobserver @job_name = @job ;

 

EXEC msdb..sp_start_job @job_name = @job ;

 

Exec(@Bulkcmd)

 

END ;

GO

 

— Short Script 2 – Criando User Function para cortar Strings em partes —

CREATE FUNCTION fncCortaString(@txt VARCHAR(50), @txt_ini VARCHAR(50), @txt_fim VARCHAR(50))

RETURNS VARCHAR(50)

BEGIN

RETURN

(

SUBSTRING(@txt, CHARINDEX(@txt_ini, @txt) + LEN(@txt_ini), (CHARINDEX(@txt_fim, @txt) – CHARINDEX(@txt_ini, @txt)) – LEN(@txt_ini))

)

END

 

Select dbo.fncCortaString(‘SQL Server’, ‘SQL ‘, ‘ver’)

 

— Short Script 3 – Utilizando a função Count_Big para criar índice único em view com função de agregação —

Create Table MySampleTable

(Id1 Int,

Id2 Int,

SomeData Varchar(100))

 

Create View SampleView

With SchemaBinding

As

Select COUNT(*) TableCount,

Id2

From dbo.MySampleTable

Group By Id2

 

— Erro ao criar —

Create Unique Clustered Index [IX_ViewSample]

On [dbo].[SampleView]

(Id2 Asc)

Go

 

— Alterando o tipo de contagem de dados —

Create View SampleView

With SchemaBinding

As

Select COUNT_BIG(*) TableCount,

Id2

From dbo.MySampleTable

Group By Id2

 

— Criando o Índice —

Create Unique Clustered Index [IX_ViewSample]

On [dbo].[SampleView]

(Id2 Asc)

Go

 

— Short Script 4 – Utilizando o comando Intersect com valores Char e Int —

Create Table #A (x Char(2));

 

Insert Into #A Values (‘1’);

Insert Into #A Values (‘6’);

Insert Into #A Values (‘2’);

Insert Into #A Values (‘3’);

Insert Into #A Values (‘5’);

Insert Into #A Values (‘5’);

Insert Into #A Values (‘6’);

Insert Into #A Values (‘9’);

Go

 

Create Table #B (M BigInt);

 

Insert Into #B Values(5);

Insert Into #B Values(5);

Insert Into #B Values(6);

Insert Into #B Values(7);

Insert Into #B Values(7);

Go

 

SELECT x AS ‘Select #1’ FROM #A

INTERSECT SELECT M FROM #B;

 

— (Select #2)

SELECT DISTINCT(x) AS ‘Select #2’

FROM #A

LEFT OUTER JOIN #B

ON #A.x = #B.M

 

— (Select #3)

SELECT DISTINCT(x) AS ‘Select #3’

FROM #A

LEFT OUTER JOIN #B

ON #A.x = #B.M

 

— (Select #4)

SELECT DISTINCT(x) AS ‘Select #4’

FROM #A

INNER JOIN #B

ON #A.x = #B.M

 

— (Select #5)

SELECT x AS ‘Select #5’

FROM #A

INNER JOIN #B

ON #A.x = #B.M

 

— Short Script 5 – Criando User Function com base na Tabela Price —

CREATE FUNCTION CalcPrest (@C money, @i numeric(9,5), @n int)

returns table as return

SELECT Cast(@C *

(Power((1 + (@i / 100)), @n) * (@i / 100)) /

(Power((1 + (@i / 100)), @n) -1)

as money) as Prestação;

go

 

— Short Script 6 – Select “*” não retornando todas as colunas de uma tabela —

— Exemplo 1 —

DROP TABLE #temp;

 

CREATE TABLE #temp (

RowID INT IDENTITY PRIMARY KEY CLUSTERED,

Name VARCHAR(25),

Column1 INT SPARSE,

Column2 INT SPARSE,

Column3 INT SPARSE,

Column4 INT SPARSE,

ColumnSet XML COLUMN_SET FOR ALL_SPARSE_COLUMNS);

 

INSERT INTO #temp (Name, Column1) VALUES (‘Row1’, 1);

INSERT INTO #temp (Name, Column1, Column2) VALUES (‘Row2’, 2, 2);

INSERT INTO #temp (Name, Column1, Column2, Column3) VALUES (‘Row3’, 3, 3, 3);

INSERT INTO #temp (Name, Column1, Column2, Column3, Column4) VALUES (‘Row4’, 4, 4, 4, 4);

INSERT INTO #temp (Name, Column1, Column3) VALUES (‘Row5’, 5, 5);

INSERT INTO #temp (Name, Column3, Column4) VALUES (‘Row6’, 6, 6);

 

SELECT * FROM #temp;

— Exemplo 2 —

DROP TABLE #temp;

 

CREATE TABLE #temp (

RowID INT IDENTITY PRIMARY KEY CLUSTERED,

Name VARCHAR(25),

Column1 INT SPARSE,

Column2 INT SPARSE,

Column3 INT SPARSE,

Column4 INT SPARSE);

 

INSERT INTO #temp (Name, Column1) VALUES (‘Row1’, 1);

INSERT INTO #temp (Name, Column1, Column2) VALUES (‘Row2’, 2, 2);

INSERT INTO #temp (Name, Column1, Column2, Column3) VALUES (‘Row3’, 3, 3, 3);

INSERT INTO #temp (Name, Column1, Column2, Column3, Column4) VALUES (‘Row4’, 4, 4, 4, 4);

INSERT INTO #temp (Name, Column1, Column3) VALUES (‘Row5’, 5, 5);

INSERT INTO #temp (Name, Column3, Column4) VALUES (‘Row6’, 6, 6);

 

SELECT * FROM #temp;

 

— Short Script 7 – Trabalhando com XML em conjunto com SP_XML_PrepareDocument –

Declare @Table As Table (SINo Int, Name Varchar(500), Salary Money)

Declare @XMLIntLog As XML

Declare @IDoc Int

 

Set @XMLIntLog = Null

Insert Into @Table Values(1,’SES’,10000)

Insert Into @Table Values(2,’SRS’,40000)

Insert Into @Table Values(3,’SS’,50000)

Set @XMLIntLog = (Select SINo, Name, Salary from @Table Tab For XML Auto, Root(‘Root’), elements)

 

Exec sp_xml_preparedocument @IDoc Output, @XMLIntLog

 

Select SINo, Name, Salary from OpenXML(@iDoc, ‘/Root/Tab’,7)

With(SINo Int, Name Varchar(500), Salary Money)

 

Exec sp_xml_removedocument @IDoc

 

— Short Script 8 – Utilizando Sparse Columns e Sparse Columns Sets —

CREATE TABLE dbo.Table1 (

RowID INTEGER IDENTITY PRIMARY KEY CLUSTERED,

DateTimeStamp DATETIME DEFAULT GETDATE(),

Col1 INTEGER SPARSE,

Col2 INTEGER SPARSE,

Col3 INTEGER SPARSE,

TblColumnSet XML COLUMN_SET FOR ALL_SPARSE_COLUMNS);

 

INSERT INTO dbo.Table1 (Col1) VALUES (1), (2);

INSERT INTO dbo.Table1 (Col2) VALUES (3), (4);

INSERT INTO dbo.Table1 (Col3) VALUES (5), (6);

INSERT INTO dbo.Table1 (TblColumnSet) VALUES (‘<Col1>1</Col1><Col2>2</Col2><Col3>3</Col3>’);

 

SELECT RowID, DateTimeStamp, Col1, Col2, Col3, TblColumnSet

FROM dbo.Table1;

 

Agradeço a sua visita, espero que este material posso te ajudar, qualquer dúvida, sugestão ou crítica post o seu comentário.

Até mais.