TechNet Virtual Lab: Office 365 Advanced Threat Protection


A Microsoft disponibilizou recentemente em sua página Laboratórios Virtuais TechNet o laboratório virtual Office 365 Advanced Threat Protection – Guia Interativo.

Os laboratórios virtuais permitem que usuários e profissionais de TI testem recursos dos sistemas operacionais e de outros produtos da Microsoft via nuvem como se estivessem usando seus próprios PCs.

Isto é útil para quem não quer perder tempo criando uma máquina virtual apenas para testar um recurso específico.

TechNet Virtual Lab: Office 365 Advanced Threat Protection – Guia Interativo

Para quem não sabe, o Office 365 Advanced Threat Protection oferece proteção em tempo real para email em ambientes corporativos. O serviço foi atualizado no início deste ano e ganhou novos recursos como URL Detonation e Dynamic Delivery.

De acordo com a Microsoft, o recurso URL Detonation ajuda a impedir que os usuários sejam comprometidos por arquivos oferecidos através de URLs maliciosas.

Quando o usuário recebe um email, o Advanced Threat Protection analisa as URLs na mensagem procurando por comportamento malicioso.

Se o usuário clicar no link durante a verificação, ele verá o alerta falando que a mensagem está sendo verificada. Se o link for detectado como malicioso, um novo alerta será exibido recomendando que o usuário não clique no link.

Os administradores podem configurar a política SafeLink para monitorar os cliques dos usuários. Isto é útil para casos onde eles burlam os alertas para acessar sites bloqueados pelo Advanced Threat Protection.

TechNet Virtual Lab: Office 365 Advanced Threat Protection
Já o recurso Dynamic Delivery do Office 365 Advanced Threat Protection permite que os usuários leiam as mensagens de email enquanto os anexos são verificados.

Durante a verificação, o anexo é substituído por um “placeholder” com a notificação indicando que a verificação do verdadeiro anexo está em andamento.

Se o usuário clicar neste “placeholder”, ele verá uma mensagem mostrando o progresso da verificação. Se o anexo for malicioso, o Office 365 Advanced Threat Protection notificará o usuário.

Neste laboratório virtual você verá como o Office 365 Office 365 Advanced Threat Protection pode ajudar a impedir que anexos maliciosos cheguem aos destinatários, proteger usuários contra links maliciosos e mais com recursos como os mencionados acima.

Confira o laboratório virtual clicando aqui e saiba mais sobre o serviço aqui.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft.com  https://products.office.com/en/exchange/online-email-threat-protection

Microsoft anuncia a compra da Xamarin


A Microsoft anunciou nesta semana a compra da Xamarin, provedora líder em soluções para o desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis.

Microsoft anuncia a compra da Xamarin

Microsoft anuncia a compra da Xamarin

Em associação com o Visual Studio, a Xamarin oferece soluções em desenvolvimento mobile que permitem aos desenvolvedores produzir aplicativos utilizando C# e entregar experiências de apps mobile nativas para todos os principais dispositivos – incluindo iOS, Android e Windows.

A abordagem da Xamarin capacita os desenvolvedores a tirar proveito da produtividade e poder do .NET para produzir aplicativos para dispositivos móveis e utilizar o C# para desenvolver o conjunto completo de APIs nativas e capacidades móveis fornecidas pelas plataformas de dispositivos. Isso permite que os desenvolvedores compartilhem facilmente códigos comuns por seus aplicativos para iOS, Android e Windows e continuem entregando experiências nativas para cada uma das plataformas. As soluções únicas da Xamarin têm impulsionado um incrível crescimento por mais de quatro anos.

A Xamarin conta com mais de 15.000 clientes em 120 países, incluindo mais de cem companhias que fazem parte da lista Fortune 500, e mais de 1,3 milhão de desenvolvedores que utilizam seus produtos e serviços.

Companhias importantes como Alaska Airlines, Coca-Cola Bottling, Thermo Fisher, Honeywell e JetBlue usam Xamarin, assim como produtoras de jogos como SuperGiant Games e Gummy Drop. Com a Xamarin Test Cloud, todos os tipos de desenvolvedores mobile – C#, Objective-C, Java e desenvolvedores de aplicativos híbridos – podem testar e melhorar a qualidade de suas aplicações usando centenas de celulares e dispositivos hospedados na nuvem. A Xamarin foi recentemente considerada uma das principais startups que ajudam a internet a funcionar.

A Microsoft tem uma parceria de longa data com a Xamarin e as duas construíram em conjunto a integração com Visual Studio, Microsoft Azure, Office 365 e Enterprise Mobility Suite para fornecer aos desenvolvedores um fluxo de trabalho de ponta a ponta para aplicativos nativos e seguros por diversas plataformas. As empresas também trabalham para oferecer treinamento, ferramentas, serviços e fluxos de trabalho que os desenvolvedores necessitam para terem sucesso.

Com o anúncio da compra da Xamarin, ambas levarão esse trabalho ainda mais adiante para tornar suas ferramentas e serviços de desenvolvimento ainda melhores com uma integração mais profunda e experiências de desenvolvimento ainda mais refinadas.

A combinação de Xamarin, Visual Studio, Visual Studio Team Services e Azure fornece uma solução de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis completa que provê tudo o que você precisa para desenvolver, testar, entregar e instrumentalizar aplicativos para cada dispositivo.

Fonte: Microsoft Brasil – 25 de Fevereiro de 2016.

Microsoft atualiza a Office 2016 Deployment Tool


A Microsoft disponibilizou recentemente para download a versão 16.0.6508.6351 da Office 2016 Deployment Tool. Esta ferramenta permite que os administradores personalizem e gerenciem implantações do Office 2016 baseadas em Click-to-Run.

Com ela os administradores poderão gerenciar as fontes de instalação, combinações de produtos/idiomas e as configurações de implantação do Office 2016 Click-to-Run.

De acordo com o changelog na página de download, a versão 16.0.6508.6351 da ferramenta corrige um problema que faz com que o download dos arquivos de instalação do Office falhe de forma intermitente.

Microsoft atualiza a Office 2016 Deployment Tool

Microsoft Office 2016 Deployment Tool

Por padrão, as instalações do Office 2016 que usam o método Click-to-Run baixarão o Office com sua interface completa e com o suporte para atualizações automáticas habilitado.

Administradores que precisarem de maior controle sobre o método Click-to-Run para implantação do Office poderão usar esta ferramenta para realização das seguintes tarefas:

• Download de uma fonte de instalação do Office para um local de rede.

• Configurar uma instalação para que ela use o local de rede como a fonte de instalação ao invés da internet.

• Configurar uma instalação para que ela não exiba nenhuma interface.

• Configurar se o Office 2016 virá ou não com o suporte para atualizações automáticas habilitado.

• Configurar quais produtos e idiomas serão instalados.

• Remover instalações do Office baseadas no método.

Disponível para download aqui, a Microsoft Office 2016 Deployment Tool pode ser executada via linha de comando. Esta ferramenta criará um arquivo de configuração que o administrador poderá modificar para atender suas necessidades.

A ferramenta é compatível com o Windows 10 , Windows 7, Windows 8, Windows 8.1, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012 e Windows Server 2012 R2.

Confira um tutorial mostrando como personalizar a instalação do Office 2016 com esta ferramenta clicando aqui.

O Office 2016 foi lançado no dia 22 de setembro de 2015 pela Microsoft. Saiba mais aqui.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – Sid Vicious @ 11 jan 2016 | 8:28 am

10 recursos imperdíveis do novo Office 2016


Office 2016

A principal suíte de aplicativos para escritório do mundo ganhou uma nova versão. O Microsoft Office 2016 trouxe inúmeras novidades e deu sequência à renovação visual do pacote iniciada há alguns anos.

Desta vez, o Office é resultado também da compreensão da Microsoft sobre a importância da integração entre os vários ambientes nos quais as pessoas transitam, indo do mobile à web, sem deixar de lado, é claro, o desktop, ainda o foco principal de tudo por aqui.

Agora, você tem uma experiência completa e cheia de recursos, com uma pegada bastante semelhante em todas as plataformas para as quais o pacote está disponível. Pensando nisso, nós preparamos um artigo destacando alguns dos principais recursos da versão 2016 da suíte da Microsoft.

1. Pesquisa inteligente e integrada

Normalmente, escrever sobre algo significa pesquisar sobre aquilo, então nada melhor do que ter um mecanismo de busca sempre à mão já na tela do editor de texto, de planilhas ou de apresentações de slides, certo? A Microsoft concorda com isso e agora oferece um recurso assim dentro do Office, o Pesquisa Inteligente.

Se você está usando o Word, o Excel ou o PowerPoint, pode iniciar uma busca de forma ágil a partir de algo que você digitou no texto. O resultado aparece em um menu lateral exclusivo, de forma organizada e precisa e com imagens que podem ser adicionadas rapidamente ao documento.

2. Assistente pessoal

Sabe aqueles momentos em que você não quer saber a cor do gato, mas quer apenas que ele cace o rato? Pois a versão 2016 do Word, do Excel e do PowerPoint traz algo semelhante a isso. Os programas contam com um assistente pessoal — o Diga-me — que facilita a localização de ferramentas dentro de cada software.

Assim, quando você estiver atrás de algo, basta solicitar ajuda para chegar diretamente ao recurso sem ter que aprender onde ele está exatamente. Assim, você resolve a sua vida de forma prática e sem complicação, sem muitos cliques e sem um longo caminho para chegar até o seu destino.

3. Trabalhos colaborativos

Hoje, a tônica do mundo é a forma colaborativa como as coisas se desenrolam. O sucesso do Google Docs, que permite a junção de várias pessoas em torno de um mesmo documento de texto (Word) ou apresentações de slides (PowerPoint) não passou despercebido pela Microsoft, que adicionou uma função semelhante no Office.

Assim, quem usa estes aplicativos (e também o OneNote, o serviço de notas rápidas do pacote) pode reunir sua equipe de trabalho para que todos tenham acesso ao mesmo documento — e isso na versão para desktop! Tudo é integrado com o OneDrive, o serviço de armazenamento nas nuvens da Microsoft.

4. Integração com a nuvem

Aproveitando a rabeira do tópico anterior, vale citar a integração do novo Office com a sua versão online. Basta salvar seus arquivos diretamente no OneDrive para poder acessar tal conteúdo posteriormente a partir de qualquer outro computador, smartphone ou tablet. O recurso está disponível para Word, PowerPoint, Excel, OneNote e Outlook.

5. Integração com o Skype

Fechando o combo de integração com a web e trabalhos colaborativos, o novo Office permite utilizar o Skype para trabalhar em conjunto com outras pessoas. A Microsoft aproveita as funções de transmissão de áudio e vídeo do mensageiro instantâneo e também oferece compartilhamento de tela para os seus usuários.

E tudo isso pode funcionar de maneira multiplataforma, ou seja, é possível misturar computador, tablet e smartphone em uma mesma transmissão, em torno de um mesmo trabalho colaborativo, tudo por meio do Skype.

6. Compartilhamento simplificado

Agora, Word, PowerPoint e Excel contam com uma função de compartilhamento. Por meio de um botão presente no menu de ferramentas de cada programa, você pode compartilhar um documento com outras pessoas facilmente.

Esta função trabalha de forma aprimorada, permitindo que você tenha controle sobre quem tem acesso ao seu documento e também sobre as permissões individuais de cada pessoa (quem pode ver, quem pode editar, quem pode tudo e por aí vai).

7. Novos recursos para enviar arquivos por e-mail

Uma função interessante do Outlook 2016, a nova versão do cliente de e-mails da Microsoft, é a possibilidade de anexar arquivos que estão armazenados na web. Este recurso traz suporte para itens guardados nos serviços OneDrive, OneDrive for Business ou no SharePoint, todos da Microsoft. A função é semelhante a algo já existente no Gmail.

Outra novidade de destaque no Outlook diz respeito à facilidade para anexar arquivos que você acabou de criar ou salvar. Documentos de texto, planilhas e apresentações de slides ficam mais à mão, pois são exibidos em um menu de anexos do Outlook — o recurso parte da premissa de que é provável você anexar aquele texto, aquelas tabelas ou aqueles slides salvados recentemente.

8. E-mails prioritários na frente

Outra novidade do Outlook que lembra bastante uma função já existente no Gmail é a triagem de e-mails. Agora, a caixa de entrada do software ficou mais inteligente, capaz de aprender com você e, assim, determinar quais mensagens são mais importantes para exibi-las com maior destaque.

Você pode colaborar com o programa e marcar algumas mensagens como prioritárias. A partir disso, sempre que novidades chegarem vindas daquele endereço receberão um tratamento especial e ficarão mais visíveis aos seus olhos.

9. Novos tipos de gráfico

O Excel é uma das ferramentas mais utilizadas nos mundos acadêmico e corporativo para a criação de gráficos. A versão 2016 do aplicativo ganhou novidades neste aspecto, permitindo que você crie gráficos de previsão utilizado dados históricos com apenas um único clique.

Além disso, de modo geral, os gráficos do Office (incluindo aí Word, Excel e PowerPoint, pois os três softwares suportam a criação de gráficos) também foram aprimorados. Ao todo, são seis novos tipos de gráficos: Caixa e Caixa Estreita, Cascata, Explosão Solar, Histograma, Mapa de árvore e Pareto.

10. Novos temas

Todos os programas do pacote Office contam, agora, com mais temas visuais à sua disposição. Assim, é você quem decide se o programa terá um visual mais sóbrio ou mais quente, mais discreto ou mais chamativo. Tudo isso pode ser alterado a qualquer momento e de forma bem simples.

Você já testou o novo Office? Pretende testar? Não deixe de nos contar a sua experiência com a nova versão da suíte de aplicativos da Microsoft.

Matéria completa: http://canaltech.com.br/dica/office/10-recursos-imperdiveis-do-novo-office-2016/#ixzz3plI9VrdD
O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Fontes e Direitos Autorais: Canaltech.com.br

Microsoft lança o Office 2016; veja as novidades


Os assinantes do Office 365 começaram a receber nesta terça-feira (22) a edição 2016 de uma das suítes de aplicativos mais populares do mundo. As novas versões do Word, Excel, PowerPoint, Outlook e Access chegam alguns meses depois do lançamento do Windows 10 e fazem parte de um movimento cada vez maior da Microsoft rumo a tecnologias mais conectadas e ligadas à nuvem.

A maior novidade de todas é a integração completa da nuvem a todas as atividades do Office. O grande foco da versão 2016 é a colaboração, permitindo pela primeira vez que os documentos, planilhas, apresentações e outros arquivos sejam editados de forma simultânea pelos usuários, com os resultados sendo vistos em tempo real por todos os envolvidos.

A conectividade também aparece com a introdução da Cortana, que, assim como nos celulares com Windows Phone, pode ajudar no trabalho. É possível perguntar a ela, por exemplo, quais são as atividades previstas no calendário do dia, solicitar que ela encontre um trecho específico em um documento ou encontre aquele arquivo que você há muito tempo não mexia.

Já o Outlook vem com ferramentas que facilitam a comunicação, como a possibilidade de criação de caixas de entrada compartilhadas pela web, calendários que podem ser alterados por diversas pessoas e opções de grupo e pesquisas aprimoradas. O Skype passa a ser uma solução integrada a todas as aplicações do Office, tornando-se o app padrão para realização de chamadas, envio de mensagens instantâneas, conferências em vídeo ou compartilhamento direto de arquivos.

O Office 2016 traz ainda um novato, o Planner, um organizador de tarefas online que permite a coordenação de esforços e trabalhos em grupo. De forma semelhante ao Trello, por exemplo, o aplicativo permite que todos acompanhem simultaneamente o andamento de um projeto, criando etapas, marcando-as como concluídas e enviando notificações por e-mail sempre que a atenção de alguém for necessária.

Essa, porém, é a única novidade que não está disponível efetivamente no lançamento desta terça. De acordo com a Microsoft, a funcionalidade ainda está sendo desenvolvida e deve ser lançada até o final deste ano, estando disponível de forma gratuita para todos os usuários do pacote.

Novidades visuais e de integração entre aparelhos também aparecem aqui. Alguns menus se tornaram mais modernos e cada um dos aplicativos terá uma barra superior em sua cor característica – azul para o Word, verde para o Excel e assim por diante. A otimização é para o estilo visual do Windows 10, mas os aplicativos funcionam também nos celulares e tablets, com todas as funções, a partir da nuvem.

O Office 2016 está disponível em 40 opções de linguagem, inclusive o português, e deve ser liberado aos poucos, de forma a não sobrecarregar servidores e permitir uma experiência de upgrade tranquila para todos. A nova suíte de aplicativos está disponível tanto para Windows (apenas da versão 7 em diante) quanto para Macs.

Além da opção de atualização pela internet, por meio do Office 365, os usuários também contam com a boa e velha licença única. A opção Home & Student, como é chamada, custa US$ 149,99 (cerca de R$ 600), um valor pago uma única vez, ao contrário do serviço de assinaturas, que tem valores mensais de US$ 6,99 e US$ 9,99 (de R$ 28 a R$ 40) e permitem a instalação também em celulares e tablets, além do próprio computador, e inclui um plano de chamadas do Skype.

Para a Microsoft, o ideal é que os usuários optem pela segunda opção. A empresa promete trabalhar com o Office da mesma maneira que com o Windows, lançando atualizações com frequência e adicionando novas funções aos aplicativos de tempos em tempos. Uma estratégia que a companhia está adotando também com o seu sistema operacional.

Fonte: Microsoft

Office 2016 já está disponível para assinantes da MSDN


O Office 2016 foi lançado nesta terça-feira pela Microsoft e os assinantes do Office 365 foram os primeiros a receber a nova versão.

Agora a empresa confirmou que a nova versão da suíte de produtividade também está disponível para os assinantes da MSDN.

Office 2016 já está disponível para assinantes da MSDN

Se você possui uma assinatura da MSDN, é possível obter tanto o Office Professional Plus 2016 para Windows como o Office Home and Business 2016 para Mac.

Os seguintes aplicativos da nova suíte de produtividade também estão disponíveis na MSDN:

• Visio Professional 2016
• Project Professional 2016

Office 2016 já está disponível para assinantes da MSDN
Empresas com contratos de licenciamento por volume terão acesso ao Office 2016 a partir do dia 1 de outubro.

Quem não é assinante do Office 365 ou da MSDN já pode comprar o Office 2016 nos links abaixo:

Office Home & Student 2016 (R$ 347)
Office Home & Business 2016 (R$ 837)
Office Professional 2016 (R$ 1.499)

Antes conhecido pelo codinome Office 16, o novo Office teve um primeiro build vazado (16.03030.1018) na Web em novembro de 2014.

Uma das novidades trazidas pela atualização para o Office 2016 é que agora será possível ver em tempo real quem também está editando seu documento. Por enquanto, este recurso só está disponível para clientes do OneDrive for Business.

A nova versão também facilita o compartilhamento de documentos com a inclusão do botão “Compartilhar” na faixa de opções. Quando você clicar neste botão, o Office 2016 salva o documento na nuvem e outras pessoas poderão fazer edições, revisões e também poderão comentar nele.

O Office 2016 também introduz o recurso Insights no Word 2016 e no Outlook 2016. Basta selecionar uma palavra no texto e informações adicionais serão exibidas no painel de tarefas. Estas informações são oferecidas pelo Bing.

O novo Office também traz novos tema (o colorido e um mais escuro), melhorias no histórico de versões dos documentos e também adiciona o recurso Tell Me no Word, Outlook e em outros aplicativos da suíte.

Basicamente o Tell Me oferece uma forma fácil e rápida de obter ajuda sem que seja necessário navegar pela documentação completa do Office. Por exemplo, fazer perguntas como “Como insiro imagens?” no Word fará com que ele exiba informações relevantes e ajuda adicional.

Outra novidade útil principalmente para estudantes é o suporte para conversão de equações manuscritas para texto. Use o recurso Inserir Equação para escrever as equações no Word, Excel e PowerPoint com uma caneta stylus, mouse ou seu dedo e elas serão convertidas automaticamente para texto.

Saiba mais sobre o Office 2016 aqui.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – Sid Vicious @ 22 set 2015 | 2:05 pm

10 motivos para você preferir o Windows Phone ao Android


O sistema móvel da Microsoft ainda não possui grande participação no mercado de smartphones, não atingindo nem 10% do total. No entanto, se for considerado o crescimento da base de usuários que nos últimos anos vem dobrando, é provável que nos próximos anos tenhamos uma disputa mais acirrada entre Android, iOS e Windows Phone.

A plataforma receberá uma grande mudança assim que o Windows 10 for lançado, com melhorias no desempenho e na interface que deverão atrair ainda mais usuários em um ecossistema unificado. Mas isso não quer dizer que o atual sistema é ruim ou ultrapassado. Pelo contrário: o software tem diversas vantagens em relação aos seus principais concorrentes, em especial o sistema do Google.

A Microsoft investiu pesado na melhoria da interface do usuário no Windows Phone 8.1. Agora, os usuários podem contam com atalhos simplificados e processos mais simples. Com as mudanças, o sistema se aproximou da versão para desktop, ganhando melhorias na integração entre diversos dispositivos equipados com Windows. Se você é um usuário Android e está pensando em trocar de aparelho, o Windows Phone poderá ser uma excelente opção. Em uma análise detalhada, elaboramos uma lista com dez motivos para você preferir o Windows Phone ao Android.

1. Boa integração com os produtos da Microsoft

Windows Phone

Diferente do que acontece com o Android, o Windows Phone possui excelente integração com diversos produtos da Microsoft. A experiência de uso de alguns aplicativos como Skype, Office e Bing é visivelmente superior. A fluidez com que esses aplicativos trabalham no Windows Phone é fruto do desenvolvimento de uma única empresa, a Microsoft. Ou seja, o aparelho ganha em performance pelo fato do sistema e de diversos aplicativos serem desenvolvidos pela mesma fabricante.

2. Aparelhos com excelente design

Windows Phone

Os dispositivos equipados com Windows Phone apresentam um design diferenciado dos concorrentes. Antes da aquisição da Nokia pela Microsoft, já era possível notar que os aparelhos que continham o sistema se destacavam. Tradicionalmente a companhia finlandesa era conhecida por construir ótimos gadgets com aparência invejável e, mesmo após a compra pela Microsoft, os celulares da linha Lumia continuaram muito bem construídos.

Outras fabricantes também já investiram no sistema da gigante de Redmond, como a Samsung e a HTC, e não há dúvida que os aparelhos que contém o Windows Phone são bastante atraentes aos olhos dos consumidores. Já em relação ao Android, provavelmente você já se deparou com alguns dispositivos desagradáveis.

3. Aplicativos bem construídos

Windows Phone

Apesar da Windows Store ter menos aplicativos que a Google Play, a verdade é que os apps possuem uma qualidade superior. Isso pode ser creditado ao fato do Windows Phone não ser uma plataforma de código aberto. A grande diferença em relação aos apps Android é a aparência minimalista que proporciona um aspecto bem agradável aos apps do Windows Phone. É possível notar essa diferença com mais nitidez em apps como o Facebook e o Skype, por exemplo.

4. Consistência em vários dispositivos

Windows Phone

No Android, a experiência do usuário depende do dispositivo utilizado. Um aparelho de entrada é muito inferior em relação a desempenho do que um smartphone high-end. Já com o Windows Phone isso é diferente: mesmo em telefones mais simples, com poucos recursos de hardware, a experiencia de uso é praticamente a mesma. Toda a linha Lumia, por exemplo, contempla os seus usuários com sistemas eficientes, rápidos e agradáveis.

5. Personalização da tela de bloqueio

Windows Phone

Diferente do que acontece com o iOS e com o Android, cuja a possibilidade de personalizar a tela é pouco explorada, no Windows Phone é possível fazer diversas modificações. Uma das vantagens é poder alterar o fundo das imagens na tela de bloqueio. Outra opção é a de integração com aplicativos que ficarão “ao vivo” na no display. Nessa mesma tela bloqueada, ainda é possível definir algumas fotos para rodar ou então receber informações da música que você está escutando.

6. Possibilidade de jogar games do Xbox One

Windows Phone

Enquanto o Android possui apenas jogos que podem ser instalados através da Google Play, o Windows Phone possui uma excelente integração com o Xbox, plataforma de games da Microsoft. Assim, o usuário poderá tirar o máximo de proveito dos seus jogos favoritos. Com a integração, é possível jogar e receber pontos de sua conta pessoal. Games como Asphalt 6, Jetpack Joyride ou Fifa 14 estão disponíveis para você se divertir. A qualidade presente em um smartphone ou tablet também é excelente.

7. Maior quantidade de armazenamento com OneDrive

Windows Phone

Apesar dos aparelhos com Windows Phone menos potentes possuírem 8 GB de armazenamento internet e suportarem um cartão MicroSD de até 64 GB, o serviço de nuvem OneDrive oferece uma boa quantia gratuita de armazenamento. No caso do Lumia 640 XL, o espaço oferecido é de 30 GB. Isso reduz as chances de você ter de utilizar plataformas de terceiros e ainda pagar por elas.

8. Resumo do que está acontecendo nos aplicativos

Windows Phone

Outra característica interessante no Windows Phone e que não existe no Android é a possibilidade de ver o que está acontecendo em seus aplicativos sem precisar sair da tela inicial. Sem acessar diretamente o app, você pode obter informações sobre clima, últimos tuítes e notificações do Facebook por meio da chamada “live tile”. É claro que o Android disponibiliza os widgets, mas convenhamos que, em termos visuais, não é uma boa alternativa.

9. Assistente Cortana

Windows Phone

Mesmo que ainda não esteja disponível em português, a Cortana já está entre nós. Se você precisa de uma assistente pessoal pronta para ajudá-lo a fazer todos os tipos de tarefas e mantê-lo a par das coisas que realmente importa, esta função é fundamental. Se você quer um assistente de voz que tenha ótima integração com o Bing, a Cortana é sua escolha. Para utilizá-la, basta alterar o idioma de seu Windows Phone para o inglês.

10. Office nativo

Windows Phone

O pacote Office mobile é nativo no Windows Phone, algo que não acontece com o Android. Se você utiliza as ferramentas do Office em seu desktop, nada melhor do que poder contar com ele em seu smartphone ou tablet. Assim você pode utilizar sua conta para sincronizar arquivos, iniciando em seu computador e terminando em seu aparelho celular, por exemplo.

Fontes e Direitos Autorais: CanalTech.com.br – William Nascimento RSS