Microsoft Virtual Academy – Novo treinamento sobre noções básicas do Windows Server 2016


Nos últimos dias a Microsoft adicionou a sua biblioteca de cursos on-line disponibilizados no Microsoft Virtual Academy, um novo curso dedicado exclusivamente ao Windows Server 2016, trata-se do curso de Noções Básicas, focado em profissionais, estudantes e entusiastas que querem conhecer um pouco mais sobre o sistema operacional da Microsoft utilizado em servidores.

A Microsoft Virtual Academy (ou MVA) oferece treinamento online da Microsoft realizado por especialistas para ajudar os tecnólogos a aprender constantemente, com centenas de cursos em múltiplos idiomas. A MVA é gratuita e o serviço inteiro é hospedado no Microsoft Azure. Além dos treinamentos, ela também oferece para download diversos ebooks gratuitos.

O treinamento é dividido em seis módulos que apresentam a versão 2016 do Windows Server, que foi lançada em setembro de 2016 durante a conferência Ignite e disponibilizada oficialmente em outubro do mesmo ano.

O Treinamento

O primeiro módulo centra-se na instalação do novo sistema operacional e na comparação da funcionalidade de diferentes versões.

No segundo módulo, são apresentadas as novas funções na área de identidade. O terceiro módulo apresenta os novos recursos da rede.

O módulo 4 fornece uma visão geral dos novos recursos e melhorias na memória. No quinto módulo, são apresentadas as novas funções no campo da virtualização. Após uma pequena introdução ao Hyper-V, também é mostrado como criar e configurar máquinas virtuais.

No último módulo, a Microsoft aborda os contêineres que fornecem uma extensão da virtualização.

Treinamento gratuito: Noções básicas sobre o Windows Server 2016
O treinamento é dividido em seis módulos que apresentam a versão 2016 do Windows Server, que foi lançada em setembro de 2016 durante a conferência Ignite e disponibilizada oficialmente em outubro do mesmo ano

Módulos do treinamento gratuito Noções básicas sobre o Windows Server 2016:

01 | Introdução ao Windows Server 2016
O primeiro módulo se concentra na instalação do novo sistema operacional e na comparação da funcionalidade de diferentes versões.

02 | Serviços de diretório do Windows Server 2016
No segundo módulo, são apresentadas as novas funções no campo da identidade.

03 | Serviços de rede no Windows Server 2016
No terceiro módulo você receberá uma introdução às novas funções na rede.

04 | Soluções de armazenamento do Windows Server 2016
Este módulo fornece uma visão geral dos novos recursos e melhorias de memória.

05 | Virtualização do Windows Server 2016
No quinto módulo são apresentadas as novas funções no campo da virtualização.

06 | Windows Server 2016 Container Basics
O último módulo tem como foco os contêineres.

Para maiores informações e acesso ao treinamento clique aqui.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft.com – 05/02/2018.

Anúncios

Microsoft SQL Server Data Tools v15.5.1 para Visual Studio 2017 disponível


O SQL Server Data Tools v15.5.1 é uma ferramenta de desenvolvimento moderna que você pode baixar gratuitamente para criar bancos de dados relacionais do SQL Server, bancos de dados SQL do Azure, pacotes do Integration Services, modelos de dados do Analysis Services e relatórios do Reporting Services.

Com o SSDT, você pode projetar e implantar qualquer tipo de conteúdo do SQL Server com a mesma facilidade com que desenvolve um aplicativo no Visual Studio.

O SQL Server Data Tools v15.5.1 para Visual Studio 2017 está disponível para download aqui e é compatível com o Windows 7 SP1, Windows 8.1, Windows 10, Windows Server 2012 R2 e Windows Server 2016.

SQL Server Data Tools v15.5.1 para Visual Studio 2017Esta versão do SSDT pode ser instalada nos seguintes idiomas:

Chinês (República Popular da China) | Chinês (Taiwan) | Inglês (Estados Unidos) | Francês | Alemão | Italiano | Japonês | Coreano | Português (Brasil) | Russo | Espanhol

De acordo com o changelog, esta versão traz a correção de um problema no qual o instalador trava na pós-instalação do SQL Server Integration Services e a correção de um problema no qual a instalação falha com a seguinte mensagem de erro: “Não há suporte para a operação de metarquivo solicitada (0x800707D3)”.

IMPORTANTE: Antes de instalar o SSDT v15.5.1 para Visual Studio 2017, desinstale as extensões “Projetos do Microsoft Analysis Services” e “Projetos do Microsoft Reporting Services”, caso eles já estejam instalados no VS 2017 e feche todas as instâncias do VS.

Mais informações sobre o SQL Server Data Tools podem ser encontradas aqui. Ele também possui uma versão para o Visual Studio 2015.

Fontes e Direitos Autorais: https://docs.microsoft.com/pt-br/sql/ssdt/changelog-for-sql-server-data-tools-ssdt

Microsoft corrige ameaça e vulnerabilidade no Malware Protection Engine


A Microsoft disponibilizou nesta semana uma correção de emergência para uma vulnerabilidade no Malware Protection Engine.

Se explorada com sucesso, esta vulnerabilidade pode permitir que um criminoso tome o controle completo do PC do usuário.

Para quem não sabe, o Malware Protection Engine é utilizado por soluções de segurança da Microsoft como o Windows Defender, Microsoft Security Essentials, Microsoft Intune Endpoint Protection e o Forefront Endpoint Protection.

Ele também afeta o Exchange Server 2013 e 2016, Windows 7, Windows 8.1, Windows RT 8.1, Windows 10 e o Windows Server 2016.

Microsoft corrige vulnerabilidade no Malware Protection EngineIdentificada como CVE-2017-11937, esta vulnerabilidade no Malware Protection Engine pode ser explorada quando o usuário verifica um arquivo malicioso especialmente criado.

A exploração bem sucedida da vulnerabilidade pode permitir que um criminoso execute códigos maliciosos e tome o controle do computador do usuário.

A correção é instalada automaticamente. Nenhuma ação do usuário é necessária.

A versão afetada pela vulnerabilidade é a 1.1.14306.0 e a correção está disponível com a versão 1.1.14405.2.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft | TechNet | Security TechCenter – 08/12/2017 – https://portal.msrc.microsoft.com/en-US/security-guidance

Project Honolulu Technical Preview v1711 build 15002


A Microsoft anunciou em seu blog Server Management Experience a disponibilidade no TechNet Evaluation Center do Project Honolulu Technical Preview v1711 build 15002.

Project Honolulu Technical Preview v1711 build 15002

Disponível para download aqui, o Project Honolulu é uma experiência flexível e instalada localmente que possibilita o gerenciamento do Windows Server usando o navegador.

Com ele você pode substituir diversas soluções de gerenciamento e configuração, como snap-ins do Microsoft Management Console, o Server Manager do Windows Server, o Gerenciador de Tarefas e etc.

O Project Honolulu Technical Preview v1711 build 15002 pode ser instalado no Windows 10, no Windows Server 2016 e no Windows Server Technical Preview. As instruções para instalação e requisitos estão disponíveis através do link: https://docs.microsoft.com/en-us/windows-server/manage/honolulu/deployment-guide

Quem já tem o Honolulu instalado verá uma notificação “Update available” em sua página inicial indicando que a atualização está disponível.

As novidades neste build incluem uma nova ferramenta Remote Desktop, melhorias na performance da interface e mais.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft | TechNet – 07/12/2017 – https://blogs.technet.microsoft.com/servermanagement/2017/12/07/1711-update-to-project-honolulu-technical-preview-is-now-available/

Microsoft pode lançar novas versões do Windows 10 e do Windows Server 2016


De acordo com rumores recentes, a Microsoft pode estar planejando lançar novas versões do Windows 10 e do Windows Server 2016 ainda este ano.

Novas versões do Windows 10 e do Windows Server 2016

Referências ao Windows 10 Pro for Advanced PCs e Windows 10 Pro N for Advanced PCs e ao Windows Server 2016 ServerRdsh foram supostamente encontradas no 16212 do Windows 10, um build interno que foi liberado por engano por alguns minutos via Windows Insider Program.

Segundo os rumores, a Windows 10 Pro for Advanced PCs pode vir a se chamar Windows 10 Pro for Workstations. Um suposto documento vazado com o nome também apareceu na Web. Já a versão N seria voltada para o mercado europeu.

Rumor: Microsoft pode lançar novas versões do Windows 10 e do Windows Server 2016

De acordo com a suposta documentação, o novo Windows 10 deve ser voltado para o mercado corporativo e deverá suportar até quatro processadores e 6TB de memória RAM.

Pouco se sabe sobre a nova versão do Windows Server 2016, mas o ServerRdsh no nome é Remote Desktop Session Host.

É importante destacar que a Microsoft ainda não confirmou oficialmente as informações acima.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – 

Treinamento gratuito: Virtualização no Windows Server 2016

A Microsoft disponibilizou nesta semana em sua Virtual Academy um treinamento gratuito sobre virtualização no Windows Server 2016.
A Microsoft Virtual Academy (ou MVA) oferece treinamento online da Microsoft realizado por especialistas para ajudar os tecnólogos a aprender constantemente, com centenas de cursos em múltiplos idiomas.
A MVA é gratuita e o serviço inteiro é hospedado no Microsoft Azure. Além dos treinamentos, ela também oferece para download diversos ebooks gratuitos.


Este treinamento sobre virtualização no Windows Server 2016 aborda o Hyper-V e seus novos recursos, o novo Nano Server, recursos de segurança, melhorias na escalabilidade e muito mais.

Sobre o Nano Server, você verá como ele pode ser usado como um host do Hyper-V e conhecerá suas opções de configuração, implantação e gerenciamento.

Confira o treinamento gratuito sobre virtualização no Windows Server 2016 clicando aqui.

Treinamento gratuito: Virtualização no Windows Server 2016

Windows Server 2016

O Windows Server 2016 inclui o Nano Server, anunciado no dia 8 de abril. De acordo com a Microsoft, o novo modo Nano Server do Windows Server 2016 oferece uma opção que permitirá a execução do sistema operacional com o mínimo de componentes possível.

Este modo, menor que o atual Server Core, traz apenas componentes essenciais (Hyper-V, Clustering, Networking, Storage, .Net, Core CLR) – e nada de interface gráfica. O modo Nano Server é totalmente otimizado para a nuvem e também suporta os Windows Server/Hyper-V Containers.

Falando nos Containers, o Windows Server 2016 Technical Preview 3 finalmente trouxe o suporte para os Windows Server Containers. Este novo método de implantação oferece um novo nível de isolamento antes reservado apenas para máquinas físicas dedicadas ou para máquinas virtuais, enquanto mantém a experiência eficiente e ágil com integração com a plataforma Docker.

Os Containers se certificarão de que o código executado em um contêiner permaneça isolado e não cause impacto negativo no sistema operacional host ou em outros contêineres presentes no mesmo host.

O Windows Server 2016 também traz suporte para Storage Replica e outras novidades.

A versão de testes mais recente do sistema operacional é a Technical Preview 3. Faça o download aqui.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com e MVA – Microsoft Virtual Academy – http://www.microsoftvirtualacademy.com/

MICROSOFT ANUNCIA NOVO MODO NANO SERVER DO WINDOWS SERVER 2016


A Microsoft anunciou hoje no blog do Windows Server o novo modo Nano Server do Windows Server 2016 e o suporte para Hyper-V Containers.

O lançamento do novo sistema operacional para servidores está previsto para 2016 e a próxima versão de testes será disponibilizada para download em maio.

NOVO MODO NANO SERVER DO WINDOWS SERVER 2016

De acordo com a Microsoft, o novo modo Nano Server do Windows Server 2016 oferecerá uma opção que permitirá a execução do sistema operacional com o mínimo de componentes possível.

Este modo, menor que o atual Server Core, trará apenas componentes essenciais (Hyper-V, Clustering, Networking, Storage, .Net, Core CLR) – e nada de interface gráfica.

O modo Nano Server é totalmente otimizado para a nuvem e também suportará os Hyper-V Containers.

Ainda não é certeza se o novo modo estará presente no build que será disponibilizado em maio.

HYPER-V CONTAINERS

Além de anunciar o novo modo Nano Server do Windows Server 2016, a Microsoft também anunciou o suporte para Hyper-V Containers.

Este novo método de implantação oferece um novo nível de isolamento antes reservado apenas para máquinas físicas dedicadas ou para máquinas virtuais, enquanto mantém a experiência eficiente e ágil com integração com a plataforma Docker.

Os Hyper-V Containers se certificarão de que o código executado em um contêiner permaneça isolado e não cause impacto negativo no sistema operacional host ou em outros contêineres presentes no mesmo host.

Microsoft anuncia novo modo Nano Server do Windows Server 2016Embora os Hyper-V Containers ofereçam uma opção adicional de implantação além dos Windows Server Containers e das máquinas virtuais do Hyper-V, você poderá implementá-los usando as mesmas ferramentas de desenvolvimento, programação e gerenciamento.

Além disso, as aplicações desenvolvidas para os Windows Server Containers podem ser implementadas como Hyper-V Containers sem precisar de modificações.

Os Hyper-V Containers serão demonstrados pela Microsoft ao vivo durante a conferência BUILD, que será realizada de 29 de abril a 1 de maio de 2015.

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com – SID VICIOUS @ 8 ABR 2015 | 3:22 PM.