Windows Admin Center Preview v1808 disponível


A Microsoft publicou em seu blog algumas novidades sobre o Windows Admin Center Preview v1808, disponibilizado nesta semana para os participantes do Windows Insider Program e do Windows Insider Program for Business.

Caso você ainda não o conheça, o Admin Center (ex-Project Honolulu) é uma experiência flexível e instalada localmente que possibilita o gerenciamento do Windows Server usando o navegador, através desta nova plataforma de gerenciamento da Microsoft, você terá a possibilidade de substituir diversas soluções de gerenciamento e configuração, como snap-ins do Microsoft Management Console, o Server Manager do Windows Server, o Gerenciador de Tarefas, entre outras possíveis soluções nativas ou de terceiros.

Há Microsoft informa que está implementando uma nova infraestrutura para suportar futuros cenários de gerenciamento e para melhorar a experiência com cenários híbridos do Azure Site Recovery e Azure Update Management.

Outra grande novidade, se relaciona com as configurações de servidor, como variáveis de ambiente, área de trabalho remota e configurações de RBAC (Role-based access control), esta a partir deste preview disponíveis como uma ferramenta separada na lista de ferramentas do gerenciador do servidor no Admin Center Preview.

As configurações do host para o Hyper-V também estão disponíveis em servidores “standalone” e clusters Hyper-V habilitado, incluindo também que as configurações do host para o Hyper-V em um cluster possam realizar mudanças de configurações em todos os nós ao mesmo tempo sem necessitar de qualquer tipo de configuração individual.

Em relação aos recursos de Máquinas Virtuais, o Windows Admin Center Preview v1808, possui agora uma uma nova seção com opções de segurança para as VMs:

Novidades no Windows Admin Center Preview v1808

O Windows Admin Center Preview v1808 apresenta uma nova ferramenta Apps & Features, que permite que os administradores gerenciem remotamente componentes instalados no Windows.

Durante a conexão a um cliente com Windows 10, a ferramenta carregará os aplicativos instalados (Microsoft Store e Win32) e recursos que podem ser habilitados/desabilitados. Durante a conexão a um servidor, você verá apenas os aplicativos:

Winadc 1808 02
Lista de aplicativos catalogados pelo Admin Center.

A ferramenta pode ser instalada a partir da lista de extensões disponíveis no gerenciador de extensões.

Além das novidades mencionadas acima, esta versão Preview traz versões atualizadas de algumas ferramentas como o Agendador de Tarefas, melhorias no suporte para o compartilhamento de arquivos, entre outros ajustes.

Para saber mais sobre as novidades apresentadas neste novo preview, acesse: https://blogs.windows.com/windowsexperience/2018/08/14/announcing-windows-admin-center-preview-1808/#IafcvibYoKufKGG0.97

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft – https://docs.microsoft.com/en-us/windows-server/manage/windows-admin-center/understand/what-is

Anúncios

Microsoft trabalha em uma possível nova edição do Windows 10 Enterprise


Alguns websites e blogs internacionais nos últimos dias, tem publicado informações sobre a possibilidade da Microsoft estar planejando lançar uma nova edição do Windows 10 Enterprise ainda neste ano. Estes possíveis rumores destacam que esta nova edição deve ser lançada junto com a atualização “Redstone 5” do Windows 10 agora no segundo semestre de 2018.

De acordo com imagens divulgadas por Tero Alhonen nos últimos dias em seu Twitter, a nova edição aparece listada como Windows 10 Enterprise for Remote Sessions. Alhonen descobriu esta edição no build 17713 do Windows 10 Preview, que teve suas ISOs disponibilizadas para os participantes do Windows Insider Program no dia 31 de julho. O possível lançamento desta nova edição ainda não foi confirmado oficialmente pela Microsoft.

Suposta nova edição do Windows 10 Enterprise é a Windows 10 Enterprise for Remote Sessions:

Rumor: Microsoft pode lançar uma nova edição do Windows 10 Enterprise
Win10enterpriseremote 02Fontes e Direitos Autorais: Twitter – Tero Alhonen – https://twitter.com/teroalhonen/status/1024574682463449093

Microsoft SQL Server Management Studio 17.8 liberado


Em anuncio oficial, A Microsoft apresentou em seu blog a nova versão do Microsoft SQL Server Management Studio 17.8, conhecida por muitos profissionais de tecnologia pela sigla SSMS.

O SSMS combina um amplo grupo de ferramentas gráficas com vários editores de script avançados para fornecer acesso para desenvolvedores e administradores de todos os níveis de conhecimento ao SQL Server, além disso, através desta ferramenta você vai encontrar um ambiente totalmente integrado com os mais diversos serviços e recursos existentes no Microsoft SQL Server.

Vale ressaltar que desde a versão 2016 do Microsoft SQL Server, o time de engenheiros e desenvolvedores da Microsoft, decidiram superar a dependência do Management Studio da versão do SQL Server, sendo assim, deste então independente da versão do Microsoft SQL Server instalado é possível utilizar e instalar versões superiores ou não do Management Studio, tornando-se então um novo produto independente do SQL Server.

A partir da versão 17, o Microsoft SQL Server Management Studio apresenta um novo ícone que faz referência a esta ferramenta substituindo justamente o ícone utilizado pelas versões anteriores do Management Studio específicos de cada versão do Microsoft SQL Server.

A Figura 1 abaixo apresenta este novo ícone:

Figura 1 – Novo ícone utilizado pelo Microsoft SQL Server Management Studio a partir da versão 17.

Para realizar download do Microsoft SQL Server Management Studio 17.8, utilize um dos links apresentados abaixo:

Download SQL Server Management Studio 17.8

Download SQL Server Management Studio 17.8 Upgrade Package (upgrades 17.x to 17.8)

Após a instalação desta nova versão o Microsoft SQL Server Management Studio terá sua número de versão evoluído para: 17.8 e seu release build para: 14.0.17276.0. Dentre os bugs e melhorias implementadas nesta nova versão a Microsoft destaca correções específicas para editor de querys, nova interface para scripts e suporte a propriedade AUTOGROW_ALL_FILES, entre outras inovações.

Caso queira saber mais sobre esta versão, sua lista de correções e melhorias, acesse: https://docs.microsoft.com/en-us/sql/ssms/download-sql-server-management-studio-ssms?view=sql-server-2017

Esta nova versão do SSMS 17.8 esta disponível para as versões do Mirosoft SQL Server versão 2008 até 2017, é compatível com as versões 64 bits do Windows 7, Windows 8/8.1, Windows 10, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012, Windows Server 2012 R2 e Windows Server 2016 e também suporta o SQL Analysis Service PaaS.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft – Docs SQL Tools SQL Server Management Studio (SSMS) – 21/06/2018.

Nova versão do Microsoft SQL Server Data Tools para Visual Studio 2017


O Microsoft SQL Server Data Tools v15.7.0 é uma ferramenta de desenvolvimento moderna disponível gratuitamente pela Microsoft, que permite o desenvolvimento de bancos de dados relacionais do SQL Server, bancos de dados SQL do Azure, projetos de integração de dados através do Integration Services, projetos e modelos de dados do Analysis Services e relatórios do Reporting Services.

Através do SQL Server Data Tools, você pode criar e implementar qualquer projeto relacionado ao Microsoft SQL Server com a mesma facilidade com que desenvolve um aplicativo no Visual Studio.

Caso deseje instalar o SQL Server Data Tools de forma integrada ao Visual Studio, selecione o setup de instalação do Visual Studio 2017 a opção Data Storage and Processing, conforme apresenta a Figura 1 abaixo:

Sql Dt 157 02Figura 1 – Instalação do SSDT de forma integrada com o Visual Studio 2017.

Você pode também instalar esta nova versão do SSDT em seu ambiente, mesmo que uma instância do Visual Studio 2017 esteja instalada, logo após a iniciação do setup do instalação, o instalador do SSDT irá identificar se já existe uma instância do Visual Studio instalada em seu máquina, como também, lhe permitira realizar uma nova instalação de acordo com o conjunto de serviços a serem escolhidos.

O SQL Server Data Tools v15.7.0 para Visual Studio 2017 está disponível para download aqui, o mesmo é compatível com as versões Windows 7 SP1, Windows 8.1, Windows 10, Windows Server 2012 R2 e Windows Server 2016, para os seguintes idiomas:

Chinês (República Popular da China) | Chinês (Taiwan) | Inglês (Estados Unidos) | Francês | Alemão | Italiano | Japonês | Coreano | Português (Brasil) | Russo | Espanhol.

O changelog publicado pela Microsoft, destaca que a versão 15.7.0 do SQL Server Data Tools para Visual Studio 2017 apresenta diversas correções para múltiplos bugs.

A lista de problemas apresentados no changelog, inclui entre os mais diversos bugs um em específico que afeta o SSIS Execute Package Task, fazendo que esta funcionalidade não suporte a depuração quando o valor do parâmetro ExecuteOutOfProcess quando o mesmo esta configurado como  como True.

Para maiores informações sobre o SQL Server Data Tools podem ser encontradas através do link: https://docs.microsoft.com/en-us/sql/ssdt/download-sql-server-data-tools-ssdt?view=sql-server-2017#ssdt-for-vs-2017-standalone-installer

Observação: Segundo a documentação Microsoft, antes de realizar o processo de instalação do SQL Server Data Tools v15.7.0 para Visual Studio 2017, desinstale as extensões “Projetos do Microsoft Analysis Services” e “Projetos do Microsoft Reporting Services”, caso eles já estejam instalados no Visual Studio 2017.

Além disso, é obrigatório que nenhuma instância do Visual Studio encontre-se em execução durante o processo de instalação.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft – Docs SQL SSDT (SQL Server Data Tools).

Windows 10 IoT Core Services, nova versão do Windows 10 para dispositivos inteligentes


A Microsoft anunciou durante a Computex 2018, evento realizado nos últimos dias uma nova edição do Windows 10 para dispositivos inteligentes, a Windows 10 IoT Core Services.

Microsoft anuncia nova edição do Windows 10, a Windows 10 IoT Core ServicesEm seu anúncio a Microsoft destaca que esta nova edição do Windows 10 foi desenhada e otimizada para criação de dispositivos IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas) inteligentes.

Além do Windows 10 IoT Core, que é gratuito, a Microsoft também apresentou o Windows 10 IoT Core Services versão paga voltada para dispositivos IoT. A versão gratuita continuará sendo oferecida através do canal Semi-Annual Channel (SAC).

Já a versão paga será oferecida através do canal Long-Term Servicing Channel (LTSC) e terá 10 anos de suporte. No canal LTSC, novas versões são lançadas normalmente a cada dois ou três anos.

Ela também terá controle de atualizações com o novo Device Update Center (DUC), segurança comprovada por hardware com o Device Health Attestation (DHA) e mais. O DHA permite que empresas e fabricantes avaliem a confiabilidade de um dispositivo IoT durante sua inicialização.

Esta nova edição está sendo testada por um número limitado de participantes. Empresas e fabricantes interessadas em testá-la podem entrar em contato via iotservices@microsoft.com.

A Microsoft ainda não definiu uma data oficial de lançamento desta versão, mas ressalta que uma versão Preview “pública” será disponibilizada em julho de 2018.

Fontes e Direitos Autorais: Windows Blogs – – 05/06/2018 – https://blogs.windows.com/windowsexperience/2018/06/05/windows-10-iot-tomorrows-iot-today/

Ferramenta de verificação e remoção de Malware – Microsoft Safety Scanner recebe novas atualizações


A Microsoft disponibilizou nesta última segunda – feira dia 28/05/2018 a nova versão para do Microsoft Safety Scanner, ferramenta de verificação projetada para localizar e remover malware de computadores com Windows.
Sua forma de uso é bastante simples, após o download basta realizar a execução do arquivo msert.exe, o qual será realizado um simples processo de instalação, logo na sequência a ferramenta apresentará a tela para selecionar uma das três formas de varredura e verificação de malwares.

O Safety Scanner realiza o processo de varredura e verificação de forma manual, além disso, seu período de validade e utilização após a instalação é limitado para 10 dias. A Microsoft recomenda que você sempre baixe a versão mais recente dessa ferramenta antes de cada verificação.

Para realizar o download, acesse: https://www.microsoft.com/en-us/wdsi/products/scanner#, de forma automática será lhe apresentada a versão de acordo com a arquitetura do seu sistema operacional, disponível para versões 32 e 64 bits.
O Microsoft Safety Scanner pode ser utilizado em versões do:
  • Windows 10,
  • Windows 8 ou 8.1,
  • Windows 7,
  • Windows Server 2016,
  • Windows Server 2012 R2,
  • Windows Server 2012,
  • Windows Server 2008 R2, e
  • Windows Server 2008.
Microsoft Safety Scanner – 1.0.3001.0:
Fontes e Direitos Autorais: Windows Defender Security Intelligence – 28/05/2018.

Microsoft disponibiliza para download Remote Server Administration Tools para Windows 10 v1803


A Microsoft disponibilizou para download no último dia 30 de abril a versão 1.0 do Remote Server Administration Tools para Windows 10 v1803 (o Windows 10 April 2018 Update).

Conhecido como um conjunto de ferramentas que inclui o Gerenciador do Servidor, os snap-ins do MMC (Microsoft Management Console), os consoles, os provedores e os cmdlets do Windows PowerShell, além de ferramentas da linha de comando para o gerenciamento de funções e recursos executados no Windows Server.

O RSAT para Windows 10 v1803 pode ser instalado somente em computadores executando a versão completa do Windows 10 Professional v1803 x86 e x64, Windows 10 Enterprise v1803 x86 e x64 ou Windows 10 Education v1803 x86 e x64.

Vale ressaltar que esta nova versão do RSAT não pode ser instalado no Windows RT, computadores com arquitetura ARM (Computador Advanced RISC) ou outros dispositivos com sistema em chip, incluindo suporte para gerenciamento remoto de computadores que executam a opção de instalação Server Core (sem interface gráfica) do Windows Server.

Utilize a figura abaixo para realizar o download Remote Server Administration Tools para Windows 10 v1803:

Além dos arquivos disponíveis para Windows 10 v1803, estão presentes arquivos para versões do Windows 10 1709 e Windows Server 2016, conforme apresenta a Figura 1:

Figura 1 – Relação de arquivos disponíveis para download do RSAT para Windows 10 e Windows Server 2016.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft – Download Center.

Microsoft lança Windows Commands Reference guia oficial de comandos para Windows


A Microsoft disponibilizou nos últimos dias o guia Windows Commands Reference, o qual pode ser feito o download de forma livre, sendo um documento que apresenta a lista todos os comandos que podem ser usados via prompt no Windows, desde a versão 8.1.

As informações contidas no guia se aplicam aos seguintes sistemas operacionais:

– Windows Server (Semi-Annual Channel);
– Windows Server 2016;
– Windows Server 2012 R2;
– Windows Server 2012;
– Windows Server 2008 R2;
– Windows Server 2008;
– Windows 10; e
– Windows 8.1.

Além de listar os comandos e suas opções, o guia também oferece dicas para personalizar o Prompt de Comando no Windows.

Microsoft disponibiliza guia Windows Commands Reference
Além de listar os comandos e suas opções, o guia também oferece dicas para personalizar o Prompt de Comando no Windows

Realize o download do guia Windows Commands Reference

O guia disponibilizado pela Microsoft tem 948 páginas, está disponível somente em inglês e no formato PDF. Usuários e profissionais de TI interessados podem fazer o download clicando no botão abaixo:

Para realizar o download clique na imagem abaixo:

Fontes e direitos autorais: Microsoft Download Center.

Microsoft SQL Server Migration Assistant v7.7 disponível para download


A Microsoft disponibilizou para download no início desta semana o Microsoft SQL Server Migration Assistant v7.7.

Nova versão da ferramenta utilização para migração de dados entre diversas fontes, dentre elas MySQL, SAP Adaptive Server Enterprise (ex-Sybase), Oracle Database, IBM DB2 e Access, o Microsoft SQL Server Migration Assistant é uma ferramenta gratuita que simplifica o processo de migração destes produtos para o SQL Server e Azure SQL. A ferramenta automatiza todos os aspectos da migração. A versão 7.7 inclui o suporte para:

– Migração do MySQL 4.1 e posteriores para todas as edições do SQL Server 2008, SQL Server 2008 R2, SQL Server 2012, SQL Server 2014, SQL Server 2016, SQL Server 2017 e Azure SQL DB.

– Migração do Access 97 e posteriores para todas as edições do SQL Server 2012, SQL Server 2014, SQL Server 2016, SQL Server 2017 e Azure SQL DB.

– Migração do SAP Adaptive Server Enterprise (ex-Sybase) 11.9 e posteriores para todas as edições do SQL Server 2008, SQL Server 2008 R2, SQL Server 2012, SQL Server 2014, SQL Server 2016, SQL Server 2017 e Azure SQL DB.

– Migração do Oracle Database 9.0 e posteriores para todas as edições do SQL Server 2008, SQL Server 2008 R2, SQL Server 2012, SQL Server 2014, SQL Server 2016, SQL Server 2017, Azure SQL DB e Azure SQL Data Warehouse.

– Migração do IBM DB2 9.0 e 10.0 no z/OS e das versões 9.7 e 10.1 no Linux/Unix/Windows para o SQL Server 2012, SQL Server 2014, SQL Server 2016, SQL Server 2017 e Azure SQL DB.

Microsoft SQL Server Migration Assistant v7.7

Download da versão 7.7 para MySQL
Download da versão 7.7 para Access
Download da versão 7.7 para SAP Adaptive Server Enterprise (ex-Sybase)
Download da versão 7.7 para Oracle Database
Download da versão 7.7 para IBM DB2

O Microsoft SQL Server Migration Assistant v7.7 é compatível com o Windows 10, Windows 7, Windows 8, Windows 8.1, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012, Windows Server 2012 R2 e Windows Server 2016. Ele também requer o .NET Framework 4.5.2 ou posterior.

As páginas de download também listam alguns requisitos específicos, como MySQL Connector/ODBC e SAP ASE OLEDB/ADO.Net/ODBC provider.

Fontes e Direitos Autorais: https://www.microsoft.com/en-us – 27/02/2018.

Conferência Build 2018 realizada pela Microsoft será em Maio


A Microsoft ainda não divulgou os detalhes da conferência Build 2018, a nova edição do seu evento anual para desenvolvedores e profissionais de tecnologia. No post publicado no dia 06/02 por Mehedi Hassan  a data de realização do evento foi divulgada. A nova edição da conferência será realizada de 7 a 9 de maio em Seattle, nos Estados Unidos. Mais informações sobre a conferência Build 2018 serão publicadas em breve pela empresa no site https://build.microsoft.com/.

A edição de 2018 da conferência deve abordar a próxima grande atualização do Windows 10, codinome Redstone 4, e outras novidades para os desenvolvedores com foco em Azure, IA (Inteligência Artificial), IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas), Visual Studio e mais.

Assim como ocorreu com a edição de 2017, a conferência deste ano também deverá ser transmitida ao vivo.

Conferência Build 2018 será realizada em maio pela MicrosoftFontes e Direitos Autorais: https://www.thurrott.com – 06/02/2018 – Mehedi Hassan.