Uma parceria histórica envolvendo games firmada entre Microsoft e Sony


Na última quinta-feira dia 16, as empresas Microsoft e Sony anunciaram uma parceria histórica que visa oferecer o que é de mais moderno quando o assunto é experiência de usuário em plataformas de entretenimento e soluções de inteligência artificial (AI) em torno do mercado de jogos eletrônicos.

a parceria?

microsoft e sony
CEO da Sony ao lado do CEO da Microsoft

Em resumo a Sony vai começar a usar as soluções da plataforma em Nuvem da Microsoft, o Azure, para seus serviços de games e streaming, além da exploração da incorporação das ferramentas avançadas de AI da Microsoft e semicondutores nos produtos da empresa, tudo no intuito de fornecer experiências “altamente intuitivas e fáceis de usar”, isso nas palavras da própria empresa.

Sobre a parceria o presidente e CEO da Sony, Kenichiro Yoshida, disse o seguinte:

“O PlayStation surgiu através da integração de criatividade e tecnologia. Nossa missão é evoluir continuamente essa plataforma como uma que continua a oferecer as melhores e mais imersivas experiências de entretenimento, junto com um ambiente de nuvem que garante a melhor experiência possível, a qualquer hora, em qualquer lugar. Por muitos anos, a Microsoft tem sido um parceiro comercial importante para nós, embora, é claro, as duas empresas também estejam competindo em algumas áreas. Acredito que o desenvolvimento conjunto de futuras soluções em nuvem contribuirá muito para o avanço do conteúdo interativo”.

Yoshida lembrou bem que Sony e Microsoft são parceria há anos. As empresas já trabalharam juntas em vários projetos, especialmente quando o assunto são PCs com Windows, mas sempre competiram no mercado de games, então, essa é a primeira vez que elas trabalharão juntas em algo relacionados ao mercado de jogos eletrônicos.

Depois do CEO da Sony, temos a seguir algumas palavras do chefe do Xbox dentro da Microsoft, Phil Spencer, que também fez alguns comentários sobre a nova parceria.

“Empolgado com as oportunidades à frente com a @Sony para que possamos perseguir nossas ambições mútuas em jogos e encantar os jogadores ao redor do mundo”

O CEO da Microsoft não poderia ficar de fora da conversa e falou o seguinte:

“A Sony sempre foi líder em entretenimento e tecnologia, e a colaboração que anunciamos hoje se baseia nessa história de inovação”, disse Nadella. “Nossa parceria traz o poder do Azure e do Azure AI para a Sony para oferecer novas experiências de entretenimento e jogos para os clientes”, ressaltou ele.

“As duas empresas explorarão o desenvolvimento conjunto da futura solução de nuvem no Microsoft Azure para suportar seus respectivos serviços de streaming de conteúdo e jogos”, explica uma declaração da Microsoft.

Sem dúvida essa é uma reação aos mais recentes anúncios do Google, como por exemplo, da plataforma de streaming de jogo Stadia, então, Sony e Microsoft parecem não querer deixar nem uma migalha do bolo do mercado de jogos para o Google.

Com Inteligência Artificial também está no foco da parceria, a Microsoft também vai usar tecnologia Sony para aprimorar seus produtos, como por exemplo, a Microsoft pretende usar os mais avançados sensores de imagem da Sony em sintonia com a tecnologia de IA da Azure para melhorar as experiências em sua Nuvem.

E o Xbox e o Playstation nessa história?

Neste primeiro momento, não há qualquer sinal de integração entre a plataforma Xbox e a Playstation, como jogos multiplataforma ou algo do gênero, no entanto, dada a abrangência dessa nova parceria em torno de Cloud Services, nada impede que no futuro as empresas combinem de abrir uma loja única e online para permitir o acesso a jogos diversos via streaming. Não de jogos exclusivos, mas ao menos de títulos de terceiros que geralmente lançam seus produtos para ambas as plataformas.

Fontes e Direitos Autorais: theenemy e Microsoft – 16/05/2019.

Microsoft adquire PlayFab, fornecedora de serviços de backend para jogos em na nuvem


No final do mês de janeiro a Microsoft realizou a compra e aquisição da empresa PlayFab,  fornecedora de plataforma de serviços backend para construir, desenvolver e lançar jogos conectados à nuvem, conforme anúncio feito por Kareem Choudhry.

Como Satya Nadella, nosso CEO, observou na reunião anual de acionistas: “Estamos nos mobilizando para seguir nossa ampla oportunidade em um mercado de mais de 100 bilhões de jogos. Isso significa ampliar nossa abordagem sobre como pensamos os jogos de ponta a ponta, como começá-los e a maneira que estão sendo criados e distribuídos, e como são jogados e visualizados.”

Mais de 1 bilhão de pessoas jogam videogame, alimentando uma indústria próspera cujo ecossistema está evoluindo e crescendo rapidamente. Muitos setores estão mudando para a nuvem inteligente, e essa tendência é verdadeira também na área de jogos. Isso significa que um número crescente de desenvolvedores procura criar jogos conectados para dispositivos móveis, PCs e consoles, que tenham ênfase nas operações pós-lançamento. No entanto, o custo e a complexidade de alcançar esse resultado por meio de ferramentas e tecnologias personalizadas do servidor são altas, e a PlayFab oferece aos desenvolvedores um modelo atraente que varia naturalmente com os jogadores de seus games.

Os serviços de backend da PlayFab reduzem as barreiras do lançamento para os desenvolvedores de jogos, oferecendo soluções de desenvolvimento com bom custo-benefício para estúdios grandes e pequenos, que escalam seus jogos e os ajudam a engajar, reter e rentabilizar os jogadores. A PlayFab permite que os desenvolvedores usem a nuvem inteligente para criar e operar jogos, analisar dados e melhorar as experiências gerais dos títulos.

A plataforma PlayFab é um complemento natural do Azure para jogos (Visite azure.com/gaming para mais informações). O Azure, disponível localmente em 42 regiões em todo o mundo, fornece infraestrutura de servidores de primeira linha, permitindo que os criadores se concentrem na construção de ótimos jogos com alcance global. Para os jogadores, isso leva a um grau de inovação mais alto e rápido, além de melhores experiências.

Incorporar a experiência da PlayFab, a crescente rede de desenvolvedores de jogos e a poderosa plataforma de jogo como serviço em nossa oferta de produtos é um passo importante para os jogos na Microsoft. A PlayFab atendeu mais de 700 milhões de jogadores e atualmente abriga mais de 1.200 jogos de empresas como Disney, Rovio e Atari. Sua plataforma de jogos inclui alguns dos títulos mais proeminentes do setor, como “Idle Miner Tycoon”, “Angry Birds: Seasons” e “Roller Coaster Tycoon Touch”.

Juntos, o Azure e a PlayFab vão liberar ainda mais o poder da nuvem inteligente para o setor de jogos, permitindo que os desenvolvedores e gamers apreciem em todo o mundo.”

As ferramentas da PlayFab são projetadas para ser usadas por desenvolvedores de jogos em todas as plataformas (móveis, PC e console). Essa aquisição amplia os investimentos e o trabalho que fizemos no Microsoft Azure para fornecer uma plataforma de nuvem de primeira linha para o setor de jogos.

Microsoft anuncia a compra da PlayFabPara mais informações sobre a PlayFab, acesse um post no blog de James Gwertzman, CEO e co-fundador.

Fontes e Direitos Autorais: 

Novidades no Windows 10 Creators Update


Confira neste artigo algumas novidades no Windows 10 Creators Update (ou Windows 10 v1703), que foi lançado oficialmente hoje pela Microsoft.

Novidades no Windows 10 Creators Update

Uma das novidades no Windows 10 Creators Update é o suporte para conteúdo 3D. Esta atualização do Windows 10 inclui o novo aplicativo Paint 3D.

O aplicativo é baseado na Universal Windows Platform e além dos recursos básicos de edição de imagens e desenho, ele traz o suporte para criação de formas em 3D e interface otimizada para uso com telas sensíveis ao toque.

O aplicativo também suporta recursos “tradicionais” como recorte de imagens, inserção de textos, criação e formas 2D e outros.

Novidades no Windows 10 Creators Update

Com o Windows 10 Creators Update, o suporte para conteúdo 3D também estará presente no Microsoft Edge e no PowerPoint.

Os usuários poderão inserir objetos 3D em slides do PowerPoint e também é possível usar o zoom para visualizar detalhes específicos dos objetos.

No caso do Microsoft Edge, o HoloLens poderá utilizado para navegar por conteúdo 3D no navegador. Com o HoloLens, os objetos poderão ser “movidos” para fora do navegador para facilitar a interação.

Objetos em 3D também poderão ser obtidos em sites como o remix3d.com e através do próprio aplicativo Paint 3D.

Já que falamos em conteúdo 3D e HoloLens, o Windows 10 Creators Update traz a plataforma Windows Mixed Reality (ex-Windows Holographic). Com ela o sistema operacional suportará realidade aumentada com dispositivos como o HoloLens e realidade virtual com dispositivos que custarão a partir de US$ 299.

Isto significa que os fabricantes interessados em criar experiências de realidade virtual agora poderão usar o Windows 10 como plataforma para seus dispositivos.

Usuários com dispositivos compatíveis poderão usar o aplicativo Mixed Reality Portal como ponto de partida para a plataforma Windows Mixed Reality.

O Windows 10 Creators Update também traz diversas melhorias na experiência de instalação e atualização do sistema operacional. Durante a instalação “limpa” do Windows 10 com o Creators Update, a assistente pessoal Cortana poderá guiar o usuário durante algumas etapas do processo. Ela também suportará comandos de voz nesta etapa.

No caso da experiência de atualização, as novidades no Windows 10 creators Update incluem diversas novas opções para o agendamento da instalação das atualizações.

Por exemplo, você poderá reiniciar e instalar a atualização imediatamente, especificar exatamente quando a atualização será instalada e o PC reinicializado ou poderá clicar no botão Snooze, que interromperá o processo de atualização completamente por três dias caso você precise usar o PC de forma ininterrupta neste período:

Além disso, a seção Horário ativo foi melhorada para que o Windows não instale a atualização durante um horário que o usuário precisa do PC pronto para uso:

As atualizações precisarão de menos reinicializações do que no Windows 10 atual e os download das atualizações não causará mais um grande impacto na performance do PC.

As opções avançadas do Windows Update na edição Pro do sistema operacional também foram atualizadas e agora trazem mais opções:

Para quem usa o PC durante a noite, o Windows 10 inclui a nova opção Luz noturna. Esta opção ajuda a reduzir a emissão de luz azul quando o usuário utiliza o PC.

O usuário também pode definir quando a opção Luz noturna será ativada automaticamente (do início da noite ao início da manhã ou em um horário específico):


Sobre o Microsoft Edge, uma das novidades no Windows 10 Creators Update é o suporte nativo para ebooks no formato ePUB. O navegador suporta tanto livros protegidos, como os comprados através da Windows Store*, como os obtidos através de outras fontes:

*Disponibilidade pode variar dependendo da região.

O Microsoft Edge também traz diversas melhorias na navegação, como o suporte para visualização de abas abertas sem sair da atual e o suporte para “reserva de guias”.

Os usuários podem acessar as guias abertas clicando no botão “Mostrar visualizações de guias” :


Já a “reserva de guias” permite que você separe um conjunto de sites para visualização posterior. Para fazer isso, abra os sites que você quer separar e clique no botão “Reservar estas guias”:

Os sites que você separou poderão ser acessados clicando no botão “Guias que você reservou” e depois em “Restaurar guias”:


Na parte de segurança, o navegador traz o Windows Defender Application Guard, que ajuda a proteger o PC contra sites maliciosos e certos tipos de ataques na Web.

As empresas podem ativar este recurso, que utiliza tecnologia de virtualização, com Editor de Política de Grupo Local no Windows 10 Enterprise:

Para os gamers, o Windows 10 Creators Update traz a nova categoria Jogos no aplicativo Configurações:

Nela eles podem encontrar todas configurações relacionadas a jogos, incluindo DVR (para captura de imagens e gravações de vídeos de jogos), Barra de jogo, Streaming de jogos e o Modo de Jogo, que otimiza o Windows 10 para oferecer melhor performance durante as partidas:

O Windows 10 Creators Update introduziu a Central de Segurança do Windows Defender, que basicamente reúne as opções de segurança e outros recursos relacionados em um só lugar.

Se o usuário tiver uma solução antivírus de terceiros, a Central oferecerá acesso rápido e também oferecerá a opção para habilitar a verificação periódica do Windows Defender, que oferecerá uma camada extra de proteção:

Para as empresas, o Windows 10 Creators Update introduz diversas novidades no Windows Defender Advanced Threat Protection. Confira algumas delas aqui.

Sobre as melhorias com foco na privacidade,� confira este post da Microsoft.

Os usuários da plataforma de virtualização Hyper-V agora poderão utilizar o novo assistente para criação rápida de máquinas virtuais, o que agilizará o processo caso seja necessário criar múltiplas máquinas virtuais rapidamente.

Para abrir o assistente basta clicar em “Criação Rápida” no Gerenciador do Hyper-V:

Outras novidades no Windows 10 Creators Update incluem:

– Barra de endereços no Editor do Registro:

– Touchpad virtual:

– Mais opções de cores para personalização da interface:

– Suporte para download de temas na Windows Store:

– Suporte para pastas de aplicativos no menu Iniciar:

– Mais opções de personalização para o menu Iniciar:

– Bloqueio dinâmico:

– Sensor de armazenamento:

Estas são apenas algumas das novidades no Windows 10 Creators Update. A Microsoft já começou os trabalhos na próxima grande atualização do Windows 10, que é conhecida pelo codinome Redstone 3 e deve ser lançada até o final deste ano.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com  –

Microsoft lança o Windows 10 Creators Update


A Microsoft lançou hoje, 11 de abril, o Windows 10 Creators Update, terceira grande atualização para o novo sistema operacional da empresa.

A primeira, conhecida pelo codinome Threshold 2 (ou Windows 10 v1511), foi lançada em novembro de 2015. Já a segunda, conhecida como Windows 10 Anniversary Update (ou Windows 10 v1607) foi lançada em agosto de 2016.

Lançamento do Windows 10 Creators Update

O Windows 10 Creators Update, conhecido oficialmente como Windows 10 v1703, poderá ser obtido gratuitamente via Windows Update a partir desta terça-feira.

Ele também está disponível desde o dia 5 através do novo Assistente de Atualização e da Media Creation Tool, uma ferramenta que pode ser utilizada para a criação de uma nova mídia de instalação (ISO, DVD ou pendrive) e para atualização de uma instalação existente do Windows 10.

Microsoft lança o Windows 10 Creators Update

As ISOs do Windows 10 Creators Update também já estão disponíveis para os assinantes da MSDN e uma versão de avaliação do Windows 10 Enterprise v1703 pode ser obtida no TechNet Evaluation Center.

Sobre o Windows Update, é importante destacar que nem todos receberão a atualização imediatamente com este método. A disponibilidade terá início globalmente hoje para PCs, mas algumas regiões devem receber a atualização antes de outras. Já o Windows 10 Mobile Creators Update será lançado no dia 25 de abril.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com  –

Retrocompatibilidade no Xbox One suporta jogos com múltiplos discos


O primeiro jogo com múltiplos discos suportado pela retrocompatibilidade no Xbox One é o Deux Ex: Human Revolution Director’s Cut.

Outros jogos com múltiplos discos devem ser suportados no futuro. Os usuários podem votar em quais jogos que poderão ser adicionados futuramente através do site Xbox Feedback.

No site é possível votar em títulos como Skyrim, Tales of Vesperia, Lost Odyssey e muitos outros.

Retrocompatibilidade no Xbox One suporta jogos com múltiplos discos Retrocompatibilidade no Xbox One suporta jogos com múltiplos discos - {focus keyword}

Com a retrocompatibilidade os jogos do Xbox 360 rodarão da mesma forma no Xbox One, mas com o suporte para alguns recursos do novo console. Por exemplo, os usuários poderão capturar screenshots, fazer o streaming de gameplays e gravar suas partidas nos jogos do Xbox 360 rodando no Xbox One

Com a retrocompatibilidade no Xbox One os jogos do Xbox 360 rodarão da mesma forma, mas com o suporte para alguns recursos do novo console.

Por exemplo, os usuários poderão capturar screenshots, fazer o streaming de gameplays e gravar suas partidas nos jogos do Xbox 360 rodando no Xbox One.

A Microsoft também confirmou que todos os jogos do Xbox 360 disponibilizados futuramente como parte do programa Games with Gold já serão compatíveis com o Xbox One.

A lista mais recente com os jogos suportados por este recurso pode ser encontrada aqui e mais detalhes sobre a retrocompatibilidade estão disponíveis aqui.

Fontes e Direitos Autorias: Baboo.com – Sid Vicious @ 16 mai 2016 | 9:21 am

Microsoft anuncia a compra da Xamarin


A Microsoft anunciou nesta semana a compra da Xamarin, provedora líder em soluções para o desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis.

Microsoft anuncia a compra da Xamarin

Microsoft anuncia a compra da Xamarin

Em associação com o Visual Studio, a Xamarin oferece soluções em desenvolvimento mobile que permitem aos desenvolvedores produzir aplicativos utilizando C# e entregar experiências de apps mobile nativas para todos os principais dispositivos – incluindo iOS, Android e Windows.

A abordagem da Xamarin capacita os desenvolvedores a tirar proveito da produtividade e poder do .NET para produzir aplicativos para dispositivos móveis e utilizar o C# para desenvolver o conjunto completo de APIs nativas e capacidades móveis fornecidas pelas plataformas de dispositivos. Isso permite que os desenvolvedores compartilhem facilmente códigos comuns por seus aplicativos para iOS, Android e Windows e continuem entregando experiências nativas para cada uma das plataformas. As soluções únicas da Xamarin têm impulsionado um incrível crescimento por mais de quatro anos.

A Xamarin conta com mais de 15.000 clientes em 120 países, incluindo mais de cem companhias que fazem parte da lista Fortune 500, e mais de 1,3 milhão de desenvolvedores que utilizam seus produtos e serviços.

Companhias importantes como Alaska Airlines, Coca-Cola Bottling, Thermo Fisher, Honeywell e JetBlue usam Xamarin, assim como produtoras de jogos como SuperGiant Games e Gummy Drop. Com a Xamarin Test Cloud, todos os tipos de desenvolvedores mobile – C#, Objective-C, Java e desenvolvedores de aplicativos híbridos – podem testar e melhorar a qualidade de suas aplicações usando centenas de celulares e dispositivos hospedados na nuvem. A Xamarin foi recentemente considerada uma das principais startups que ajudam a internet a funcionar.

A Microsoft tem uma parceria de longa data com a Xamarin e as duas construíram em conjunto a integração com Visual Studio, Microsoft Azure, Office 365 e Enterprise Mobility Suite para fornecer aos desenvolvedores um fluxo de trabalho de ponta a ponta para aplicativos nativos e seguros por diversas plataformas. As empresas também trabalham para oferecer treinamento, ferramentas, serviços e fluxos de trabalho que os desenvolvedores necessitam para terem sucesso.

Com o anúncio da compra da Xamarin, ambas levarão esse trabalho ainda mais adiante para tornar suas ferramentas e serviços de desenvolvimento ainda melhores com uma integração mais profunda e experiências de desenvolvimento ainda mais refinadas.

A combinação de Xamarin, Visual Studio, Visual Studio Team Services e Azure fornece uma solução de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis completa que provê tudo o que você precisa para desenvolver, testar, entregar e instrumentalizar aplicativos para cada dispositivo.

Fonte: Microsoft Brasil – 25 de Fevereiro de 2016.

Microsoft promove campanha A Hora do Código


A Semana de Educação em Ciência da Computação começa nesta segunda-feira, 7, e a Microsoft dá continuidade à terceira edição da campanha A Hora do Código, que utiliza a linguagem de blocos para ensinar estudantes e professores a programar gratuitamente.

A iniciativa faz parte do YouthSpark, projeto da Microsoft destinado a gerar oportunidades de emprego e apoiar o empreendedorismo.

Microsoft promove campanha A Hora do Código

Microsoft promove campanha A Hora do Código

De hoje a 13 de dezembro, a Microsoft pretende realizar pelo menos 100 mil eventos em mais de 50 países para ensinar mais de 250 mil jovens a programar em workshops online. O objetivo é que os jovens aprendam fundamentos básicos de informática e os conceitos utilizados para fazer aplicativos, conhecimentos essenciais para profissionais do século 21. Apenas nesta semana, a companhia pretende alcançar dez milhões de jovens, número que crescerá até o fim do ano.

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, participou do lançamento oficial da campanha A Hora do Código na escola Rainier View, em Seattle. Satya interagiu com estudantes enquanto eles utilizavam o tutorial de codificação baseado no jogo “Minecraft” – game que conta com mais de 100 milhões de jogadores em todo o mundo – para aprender conceitos básicos de programação dentro de um ambiente popular e divertido. O tutorial está disponível em todo o mundo, com versão em português para os brasileiros.

No Brasil, o Instituto Neymar Jr, já parceiro da iniciativa, proporcionará a crianças atendidas pelo projeto no litoral paulista a oportunidade de construir seu primeiro aplicativo, receber um certificado on-line e descobrir uma nova possibilidade de carreira. Outras organizações não governamentais também participarão da campanha. Entre elas estão a ATN (Associação Telecentro de Informação e Negócios), de Brasília, e o CDI (Comitê para Democratização da Informática), que promoverá workshops em parceria com quatro instituições do programa Recode em Comunidades, no Rio de Janeiro.

Professores brasileiros também têm inovado ao incluir novas tecnologias em seus planos didáticos. Ângelo Costa, professor de programação na escola MadCode e no Colégio Santa Cruz, de São Paulo, utiliza as ferramentas Kodu e Minecraft no ensino de diferentes formas de criar e aplicar a tecnologia no conteúdo visto na sala de aula. Alessandra Buriti, Professora de Tecnologia Educacional na Escola Visconde de Porto Seguro, foi uma das participantes do #EuPossoProgramar e incentiva seus alunos a aprenderem mais com a iniciativa. E há outras iniciativas de professores que você pode conferir aqui.

A campanha A Hora do Código faz parte da iniciativa Eu Posso Programar, que têm o intuito de universalizar o acesso à codificação e estimular o desenvolvimento do raciocínio lógico, a habilidade na resolução de problemas e a criatividade, alavancando inovação e oportunidades de empregabilidade e empreendedorismo.

Mais de 100 milhões de estudantes de 180 países e 40 idiomas participaram da campanha A Hora do Código, incluindo um em cada três alunos de escolas norte-americanas. Só no Brasil, 1.236.527 estudantes já participaram da campanha.

A última edição do #EuPossoProgramar aconteceu em outubro passado. Na ocasião, o Secretário Nacional da Juventude da Presidência da República, Gabriel Medina, esteve na ONG Ação Social Planalto (ASP), onde crianças fizeram o curso e receberam certificados.

Os conteúdos estão disponíveis no site www.eupossoprogramar.com e fazem parte da terceira edição da campanha A Hora do Código. O tutorial do Minecraft foi desenvolvido pelos designers do jogo em parceria com a Code.org – idealizadora do evento – e já foi utilizado mais de 2,4 milhões de vezes desde o lançamento.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – Sid Vicious @ 7 dez 2015 | 6:35 pm

Windows 10 terá ferramenta de gravação de tela


Windows 10

Uma boa notícia para quem produz conteúdo de games ou tutoriais em vídeo – o Windows 10 conta com uma ferramenta nativa de gravação de tela. A novidade já está disponível na versão Beta do sistema operacional, que está há meses nas mãos de usuários interessados, e faz parte de um kit de ferramentas voltadas especificamente para jogos. Apesar disso, a funcionalidade pode ser utilizada em qualquer aplicativo.

Gratuito e presente em todas as versões do sistema operacional, o recurso pode ser acessado por meio do aplicativo Xbox ou também a partir do atalho Windows + G, no teclado, que dá acesso a “barra de Jogos”. A partir dela, é possível tirar screenshots instantaneamente ou iniciar a gravação a partir de botões dedicados ou outras combinações de teclas.

Funções avançadas também estão disponíveis e permitem que o usuário escolha o formato de vídeo a ser gravado, além de sua qualidade e tamanho final. Dá, ainda, para fixar um limite de tempo para as gravações, dividindo sessões mais longas em partes de forma a não gerar arquivos gigantescos. Todos podem ser acessados a partir de uma pasta dedicada de vídeos.

Windows 10 Game Bar

A ideia, aqui, é facilitar a vida de quem produz gameplays, mas é interessante notar que a Microsoft pensou em todo seu espectro de usuários na hora de criar a funcionalidade. Mais do que isso, a inclusão da novidade vem como uma ótima notícia para quem depende de aplicativos de terceiros para realizar essa função, muitos deles pagos ou com uma qualidade que deixa a desejar em suas versões gratuitas.

O Windows 10 chega em 29 de julho para usuários domésticos e corporativos. Quem tem as versões 7 e 8 do sistema operacional terá direito a um upgrade gratuito.

Fonte: Beta News e Redação – CanalTech.com.br – 21/07/2015 – 09h47.

Fifa 14: vídeo mostra Pelé na versão para Xbox One


Fifa 14 ganhou um novo trailer que mostra o Rei do Futebol, Pelé, em ação. O vídeo mostra o eterno camisa 10 da seleção brasileira e suas habilidades com a bola. O intuito é promover o movo Ultimate Team do game que na versão para Xbox One terá lendas do futebol, como Bergkamp, Figo e Romário, e que chega às lojas na próxima sexta-feira (22), junto com o novo console da Microsoft.

Pelé em Fifa 14 para Xbox One (Foto: Reprodução / TechTudo)Pelé em Fifa 14 para Xbox One (Foto: Reprodução / TechTudo)

O modo Ultimate Team de Fifa 14 para Xbox One será diferenciado das outras versões. Haverá a possibilidade de contar com lendas do futebol no seu card, além de outras cartas com habilidades especiais.

Além disso, em comparação com as versões para consoles como Xbox 360, PlayStation 3 e PCs, no novo console da Microsoft, o game trará gráficos mais realistas, incluindo animações externas – como torcidas e até gandulas. A mecânica do jogo também conta com melhorias, como uma movimentação mais solta dos atletas virtuais e melhorias na inteligência artificial dos jogadores.

Fontes e Direitos Autorais: Diego Borges Da redação – TechTudo – 20/11/2013 10h51 – Atualizado em 20/11/2013 11h02

 

Confira as novas comemorações de gols em FIFA 14


El Shaarawy comemora um de seus gols como o goleiro Kidiaba

São Paulo – A EA Sports divulgou um vídeo nesta terça-feira com as novas comemorações de gols desenvolvidas para os jogadores de FIFA 14. Na produção, é possível conferir dancinhas genéricas, como a coreografia de Gangnam Style, e também animações personalizadas para os principais atletas virtuais do game.

O atacante Crisitano Ronaldo, por exemplo, provoca os torcedores adversários com um pedido de calma com as mãos. Já o seu mais novo companhiero de clube, o galês Gareth Bale, faz um coraçãozinho aos fãs de FIFA 14.

No vídeo, outra comemoração inusitada chama a atenção: o atacante italiano El Shaarawy comemora dando pulinhos sentado no chão como o goleiro congolês Muteba Kidiaba, conhecido no Brasil por ser um dos heróis do Mazembe, clube africano que eliminou o Internacional do Mundial de Clubes.

No blog independente Fifa Soccer Blog, uma lista foi divulgada com os estádios presentes na nova edição do game e, de acordo com o veículo, nenhuma arena brasileira foi incluída virtualmente. Consultada pela reportagem de INFO, a assessoria de FIFA 14 no Brasil afirmou que ainda não tem informações sobre o assunto.

Um dos estádios estreantes é a lendária Bombonera. A casa do Boca Juniors representa outra novidade na série, com a inclusão das ligas argentina, chilena e colombiana. No Brasil, 19 times da Série A estarão presentes no game, além do Palmeiras, que atualmente disputa a segunda divisão do campeonato nacional.

Veja abaixo o vídeo com as comemorações:

www.youtube.com/embed/5qcDdj0S81A?rel=0

Fontes e Direitos Autorais:   • terça, 10 de setembro de 2013 – 18h45.

Fifa 14 será mais lento para que fique ainda mais real, diz produtor


Fifa 14 é um dos jogos mais esperados do ano. E assim como em todas as suas edições, a nova versão do game contará com uma série de novidades. O TechTudo entrevistou o produtor do jogo, Gilliard Lopes, que falou sobre a evolução da jogabilidade, licenciamento de estádios nacionais e sobre um game baseado na Copa do Mundo de 2014..

Já testamos Fifa 14. Confira as nossas impressões!

Fifa 14 (Foto: Divulgação)Fifa 14 (Foto: Divulgação)

Jogabilidade mais lenta e próxima do real

Em Fifa 14, a grande novidade na jogabilidade será a forma com que o ritmo de jogo é apresentado. Ele será mais limitado e real. Segundo o produtor, isso foi desenvolvido em cima de uma das maiores reclamações dos fãs de Fifa 13: a rapidez com que a bola cruzava de uma área a outra. “Nós introduzimos uma mecânica em que cada passo do jogador é simulado – antes tínhamos o que chamamos de “animações enlatadas”, ou seja, movimentos similares com três níveis de velocidade. Agora, cada passo é simulado de forma que o atleta virtual tem que aplicar a quantidade de força com seus músculos para acelerar e desacelerar”, disse Gilliard.

Outra funcionalidade mencionada, que também foi aprimorada, é em relação à proteção da bola. “Em Fifa 14, o jogador contará com um botão que faz seu atleta proteger a bola. Isso pode acontecer também em movimento, fazendo com que ele empurre o adversário e se mova com menos velocidade, mas com maior controle da bola”. O produtor disse que essas são características que ajudam o jogo a ser mais cadenciado e realista.

O novo Fifa promete estádios mais realistas (Foto: Divulgação) (Foto: O novo Fifa promete estádios mais realistas (Foto: Divulgação))Fifa 14 (Foto: Divulgação)

Game baseado na Copa do mundo de 2014 não será um DLC

Eletronic Arts possui a licença para produzir games da Copa do Mundo até 2022. Quando questionado se algum jogo baseado na Copa do Mundo de 2014 já está em desenvolvimento, o produtor ainda faz mistério : “Nós não estamos anunciando nada no momento, mas não temos motivo nenhum para crer que isso seja diferente, dado que é uma tradição da EAdesenvolver jogos completos em disco para a Copa. A gente não pode afirmar nem negar nesse momento, mas não vejo motivos para que isso seja diferente. Ainda mais sendo no Brasil”.

Gilliard disse também que, caso o game seja produzido, dificilmente seria lançado com um DLC – como o que aconteceu com a EuroCopa 2012: “Se você pensar que muitas pessoas que vão comprar esse jogo da Copa não necessariamente são fãs de futebol, mas durante a Copa eles vivem o futebol, na minha opinião, até como gamer, não faria sentido você lançar uma versão que precisasse de de Fifa 14 para funcionar. Até porque muitos desses jogadores simplesmente não vão ter essa versão já que elas seguem o futebol uma vez a cada quatro anos, só na Copa do Mundo”.

Fifa 14 (Foto: Divulgação)Fifa 14 (Foto: Divulgação)

EA busca também licenciar estádios nacionais

Sobre o licenciamento de estádio, Giliard disse que a empresa sempre busca tratar do licenciamento das arenas, da mesma forma que trata a negociação com o clube. Porém, ainda sim é um trabalho complexo, pois nem todos os times possuem uma arena própria. “Cada estádio é um processo diferente, alguns acordos com clube incluem os direitos daquela arena, muitos clubes não são nem donos de um estádio, então tudo isso é bastante turbulento, bastante difícil de negociar, mas nosso objetivo é sempre ter o máximo de conteúdo possível”.

E quando questionado se algum estádio nacional estaria no game – principalmente os que foram construídos para a Copa de 2014 -, ele despistou: “Não está no topo da lista de prioridades, confesso. Mas tentar. Estamos tentando todos!˜

Fontes e Direitos Autorais: Renato BazanPara o TechTudo.

EA não confirma Corinthians em FIFA 14


FIFA 14: 19 times do Brasileirão foram confirmados, apenas Corinthians está fora por enquanto

São Paulo – O Corinthians está fora de FIFA 14. Por enquanto, o clube paulista não fechou o seu licenciamento com a Electronic Arts.

A informação foi fornecida pela empresa durante o evento WB Games Summit 2013 na noite desta terça-feira (16). Segundo a EA, ainda há chances para que o alvinegro paulista e outros clubes sejam incluídos na lista até o lançamento do jogo, no dia 24 de setembro.

Até o momento, 19 clubes brasileiros foram confirmados. São eles: Atlético Mineiro, Atlético Paranaense, Botafogo, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Internacional, Náutico, Palmeiras, Ponte Preta, Portuguesa, Santos, São Paulo, Vasco da Gama e Vitória. Além do Corinthians, Bahia é a outra equipe da série A do Campeonato Brasileiro que ainda está de fora da lista de licenciamentos. Em contrapartida, Palmeiras, atualmente na série B, já está confirmado.

INFO apurou que o motivo pelo qual o Corinthians ainda está de fora é que o clube paulista, atual campeão da Libertadores e Mundial, renegociou os valores do licenciamento e ainda não chegou em um acordo com a Electronic Arts. O mesmo acontece com a CBF, que há alguns anos não vende os licenciamentos da seleção brasileira e do campeonato nacional por exigir as mesmas cifras de outras ligas mundiais.

FIFA 14 será lançado no Brasil no dia 24 de setembro novamente com narração em português e com música de Marcelo D2 na trilha sonora. Somente as unidades vendidas no Brasil terão localização em português.

Fontes e Direitos Autorais: InfoExame –   • quarta, 17 de julho de 2013 – 09h29.

Street Fighter IV ganhará 5 novos personagens


Sakura, Ryu e companhia ganharão Rolento, Hugo, Elena, Poison e mais um lutador inédito

São Paulo – A Capcom anunciou que Rolento, Poison, Hugo, Elena e um lutador inédito poderão ser adicionados ao jogo Street Fighter IV por DLC a partir de 2014.

A notícia foi dada pela empresa neste fim de semana durante o evento Evo (Evolution Championship Series), maior campeonato mundial de jogos de luta.

O pacote para download incluirá, além dos novos lutadores, uma série de ajustes e melhorias que darão mais equilíbrio aos demais personagens do jogo, para que todos sejam igualmente competitivos.

Todos os personagens novatos em Street Fighter IV já estavam presentes em Street Fighter X Tekken – exceto pelo lutador inédito que, segundo a Capcom, nunca esteve em um jogo de Street Fighter.

O conteúdo extra incluirá também seis novos cenários do game. Todas as novidades serão disponibilizadas por 15 dólares para PC, PS3 e Xbox 360 no começo de 2014.

As finais do Evo ocorrem neste domingo (14), a partir das 14h (horário de Brasília), com disputas de King of Fighters, Injustice: Gods Among Us, Ultimate Marvel Vs Capcom 3 e, claro, Super Street Fighter IV.

Fontes e Direitos Autorais:  • domingo, 14 de julho de 2013 – 10h36.

Pré-venda do Xbox One no Brasil começa nesta quarta-feira


A Microsoft anunciou em seu blog oficial que a pré-venda do Xbox One no Brasil começa nesta quarta-feira, dia 26 de junho. O console estará disponível em mais de uma dúzia de varejistas e será vendido por R$ 2.199, em um pacote especial que inclui um código para o download de uma conquista extra na Xbox Live (Day One Achievement), controle e embalagem especial.

Anunciado em 21 de Maio nos EUA, o Xbox One é sucessor do atual Xbox 360. O aparelho é baseado em um processador AMD de oito núcleos, tem 8 GB de RAM, um HD de 500 GB e um leitor de Blu-Ray. Uma versão atualizada do sensor Kinect, capaz de detectar melhor movimentos e comandos de voz, será inclusa com cada console.

Além dos jogos a Microsoft destaca a capacidade do console de funcionar como o centro do seu sistema de entretenimento doméstico, seja através do acesso a serviços de streaming de vídeo (como o Netflix), seja através da integração com sintonizadores de TV a cabo e programação de TV ao vivo, embora ainda não haja detalhes sobre como este último recurso irá funcionar no Brasil.

Segundo a Microsoft, os gamers irão encontrar mais de uma dúzia de jogos exclusivos para o console já no dia do lançamento.

Fontes e Direitos Autorais: PCWorld.com – Rafael Rigues – 25-06-2013.

Project Spark, da Microsoft, permite criar um jogo em 20 minutos


O Project Spark é o jogo mais intrigante que a Microsoft levou à E3, feira de games que aconteceu em Los Angeles na semana passada, mas não é um jogo propriamente dito. Na verdade ele é uma caixa de ferramentas que permite ao usuário criar seus prróprios jogos e compartilhá-los com outros jogadores.

A Microsoft vem desenvolvendo o projeto em segredo há dois anos, e a demonstração da qual participamos nos mostrou uma ferramenta de criação surpreendentemente abrangente que é tão simples de usar que é quase indistinguível de um jogo de fantasia genérico em terceira pessoa.

De acordo com Saxs Persson, engenheiro da Microsoft, o Project Spark foi criado para “dar a todos a emoção de criar jogos” e fazer isso guiando gentilmente o usuário através dos passos para o desenvolvimento de um jogo de ação e aventura.

Os jogadores podem começar do zero com um mundo vazio, ou brincar com um jogo que outro usuário tenha criado. Durante nossa demonstração, Persson nos mostrou várias formas de criar e jogar ao mesmo tempo.

projectspark_terreno-360px.jpg
É possível manipular o terreno do jogo à vontade

Crie um novo jogo e o Project Spark lhe apresenta algumas opções para o tipo de cenário: ártico, deserto, etc. Escolhemos ártico e o jogo nos perguntou qual a hora do dia – manhã, tarde ou noite – sugerindo que não é possível criar mundos com passagem dinâmica do tempo. Talvez seja possível improvisar criando um “gatilho” que dispare uma mudança, como quando o jogador cumprir um objetivo ou usar um objeto.

Adicionar scripts é simples, e o Project Spark permite que você pare de jogar a qualquer momento para ajustar elementos básicos do design do jogo, como o que o botão A faz, onde a barra de energia do personagem aparece, ou quando os outros personagens irão seguir seu herói.

Você pode criar seus próprios scripts usando comandos como IF (se), WHEN (quando) e DO (fazer) para que, por exemplo, as criaturas retornem para suas casas (DO), quando (WHEN) anoitecer, se (IF) o jogador tiver construído uma vila.

Nossa demonstração tinha por padrão uma temática medieval. Presumimos que novos temas estarão disponíveis para download quando o Project Spark, que será gratuito no Xbox 360, Windows 8 e Xbox One, for lançado.

O narrador do jogo nos incentivou a escolher uma estrutura onde nossa aventura iria começar, como uma taverna, uma fazenda ou um moinho e um tipo de herói. Nosso instrutor criou um patrulheiro vindo de uma pequena fazenda, e logo partimos para conversar com um vizinho gerado automaticamente, aceitando uma missão para recuperar uma poção valiosa de um monstro voraz.

projectspark_boss-360px.jpg
Crie um ponto de partida, um esconderijo para o “chefão”
e o esqueleto do jogo está pronto!

O Project Spark pausou a ação e nos pediu para criar um esconderijo para o monstro, e desenhar um caminho de lá até o herói. O jogo automaticamente “aplaina” o terreno para que o herói possa passar por ele, e aleatoriamente coloca alguns inimigos e missões secundárias no caminho.

Depois que o esqueleto do jogo estava pronto, nosso instrutor pegou o gamepad e começou a jogar. Em vários pontos da aventura ele pausou a ação para entrar no modo de criação, editando inimigos e modificando seu comportamento, seu tamanho e até mesmo como a física do jogo afeta, ou não, cada um deles.

Não importa o que você esteja jogando no Spark, você pode pausar a ação em um instante e editar o jogo à vontade. E se você editar algo que tenha sido criado pela Microsoft, ou por um outro jogador, ganhará crédito pelo “remix”, enquanto o autor retém os créditos originais.

Você pode remixar e combinar quase qualquer coisa no Spark: mundos, itens, criaturas ou scripts de inteligência artifical. As modificações são salvas separadamente do original, o que pode levar a um mercado interessante à medida em que os jogadores começarem a adaptar os trabalhos uns dos outros.

Durante nossa demonstração vimos um robô gigante feito de partes de árvores e um teclado musical funcional, capaz de gerar suas próprias músicas, gravar a si mesmo e reproduzí-las. O teclado foi construído com componentes do jogo reaproveitados, incluindo colunas de madeira deitadas e pintadas de preto e branco, transformadas em grandes teclas sobre as quais o jogador podia pular.

projectspark_fogueira-360px.jpg
Objetos do cenário, como fogueiras, podem servir de “gatilho” para disparar ações

Itens incríveis como esse criados por usuários ainda são raros, e a maior parte dos jogos criados com o Project Spark provavelmente será bem simples. Nosso jogo de fantasia foi criado em 20 minutos, e dava pra notar: o cenário era pouco povoado, os inimigos incrivelmente burros e o diálogo forçado e monótono.

Mas quase tudo pode ser editado, o que me deixa esperançoso que um pequeno percentual de jogadores dedicados irá gastar centenas de horas criando belos jogos a partir do farto material bruto disponível. Estas obras primas poderão ser compartilhadas no “Project Spark Marketplace”, uma loja online, para que outros jogadores possam apreciá-las, remixá-las e talvez até pagar por elas.

A Microsoft ainda não diz como a economia irá funcionar, se os jogadores poderão cobrar por suass criações, ou mesmo se pagarão por pacotes de conteúdo via download mais tarde.

Mas o Project Spark é poderoso o suficiente para que jogadores talentosos possam criar coisas maravilhosas. Permitir que eles ganhem algum dinheiro com seu trabalho seria uma boa forma de “semear” a comunidade com criadores dedicados.

O Project Spark ainda está em desenvolvimento. A Microsoft criou um site para que interessados na ferramenta possam se inscrever e ser avisados quando o período de testes com uma versão beta começar.

Fontes e Direitos Autorais: Alex Wawro, PCWorld EUA.