Microsoft confirma que novo Office 2019 só rodará no Windows 10


A Microsoft confirmou ontem dia 01/02, que o novo Office 2019 será lançado no segundo semestre de 2018 e que ele só rodará em versões suportadas do Windows 10. Ele não rodará no Windows 7 e em versões anteriores. A nova versão do Office foi anunciada em setembro passado durante a conferência Ignite.

A confirmação de que o Office 2019 só rodará no Windows 10 foi feita no mesmo post onde a empresa anunciou que o prazo de suporte para o Windows 10 v1607, 1703 e 1709 foi estendido.

A nova versão do Office será lançada no segundo semestre de 2018 e versões Preview começarão a ser disponibilizadas no segundo trimestre deste ano.

Além do Office 2019, novas versões do Exchange, SharePoint e Skype for Business também serão lançadas no segundo semestre. Já as aplicações para servidores do novo Office só rodarão na próxima versão do Windows Server.

Microsoft confirma que o Office 2019 só rodará no Windows 10Os aplicativos do Office 2019, como o Word e Excel, só estarão disponíveis no modelo “Click-to-Run”, como já ocorre com o Office 365. A empresa não disponibilizará instaladores MSI para eles. Já as aplicações para servidores continuarão tendo instaladores MSI. Sobre o período de suporte, ele terá cinco anos de suporte base (ou mainstream) e dois anos de suporte estendido.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft TechNet – Windows for IT Pros – Caitlin Fitzgerald – 01/02/2018.

Anúncios

10 recursos imperdíveis do novo Office 2016


Office 2016

A principal suíte de aplicativos para escritório do mundo ganhou uma nova versão. O Microsoft Office 2016 trouxe inúmeras novidades e deu sequência à renovação visual do pacote iniciada há alguns anos.

Desta vez, o Office é resultado também da compreensão da Microsoft sobre a importância da integração entre os vários ambientes nos quais as pessoas transitam, indo do mobile à web, sem deixar de lado, é claro, o desktop, ainda o foco principal de tudo por aqui.

Agora, você tem uma experiência completa e cheia de recursos, com uma pegada bastante semelhante em todas as plataformas para as quais o pacote está disponível. Pensando nisso, nós preparamos um artigo destacando alguns dos principais recursos da versão 2016 da suíte da Microsoft.

1. Pesquisa inteligente e integrada

Normalmente, escrever sobre algo significa pesquisar sobre aquilo, então nada melhor do que ter um mecanismo de busca sempre à mão já na tela do editor de texto, de planilhas ou de apresentações de slides, certo? A Microsoft concorda com isso e agora oferece um recurso assim dentro do Office, o Pesquisa Inteligente.

Se você está usando o Word, o Excel ou o PowerPoint, pode iniciar uma busca de forma ágil a partir de algo que você digitou no texto. O resultado aparece em um menu lateral exclusivo, de forma organizada e precisa e com imagens que podem ser adicionadas rapidamente ao documento.

2. Assistente pessoal

Sabe aqueles momentos em que você não quer saber a cor do gato, mas quer apenas que ele cace o rato? Pois a versão 2016 do Word, do Excel e do PowerPoint traz algo semelhante a isso. Os programas contam com um assistente pessoal — o Diga-me — que facilita a localização de ferramentas dentro de cada software.

Assim, quando você estiver atrás de algo, basta solicitar ajuda para chegar diretamente ao recurso sem ter que aprender onde ele está exatamente. Assim, você resolve a sua vida de forma prática e sem complicação, sem muitos cliques e sem um longo caminho para chegar até o seu destino.

3. Trabalhos colaborativos

Hoje, a tônica do mundo é a forma colaborativa como as coisas se desenrolam. O sucesso do Google Docs, que permite a junção de várias pessoas em torno de um mesmo documento de texto (Word) ou apresentações de slides (PowerPoint) não passou despercebido pela Microsoft, que adicionou uma função semelhante no Office.

Assim, quem usa estes aplicativos (e também o OneNote, o serviço de notas rápidas do pacote) pode reunir sua equipe de trabalho para que todos tenham acesso ao mesmo documento — e isso na versão para desktop! Tudo é integrado com o OneDrive, o serviço de armazenamento nas nuvens da Microsoft.

4. Integração com a nuvem

Aproveitando a rabeira do tópico anterior, vale citar a integração do novo Office com a sua versão online. Basta salvar seus arquivos diretamente no OneDrive para poder acessar tal conteúdo posteriormente a partir de qualquer outro computador, smartphone ou tablet. O recurso está disponível para Word, PowerPoint, Excel, OneNote e Outlook.

5. Integração com o Skype

Fechando o combo de integração com a web e trabalhos colaborativos, o novo Office permite utilizar o Skype para trabalhar em conjunto com outras pessoas. A Microsoft aproveita as funções de transmissão de áudio e vídeo do mensageiro instantâneo e também oferece compartilhamento de tela para os seus usuários.

E tudo isso pode funcionar de maneira multiplataforma, ou seja, é possível misturar computador, tablet e smartphone em uma mesma transmissão, em torno de um mesmo trabalho colaborativo, tudo por meio do Skype.

6. Compartilhamento simplificado

Agora, Word, PowerPoint e Excel contam com uma função de compartilhamento. Por meio de um botão presente no menu de ferramentas de cada programa, você pode compartilhar um documento com outras pessoas facilmente.

Esta função trabalha de forma aprimorada, permitindo que você tenha controle sobre quem tem acesso ao seu documento e também sobre as permissões individuais de cada pessoa (quem pode ver, quem pode editar, quem pode tudo e por aí vai).

7. Novos recursos para enviar arquivos por e-mail

Uma função interessante do Outlook 2016, a nova versão do cliente de e-mails da Microsoft, é a possibilidade de anexar arquivos que estão armazenados na web. Este recurso traz suporte para itens guardados nos serviços OneDrive, OneDrive for Business ou no SharePoint, todos da Microsoft. A função é semelhante a algo já existente no Gmail.

Outra novidade de destaque no Outlook diz respeito à facilidade para anexar arquivos que você acabou de criar ou salvar. Documentos de texto, planilhas e apresentações de slides ficam mais à mão, pois são exibidos em um menu de anexos do Outlook — o recurso parte da premissa de que é provável você anexar aquele texto, aquelas tabelas ou aqueles slides salvados recentemente.

8. E-mails prioritários na frente

Outra novidade do Outlook que lembra bastante uma função já existente no Gmail é a triagem de e-mails. Agora, a caixa de entrada do software ficou mais inteligente, capaz de aprender com você e, assim, determinar quais mensagens são mais importantes para exibi-las com maior destaque.

Você pode colaborar com o programa e marcar algumas mensagens como prioritárias. A partir disso, sempre que novidades chegarem vindas daquele endereço receberão um tratamento especial e ficarão mais visíveis aos seus olhos.

9. Novos tipos de gráfico

O Excel é uma das ferramentas mais utilizadas nos mundos acadêmico e corporativo para a criação de gráficos. A versão 2016 do aplicativo ganhou novidades neste aspecto, permitindo que você crie gráficos de previsão utilizado dados históricos com apenas um único clique.

Além disso, de modo geral, os gráficos do Office (incluindo aí Word, Excel e PowerPoint, pois os três softwares suportam a criação de gráficos) também foram aprimorados. Ao todo, são seis novos tipos de gráficos: Caixa e Caixa Estreita, Cascata, Explosão Solar, Histograma, Mapa de árvore e Pareto.

10. Novos temas

Todos os programas do pacote Office contam, agora, com mais temas visuais à sua disposição. Assim, é você quem decide se o programa terá um visual mais sóbrio ou mais quente, mais discreto ou mais chamativo. Tudo isso pode ser alterado a qualquer momento e de forma bem simples.

Você já testou o novo Office? Pretende testar? Não deixe de nos contar a sua experiência com a nova versão da suíte de aplicativos da Microsoft.

Matéria completa: http://canaltech.com.br/dica/office/10-recursos-imperdiveis-do-novo-office-2016/#ixzz3plI9VrdD
O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Fontes e Direitos Autorais: Canaltech.com.br

10 motivos para você preferir o Windows Phone ao Android


O sistema móvel da Microsoft ainda não possui grande participação no mercado de smartphones, não atingindo nem 10% do total. No entanto, se for considerado o crescimento da base de usuários que nos últimos anos vem dobrando, é provável que nos próximos anos tenhamos uma disputa mais acirrada entre Android, iOS e Windows Phone.

A plataforma receberá uma grande mudança assim que o Windows 10 for lançado, com melhorias no desempenho e na interface que deverão atrair ainda mais usuários em um ecossistema unificado. Mas isso não quer dizer que o atual sistema é ruim ou ultrapassado. Pelo contrário: o software tem diversas vantagens em relação aos seus principais concorrentes, em especial o sistema do Google.

A Microsoft investiu pesado na melhoria da interface do usuário no Windows Phone 8.1. Agora, os usuários podem contam com atalhos simplificados e processos mais simples. Com as mudanças, o sistema se aproximou da versão para desktop, ganhando melhorias na integração entre diversos dispositivos equipados com Windows. Se você é um usuário Android e está pensando em trocar de aparelho, o Windows Phone poderá ser uma excelente opção. Em uma análise detalhada, elaboramos uma lista com dez motivos para você preferir o Windows Phone ao Android.

1. Boa integração com os produtos da Microsoft

Windows Phone

Diferente do que acontece com o Android, o Windows Phone possui excelente integração com diversos produtos da Microsoft. A experiência de uso de alguns aplicativos como Skype, Office e Bing é visivelmente superior. A fluidez com que esses aplicativos trabalham no Windows Phone é fruto do desenvolvimento de uma única empresa, a Microsoft. Ou seja, o aparelho ganha em performance pelo fato do sistema e de diversos aplicativos serem desenvolvidos pela mesma fabricante.

2. Aparelhos com excelente design

Windows Phone

Os dispositivos equipados com Windows Phone apresentam um design diferenciado dos concorrentes. Antes da aquisição da Nokia pela Microsoft, já era possível notar que os aparelhos que continham o sistema se destacavam. Tradicionalmente a companhia finlandesa era conhecida por construir ótimos gadgets com aparência invejável e, mesmo após a compra pela Microsoft, os celulares da linha Lumia continuaram muito bem construídos.

Outras fabricantes também já investiram no sistema da gigante de Redmond, como a Samsung e a HTC, e não há dúvida que os aparelhos que contém o Windows Phone são bastante atraentes aos olhos dos consumidores. Já em relação ao Android, provavelmente você já se deparou com alguns dispositivos desagradáveis.

3. Aplicativos bem construídos

Windows Phone

Apesar da Windows Store ter menos aplicativos que a Google Play, a verdade é que os apps possuem uma qualidade superior. Isso pode ser creditado ao fato do Windows Phone não ser uma plataforma de código aberto. A grande diferença em relação aos apps Android é a aparência minimalista que proporciona um aspecto bem agradável aos apps do Windows Phone. É possível notar essa diferença com mais nitidez em apps como o Facebook e o Skype, por exemplo.

4. Consistência em vários dispositivos

Windows Phone

No Android, a experiência do usuário depende do dispositivo utilizado. Um aparelho de entrada é muito inferior em relação a desempenho do que um smartphone high-end. Já com o Windows Phone isso é diferente: mesmo em telefones mais simples, com poucos recursos de hardware, a experiencia de uso é praticamente a mesma. Toda a linha Lumia, por exemplo, contempla os seus usuários com sistemas eficientes, rápidos e agradáveis.

5. Personalização da tela de bloqueio

Windows Phone

Diferente do que acontece com o iOS e com o Android, cuja a possibilidade de personalizar a tela é pouco explorada, no Windows Phone é possível fazer diversas modificações. Uma das vantagens é poder alterar o fundo das imagens na tela de bloqueio. Outra opção é a de integração com aplicativos que ficarão “ao vivo” na no display. Nessa mesma tela bloqueada, ainda é possível definir algumas fotos para rodar ou então receber informações da música que você está escutando.

6. Possibilidade de jogar games do Xbox One

Windows Phone

Enquanto o Android possui apenas jogos que podem ser instalados através da Google Play, o Windows Phone possui uma excelente integração com o Xbox, plataforma de games da Microsoft. Assim, o usuário poderá tirar o máximo de proveito dos seus jogos favoritos. Com a integração, é possível jogar e receber pontos de sua conta pessoal. Games como Asphalt 6, Jetpack Joyride ou Fifa 14 estão disponíveis para você se divertir. A qualidade presente em um smartphone ou tablet também é excelente.

7. Maior quantidade de armazenamento com OneDrive

Windows Phone

Apesar dos aparelhos com Windows Phone menos potentes possuírem 8 GB de armazenamento internet e suportarem um cartão MicroSD de até 64 GB, o serviço de nuvem OneDrive oferece uma boa quantia gratuita de armazenamento. No caso do Lumia 640 XL, o espaço oferecido é de 30 GB. Isso reduz as chances de você ter de utilizar plataformas de terceiros e ainda pagar por elas.

8. Resumo do que está acontecendo nos aplicativos

Windows Phone

Outra característica interessante no Windows Phone e que não existe no Android é a possibilidade de ver o que está acontecendo em seus aplicativos sem precisar sair da tela inicial. Sem acessar diretamente o app, você pode obter informações sobre clima, últimos tuítes e notificações do Facebook por meio da chamada “live tile”. É claro que o Android disponibiliza os widgets, mas convenhamos que, em termos visuais, não é uma boa alternativa.

9. Assistente Cortana

Windows Phone

Mesmo que ainda não esteja disponível em português, a Cortana já está entre nós. Se você precisa de uma assistente pessoal pronta para ajudá-lo a fazer todos os tipos de tarefas e mantê-lo a par das coisas que realmente importa, esta função é fundamental. Se você quer um assistente de voz que tenha ótima integração com o Bing, a Cortana é sua escolha. Para utilizá-la, basta alterar o idioma de seu Windows Phone para o inglês.

10. Office nativo

Windows Phone

O pacote Office mobile é nativo no Windows Phone, algo que não acontece com o Android. Se você utiliza as ferramentas do Office em seu desktop, nada melhor do que poder contar com ele em seu smartphone ou tablet. Assim você pode utilizar sua conta para sincronizar arquivos, iniciando em seu computador e terminando em seu aparelho celular, por exemplo.

Fontes e Direitos Autorais: CanalTech.com.br – William Nascimento RSS

Windows 8.1 build 9471 vem com Skype pré-instalado


Em julho deste ano surgiram informações de que a versão final do Windows 8.1 viria com o Skype integrado. Com o vazamento do Windows 8.1 build 9471, é possível confirmar que a versão Metro do aplicativo virá mesmo pré-instalada no sistema operacional.

Além disso, a maior integração do Skype com o Windows 8.1 permitirá que os usuários atendam chamadas de voz e vídeo diretamente a partir da tela de bloqueio.

Usuários do Windows 8 podem fazer o download da versão Metro do aplicativo na Windows Store.

Skype pré-instalado no Windows 8.1 build 9471:

Windows 8.1 build 9471 vem com Skype pré-instalado

Saiba mais sobre o Windows 8.1 build 9471 aqui.

A fase de desenvolvimento do Windows 8.1 deve ser concluída nos próximos dias. Esta atualização será disponibilizada gratuitamente para os usuários do Windows 8 através da Windows Store.

Sobre o Skype
Comprado em 2011 pela Microsoft, o Skype foi desenvolvido pelos desenvolvedores do popular software de compartilhamento de arquivos Kazaa. Ele suporta recursos como chamadas por voz e vídeo, envio de mensagens instantâneas, transferência de arquivos, integração com o Facebook e muitos outros.

Ele também possui integração com o Outlook.com, novo serviço de e-mail da Microsoft, para permitir a realização de chamadas por voz e vídeo sem sair da caixa de entrada.

Além disso, o aplicativo também é o sucessor do Windows Live Messenger (ex-MSN Messenger).

Fontes e Direitos Autorais: Por .

Microsoft inicia migração do MSN para Skype


São Paulo – O Skype anunciou nesta terça-feira, 06, que deu início à migração do seu serviço com o Messenger, popularmente conhecido como MSN , com o objetivo de unificar os dois programas.

A informação de que os dois serviços seriam unificados já havia sido antecipada pela INFO, após entrevista com Piero Sierra, diretor de gestão de programa no Skype.

A partir de agora usuários do MSN poderão migrar todos os seus contatos para o Skype e utilizar o serviço também para a troca de mensagens instantâneas, além das chamadas em vídeo com os contatos do Messenger.

As mudanças no Skype eram aguardadas há mais de um ano, quando a Microsoft concluiu a compra do serviço, e vinham sendo preparadas para o lançamento do novo sistema Windows 8, realizado no último dia 26 de outubro.

Os primeiros sinais desta mudança surgiram com o lançamento da versão Skype 6.0 para Mac e Windows, que permitiu a conexão ao Skype a partir de uma conta da Microsoft.

A partir de agora, os usuários que baixarem (ou atualizarem) a versão mais recente do Skype, deverão se conectar ao serviço com a sua conta da Microsoft (login do MSN e Hotmail) e informar se já possuem uma conta no Skype. Caso ainda não tenham, será necessário criar uma.

A migração dos contatos do Messenger será feita automaticamente após este primeiro acesso e todas as contas (Skype e MSN) serão unificadas em um único programa.

Desta forma, os usuários poderão utilizar recursos como chamadas com vídeo em celulares, compatibilidade com iPad e tablets Android, chamadas com vídeo para amigos do Facebook, compartilhamento de telas e chamadas em grupo.

O Skype promete, ao longo dos próximos meses, ajudar os usuários na transição para o novo programa unificado. Além disso, até o final deste ano, a empresa promete trazer novidades para o serviço.

Atualização em 06/11 às 18h24: Com relação ao uso unificado do Skype e MSN em dispositivos móveis, como smartphones e tablets, a empresa divulgou o seguinte comunicado:

Nas próximas semanas, os usuários do Messenger poderão usar a mesma conta da Microsoft para se conectar ao Skype em seus celulares e tablets, para acessar mensagens instantâneas, chamadas com vídeo, compartilhamento e outros.

O Messenger é compatível com iPhones, celulares Android, iPads, tablets Android, Kindle Fires, dispositivos Windows Phone 8 e outros.

Vamos aposentar as experiências do Messenger Mobile no próximo ano. Não temos mais detalhes sobre isso neste momento.

Fontes e Direitos Autorais: , de INFO Online • Terça-feira, 06 de novembro de 2012 – 17h09

Microsoft anuncia Office 2013 com integração com Skype


A Microsoftreuniu os jornalistas nos Estados Unidos, nesta segunda-feira (16) para anunciar oficialmente o Office 2013, e apresentar todas as suas funcionalidades. Entre as novidades estão integração com o Skype para videoconferência, comunicação com as redes sociais, integração total com SkyDrive e interface simplificada para uso em tablets.

Local onde aconteceu o anúncio do novo Office 2013 (Foto: Microsoft/Divulgação)Local onde aconteceu o anúncio do novo Office 2013 (Foto: Microsoft/Divulgação)

O CEO Steve Ballmer subiu ao palco para falar dos novos caminhos da Microsoft, e mencionou o sucesso do Xbox 360, Windows 8 e o tablet Microsoft Surface, que será lançado ainda este ano. Ballmer apresentou o Office não como uma suíte de aplicativos, mas como um serviço para todo tipo de usuário, pessoal ou corporativo.

Antes de tudo, Ballmer ressaltou que o novo Microsoft Office funcionará muito bem integrado ao Windows 8, justamente por ser focado na nuvem. Além disso, ele será mais social no novo sistema operacional da Microsoft.

Baixe agora o Microsoft Office 2013 Preview no TechTudo Downloads

Microsoft Powerpoint

O vice-presidente da divisão de Office da Microsoft, Kirk Koenigsbauer, subiu ao palco para falar de cada aplicativo do Office. O primeiro a ser demonstrado no palco foi o Powerpoint. A Microsoft simplificou a interface, focando o uso dos tablets. Assim, o usuário poderá, por exemplo, navegar entre os slides com a ponta do dedo, e dar zoom em algum específico com os dedos no formato pinça.

PowerPoint 2013 (Foto: Reprodução/TechTudo)PowerPoint 2013 (Foto: Reprodução/TechTudo)

Se o usuário quiser utilizar a interface Ribbon para editar ou criar uma apresentação, conseguirá acessá-la com o clique em um botão. Isso pode facilitar o uso do aplicativo em computadores desktop e notebooks, a maior base instalada da Microsoft no mundo. Além disso, o usuário poderá fazer a transição entre um slide e outro como se tivesse manuseando uma folha de papel.

Microsoft Outlook

O Outlook foi simplificado para focar na leitura de e-mails. Assim, alguns elementos não estarão mais presentes, como Calendários.

Na nova interface, o usuário poderá arrastar um arquivo com o dedo para anexar o e-mail, e poderá responder uma mensagem lado a lado com a mensagem original, sem precisar fechá-la.

Microsoft OneNote

O aplicativo de anotações da Microsoft focará em ajudar o usuário a encontrar facilmente suas informações. Além disso, o usuário poderá fazer anotações usando a câmera do tablet, registrando uma imagem direto no OneNote.

O novo OneNote terá um menu de acesso fácil em formato radial, no qual o usuário poderá escolher a fonte escolhida e outros recursos.

Microsoft Word

A grande novidade do Word é esperada há muito tempo pelos usuários o Office: agora, ele lerá arquivos no formato PDF, sem a necessidade de instalação de um programa específico para tal tarefa, nem mesmo um plugin.

Word 2013 Preview (Foto: Reprodução/TechTudo)Word 2013 Preview (Foto: Reprodução/TechTudo)

O Word reforça bem a posição da Microsoft em trabalhar com a nuvem. Quando você abre o programa, ele pede a sua conta da Microsoft (aquele e-mail Live ou Hotmail). Com isso, todas as suas configurações são salvas na nuvem, para que possam ser acessadas em outro computador com Microsoft Office 2013.

Word 2013 Preview (Foto: Reprodução/TechTudo)Word 2013 Preview (Foto: Reprodução/TechTudo)

Do mesmo modo, os documentos também serão salvos no SkyDrive (serviço de nuvem da Microsoft), mas haverá uma versão no dispositivo que estiver usando no momento, seja um computador ou um tablet. O documento em questão se adaptará à tela para uma melhor visualização.

O Word também ganhou integração com as redes sociais. Assim, é possível compartilhar um documento no Facebook e assistir a um vídeo do YouTube direto no documento que estiver aberto.

Microsoft Excel

Entre as novidades do Excel está a função FlashField, que preenche automaticamente as colunas de sua planilha, seguindo algumas orientações prévias.

Integração com o Skype

Como anunciado, o Office 2013 terá opções para trabalho em equipe e, para reforçar isso, a Microsoft colocou integração com o Skype. Deste modo, você poderá realizar uma chamada com qualquer pessoa envolvida no projeto sem precisar trocar de janela e, ainda, começar uma videoconferência com vários contatos e discutir detalhes de documentos em tempo real. Cada usuário poderá fazer sua própria anotação no mesmo documento, usando o dedo ou uma caneta.

Fontes e Direitos Autorais: TechTudo.com – Pedro Cardoso – 16/07/2012 16h04– Atualizado em 16/07/2012 18h11

Skype para Windows exibirá anúncio publicitário


Publicidade será exibida somente durante ligações em áudio de Skype para Skype

São Paulo – O Skype anunciou que exibirá anúncios patrocinados no serviço aos usuários da versão para Windows.

Segundo o Skype, as publicidades serão exibidas somente durante as conversas em áudio de Skype para Skype e aparecerão apenas para os usuários que não possuem créditos no serviço ou uma assinatura paga.

O “Conversations Ads”, como o Skype se referiu ao seu novo esquema, será uma oportunidade de monetizar o serviço abrindo a publicidade para milhões de usuários que utilizam o Skype.

Os usuários poderão filtrar e personalizar a exibição dos anúncios durante as conversas conforme sua idade e gênero.

O Skype, no entanto, não revelou se pretende ampliar a publicidade para as conversas realizadas em computadores Mac ou em dispositivos móveis.

Fontes e Direitos Autorais: , de INFO Online • Sexta-feira, 15 de junho de 2012 – 13h35.

Microsoft planeja levar Skype para a web, com HTML5 e JavaScript


Depois de arrematar a compra do Skype, a Microsoft parece estar interessada em provocar mudanças no serviço de VoIP mais popular do mundo. Apareceram vagas de emprego na equipe que faz o Skype com uma proposta interessante: montar um aplicativo baseado na web utilizando os padrões abertos HTML5 e JavaScript em vez de tecnologias proprietárias.

Skype ganhará versão web em HTML5  (Foto: Reprodução)Skype ganhará versão web em HTML5 (Foto: Reprodução)

A decisão é curiosa porque coloca de lado o Silverlight, tecnologia desenvolvida pela Microsoft para apresentar, entre outras coisas, conteúdos interativos e visualmente ricos na tela do computador — de maneira similar ao que o Adobe Flash permite. Sem necessidade da instalação de plugins especiais.

O novo aplicativo motivou a contratação de mais profissionais e é chamado por ora de “Skype for Browsers” (ou Skype para Navegadores). “Você terá a chance de integrar as soluções Skype existentes para a web com o suporte de serviços backend feitos do zero usando tecnologia da Microsoft”, diz um dos anúncios no estilo de classificados.

Existe a suspeita de que este aplicativo construído em cima de tecnologias abertas e amplamente documentadas permitiria, no futuro, ter um app com visual Metro totalmente compatível com o que a Microsoft espera lançar no Windows 8. Para tanto, basta que o tal app funcione bem no Internet Explorer 10, futura versão do navegador que estará no sistema operacional da empresa.

As vagas foram abertas para escritórios do Skype em Londres e em Praga, na República Checa.

Fontes e Direitos Autorais: Thássius Veloso Do Tecnoblog – 17/04/2012 14h03.

Microsoft compra Skype por US$ 8,5 bilhões


No maior acordo de aquisição já fechado pela gigante do software, a Microsoft comprou o Skype por US$ 8,5 bilhões

A Microsoft anunciou hoje a compra da empresa de telefonia pela internet Skype por 8,5 bilhões de dólares, no maior acordo de aquisição já fechado pela gigante do software.

O montante será pago, em dinheiro, ao fundo de investidores Silver Lake, que detém o comando do Skype.

O Skype produz versões de seu serviço de telefonia para dispositivos como iPhone e iPad, da Apple; BlackBerry, da RIM; e aparelhos com o sistema operacional Android, do Google.

Na semana passada, após o serviço de ligações via web ter atrasado sua oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês), fontes diziam que Facebook e Google tentavam um acordo de aquisição com a empresa.

Em nota oficial, a Microsoft diz que o Skype oferecerá suporte a dispositivos como o Microsoft Xbox e Kinect, Windows Phone, bem como a dispositivos com Windows. A gigante de software irá conectar usuários do Skype aos do Lync, Outlook, Xbox Live e outras comunidades.

“O Skype é um serviço fenomenal que é amado por milhões de pessoas em todo o mundo”, disse o CEO da Microsoft Steve Ballmer. “Juntos, vamos criar o futuro das comunicações em tempo real para que as pessoas possam facilmente se
conectarem à família, amigos, clientes e colegas em qualquer lugar do mundo.”

Segundo a Microsoft, o Skype vai se tornar uma nova divisão de negócios dentro da companhia, a Microsoft Skype Division, que será comandada pelo CEO do Skype, Tony Bates, reportando-se diretamente a Ballmer.

“Microsoft e Skype compartilham a visão de trazer inovação em software e produtos para nossos clientes”, declarou Tony Bates. “Juntos, seremos capazes de acelerar os planos da Skype para ampliar nossa comunidade global e introduzir novas maneiras para que todos possam se comunicar e colaborar”, disse Bates.

Fundada em 2003, o Skype foi adquirido pelo eBay em setembro de 2005, e depois comprado por um grupo de investidores liderado pelo Silver Lake, em novembro de 2009.

Fazem parte do grupo de investidores: eBay International AG, CPP Investment Board, Joltid Limited, em parceria com Europlay Capital Advisors, e Andreessen Horowitz.

A aquisição está sujeita a aprovações regulatórias e outras condições de fechamento. As partes esperam obter todas as autorizações durante este ano.

Fonte e Direitos Autorais: Rogerio Jovaneli, de INFO Online – Terça-feira, 10 de maio de 2011 – 09h38.