Arquivo da tag: Windows Defender Security Intelligence

Ferramenta de verificação e remoção de Malware – Microsoft Safety Scanner recebe novas atualizações


A Microsoft disponibilizou nesta última segunda – feira dia 28/05/2018 a nova versão para do Microsoft Safety Scanner, ferramenta de verificação projetada para localizar e remover malware de computadores com Windows.
Sua forma de uso é bastante simples, após o download basta realizar a execução do arquivo msert.exe, o qual será realizado um simples processo de instalação, logo na sequência a ferramenta apresentará a tela para selecionar uma das três formas de varredura e verificação de malwares.

O Safety Scanner realiza o processo de varredura e verificação de forma manual, além disso, seu período de validade e utilização após a instalação é limitado para 10 dias. A Microsoft recomenda que você sempre baixe a versão mais recente dessa ferramenta antes de cada verificação.

Para realizar o download, acesse: https://www.microsoft.com/en-us/wdsi/products/scanner#, de forma automática será lhe apresentada a versão de acordo com a arquitetura do seu sistema operacional, disponível para versões 32 e 64 bits.
O Microsoft Safety Scanner pode ser utilizado em versões do:
  • Windows 10,
  • Windows 8 ou 8.1,
  • Windows 7,
  • Windows Server 2016,
  • Windows Server 2012 R2,
  • Windows Server 2012,
  • Windows Server 2008 R2, e
  • Windows Server 2008.
Microsoft Safety Scanner – 1.0.3001.0:
Fontes e Direitos Autorais: Windows Defender Security Intelligence – 28/05/2018.
Anúncios

Windows Defender terá suporte e proteção contra softwares que exibem mensagens coercivas


A Microsoft anunciou nesta semana no blog Microsoft Security que o Windows Defender passará a oferecer proteção contra softwares que exibem mensagens coercivas.

A partir de 1 de março de 2018, o antivírus do Windows 10 e outras soluções de segurança da Microsoft passarão a classificar programas que exibem mensagens coercivas como “softwares indesejados” que serão detectados e removidos. A Microsoft classifica como ”coercivas” mensagens alarmantes e/ou exageradas exibidas por programas como otimizadores e limpadores de sistemas supostamente gratuitos que visam intimidar o usuário para que ele compre uma versão “Premium” de tal programa para que o problema encontrado seja resolvido, por exemplo.

Desenvolvedores que não quiserem que seus programas sejam detectados como indesejados podem enviar amostras para análise através do portal Windows Defender Security Intelligence.

Se for necessário que o desenvolvedor faça alguma alteração no programa, a Microsoft o notificará sobre isso após a análise.

Windows Defender oferecerá proteção contra softwares que exibem mensagens coercivas
Windows Defender no Windows 10 Fall Creators Update –  A partir de 1 de março ele passará a oferecer proteção contra softwares que exibem mensagens coercivas.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft Secure –  – 30/01/2018.