14 de Janeiro de 2020, marca o fim ciclo de vida e atualizações do Windows 7


Esta segunda-feira (14) marca uma contagem regressiva para o Windows 7. Isso porque a Microsoft irá parar de realizar qualquer tipo de atualização a essa versão do sistema operacional daqui a exatamente um ano.

A mudança é significativa, pois o fim do suporte oficial da empresa significa que eventuais novas falhas de segurança não serão corrigidas. Um número importante de usuários será afetado por essa virada, pois o Windows 7 é a segunda versão mais instalada do sistema operacional, perdendo apenas para o Windows 10 – até o início de 2018, era a mais usada.

Segundo a StatCounter, empresa que analisa dados, 34,49% dos computadores brasileiros utilizam o Windows 7, contra 56,19% do Windows 10. As informações correspondem a dezembro de 2018.

Já a Netmarketshare, outra companhia de inteligência de mercado, analisa que o Windows 10 só superou o Windows 7 no fim de 2018, com 39,22% e 36,9% dos usuários, respectivamente. A Microsoft afirma que esse fim de suporte está de acordo com o que a empresa se comprometeu: 10 anos de atualizações para o sistema operacional, lançado em outubro de 2009.

Na prática, o Windows 7 terá suporte por alguns meses depois de seu décimo aniversário, mas, quando 14 de janeiro de 2020 chegar, assistência técnica e atualizações automáticas deixarão de ser disponibilizadas para os computadores que utilizarem o Windows 7.

A empresa recomenda atualização antes da data limite, mas o preço para isso é salgado: R$ 559,99 para a licença mais barata do Windows 10.

Fontes e Direitos Autorais: Rodrigo Trindade – Do UOL, em São Paulo – 14/01/2019 13h46.

Programa Microsoft para Startups


A Microsoft realizou ontem dia 14/02 o anúncio do programa Microsoft para Startups, que oferece acesso a negócios, tecnologia e benefícios da comunidade e que ajuda as empresas iniciantes a expandir sua base de clientes e a receita, construir uma plataforma confiável que cresça com elas e conectar-se à sua comunidade e clientes.

A empresa alocará US$ 500 milhões nos próximos dois anos para oferecer opções de covenda para startups, além do acesso à tecnologia da Microsoft e novos espaços comunitários que promovam a colaboração dentro dos ecossistemas locais. Startups são um motor de inovação indiscutível, e a Microsoft está em parceria com fundadores e investidores para ajudar a acelerar seu crescimento. Este novo programa foi projetado para ajudar as startups em ações relacionadas á:

Vender para novos clientes, setores e mercados
O programa Microsoft para Startups possui uma abordagem única que liga startups a clientes. A Microsoft possui mais de 30.000 representantes de vendas e 800.000 parceiros cujo objetivo é impulsionar a adoção de soluções de nuvem da Microsoft em empresas de todos os tamanhos e setores em todo o mundo. O programa fornece recursos que preparam suas equipes de marketing e vendas para atender aos padrões dos clientes corporativos e, em seguida, permitir que eles vendam para essas organizações em parceria com a vasta organização de vendas da Microsoft e o ecossistema parceiro.

 

Microsoft anuncia o programa Microsoft para Startups

Inovar rapidamente com o acesso a ferramentas confiáveis ​​de tecnologia, suporte e desenvolvimento
O programa oferece às startups até US$ 120 mil em créditos gratuitos de Azure, suporte técnico de nível empresarial e ferramentas de desenvolvimento para ajudá-los a criar soluções inovadoras na nuvem utilizada ​​por 90% das empresas do ranking Fortune 500.

Acessar os recursos certos no momento certo
O Microsoft para Startups ajuda empresas iniciantes em todas as etapas em ecossistemas de todo o mundo:

Microsoft Reactors são espaços físicos onde empresários, desenvolvedores, investidores e a comunidade empresarial podem se unir para interagir, aprender e compartilhar. Durante o próximo mês, abriremos as portas nos novos espaços Microsoft Reactor em Londres, Sydney, Tel Aviv, Berlim, Xangai e Pequim. Esses espaços somam-se a nossos locais existentes em Redmond, Seattle, San Francisco e Nova York.

– Acesso ao Microsoft ScaleUp (antigo Microsoft Accelerators), ajudando as startups de série A e posterior a se ajustar ao mercado de produtos, aprimorar suas infraestruturas e construir seus negócios usando os serviços Azure e Microsoft Dynamics.

– Conexões com a Microsoft Ventures, equipe estratégica de investimento em capital de risco da Microsoft, cuja missão é ser um parceiro ativo em estágios-chave do crescimento de uma empresa, normalmente investindo entre as séries A e D.

As startups nos inspiram a ir além do possível e construir produtos que melhoram nossas vidas pessoais e profissionais. A Microsoft está animada para se associar a startups para capacitar cada pessoa e organização no planeta.

Para maiores informações acesse: startups.microsoft.com.

Fontes e Direitos Autorais: https://startups.microsoft.com/en-us/ – 14/02/2018.

Microsoft não oferecerá atualizações de segurança realizadas ao Windows em computadores com antivírus considerados incompatíveis


A Microsoft publicou em seu site de suporte um alerta informando que não oferecerá atualizações de segurança para o Windows em PCs com antivírus incompatíveis.

A empresa tomou esta atitude depois que os usuários enfrentaram problemas com a atualização disponibilizada recentemente com foco nas vulnerabilidades Meltdown e Spectre.

Por causa dos antivírus incompatíveis, alguns PCs não puderam mais ser inicializados corretamente após a instalação da atualização. Para evitar problemas similares no futuro, a Microsoft alertou que não oferecerá atualizações de segurança para o Windows em PCs com antivírus incompatíveis.

Os desenvolvedores de softwares antivírus deverão tornar seus produtos compatíveis com esta e futuras atualizações definindo a seguinte chave de registro:

Key=”HKEY_LOCAL_MACHINE” Subkey=”SOFTWARE\Microsoft\Windows\CurrentVersion\QualityCompat”
Value=”cadca5fe-87d3-4b96-b7fb-a231484277cc”
Type=”REG_DWORD”
Data=”0x00000000”

Microsoft não oferecerá atualizações de segurança para o Windows em PCs com antivírus incompatíveis

Perguntas frequentes

Por que algumas soluções antivírus são incompatíveis com as atualizações de segurança?
Durante seu processo de testes, a Microsoft descobriu que alguns softwares antivírus de terceiros estão fazendo chamadas sem suporte para memória do kernel do Windows, causando erros de parada (também conhecidos como erros de tela azul).

O que a Microsoft está fazendo para ajudar a atenuar os problemas causados por esses aplicativos sem suporte?
Para proteger seus clientes contra telas azuis e cenários desconhecidos, a Microsoft exige que todos os fornecedores de software antivírus confirmem a compatibilidade de seus aplicativos, definindo uma chave de registro do Windows.

Por quanto tempo a Microsoft exigirá a definição de uma chave do Registro para receber atualizações de segurança?
A Microsoft adicionou esse requisito para garantir que os clientes possam instalar com êxito as atualizações de segurança de janeiro de 2018. A empresa continuará a impor esse requisito até que haja confiança de que a maioria dos clientes não encontrará falhas de dispositivo depois de instalar as atualizações de segurança.

Tenho um aplicativo antivírus compatível, mas não recebi a opção de atualizações de segurança de janeiro de 2018. O que devo fazer?
Em alguns casos, pode demorar até que as atualizações de segurança sejam entregues nos sistemas, particularmente para dispositivos que foram desligados ou que não conectados à Internet (offline). Depois que eles forem novamente ligados, esses sistemas receberão atualizações de seus provedores de software antivírus. Os clientes que ainda estiverem enfrentando problemas 24 horas depois de garantirem que seus dispositivos têm boa conectividade com a Internet deverão contactar seus fornecedores de software antivírus para conhecer as etapas de solução de problemas adicionais.

Meu software antivírus não é compatível. O que devo fazer?
A Microsoft tem trabalhado estreitamente com parceiros de software antivírus para ajudar a garantir que todos os clientes recebam as atualizações de segurança do Windows de janeiro de 2018 o mais rápido possível. Se os clientes não estiverem recebendo a atualização de segurança deste mês, a Microsoft recomenda que eles contatem seus fornecedores de software antivírus.

Tenho um aplicativo de software antivírus compatível, mas ainda estou com problemas de tela azul. O que devo fazer?
A Microsoft reuniu os seguintes recursos para ajudar os clientes potencialmente afetados:

– Solucionar problemas de erros de tela azul
– Solucionando erros de parada (tela azul) no Windows 7

Fontes e Direitos Autorais: Suporte da Microsoft – 05/01/2018 – https://support.microsoft.com/pt-br/help/4072699/january-3-2018-windows-security-updates-and-antivirus-software

Hotfixes incluídos no Cumulative update package 2 for SQL Server 2008 R2 Service Pack 1


// Lista de Hotfixes incluídos no Cumulative update package 2 para o SQL Server 2008 R2.

Artigos da Base de dados de conhecimento da Microsoft que abordam esses hotfixes serão liberados assim que estiverem disponíveis.

Para obter mais informações sobre as edições do SQL Server, clique nos números abaixo para ler os artigos na Base de dados de conhecimento da Microsoft.
Abaixo apresenta a lista de Hotfixes:
VSTS bug number KB article number Description
726728 2519638   (http://support.microsoft.com/kb/2519638/ ) FIX: Error 6512 when you run the sp_addsubscription stored procedure if the
“@sync_type” parameter is set to “replication support only” in SQL Server 2008
or in SQL Server 2008 R2
762747 2524743   (http://support.microsoft.com/kb/2524743/ ) FIX: Recovery takes longer than expected for a database in a SQL Server 2008
or in a SQL Server 2008 R2 environment
730657 2525165   (http://support.microsoft.com/kb/2525165/ ) FIX: Error message “ORA-01722: invalid number” when you replicate a table to
an Oracle server subscriber in SQL Server 2008 or in SQL Server 2008 R2 if a
varchar (max) column of the table contains a long value record
726731 2530921   (http://support.microsoft.com/kb/2530921/ ) FIX: Incorrect results when you run an INSERT SELECT UNION ALL statement in
SQL Server 2008 or in SQL Server 2008 R2
726744 2535660   (http://support.microsoft.com/kb/2535660/ ) FIX: Role membership is synchronized even if the SynchronizeSecurity element
is set to the SkipMembership value in SSAS 2008 or in SSAS 2008 R2
730667 2535705   (http://support.microsoft.com/kb/2535705/ ) FIX: An access violation occurs when you restore a database and run the
sp_replcounters stored procedure at the same time on a server that is running
SQL Server 2008 or SQL Server 2008 R2
764604 2536225   (http://support.microsoft.com/kb/2536225/ ) FIX: CLR stored procedure returns NULL after it is recompiled in SQL Server
2008 R2
730665 2544983   (http://support.microsoft.com/kb/2544983/ ) FIX: “‘Databaseproperty’ is not a recognized built-in function name” error
when you replicate a SQL Server 2008 or a SQL Server 2008 R2 transactional
publication in SQL Server “Denali”
762743 2546715   (http://support.microsoft.com/kb/2546715/ ) FIX: Non-convergence when a custom stored procedure propagates data changes
for a transactional replication in SQL Server 2008 or in SQL Server 2008 R2
762741 2562812   (http://support.microsoft.com/kb/2562812/ ) FIX: Error code 17065 when you trace a stored procedure that contains a TVP
if the TVP contains a large amount of text or of image data in SQL Server 2008
or in SQL Server 2008 R2
748217 2567763   (http://support.microsoft.com/kb/2567763/ ) FIX: Aggregation design assignment might be removed in SSAS 2008 R2 if you
run the Analysis Services Deployment Wizard to deploy a database
762745 2569923   (http://support.microsoft.com/kb/2569923/ ) FIX: Upload jobs of data collector quickly open and close a large number of
TCP ports if the jobs upload data to a MDW database in SQL Server 2008 or in SQL
Server 2008 R2
770765 2574699   (http://support.microsoft.com/kb/2574699/ ) FIX: Database data files might be incorrectly marked as sparse in SQL Server
2008 R2 even when the physical files are marked as not sparse in the file system
768768 2585885   (http://support.microsoft.com/kb/2585885/ ) FIX: INSERT or DELETE statements are replicated to the wrong table partition
in SQL Server 2008 R2 if you run an ALTER TABLE statement that contains the
SWITCH PARTITION command
Fontes, Direitos Autorais e Tradução: Suporte Microsoft – http://support.microsoft.com/kb/2567714.