Ferramenta de verificação e remoção de Malware – Microsoft Safety Scanner recebe novas atualizações


A Microsoft disponibilizou nesta última segunda – feira dia 28/05/2018 a nova versão para do Microsoft Safety Scanner, ferramenta de verificação projetada para localizar e remover malware de computadores com Windows.
Sua forma de uso é bastante simples, após o download basta realizar a execução do arquivo msert.exe, o qual será realizado um simples processo de instalação, logo na sequência a ferramenta apresentará a tela para selecionar uma das três formas de varredura e verificação de malwares.

O Safety Scanner realiza o processo de varredura e verificação de forma manual, além disso, seu período de validade e utilização após a instalação é limitado para 10 dias. A Microsoft recomenda que você sempre baixe a versão mais recente dessa ferramenta antes de cada verificação.

Para realizar o download, acesse: https://www.microsoft.com/en-us/wdsi/products/scanner#, de forma automática será lhe apresentada a versão de acordo com a arquitetura do seu sistema operacional, disponível para versões 32 e 64 bits.
O Microsoft Safety Scanner pode ser utilizado em versões do:
  • Windows 10,
  • Windows 8 ou 8.1,
  • Windows 7,
  • Windows Server 2016,
  • Windows Server 2012 R2,
  • Windows Server 2012,
  • Windows Server 2008 R2, e
  • Windows Server 2008.
Microsoft Safety Scanner – 1.0.3001.0:
Fontes e Direitos Autorais: Windows Defender Security Intelligence – 28/05/2018.
Anúncios

Windows Server 2019 – Preview da nova versão do sistema operacional para servidores liberada


O tão aguardado anúncio sobre a nova versão do Windows Server, sistema operacional para servidores da Microsoft foi realizado ontem, conforme as informações publicadas oficialmente pelo

Preview version – Build 17623

Uma versão Preview, build 17623, já está disponível para os participantes do Windows Insider Program e do Windows Insider Program for Business. Vale ressaltar que esta nova versão será oferecida através do Long-Term Servicing Channel (LTSC).

Diferente do Windows Server oferecido via Semi-Annual Channel, que inclui apenas o Server Core, o Windows Server 2019 incluirá a experiência de desktop completa e o Server Core será uma opção.

A versão 2019 do sistema operacional da Microsoft para servidores incluirá melhorias no suporte para cenários de nuvem híbrida, suporte para o Windows Defender Advanced Threat Protection (ATP) e outras novidades.

Microsoft: Windows Server 2019 será lançado no segundo semestre de 2018Figura 1 – Nova logomarca do Windows Server 2019.

As figuras abaixo destacam um pouco das novidades e novas funcionalidades adicionadas ao Windows Server 2019.

Figura 2 – Painel de gerenciamento do projeto Honolulu para backup Azure no Windows Server 2019 Preview.

Figure 3: Windows Defender ATP protegendo uma máquina executando o Windows Server 2019 Preview.

Figure 4: Kubernetes gerenciando um host de contêiner executando o Windows Server 2019 Preview.

Figure 5: O painel de gerenciamento Hyper-convergido da infraestrutura do Project Honolulu (HCI) no Windows Server 2019 Preview.

Vale ressaltar que a data oficial de lançamento ainda não foi apresentada, mas segundo este anúncio a lançamento oficial deverá ocorrer no segundo semestre de 2018.

Para maiores informações acesse:  https://cloudblogs.microsoft.com/windowsserver/2018/03/20/introducing-windows-server-2019-now-available-in-preview/

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft – Windows Server Blog – 20/03/2018.

Windows Defender terá suporte e proteção contra softwares que exibem mensagens coercivas


A Microsoft anunciou nesta semana no blog Microsoft Security que o Windows Defender passará a oferecer proteção contra softwares que exibem mensagens coercivas.

A partir de 1 de março de 2018, o antivírus do Windows 10 e outras soluções de segurança da Microsoft passarão a classificar programas que exibem mensagens coercivas como “softwares indesejados” que serão detectados e removidos. A Microsoft classifica como ”coercivas” mensagens alarmantes e/ou exageradas exibidas por programas como otimizadores e limpadores de sistemas supostamente gratuitos que visam intimidar o usuário para que ele compre uma versão “Premium” de tal programa para que o problema encontrado seja resolvido, por exemplo.

Desenvolvedores que não quiserem que seus programas sejam detectados como indesejados podem enviar amostras para análise através do portal Windows Defender Security Intelligence.

Se for necessário que o desenvolvedor faça alguma alteração no programa, a Microsoft o notificará sobre isso após a análise.

Windows Defender oferecerá proteção contra softwares que exibem mensagens coercivas
Windows Defender no Windows 10 Fall Creators Update –  A partir de 1 de março ele passará a oferecer proteção contra softwares que exibem mensagens coercivas.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft Secure –  – 30/01/2018.

Microsoft corrige ameaça e vulnerabilidade no Malware Protection Engine


A Microsoft disponibilizou nesta semana uma correção de emergência para uma vulnerabilidade no Malware Protection Engine.

Se explorada com sucesso, esta vulnerabilidade pode permitir que um criminoso tome o controle completo do PC do usuário.

Para quem não sabe, o Malware Protection Engine é utilizado por soluções de segurança da Microsoft como o Windows Defender, Microsoft Security Essentials, Microsoft Intune Endpoint Protection e o Forefront Endpoint Protection.

Ele também afeta o Exchange Server 2013 e 2016, Windows 7, Windows 8.1, Windows RT 8.1, Windows 10 e o Windows Server 2016.

Microsoft corrige vulnerabilidade no Malware Protection EngineIdentificada como CVE-2017-11937, esta vulnerabilidade no Malware Protection Engine pode ser explorada quando o usuário verifica um arquivo malicioso especialmente criado.

A exploração bem sucedida da vulnerabilidade pode permitir que um criminoso execute códigos maliciosos e tome o controle do computador do usuário.

A correção é instalada automaticamente. Nenhuma ação do usuário é necessária.

A versão afetada pela vulnerabilidade é a 1.1.14306.0 e a correção está disponível com a versão 1.1.14405.2.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft | TechNet | Security TechCenter – 08/12/2017 – https://portal.msrc.microsoft.com/en-US/security-guidance