Windows 8.1 build 9471 vem com Skype pré-instalado


Em julho deste ano surgiram informações de que a versão final do Windows 8.1 viria com o Skype integrado. Com o vazamento do Windows 8.1 build 9471, é possível confirmar que a versão Metro do aplicativo virá mesmo pré-instalada no sistema operacional.

Além disso, a maior integração do Skype com o Windows 8.1 permitirá que os usuários atendam chamadas de voz e vídeo diretamente a partir da tela de bloqueio.

Usuários do Windows 8 podem fazer o download da versão Metro do aplicativo na Windows Store.

Skype pré-instalado no Windows 8.1 build 9471:

Windows 8.1 build 9471 vem com Skype pré-instalado

Saiba mais sobre o Windows 8.1 build 9471 aqui.

A fase de desenvolvimento do Windows 8.1 deve ser concluída nos próximos dias. Esta atualização será disponibilizada gratuitamente para os usuários do Windows 8 através da Windows Store.

Sobre o Skype
Comprado em 2011 pela Microsoft, o Skype foi desenvolvido pelos desenvolvedores do popular software de compartilhamento de arquivos Kazaa. Ele suporta recursos como chamadas por voz e vídeo, envio de mensagens instantâneas, transferência de arquivos, integração com o Facebook e muitos outros.

Ele também possui integração com o Outlook.com, novo serviço de e-mail da Microsoft, para permitir a realização de chamadas por voz e vídeo sem sair da caixa de entrada.

Além disso, o aplicativo também é o sucessor do Windows Live Messenger (ex-MSN Messenger).

Fontes e Direitos Autorais: Por .

Anúncios

Vírus no Facebook pode roubar contas bancárias


O malware já existe há seis anos, mas ressurgiu em 2013, especificamente em fevereiro. Na metade do mês de maio, apresentou um pico de usuários afetados nos Estados Unidos, segundo relatório da empresa de segurança Trend Micro citado em reportagem do blog de tecnologia do New York Times.

De acordo com a Trend Micro, existe uma tendência de antigos vírus voltarem à ativa repaginados, o que é o caso do Zeus no Facebook. No ano passado, por exemplo, esse vírus foi apontado como parte de um ataque que desviou cerca de US$ 800 milhões de contas de bancos na Europa, América Latina e Estados Unidos.

Além de dados bancários, o Zeus é programado para roubar qualquer tipo de identificação online de usuário, o que inclui dados pessoais.

Mensagens e links

O vírus é transmitido via mensagens de “phishing”. O termo em inglês significa “pescaria” e diz respeito a links ou mensagens falsas, geralmente de propaganda, que pedem que o usuário clique para visualizar vídeos ou produtos, segundo o Business Insider.

Quando a pessoa é “fisgada” pelo vírus, sua conta no Facebook encaminha, automaticamente, mensagens e links para os amigos na rede social, com o objetivo de infectar mais usuários.

O alerta: não clique em links que pareçam suspeitos, mesmo que a fonte seja um amigo próximo. Esse amigo pode ter sido infectado e ainda não ter percebido.

O Zeus fica “adormecido” no computador até que o usuário acesse uma conta bancária, por exemplo. Aí o malware entra em ação para roubar dados e senhas. O vírus tem potencial para atingir somente usuários de Windows.

Cuidados no Facebook

A página www.facebook.com/security reúne informações sobre segurança no Facebook. A empresa informa que “detecta ativamente vírus conhecidos nos dispositivos dos usuários para proporcionar a eles um processo de autorrecuperação que inclui o varredor de vírus Scan-E-Repair”.

A empresa indica aos usuários que relatem qualquer spam que encontrem na rede social. Para isso, uma setinha no canto superior direito dos posts na timeline mostra a opção “Denunciar história ou spam”. Além disso, o Facebook reforça que nunca pedirá número de cartão de crédito, identidade ou CPF.

 

Fontes e Direitos Autorais: Blogs – Estadao.com – Radar Tecnológico – 5 de junho de 2013 | 18h17 – Mariana Congo.

Brasileiros com mais de 50 anos têm maior crescimento no acesso a internet


O total de brasileiros com mais de 50 anos que utilizam a internet disparou nos últimos anos. O crescimento foi de 222% entre 2005 e 2011.

No mesmo período, a elevação entre jovens com idade entre 20 e 24 anos foi de 99%. Já a elevação entre toda a população com mais de 10 anos ficou em 144%.

Acesso a internet no Brasil cresce, mas 53% da população ainda não usa a rede
Mais de 30% dos brasileiros não tinham celular de uso pessoal em 2011, diz IBGE

O estudo, feito com dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), foi divulgado nesta quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Editoria de Arte/Folhapress

Os entrevistados foram questionados se tinham acessado a internet nos três meses que antecederam o levantamento.

A pensionista Alzira Augusto Araújo, 71, faz parte desse contingente de pessoas mais velhas que passaram a acessar a rede. O motivo: queria estar mais próxima da família. Após resistir por anos, a decisão de encarar o computador ocorreu há dois anos, logo depois de o marido falecer.

“Consigo acompanhar o que meus filhos e netos estão fazendo, trocamos mensagens. É muito bom, uma companhia”, conta ela.

Foi por meio da rede que ela retomou o contato com uma irmã, que não via há nove anos após um desentendimento. “Procurei ela no Facebook e quando vi as fotos dela, me deu muita saudade”, afirma. Logo depois, a filha de Alzira intermediou a reaproximação das duas. “Hoje falamos muito pela internet.”

Os conhecimentos de Alzira do computador ainda são poucos, ainda restritos às redes sociais. “Quero aprender mais, a usar o e-mail, por exemplo”, diz.

MENOS INSERIDOS

A maior inserção dessa faixa da população ocorre conforme cresce o uso da tecnologia. “Há cada vez mais a necessidade de se utilizar a internet, seja para fazer a declaração do Imposto de Renda ou mesmo para acessar os serviços bancários”, afirma o coordenador de pesquisa do IBGE, Cimar Azeredo.

Apesar do forte crescimento, o percentual de pessoas nessa faixa etária que acessaram a internet ainda é de 18,4%. Os mais inseridos são os jovens, de 15 a 17 anos (74,1%).

Fontes e Direitos Autorais: Folha.com – Mercado – 16/05/2013 – 12h33 – MARIANA SALLOWICZ.

Título do Corinthians é tema mais discutido da web


Jogadores do Corinthians celebram título no Pacaembu

São Paulo – Mal o árbitro Wilmar Roldán apitou o fim do jogo entre Corinthians e Boca Juniors no Pacaembu, em São Paulo, o título inédito da equipe paulista tornou-se o tema mais discutido da internet no Brasil e um dos mais relevantes no mundo.

Nos trending topics do Brasil, nove entre os dez termos listados pelo Twitter faziam alusão ao jogo vencido pela equipe paulista por 2×0.  O tópico mais citado era “Sheike”, seguido por #vaicurinthia e #chupaboca.  Na Argentina, no entanto, a finalíssima da Libertadores não foi suficiente para levar qualquer termo relacionado ao jogo ao topo dos tópicos do Twitter. Logo após o fim da partida, a hashtag mais popular era “#LaVidaEsEsoQuePasaMientras”.

Em todo o mundo, o tópico mais importante era #Happy4thjuly, uma alusão ao dia da independência americana. A tag acabou “adotada” por corinthianos para falar de sua própria independência, uma referência à “libertação” da pressão e das chacotas por nunca ter vencido uma Libertadores enquanto seus rivais diretos (São Paulo, Santos e Palmeiras) já o fizeram.

No Facebook, onde não é possível medir a popularidade de um termo, é possível registrar uma enxurrada de posts comemorando o título inédito.

Já no Instagram, fotos de torcedores que fotografaram o Pacaembu ou as casas e bares onde torceram na noite desta quarta-feira ascenderam para as listas de imagens mais populares da rede social.

Fontes e Direitos Autorais: , de INFO Online • Quinta-feira, 05 de julho de 2012 – 00h21.

Links no Facebook e MSN infectam PCs brasileiros


São Paulo – Cibercriminosos se aproveitam da curiosidade dos usuários do MSN e Facebook para que eles cliquem em um link malicioso e baixem um malware.

O caso mais recente traz a promessa de supostas fotos do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, em estado crítico de saúde.

Após o download, o computador se torna infectado por um código que o transforma em parte de uma rede botnet – e permite que os crackers roubem senhas de acesso às redes sociais.

O código, já bastante propagado nos últimos seis meses na América Latina, é conhecido como Win32/Dorkbot.

Uma vez parte da botnet, o computador passa a ser usado para a propagação da ameaça a outros usuários. Desse modo, sempre que a máquina com vírus se conecta ao Facebook ou ao Windows Live Messenger, ele envia o link malicioso a todos seus contatos.

Esse ataque recente também busca encontrar senhas de Gmail, Hotmail, Twitter, PayPal e outros serviços online. Mesmo para quem possui anti-vírus instalado, é importante se manter atento aos links compartilhados, mesmo que por amigos. 

Fontes e Direitos Autorais: Por Amanda Previdelli, de INFO Online • Segunda-feira, 09 de janeiro de 2012 – 15h30.

Falha no Facebook permite ver fotos privadas


Fotos privadas de Mark Zuckerberg (acima) também foram expostas pela falha

São Paulo – Uma falha encontrada no Facebook permite que usuários obtenham acesso a fotos pessoais e privadas de outros contatos.

A brecha, encontrada por membros do fórum Body Building, permitiria visualizar fotos marcadas como privadas.

Para isso, segundo os membros do fórum, o usuário precisaria acessar a página de alguém que não seria seu amigo. Então reportaria a imagem do perfil como sendo imprópria e que estaria contendo nudez ou pornografia.

Então o Facebook pede a ajuda do usuário para selecionar outras imagens que poderiam ser incluídas no relatório. Ao confirmar, a rede social então exibe algumas fotos adicionais, que normalmente não seriam públicas ou disponíveis para todos, em tamanho grande, para que possa selecionar e reportar ao site. 

A falha, segundo os membros, às vezes funciona bem e por outras não, depende do browser (Firefox e Chrome costumam exibir as imagens em tamanho pequeno apenas).

Os membros do fórum acessaram a página de Mark Zuckerberg (vide foto acima), CEO do Facebook, e coletaram diversas imagens privadas dele e publicaram na web para confirmar a falha existente na rede social.

O Facebook foi notificado sobre a falha e afirmou que já está apurando o erro e que irá corrigi-lo em breve.

 Fontes e Direitos Autorais: Por Monica Campi, de INFO Online • Terça-feira, 06 de dezembro de 2011 – 14h13.

Facebook supera LinkedIn em recrutamento


//

São Paulo – Pelo menos na Ásia e na Europa, o Facebook já é a rede social preferida dos headhunters quando o objetivo é encontrar mais informações sobre candidatos.

É o que aponta pesquisa da Right Management divulgada nesta terça-feira. Segundo o levantamento, 75% dos recrutadores de companhias com operação na Ásia já usam a rede social de Mark Zuckerberg nos processos de seleção. Na Europa, esse número é de 62% dos entrevistados.

Nos Estados Unidos, a proporção é oposta. O LinkedIn continua sendo a rede social queridinha dos headhunters. Lá, segundo o estudo, 93% dos recrutadores utilizam a ferramenta durante o processo de seleção.

O Twitter obteve a pior participação nos três continentes. Nos Estados Unidos, apenas 18% das empresas verificam as contas dos candidatos no serviço de microblogs.

A Right Management ainda não tem um mapeamento oficial sobre a relação recrutamento e redes sociais no Brasil, mas Elaine Saad, gerente geral da Right Management, admite que o LinkedIn continua na liderança desse mercado no país.

“De 60 a 70% das buscas por candidatos hoje são feitas no LinkedIn. O Facebook já tem um espaço bem importante, de 15% a 20%”, diz.

Cultura

Segundo ela, essa preferência pelo LinkedIn está relacionada exatamente ao foco profissional da rede. “Se a pessoa não tiver a qualificação necessária para o cargo fica muito difícil trabalhar qualquer outro ponto. Por isso, buscamos primeiro as informações no LinkedIn”, afirma. “Depois, complementamos esses dados profissionais com as características pessoais expostas no Facebook”.

Para ela, o comportamento oposto no mercado europeu e asiático pode ser explicado pelo perfil cultural dos dois povos. “Em outros países, as pessoas têm a tendência de preencher o Facebook já com informações profissionais”, diz.

O nível de qualificação profissional da população também contribui para isso. “Aqui, nós precisamos fazer uma pré-seleção antes para chegar se a pessoa tem a capacitação técnica para o cargo”, afirma.

Fontes e Direitos Autorais: Por Talita Abrantes, de EXAME.com • Quarta-feira, 02 de novembro de 2011 – 11h10.

Corinthians tem um milhão de fãs no Facebook


// São Paulo- Na noite de ontem (13), o Corinthians se tornou o primeiro clube de futebol do Brasil a ultrapassar a marca de um milhão de fãs no Facebook.

Até as 13h de hoje 1.004.012 de pessoas haviam curtido a página oficial do time na rede social.

Segundo nota divulgada pelo timão, desde o final de abril a página ganhou mais de 500 mil novos fãs. A segunda página mais curtida do país, do Flamengo, tem cerca de 860 mil fãs. O São Paulo tem cerca de 705 mil seguidores no Facebook e o Palmeiras, 370 mil.

Fontes e Direitos Autorais: Agência Estado • Domingo, 14 de agosto de 2011 – 15h42.

PM de São Paulo recebe denúncia via Facebook


Motoristas agora podem denunciar pelo microblog Twitter e pela rede social Facebook.

//

São Paulo – A Polícia Militar recorreu à internet para tentar evitar assaltos nas Marginais do Tietê e do Pinheiros, em São Paulo.

Motoristas agora podem denunciar pelo microblog Twitter e pela rede social Facebook a presença de suspeitos nas vias ou pedir ajuda em caso de problemas. Os canais serão monitorados em tempo integral pela 3.ª Companhia do 2.º Batalhão de Trânsito, criada ontem para patrulhar exclusivamente os 43 quilômetros das duas vias.

“É uma forma de polícia comunitária virtual nas marginais”, definiu o comandante-geral da PM, coronel Álvaro Batista Camilo. “Se o motorista notar algum problema, manda um aviso à polícia.” Ao receber a denúncia, a PM avaliará e, caso seja necessário, enviará os PMs que estiverem mais próximos do local.

Os canais na internet fazem parte do pacote preparado pelo governo para conter a violência nas marginais. Desde o início do ano, houve registros de arrastões e ataques a motoristas com pedras, principalmente na Marginal do Pinheiros. Em um dos casos a vítima foi esfaqueada.

Os roubos na Tietê e na Pinheiros acontecem principalmente no início da manhã e no fim da tarde, em meio ao trânsito. “A maior parte dos criminosos está em motos”, disse o secretário de Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto. “A facilidade de acesso e escape é muito grande, daí a necessidade de um patrulhamento mais ágil.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fontes e Direitos Autorais: Agência Estado • Sexta-feira, 22 de julho de 2011 – 10h58.

Worm brasileiro ataca usuários do Facebook


//

São Paulo – O contínuo crescimento do Facebook fez da rede social um alvo em potencial aos cibercriminosos, principalmente no Brasil onde aos poucos o serviço está substituindo o Orkut.

E por conta deste sucesso que criminosos brasileiros desenvolveram um worm que está atacando usuários no país e em Portugal. O worm é detectado como “IM-Worm.Win32.FBook.a”.

De acordo com a Kaspersky Lab, que identificou o worm, o código malicioso se espalha através de um ataque conhecido como “drive-by-download”, onde uma página falsa é criada para infectar a máquina da vítima, quando a mesma realiza um download de um aplicativo contaminado.

Ao executar o programa, o worm será instalado na máquina do usuário e efetuará uma série de downloads de arquivos maliciosos, incluindo trojans bancários e vírus para roubar dados como logins e senhas de redes sociais.

O vírus se espalha pelo Facebook ao enviar links contaminados aos contatos da vítima, através de mensagens pelo bate-papo do site e também por meio de outras redes sociais como Twitter, Orkut, GTalk e MSN.

“A popularização da rede fará com que os ataques passem a ser concentrados no Facebook. Esse será o primeiro de muitos outros que virão”, prevê o analista de malware da Kaspersky Lab no Brasil e descobridor do novo worm, Fábio Assolini.

Segundo a Kaspersky, o alcance da praga ainda é baixo, devido ao alerta feito pela empresa ao Facebook, que vem bloqueando o link malicioso.

Fonte e Direitos Autorais: Monica Campi, de INFO Online • Terça-feira, 21 de junho de 2011 – 14h59.