Vivo e governo de SP usarão dados para rastrear focos de Covid-19

Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e a operadora utilizaram base anônima para acompanhar deslocamento populacional da cidade.


Resultado de imagem para rastreamento de dados

A operadora Telefônica Brasil (que também atua sob a marca Vivo) firmou parceria com o governo de São Paulo para usar seus recursos de Big Data para medir em tempo real dados sobre o deslocamento da população, a fim de identificar tendências e áreas de possível foco de contágio do novo coronavírus (Covid-19).

Quem fará a gestão desses dados será o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo. De acordo com comunicado, todos os dados aos quais o IPT terá acessão “são analisados de forma agregada e anonimizada e nunca individualizada, sempre respeitando a privacidade dos usuários”.

Continue Lendo “Vivo e governo de SP usarão dados para rastrear focos de Covid-19”

Microsoft revela que IA e Nuvem serão grandes aliados em próximas versões do Windows 10

Microsoft levou dois de seus executivos para a Computex 2019 em Taipei, evento realizado na semana passada.


Os executivos da Microsoft Roanne Sones, CVP OS Platforms e Rodney Clark, vice-presidente da IoT Sales, compartilharam o palco principal da Computex2019 para apresentar as tecnologias e serviços da plataforma Microsoft 365, Windows Azure IoT que os parceiros de dispositivos podem usar para oferecer modernas experiências de PC e construir uma nova geração de dispositivos conectados e soluções de IoT.

Além disso, eles forneceram uma perspectiva de como os parceiros do ecossistema da chamada intelligent edge podem impulsionar a transformação digital trabalhando juntos para criar soluções de ponta para nuvem da IoT.

windows 10

Muito se falou em Windows IoT, o qual já conhecemos. Ele é uma versão do Windows  10 voltada para dispositivos da Intenet das Coisas (IoT), no entanto, com a chegada do Projeto Windows Core OS, que faz parte de um projeto maior chamado OneCore, não deve demorar até que todas as versões do Windows 10 sejam chamadas apenas de Windows. Até o “10” deve desaparecer do nome principal.

Isso deve acontecer muito em breve, até porque já tem algum tempo que a Microsoft já prefere chamar tudo apenas de Windows 10, então, com o Windows Core OS isso deverá ser ainda mais usual.

Mesmo sabendo que tudo será Windows daqui pra frente, muito provavelmente veremos codinomes associados a determinadas “versões”, como por exemplo, muito deve ser falado sobre um tal de Windows Lite. Este “braço” do Windows deverá rodar em dispositivo mais simples, dotados de um hardware consideravelmente fraco, contudo, que contará com o poder da Nuvem e da Inteligência Artificial para torná-lo prático, usual e produtivo. Não resta dúvida que essas características serão parte integrante de qualquer novidade que a Microsoft anuncie ao mundo envolvendo o Windows num futuro próximo.

Fontes e Direitos Autorais: Alexandre Lima – Windowsteam.com.br
Leia na integra acessando: https://www.windowsteam.com.br/windows-10-ia-e-nuvem-serao-grandes-aliados-em-proximas-versoes/

Uma parceria histórica envolvendo games firmada entre Microsoft e Sony

Sony e a Microsoft anunciando uma parceria envolvendo jogos, você não é o único, mas algo impensável como isso se tornou verdade do dia pra noite.


Na última quinta-feira dia 16, as empresas Microsoft e Sony anunciaram uma parceria histórica que visa oferecer o que é de mais moderno quando o assunto é experiência de usuário em plataformas de entretenimento e soluções de inteligência artificial (AI) em torno do mercado de jogos eletrônicos.

a parceria?

microsoft e sony
CEO da Sony ao lado do CEO da Microsoft

Em resumo a Sony vai começar a usar as soluções da plataforma em Nuvem da Microsoft, o Azure, para seus serviços de games e streaming, além da exploração da incorporação das ferramentas avançadas de AI da Microsoft e semicondutores nos produtos da empresa, tudo no intuito de fornecer experiências “altamente intuitivas e fáceis de usar”, isso nas palavras da própria empresa.

Sobre a parceria o presidente e CEO da Sony, Kenichiro Yoshida, disse o seguinte:

“O PlayStation surgiu através da integração de criatividade e tecnologia. Nossa missão é evoluir continuamente essa plataforma como uma que continua a oferecer as melhores e mais imersivas experiências de entretenimento, junto com um ambiente de nuvem que garante a melhor experiência possível, a qualquer hora, em qualquer lugar. Por muitos anos, a Microsoft tem sido um parceiro comercial importante para nós, embora, é claro, as duas empresas também estejam competindo em algumas áreas. Acredito que o desenvolvimento conjunto de futuras soluções em nuvem contribuirá muito para o avanço do conteúdo interativo”.

Yoshida lembrou bem que Sony e Microsoft são parceria há anos. As empresas já trabalharam juntas em vários projetos, especialmente quando o assunto são PCs com Windows, mas sempre competiram no mercado de games, então, essa é a primeira vez que elas trabalharão juntas em algo relacionados ao mercado de jogos eletrônicos.

Depois do CEO da Sony, temos a seguir algumas palavras do chefe do Xbox dentro da Microsoft, Phil Spencer, que também fez alguns comentários sobre a nova parceria.

“Empolgado com as oportunidades à frente com a @Sony para que possamos perseguir nossas ambições mútuas em jogos e encantar os jogadores ao redor do mundo”

O CEO da Microsoft não poderia ficar de fora da conversa e falou o seguinte:

“A Sony sempre foi líder em entretenimento e tecnologia, e a colaboração que anunciamos hoje se baseia nessa história de inovação”, disse Nadella. “Nossa parceria traz o poder do Azure e do Azure AI para a Sony para oferecer novas experiências de entretenimento e jogos para os clientes”, ressaltou ele.

“As duas empresas explorarão o desenvolvimento conjunto da futura solução de nuvem no Microsoft Azure para suportar seus respectivos serviços de streaming de conteúdo e jogos”, explica uma declaração da Microsoft.

Sem dúvida essa é uma reação aos mais recentes anúncios do Google, como por exemplo, da plataforma de streaming de jogo Stadia, então, Sony e Microsoft parecem não querer deixar nem uma migalha do bolo do mercado de jogos para o Google.

Com Inteligência Artificial também está no foco da parceria, a Microsoft também vai usar tecnologia Sony para aprimorar seus produtos, como por exemplo, a Microsoft pretende usar os mais avançados sensores de imagem da Sony em sintonia com a tecnologia de IA da Azure para melhorar as experiências em sua Nuvem.

E o Xbox e o Playstation nessa história?

Neste primeiro momento, não há qualquer sinal de integração entre a plataforma Xbox e a Playstation, como jogos multiplataforma ou algo do gênero, no entanto, dada a abrangência dessa nova parceria em torno de Cloud Services, nada impede que no futuro as empresas combinem de abrir uma loja única e online para permitir o acesso a jogos diversos via streaming. Não de jogos exclusivos, mas ao menos de títulos de terceiros que geralmente lançam seus produtos para ambas as plataformas.

Fontes e Direitos Autorais: theenemy e Microsoft – 16/05/2019.

Microsoft Visual Studio 2019 – Lançamento oficial em 02 de Abril

Lançamento será realizado com evento especial


No decorrer desta semana a Microsoft informou na página oficial do Visual Studio, a data de lançamento oficial da próxima versão conhecida como 2019.

A Microsoft lançou o primeiro preview do Visual Studio 2019 em dezembro de 2018, mas ela está se preparando para iniciá-lo a todos em breve. Visual Studio 2019 terá um evento formal para seu lançamento, muito em breve, no dia em 2 de abril, um dia inteiro repleto de sessões sendo transmitido ao vivo e Q&A de oportunidades para desenvolvedores disponível mundo a fora.

Visual Studio 2019 virá com várias melhorias, incluindo vários ajustes da interface do usuário e AI. A alteração mais óbvia se relaciona com sua nova tela de início, que foi redesenhada para trabalhar com repositórios Git. Uma vez que você começou um projeto, você vai notar mais mudanças de interface do usuário, como um novo ícone, um tema azul e uma interface mais limpa.

Além disso, a inclusão do chamado IntelliCode AI permite ao Visual Studio poder ser treinado em seus próprios repositórios, tornando-o melhor em sugerir padrões que são comuns aos projetos de codificação.

O mais recente lançamento também inclui compartilhamento que possibilita conhecer este novo padrão de desenvolvimento, algo que oferecer a quem esta utilizando o Visual Studio colaborar com outros em projetos de codificação.

Existem também melhorias de desempenho mais gerais, e você pode ter uma noção completa do que é novo com Visual Studio 2019, verificando notas de versão da Microsoft.

Para obter mais informações sobre o evento dedicado ao lançamento desta nova versão, acesse: Visual Studio 2019.

Fontes e Direitos Autorais: WindowsCentral.com – Dan Thorp-Lancaster  – 14/02/2019.

Conferência Build 2018 realizada pela Microsoft será em Maio


A Microsoft ainda não divulgou os detalhes da conferência Build 2018, a nova edição do seu evento anual para desenvolvedores e profissionais de tecnologia. No post publicado no dia 06/02 por Mehedi Hassan  a data de realização do evento foi divulgada. A nova edição da conferência será realizada de 7 a 9 de maio em Seattle, nos Estados Unidos. Mais informações sobre a conferência Build 2018 serão publicadas em breve pela empresa no site https://build.microsoft.com/.

A edição de 2018 da conferência deve abordar a próxima grande atualização do Windows 10, codinome Redstone 4, e outras novidades para os desenvolvedores com foco em Azure, IA (Inteligência Artificial), IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas), Visual Studio e mais.

Assim como ocorreu com a edição de 2017, a conferência deste ano também deverá ser transmitida ao vivo.

Conferência Build 2018 será realizada em maio pela MicrosoftFontes e Direitos Autorais: https://www.thurrott.com – 06/02/2018 – Mehedi Hassan.

Microsoft abre inscrições para o maratona bots


A Microsoft abriu as inscrições para o Maratona Bots, um curso de capacitação online e gratuito destinado a programadores que querem aprender como criar chatbots, robôs que conversam via chat utilizando recursos de Inteligência Artificial.

O curso terá quatro semanas de duração e os conteúdos didáticos serão liberados semanalmente. O primeiro módulo estará disponível a partir de segunda-feira, dia 15 de janeiro.

Após o término das aulas, os participantes terão até o dia 26 de março para desenvolverem um bot atendendo aos critérios da organização do curso. Os projetos serão avaliados por um time de especialistas da Microsoft. O objetivo é fomentar a criatividade e o aprimoramento técnico dos participantes em serviços de Inteligência Artificial disponíveis na nuvem.

A maratona também fará uma breve introdução aos conceitos de machine learning e Inteligência Artificial, que podem auxiliar na construção de aplicativos de diferentes tipos. São conhecimentos que ajudam a formar um profissional capaz de fazer frente às demandas atuais das empresas interessadas em promover a transformação digital.

Microsoft abre inscrições para o Maratona Bots

O público-alvo principal do curso são os desenvolvedores de software. Profissionais de áreas relacionadas que tenham conhecimento básico de programação e desejam entender melhor a aplicabilidade da tecnologia nos negócios também podem participar.

Além das aulas de vídeo online, o curso terá materiais de apoio em formato PDF e laboratórios práticos. Durante o período de aulas, os participantes poderão tirar suas dúvidas com instrutores que estarão on-line. Depois do encerramento, o conteúdo das aulas continuará disponível na plataforma on-line.

Desenvolvedores e demais interessados podem se inscrever aqui.

Fontes e Direitos autorais: Microsoft News Center Brasil – 10/01/2018.

Microsoft anuncia Assistente de Currículo no Word


A Microsoft anunciou na semana passada uma novidade do Office 365 desenvolvida pelo LinkedIn, o Assistente de Currículo no Word.

Este novo recurso permitirá que os assinantes do Office 365 a criem currículos convincentes com informações personalizadas. Com mais de 80% dos currículos atualizados no Word, o Assistente de Currículo ajuda os candidatos a emprego a mostrarem suas realizações, serem mais facilmente descobertos pelos recrutadores e encontrarem o trabalho ideal.

Aproveitando o poder do LinkedIn, o Assistente de Currículo no Word fornece ferramentas inteligentes para ajudar quem procura emprego a melhorar seus currículos.

– Aproveite os exemplos relevantes: Veja como as pessoas mais importantes em uma área representam sua experiência de trabalho e filtram por setor e cargo para uma experiência personalizada.

– Identifique as principais habilidades: Encontre as habilidades proeminentes para o tipo de trabalho que você está procurando afim de aumentar sua capacidade de descoberta mais facilmente.

– Personalize um currículo com base em postagens de trabalho reais: Veja listas de emprego relevantes dos 11 milhões de vagas abertas do LinkedIn e personalize seu currículo para atrair recrutadores.

– Obtenha ajuda profissional: Conecte-se facilmente à ProFinder, plataforma freelancer do LinkedIn, para obter ajuda adicional sobre redação do currículo, entrevistas e coaching de carreira.

– Deixe os recrutadores saberem que você está disponível: Os candidatos podem deixar os recrutadores saberem, discretamente, que estão abertos a novas oportunidades com Interesses de Carreira.

Microsoft anuncia Assistente de Currículo no Word

Disponibilidade
O Assistente de Currículo no Word começará a ser distribuído nesta semana para assinantes do Office 365 que estão inscritos no programa Office Insiders no Windows Desktop, utilizando o inglês como idioma de exibição.

Ele estará disponível primeiro na África do Sul, Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, China, Cingapura, Espanha, Estados Unidos da América, França, Índia, Irlanda, Japão, Nova Zelândia e Reino Unido. Nos próximos meses, estará disponível em mais plataformas e mercados.

Use a opção abaixo para fazer parte do programa Office Insider:

Vídeo apresentando o Assistente de Currículo no Word:

Fontes e Direitos Autorais: News.microsoft.com – 09/11/2017 – Microsoft News Center Brasil.