Como o chamado “atraso tecnológico” afeta operação de setores críticos à infraestrutura do país

Crescimento das ameaças e sucesso dos ataques ultrapassam capacidades de contenção, expondo gap tecnológico


Bancos e fundos de investimentos efetuaram transações recordes em volumes financeiros em novas empresas de segurança cibernética e/ou promoveram fusões entre os grandes players e tecnologias emergentes.

No entanto jamais houve um ano com praticamente diários registros de ocorrências de ataques, indisponibilidades de sistemas de empresas de médio a grande porte afetando incontáveis cadeias produtivas, milhões de usuários/consumidores e os resgates através de ransomwares atingindo valores crescentes e sempre pagos em criptomoedas, apenas para citar os mais relevantes.

Continue Lendo “Como o chamado “atraso tecnológico” afeta operação de setores críticos à infraestrutura do país”

Profissionais com habilidades em Python, Java, Linux e SQL entram na mira das empresas

Linguagens de programação dominam as especificações de empregos.


De acordo com o último Tech Jobs Report, da agência de recrutamento Dice, essa demanda se concentra, principalmente, em profissionais com conhecimento técnico em Linux, SQL, Java Python.

As linguagens de programação continuam a guiar as contratações de empregos na área. Segundo o último relatório da Tech Jobs Report, no terceiro trimestre, as listas de empregos na indústria de tecnologia sugerem que as organizações estão em busca de profissionais de tecnologia “que entendam os conceitos básicos de desenvolvimento de software e gestão de projetos” e possuam conhecimentos técnicos em Linux, Java, Python e SQL.

Continue Lendo “Profissionais com habilidades em Python, Java, Linux e SQL entram na mira das empresas”

Como os líderes de TI devem erradicar comportamentos tóxicos

Os chamdos comportamentos tóxicos podem gerar impactos, desestabilizar os membros da equipe e destruir um ambiente saudável de trabalho.


O comportamento tóxico da equipe é um problema que quase todos os líderes de TI encontrarão em algum momento de suas carreiras, provavelmente mais de uma vez e de várias maneiras. Aqui está um resumo de sete tipos comuns de comportamento tóxico da equipe e como erradicar cada um antes que resultem em danos sérios e de longo prazo.

Grosseria

O comportamento rude pode fragmentar instantaneamente uma equipe, destruindo a colaboração, atrasando projetos e ameaçando o senso de segurança psicológica dos membros, diz Binyamin Cooper, Pesquisador de Pós-Doutorado na Escola de Negócios Tepper, da Universidade Carnegie Mellon. “A grosseria inclui comportamentos como comentários depreciativos e humilhantes, insultos, revirar os olhos, assumir o crédito pelo trabalho de alguém ou excluir alguém da camaradagem no escritório”, observa ele.

Continue Lendo “Como os líderes de TI devem erradicar comportamentos tóxicos”

O chamado ‘desenvolvedor cidadão’ requer forte supervisão de TI segundo especialistas

Ferramentas com pouco ou nenhum código podem ser poderosas e arriscadas segundo Maria Korolov, CIO (EUA).


A revolução do “desenvolvedor cidadão” parece muito promissora. Afinal, qual empresa não gostaria de ser mais ágil enquanto reduz custos e acelera sua capacidade de trazer soluções para o mercado.

Mas a grande variedade de plataformas que permitem aos usuários finais criar fluxos de trabalho, automações ou mesmo aplicativos inteiros sem as habilidades de desenvolvedores profissionais convidam aos mesmos tipos de problemas causados pela shadow IT se as empresas não forem cuidadosas sobre como eles são adotados.

Continue Lendo “O chamado ‘desenvolvedor cidadão’ requer forte supervisão de TI segundo especialistas”

Companhias economizam recursos e crescem em desempenho, por meio da análise preditiva e inteligência artificial.

Como a ciência de dados pode ajudar a melhorar a performance das empresas, segundo a FindUp.


Image result for ciencia de dadosConhecida por englobar o estudo de áreas como matemática, programação e estatísticas, a Ciência de Dados (ou Data Science, em inglês), é uma metodologia da chamada Indústria 4.0 capaz de avaliar e fornecer informações valiosas para que empresas possam tomar as melhores decisões para os seus modelos de negócios.

Continue Lendo “Companhias economizam recursos e crescem em desempenho, por meio da análise preditiva e inteligência artificial.”

Como podemos aprender com os dados sobre tendências do futuro

Segundo Oscar Pettezzoni é diretor da Visa Consulting & Analytics – Atualmente, temos à disposição uma infinidade de informações.


Imagine que você esteja planejando uma viagem para a praia com a sua família no fim de semana. É bem possível que sua primeira providência seja entrar em um site especializado na previsão do tempo para ver se há chances de chover ou de o tempo estar nublado.

Depois, consultar um app para saber se o trânsito está bom no dia da viagem. Não há dúvidas de que tudo isso influenciará a sua decisão de pegar ou não a estrada.

Hoje em dia, temos à disposição uma infinidade de informações que nos ajudam a decifrar cenários e dar mais clareza sobre o que pode vir adiante. Claro que não temos, com isso, o dom de prever o futuro, mas os dados misturados à capacidade humana de interpretá-los compõem um bem valioso na hora de entender mudanças de comportamento, avaliar riscos e visualizar tendências.

Continue Lendo “Como podemos aprender com os dados sobre tendências do futuro”

Tendências de contratação em TI

Por Paul Heltzel, CIO (EUA). Uma pandemia global, contração econômica e apelos para acabar com a desigualdade racial alteraram o cenário de contratação de TI.


Um recente relatório de empregos do Fórum Econômico Mundial descreve uma “dupla interrupção” para os trabalhadores no ano passado, em que um bloqueio mundial e uma contração econômica foram combinados com a transformação do local de trabalho por uma adoção acelerada de tecnologia.

Os profissionais de TI estão vendo todo o seu ciclo de contratação controlado remotamente, incluindo a integração, em todos os níveis. E os candidatos a empregos agora estão fazendo perguntas difíceis sobre as práticas de diversidade das empresas.

Continue Lendo “Tendências de contratação em TI”

Dados pessoais devem ser utilizados para beneficiar o indivíduo e a sociedade.

Por Jun Ueda é Diretor de Operações da Fujitsu Brasil. Como tirar o máximo proveito dos dados sem deixar de proteger a privacidade das pessoas?


Nesta nova era, há perguntas importantes que as organizações precisam responder: como as empresas podem analisar o comportamento do usuário e os dados operacionais para gerar novas ideias e novos processos de negócios?

Os dados são o petróleo do século 21.

Continue Lendo “Dados pessoais devem ser utilizados para beneficiar o indivíduo e a sociedade.”

Devs precisam conhecer sobre diversas linguagens de programação

Sergio Gama, senior developer advocate leader for Latin America da IBM, falou para o portal IT Mídia sobre que os principais perfis de devs e quais competências são necessárias para se destacar no mercado.


Mercado exige profissionais curiosos e abertos ao novo

Com o avanço das startups e a necessidade de grandes empresas acelerarem a transformação digital dos negócios, os desenvolvedores (devs) passaram a ser procurados por diversas companhias. O mercado está aquecido, mas encontrar pessoas qualificadas tem sido um desafio e tanto para os empregadores.

Na entrevista a realizada para o portal IT Mídia, Sergio Gama, senior developer advocate leader for Latin America da IBM, fala sobre os principais perfis de devs e quais competências são necessárias para se destacar no mercado.

Continue Lendo “Devs precisam conhecer sobre diversas linguagens de programação”

Aliado ao planejamento estratégico, uso de informações coletadas por sistemas de análise podem fornecer ajuda crítica a companhias

Celso Oliveira é country manager da MicroStrategy Brasil, destaca como os dados aliados em meio à crise do coronavírus podem ajudar as empresas e seus sistemas


Image result for dados tecnologia

À medida que a pandemia de coronavírus continua a se espalhar, empresas e órgãos do setor público enfrentam o grande desafio de proteger a saúde de seus funcionários e, ao mesmo tempo, manter a eficácia operacional de seus programas de prevenção e atendimento.

Vou me ater aqui, principalmente, às entidades da área de saúde, que precisam tomar medidas proativas para reduzir o impacto da pandemia em suas operações, que são fundamentais para o bom andamento do atendimento à população. Porém, vale ressaltar que isso também se estende às empresas em geral.

Cada organização deve fazer uma avaliação da sua realidade operacional para estar preparada e se antecipar às mudanças no seu ambiente, agindo proativamente e de forma rápida em cenários como o que estamos vivenciando.

Continue Lendo “Aliado ao planejamento estratégico, uso de informações coletadas por sistemas de análise podem fornecer ajuda crítica a companhias”

De analista de sistemas a desenvolvedor web e engenheiros, todos os profissionais de TI devem procurar aprimorar as suas habilidades

Segundos Bob Violino para o Portal – CIO.com, estes são os profissionais de TI que precisam melhorar suas competências.


As iniciativas digitais não estão apenas transformando os negócios – elas também estão aumentando significativamente as competências necessárias por parte dos profissionais de TI.

Não deve ser surpresa, dado o intenso ritmo das mudanças tecnológicas, que algumas funções de TI estejam passando por uma espécie de metamorfose, para que possam se adaptar às transformações do mercado.

Nos últimos anos, fatores como o crescimento da cloud computing e a ascensão da mobilidade corporativa e da edge computing ampliaram o escopo da TI, dando novos significados a diversas carreiras em tecnologia.

Confira algumas das principais funções que os líderes de TI devem considerar, bem como sugestões de habilidades e treinamentos para gerar uma nova versão de carreira e ter maior probabilidade de sucesso na era digital.

Continue Lendo “De analista de sistemas a desenvolvedor web e engenheiros, todos os profissionais de TI devem procurar aprimorar as suas habilidades”

Supercomputador Brasileiro Santos Dumont volta ao ranking dos mais potentes

Equipamento também reconquistou o 1º lugar no posto de principal supercomputador da América Latina.


Após expansão da sua capacidade de processamento, o supercomputador Santos Dumont voltou para a lista dos 500 mais potentes do planeta. Instalada no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) em Petrópolis (RJ) a máquina recebeu uma atualização que aumentou sua capacidade de 1,1 petaflops para 5,1 petaflops, conseguindo realizar 5,1 milhões de bilhões de operações matemáticas por segundo.

A atualização foi inaugurada em cerimônia realizada na últimas segunda (25) e contou com a presença de Marcos Pontes ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. O upgrade foi viabilizado graças à destinação de 1% das receitas geradas a partir da extração do pré-sal do campo de Mero, na Bacia de Santos.

Com a determinação de repasses de recursos para atividades de pesquisa e desenvolvimento dentro do campo de Mero, foi possível investir em melhorias para a máquina, que agora voltou à lista e também assumiu a posição de principal supercomputador da América Latina.

Continue Lendo “Supercomputador Brasileiro Santos Dumont volta ao ranking dos mais potentes”

Esta a procura de uma vaga de emprego? Conheço o Tinder do emprego

Startup brasileira lança Tinder do desempregado. Milhares de vagas temporárias são ofertadas nessa época do ano.


A Goowit é uma rede social que inovou ao unir desempregados e grandes empresas. Se você usar a rede social e conseguir um “match”, quer dizer que há potencial para trabalhar naquela companhia. As vagas são segmentadas de acordo com o perfil do usuário.

Por meio de uma inteligência artificial desenvolvida para a rede social, é realizado um mapeamento do perfil comportamental de cada candidato. A ferramenta funciona como um “mentor vocacional”, ajudando os usuários no treinamento de soft e hard skills.

Continue Lendo “Esta a procura de uma vaga de emprego? Conheço o Tinder do emprego”

USP com foco na área de TI oferece cinco cursos gratuitos

Noções básicas de Python, Big Data e outros assuntos relacionados à programação estão entre os temas abordados.


Para quem deseja aprimorar os conhecimentos ou dar um primeiro passo a uma nova profissão, se liga nessa dica: a Universidade de São Paulo (USP) disponibiliza gratuitamente alguns cursos online com foco em tecnologia da informação (TI), ciência da computação, Big Data e temas relacionados ao universo da tecnologia.

Entre as opções está o curso de linguagem Phyton, que ensina noções básicas da linguagem de programação para que o usuário desenvolva pequenos programas nessa linguagem. Segundo a instituição, “o objetivo principal é desenvolver o raciocínio aplicado à formulação e resolução de problemas computacionais”. Ao término do aprendizado, o aluno pode cursar a segunda parte do curso voltado à programação em Phyton.

Image result for python language

Continue Lendo “USP com foco na área de TI oferece cinco cursos gratuitos”

Escola de programação 42 chega ao País de graça

Sem ‘aula’ e sem diploma. Fundada por magnata francês, método é apoiado por gigantes do Vale do Silício; no Rio e em SP, unidades terão 800 vagas gratuitas


Até o ano passado, Renato Querino tinha o que considerava uma vida “bem encaminhada”. Recém-casado, estava se formando em análise de sistemas e trabalhava havia quatro anos em um grande banco. Tudo mudou quando ouviu falar de uma escola de programação criada na França. Sem professores e sem exigências prévias, a École 42 tinha caído nas graças dos recrutadores das principais empresas de tecnologia, interessados em alunos capazes de aprender código resolvendo desafios. Querino largou o emprego e mudou para o Vale do Silício, onde a escola abriu sua segunda unidade. Tivesse esperado um pouco mais, poderia ter ficado no Brasil: em agosto, duas unidades da École 42 começarão a operar por aqui, no Rio e em São Paulo. 

Independentes entre si, as duas unidades poderão receber mais de 800 alunos – serão 450 na capital fluminense e 360 estudantes em São Paulo. O Brasil será o 14º país a receber a marca, fundada em Paris em 2013. No Vale do Silício, onde estuda Querino, há 1,5 mil pessoas. Assim como em todo o mundo, os cursos da École 42 no País serão gratuitos. Mas a dedicação é alta: na média, os estudantes passam cerca de 50 horas por semana dentro da 42. 

Caminho para se formar na 42 é nada suave

Querino e Fernanda enfrentam o método heterodoxo da escola, criada para formar engenheiros de software. No lugar de professores, aulas e diplomas, os alunos cumprem desafios de programação. Cada desafio consiste em um módulo – ao todo, são 21 deles, que ficam mais difíceis à medida que o aluno avança. No geral, o curso é completado ao longo de três anos, em uma média de oito horas diárias de estudo.

Entrar na 42 também é um desafio. Em São Paulo, onde as inscrições estão abertas, há três etapas. O primeiro é fazer um teste online: um jogo de memória, ao estilo do Genius. Depois, é preciso participar de uma apresentação. Quem for selecionado vai para um pré-curso de imersão, apelidado de “piscina”.

École 42 foi criada com recursos a fundo perdido

“Hoje, a educação francesa não funciona. Está travada entre as universidades públicas, que não ensinam o que os negócios precisam, e as universidades privadas, que não dão vazão aos talentos dos alunos.” Foi assim que o magnata francês das telecomunicações Xavier Niel definiu, em 2013, porque criou a 42 – o nome vem de uma piada da série literária O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams. 

Não é uma empresa, mas uma fundação privada sem fins lucrativos. Niel diz que não pretende ganhar dinheiro com educação, mas com os estudantes que formar. Estruturou um fundo de € 50 milhões e os aplicou na escola, a fundo perdido.

Continue Lendo “Escola de programação 42 chega ao País de graça”

%d blogueiros gostam disto: