Conheça um pouco sobre BI sem muitas perguntas

Segundo Mary K. Pratt, CIO.com, adoção de BI é essencial para a transformação dos negócios.


Image result for business intelligence

Business Intelligence (BI) não é uma estratégia nova entre as companhias que buscam a digitalização. Entretanto, seu alcance e pormenores ainda podem ser desconhecidos. A prática utiliza software e serviços para transformar dados em insights ​​que informam as decisões estratégicas e táticas para uma organização. As ferramentas de BI acessam e analisam conjuntos de dados e apresentam descobertas analíticas em relatórios, resumos, dashboards, gráficos, tabelas e mapas para fornecer aos usuários informações detalhadas sobre o estado dos negócios.

O termo inteligência comercial também se refere a uma variedade de ferramentas que fornece acesso rápido e fácil a insights sobre o estado atual de uma empresa, com base nos dados disponíveis.

Exemplos de Business Intelligence

Os relatórios são uma faceta central do BI e o dashboard é talvez a ferramenta arquetípica da área. Os dashboards são aplicativos de software hospedados que reúnem automaticamente os dados disponíveis em tabelas e gráficos que dão uma noção do estado imediato da empresa.

Embora a inteligência comercial não diga aos usuários de negócios o que fazer ou o que acontecerá se eles seguirem um determinado curso, o BI também não é apenas sobre a geração de relatórios. Em vez disso, o BI oferece uma maneira de as pessoas examinarem os dados para entender tendências e obter insights, simplificando o esforço necessário para procurar, mesclar e consultar os dados necessários para tomar boas decisões de negócios.

Continue Lendo “Conheça um pouco sobre BI sem muitas perguntas”

De analista de sistemas a desenvolvedor web e engenheiros, todos os profissionais de TI devem procurar aprimorar as suas habilidades

Segundos Bob Violino para o Portal – CIO.com, estes são os profissionais de TI que precisam melhorar suas competências.


As iniciativas digitais não estão apenas transformando os negócios – elas também estão aumentando significativamente as competências necessárias por parte dos profissionais de TI.

Não deve ser surpresa, dado o intenso ritmo das mudanças tecnológicas, que algumas funções de TI estejam passando por uma espécie de metamorfose, para que possam se adaptar às transformações do mercado.

Nos últimos anos, fatores como o crescimento da cloud computing e a ascensão da mobilidade corporativa e da edge computing ampliaram o escopo da TI, dando novos significados a diversas carreiras em tecnologia.

Confira algumas das principais funções que os líderes de TI devem considerar, bem como sugestões de habilidades e treinamentos para gerar uma nova versão de carreira e ter maior probabilidade de sucesso na era digital.

Continue Lendo “De analista de sistemas a desenvolvedor web e engenheiros, todos os profissionais de TI devem procurar aprimorar as suas habilidades”

USP com foco na área de TI oferece cinco cursos gratuitos

Noções básicas de Python, Big Data e outros assuntos relacionados à programação estão entre os temas abordados.


Para quem deseja aprimorar os conhecimentos ou dar um primeiro passo a uma nova profissão, se liga nessa dica: a Universidade de São Paulo (USP) disponibiliza gratuitamente alguns cursos online com foco em tecnologia da informação (TI), ciência da computação, Big Data e temas relacionados ao universo da tecnologia.

Entre as opções está o curso de linguagem Phyton, que ensina noções básicas da linguagem de programação para que o usuário desenvolva pequenos programas nessa linguagem. Segundo a instituição, “o objetivo principal é desenvolver o raciocínio aplicado à formulação e resolução de problemas computacionais”. Ao término do aprendizado, o aluno pode cursar a segunda parte do curso voltado à programação em Phyton.

Image result for python language

Continue Lendo “USP com foco na área de TI oferece cinco cursos gratuitos”

#26 – Para que serve

Conheça uma pequena introdução sobre os Níveis de Isolamento, destacando de forma prática o Read Uncommitted.


Olá, pessoal, bom dia.

Como vocês estão? Já fazem alguns meses que não nos encontramos nesta sessão em meu blog, fico feliz em te encontrar novamente. Seja bem-vindo a mais um post da sessão Para que Serve, post de número 26, em mais um dia de muitas atividades, afazeres e compromissos profissionais, domésticos (sim, eu adoro ajudar a minha esposa, cuidar da nossa casa…..) e claro acadêmicos.

Neste post quero destacar uma parte de um dos recursos mais importantes, impactantes e tradicionais do Microsoft SQL Server existente deste sua primeira versão, o qual esta totalmente relacionamento com o comportamento de nossas transações, querys e processamentos que possam estar sendo realizados neste momento em nossos servidores ou instâncias.

Sendo direto e reto no assunto, você que esta neste momento lendo este post e trabalhando com seus dados, tabelas e bancos no SQL Server esta fazendo uso dele sem talvez saber que ele exista, me refiro ao tradicionais Níveis de Isolamento de Transações ou Transaction Isolation Levels.

Você se lembra da existência deste recurso e o quanto ele é importante? Pois bem, caso não se lembra, a partir deste post e provavelmente os próximos 2 ou 3 futuros serão dedicados nesta sessão a apresentar de forma simples, prática e muito didática como podemos fazer uso deste recurso em nossas transações, seus comportamentos, vantagens e desvantagens (isso se elas existirem) e principalmente os riscos ao fazer uso talvez de uma forma não muito indicada.

Sendo assim, chegou a hora de conhecer um pouco mais sobre o post de número 25 da sessão Para que serve. Mas uma vez, bem vindo ao #26 – Para que serve – Apresentando os nível de isolamento Read Uncommitted.

Espero que você esteja animado para conhecer um pouco mais sobre este recurso, caso já conheça, continue lendo este post, sempre podemos aprender algo novo….

Continue Lendo “#26 – Para que serve”

Você já ouvi falar na sigla AVIAO na área de banco de dados?

Ao longo do tempo vamos construindo nossos próprios termos, abreviações, siglas, entre outras expressões, foi justamente isso que me fez pensar na criação de uma sigla que comecei a utilizar em 2018 em minhas disciplinas de bancos de dados.


Olá pessoal, boa tarde.

Feliz Ano Novo, seja bem vindo ao primeiro post de 2019 do meu blog, que felicidade te encontrar aqui neste comecinho de ano, ainda mais após estes dias de feriados, festas, descansos e mesa farta (Graças a deus).

Pois bem, também estou tentando colocar meus pensamentos em ordem para redigir este post, tarefa bastante complexa de se realizar hoje, mas acredito que conseguirei.

Posso lhe garantir que este é um daqueles posts totalmente fora dos padrões que normalmente eu costumo utilizar nas sessões existentes neste blog, o conteúdo que você terá acesso no decorrer do mesmo, é resultado dos meus 25 (vinte e cinco) anos de carreira na área de tecnologia em abril deste ano, sendo que, deste totalmente de vinte e cinco anos, 19 (dezenove) deles estão totalmente envolvidos e relacionados com a área de banco de dados, tempo suficiente que me permitiu no ano de 2018 (recém encerrado no último dia 31 de dezembro) “criar” minha primeira sigla totalmente voltado para área de banco de dados, denominada AVIAO.

Antes de se aprofundar e conhecer o significado e como esta sigla foi criada, quero destacar o que me fez ter embasamento suficiente para idealização.


Um pouco de história não faz mal para ninguém

Diariamente nos deparamos com diversas situações, acontecimentos, circunstâncias, fatos e momentos que nos permitem ou apresentam um conjunto infinito de números ou até mesmos palavras que precisam demandar um pouco do nosso raciocínio afim de estabelecermos um possível cenário de entendimento e significado até chegarmos propriamente no reconhecimento do que aquele número ou palavra pode realmente nos ilustrar de significado, o que vai nos permitir então dizer que este conjunto infinito de números ou palavras podem representar um dado.

Mas como podemos definir este tão desconhecido “Dado ou Dados”?

Ao longo dos últimos 12 anos venho lecionando diversas disciplinas na área de banco de dados, entre as mais diversas instituições, faculdades, cursos e área de tecnologia, mas sempre me deparei em todos estes momentos e locais com a maior dúvida, como podemos definir ou afirmar que tal valor pode ser reconhecido como um dado ou informação?

Dados são fatos conhecidos, que podem ser registrados e possuem significado, o mesmo pode  ser definido como a matéria-prima ou o elemento básico para a geração de informações, é um elemento básico para um banco de dados.

Dado é Informação ou Informação é o Dado?

Eis a questão que constantemente me depare a cada inicio de semestre nas disciplinas básicas de banco de dados ou modelagem, e sempre respondo para meus discípulos (alunos): “Dado é tudo aquilo que existe no mundo real e nos permite atribuir ou obter um significado, algo que nos permita reconhecer um valor.”

Já a informação é justamente o valor, significado, atribuído ao dado, que nos estabelece um cenário de entendimento, reconhecimento, compreensão do que “este mesmo dado” quer nos dizer, quer nos revelar.

Então eu apresento o que chamo de Cadeia Evolutiva de um Dado, conforme ilustra a Figura 1 a seguir:

Figura 1 – Cadeia evolutiva de um dado.

Observe que todo e qualquer elemento que reconhecemos com um possível dado, o mesmo, passa por um conjunto de fases até se tornar verdadeiramente algo que nos ajude a tomar decisões e resolve em novos dados.

A Informação

Sabendo então que o dado é o estado anterior de algo que denominados constantemente como informação, o que exatamente pode ser definido ou entendido como informação? Vou tentar te responder de forma simples e objetiva:

A informação pode ser entendida com o dado com significado, passível de interpretação e de entendimento por parte de quem o usa, enfim, é o dado capaz de transmitir conhecimento para a ação ou para a tomada de decisão.

As empresas precisam armazenar os dados relevantes ao seu negócio de alguma forma controlada, organizada, integra e segura. A Tecnologia da Informação oferece recursos para atender a esta importante necessidade das empresas através de sistemas de informação que manipulam as informações da empresa que são armazenadas em um banco de dados.

Um sistema automatizado lida com tarefas comuns aos processos de negócios tais como: contabilidade, controle de estoque, compra e venda. A compreensão de que as informações mantidas por esses sistemas podem ser classificadas, organizadas e pesquisadas apoiando das atividades e tomada de decisões da empresa. Foi a partir deste momento que surgiu a ideia de um Sistema de Informações Gerenciais (SIG). A partir do momento em que os dados estão armazenados, ordenados e organizados, tinha-se a matéria prima disponível para análise por um sistema de suporte à decisão.

A tomada de decisão, ou preparação para o futuro, é a atividade central das organizações modernas. Sendo assim, o sucesso de uma empresa depende da boa tomada de decisão, e para isso a qualidade e disponibilidade dos dados é fundamental.

Sendo assim, todo que qualquer profissional independente da sua área de atuação que consiga reconhecer, entender e diferenciar Dado de uma Informação, estará sempre a frente.


E a sigla AVIAO, o que ela tem haver com estes elementos? Esta resposta eu lhe apresento a seguir:

A Sigla AVIAO

A necessidade de se estudar periodicamente esta cadeia evolutiva que um dado pode apresentar, principalmente estes dois primeiros elementos Dado e Informação, ou Dados e Informações que para muitos representam a mesma coisa, mas obrigatoriamente a maneira que eu sempre busquei, tentei e demorei um certo tempo para encontrar uma forma mais simples e direta visando transmitir para meus alunos como estes “amiguinhos” são tão significantes e importantes para a vida, fez com que eu busca-se de forma mais que constante definir um elemento único para em poucos minutos dizer que estava escrito em diversos livros, apostilas e apresentações.

Além disso, a conjunto de dúvidas, questionamentos e até mesmo críticas em minha abordagem durantes as aulas de Modelagem, Introdução a Banco de Dados, entre outras disciplinas de forma a se relacionar com a área de tecnologia se serviram como base e parâmetro para sua criação.

Como ela foi idealizada

Muito bem, mas posso dizer e garantir que a origem e criação desta sigla não ocorreu dentro de uma sala de aula ou laboratório, na verdade ela surgiu como boa parte das invenções e ideias criada pelo homem, foi em um momento que eu talvez não estivesse de corpo presente mas somente com a minha mente.

Eram quatro horas da manhã do dia 14/11, como sempre em véspera de provas de concurso ou processos de seleção eu tenho dificuldade para dormir, o sono fica leve, como também ansioso para que o tempo passe rápido, naquele mesmo dia eu tinha uma apresentação a ser realizada para um processo de seleção, esta apresentação teria três possíveis temas para serem escolhidos, todos relacionados a área de banco de dados, e eu queria achar uma maneira de tentar justamente resolver em uma única apresentação a junção dos três possíveis temas, foi então que virando várias vezes de um lado para outro e pensando em possibilidades que surgiu  sigla AVIAO, ela é recente, mas vem me orgulhando muito, pois me ajudou absurdamente a resolver sérias dificuldades acadêmicas e profissionais nos últimos dias, como principalmente facilitou o entendimento dos meus alunos.

Neste momento você estar fazendo basicamente estas duas perguntas:

1 – O que representa a sigla Aviao?

2 – Quais são as palavras que forma esta sigla?

Eis as respectivas respostas:

1 – A sigla AVIAO representa um conjunto de definições e características relacionadas diretamente com um dado e seu primeiro estado de evolução conhecido como Informação.

2 – As palavras que forma a sigla AVIAO são: Atomicidade, Veracidade ou Valor, Integridade, Autenticidade e Obrigatoriedade.

Para tentar lhe ajudar a entender melhor o quanto a sigla AVIAO pode lhe ser útil, vou descrever brevemente cada uma destas siglas:

  • Atomicidade: Característica que podemos atribuir diretamente a um dado que nos permite dizer se ele é atômico ou não atômico, ou seja, não divisível ou divisível em partes;
  • Veracidade: Característica que garante que o valor atribuído ou estabelecido para aquele elemento de dado pode ser tratado como algo correto, algo verdadeiro, confiável em sua essência e posteriormente para tomada de decisão;
  • Integridade: Propriedade que devemos estabelecer a um dado, quando estamos analisando a sua origem, ou seja, quem ou o que criou, armazenou ou até mesmo tratou tão conjunto de valores que nos permitem reconhecer como um dado. A integridade se relaciona com o quanto o mesmo o mesmo dado pode ser tratado como verídico, verdadeiro;
  • Autenticidade: Propriedade que nos garante o que valor ou algo que esta sendo apresentado e posteriormente reconhecido pelo dado, realmente é algo que pode existir ou coexistir no mundo real, no qual utilizamos como base as análises e aprendizados obtidos no mundo real, afim de reconhecer e fortalecer que aquele valor é autentico em sua essência, o que nos permite atribuir novos valores, trazendo assim a analise para geração de novos dados; e
  • Obrigatoriedade: Característica que atribuímos a determinados dados, a qual se relaciona com sua importância e posteriormente o quanto este dado pode representar de valor importante para tomada de decisão, ou seja, a obrigatoriedade tem como objetivo principal garantir a qualidade dos nossos dados, um dado que não é obrigatório não pode ser reconhecido, com um dado, verdadeiro, integro ou autentico, esta característica é essencial para definir se aquele dado deve ou não fazer parte de um estudo ou pesquisa.

Sendo assim, acabo de apresentar a sigla AVIAO que venho utilizando desde mês de novembro de 2018, nascida em uma madrugada de sono leve e ansioso devido a um momento importante que iria me deparar na manhã seguinte.


Conclusão

O conhecimento que aprendemos ao longo de nossas vidas é algo transformador, saber a cada dia reconhecer, entender, transmitir e aprender que este conhecimento é nosso dever, o que para muitos pode se tornar uma ameaça, medo ou receio.

Este mesmo elemento chamado de conhecimento, antes de mais nada é um valor ou melhor um dado que passou para algumas fases de evolução até ser reconhecido e tratado como possibilidade de se aprender, tal aprendizado que nos permite criar novos conhecimentos transformando e gerando novos valores.

Foi justamente desta forma, com base, nas minhas experiência profissionais e acadêmicas coletadas ao longo dos anos, reconhecendo e entendendo minhas limitações e dificuldades que me permitiram “criar” um elemento que representa em poucas palavras a junção de diversas conhecimento obtidos durantes anos.

Desta mesma maneira, estou fazendo com que a cadeia de evolução de um dado, continue visa, transformando e criando novos valores, afim de gerar um novo resultando, não deixando que o conhecimento mora comigo, com isso a sigla AVIAO tem me ajudado e transmitir mais facilmente conceitos básicos e de grande importância relacionados com a área de banco de dados e tecnologia.

Agradecimentos

Obrigado por sua visita mesmo primeiro post de 2019, espero que você tenha gostado do conteúdo aqui compartilhado e que o mesmo lhe sirva de inspiração para criar formas de se renovar e transmitir qualquer tipo de conhecimento mais facilmente.

Nos encontraremos nos outros 363 anos de 2019 nos mais variados posts do meu blog.

Um grande abraço, mais uma vez feliz ano novo.

Curso de Extensão – Fundamentos de Data Warehouse e BI


Olá pessoal, bom dia.

Tudo bem?

Em parceria com a Fundação FAT e Fatec São Roque, estarei realizando no mês de outubro um novo curso de extensão voltado para área de análise de dados, mais especificamente sobre Data Warehouse e Business Intelligence.

Ficou interessado sobre o curso? A seguir você poderá encontrar maiores detalhes e informações.

INSCRIÇÕES
Entre 20 de Setembro a 10 de Outubro de 2017
Modalidade Presencial : 28 horas aulas distribuídas ao longo de 07 dias.
Realização : nos dias 16, 17, 18, 19, 20, 23 e 24 de Outubro de 2017 . 
Horário 01 (uma) turma : das 08:00 as 12:00h

CURSO
Este curso visa transmitir aos alunos os conhecimentos básicos dos sistemas de informação de uma empresa, com ênfase na utilização do sistema de apoio a decisão como importante sustentação para otimizar os resultados desejados, mediante a coleta, seleção, armazenamento, processamento e recuperação de dados para prover os executivos das informações relevantes, passadas, presentes e futuras, sobre a empresa e o ambiente, possibilitando tomadas de decisão com o mínimo de incerteza. 

Permitir uma visão clara das técnicas aplicáveis para a construção de um data warehouse, ferramentas, recursos e ciclo de vida, para o desenvolvimento de projetos de data warehouse, que é ajustado às necessidades do negócio


CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
• Conceitos básicos. 
• Sistemas de Apoio à Decisão. 
• Os Ecossistemas de Informação. 
• O Ciclo de Vida do DW: Planejamento e Administração, Levantamento de Requisitos, Arquiteturas e Business Intelligence.

METODOLOGIA

• Exercícios práticos em laboratório e prova valendo nota para aprovação
• Serão aprovados e receberão o Certificado de Conclusão do Curso os alunos que cumprirem todas as atividades obrigatórias estabelecidas pela 
avaliação, nos prazos determinados e atingirem níveis de qualidade compatíveis com os objetivos de formação estabelecidos pelo Plano de Curso.

LOCAL E REALIZAÇÃO
Campus da FATEC São Roque
Investimento: R$ 200,00 ou Matricula (R$ 100,00) + 01 parcela (R$ 100,00) – Boleto Bancário.
Dúvidas: Pedro Antonio Galvão Junior – pedro.galvao3@fatec.sp.gov.br

Para realizar a inscrição clique aqui


Agradeço a sua atenção, nos encontramos em breve.

Até mais.

Microsoft Virtual Academy agora oferece ebooks gratuitos


Além de oferecer treinamento gratuito para usuários, profissionais de TI e desenvolvedores, a Microsoft Virtual Academy agora também oferece diversos ebooks gratuitos. O anúncio foi feito nesta semana no blog da Microsoft Press.

Os ebooks, que abordam produtos como Windows, Windows Server, Windows Azure, System Center e outros, estão disponíveis para download nos formatos PDF, ePub e Mobi. Muitos deles já foram noticiados aqui no BABOO.

Além dos ebooks gratuitos, a Microsoft Virtual Academy também lista alguns ebooks que podem ser comprados através do distribuidor oficial O’Reilly Media.

Clique na imagem para acessar a página com ebooks gratuitos na Microsoft Virtual Academy:

Microsoft Virtual Academy agora oferece ebooks gratuitos

Sobre a Microsoft Virtual Academy

A Microsoft Virtual Academy (MVA) é gratuita para qualquer um que tenha interesse em progredir na carreira por meio de treinamento em tecnologias da Microsoft. Você pode assistir ou baixar até cinco partes de conteúdo (como vídeos, slides e perguntas e respostas) sem fazer login, mas para obter acesso integral a todos os vídeos e os recursos de treinamento disponíveis, inclusive nossos eventos interativos e em tempo real, será necessário usar uma conta da Microsoft e criar um perfil da MVA. Seu perfil se tornará um registro do tempo que você investiu aqui, incluindo os certificados de conclusão dos seus cursos.

Para iniciar, basta selecionar um curso de interesse e começar a assistir aos vídeos de cada módulo. Você poderá baixar as apresentações e também testar seu aprendizado com testes. Uma vez concluída cada ação do curso, você obterá um certificado de conclusão.

Ao participar de um evento em tempo real, você também terá acesso em tempo real a especialistas que poderão responder às suas perguntas durante o treinamento.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com.