Microsoft SQL Server Data Tools v15.5.1 para Visual Studio 2017 disponível


O SQL Server Data Tools v15.5.1 é uma ferramenta de desenvolvimento moderna que você pode baixar gratuitamente para criar bancos de dados relacionais do SQL Server, bancos de dados SQL do Azure, pacotes do Integration Services, modelos de dados do Analysis Services e relatórios do Reporting Services.

Com o SSDT, você pode projetar e implantar qualquer tipo de conteúdo do SQL Server com a mesma facilidade com que desenvolve um aplicativo no Visual Studio.

O SQL Server Data Tools v15.5.1 para Visual Studio 2017 está disponível para download aqui e é compatível com o Windows 7 SP1, Windows 8.1, Windows 10, Windows Server 2012 R2 e Windows Server 2016.

SQL Server Data Tools v15.5.1 para Visual Studio 2017Esta versão do SSDT pode ser instalada nos seguintes idiomas:

Chinês (República Popular da China) | Chinês (Taiwan) | Inglês (Estados Unidos) | Francês | Alemão | Italiano | Japonês | Coreano | Português (Brasil) | Russo | Espanhol

De acordo com o changelog, esta versão traz a correção de um problema no qual o instalador trava na pós-instalação do SQL Server Integration Services e a correção de um problema no qual a instalação falha com a seguinte mensagem de erro: “Não há suporte para a operação de metarquivo solicitada (0x800707D3)”.

IMPORTANTE: Antes de instalar o SSDT v15.5.1 para Visual Studio 2017, desinstale as extensões “Projetos do Microsoft Analysis Services” e “Projetos do Microsoft Reporting Services”, caso eles já estejam instalados no VS 2017 e feche todas as instâncias do VS.

Mais informações sobre o SQL Server Data Tools podem ser encontradas aqui. Ele também possui uma versão para o Visual Studio 2015.

Fontes e Direitos Autorais: https://docs.microsoft.com/pt-br/sql/ssdt/changelog-for-sql-server-data-tools-ssdt

Anúncios

Microsoft Visual Studio 2017 v15.6 Preview 2 e Visual Studio for Mac Version 7.4 Preview disponíveis


A Microsoft anunciou a disponibilidade do Visual Studio 2017 v15.6 Preview 2. A versão Preview 1 original foi disponibilizada no dia 7 de dezembro de 2017.

De acordo com o changelog publicado aqui pela Microsoft, o Visual Studio 2017 v15.6 Preview 2 traz correções para múltiplos bugs, opções de depuração agora estão disponíveis para Embedded ARM GCC.

Esta nova versão Preview também traz uma extensa lista de melhorias no suporte para Visual C++, o instalador do Visual Studio foi melhorado e agora quando você instalá-lo pela primeira vez ou atualizá-lo via Web você verá um processo de instalação mais transparente:

Microsoft Visual Studio 2017 v15.6 Preview 2

O Preview 2 também inclui o suporte parta navegação por fontes descompiladas. Habilite isto acessando Tools > Options > Text Editor > C# > Advanced > Enable navigation to decompiled sources:

A lista completa com todas as novidades nesta versão Preview pode ser vista no link acima.

Desenvolvedores interessados podem fazer o download do Visual Studio 2017 v15.6 Preview 2 aqui ou podem utilizar o link fornecido na página com o changelog.

Fontes e Direitos Autorais: The Visual Studio Blog – 10/01/2018.

Microsoft libera o .Net Core v2.0.5


A Microsoft disponibilizou para download nesta semana o .NET Core v2.0.5. Esta versão pode ser utilizada para desenvolvimento via linha de comando, editor de texto, Visual Studio 2017, Visual Studio Code ou Visual Studio for Mac.

O .NET Core é uma versão modular, multiplataforma e open-source do .NET Framework. O SDK (kit para desenvolvimento de software) v2.1.4 e o .NET Core Runtime v2.0.5 para Windows estão disponíveis para download aqui.

Na mesma página é possível encontrar o .NET Core e outros downloads para Linux e macOS. Instruções para instalação em diferentes distribuições do Linux estão disponíveis no link acima.

Imagens da versão 2.0.5 do .NET Core também estão disponíveis no Docker Hub. Elas podem ser usadas no Linux e no Nano Server.

Microsoft disponibiliza o .NET Core v2.0.5
A Microsoft disponibilizou para download nesta semana o .NET Core v2.0.5. Esta versão pode ser utilizada para desenvolvimento via linha de comando, editor de texto, Visual Studio 2017, Visual Studio Code ou Visual Studio for Mac

Fontes e Direitos Autorais: Baboo.com –  11 jan 2018 | 9:42 am.

Visual Studio Mobile Center passa a se chamar Visual Studio App Center


A Microsoft confirmou nos últimos dias em seu no blog do Azure que o Visual Studio Mobile Center agora se chama Visual Studio App Center.

O que é o Visual Studio App Center?

O Visual Studio App Center é um conjunto de serviços baseados na nuvem com foco na criação e gerenciamento de aplicativos para dispositivos móveis.

De acordo com a Microsoft, o App Center foi criado para atender aplicativos criados para Windows, iOS e Android.

Benefícios do Visual Studio App Center

Crie aplicativos com maior frequência e mais rapidez
Elimine a dificuldade de criar aplicativos iOS, Android e Windows localmente. Ao conectar-se aos repositórios do GitHub, do Bitbucket ou do Visual Studio Team Services, você pode criar aplicativos automaticamente com cada solicitação de pull ou sob demanda e evitar o trabalho extra de gerenciar agentes de build.

Envie aplicativos de alta qualidade com confiança
Automatize testes de interface do usuário em milhares de dispositivos reais e em centenas de configurações na nuvem, usando estruturas populares como Appium, Espresso e XCUITest. Teste todas as possíveis interações com a interface do usuário e diagnostique bugs e problemas de desempenho sempre que você compilar, com relatórios detalhados de acompanhamento passo a passo, capturas de tela e logs.

Visual Studio Mobile Center agora se chama Visual Studio App Center
Implante em qualquer lugar com facilidade
Distribua seu aplicativo para testadores e usuários beta em iOS, Android, Windows e macOS a cada confirmação ou sob demanda. Envie diferentes builds para diferentes grupos de testadores e notifique-os por meio de atualizações no aplicativo. Quando estiver pronto, libere para a App Store, o Google Play e o Microsoft Intune.

Relatórios de falhas ricos em informações
Diagnostique problemas e monitore a integridade do seu aplicativo com recursos avançados, como agrupamento e gerenciamento inteligentes de falhas, depuração mais rápida com simbolização e relatórios de falhas detalhados. Seja notificado e corrija problemas conforme eles surgem.

Análise em tempo real
Aumente sua audiência concentrando-se no que importa, com informações e relatórios detalhados sobre sessões de usuário, principais dispositivos, versões de SO, análise comportamental e rastreadores de eventos para aplicativos iOS, Android, Windows e macOS. Crie facilmente eventos personalizados para acompanhar qualquer coisa, com análise de aplicativo extensiva.

Escolha somente os serviços que você precisa
Você tem sua própria solução de análise? Utiliza uma plataforma de distribuição beta diferente? Nenhum problema. Os SDKs e APIs de software livre permitem que você integre apenas os serviços do App Center que precisa.

Conheça mais sobre o Visual Studio App Center acessando: https://www.visualstudio.com/pt-br/app-center/

Fontes e Direitos Autorais: Mobile Center – https://www.visualstudio.com/pt-br/app-center/

Microsoft anuncia novas máquinas virtuais L Series v2 do Azure


Microsoft anunciou neste última terça-feira dia 05 a disponibilidade das novas máquinas virtuais L Series v2 do Azure equipadas com processadores AMD EPYC.

As novas máquinas virtuais são otimizadas para armazenamento e foram criadas para suportar cargas de trabalho como bancos de dados Cassandra, MongoDB e Cloudera que demandam altos níveis de I/O.

As máquinas virtuais utilizam o processador AMD EPYC 7551, que possui clock de 2.2GHz (podendo chegar a até 3.0GHz), possuem opções com até 64 processadores virtuais.

Empresas interessadas nas novas máquinas virtuais podem se registrar aqui.

Os processadores AMD EPYC foram lançados no final de junho deste ano. Confira mais detalhes aqui.

Novas máquinas virtuais L Series v2 com processadores AMD EPYC:

Microsoft anuncia máquinas virtuais L Series v2 do AzureFontes e Direitos Autorais: Microsoft Azure – 05/12/2017 – https://azure.microsoft.com/en-us/blog/announcing-the-lv2-series-vms-powered-by-the-amd-epyc-processor/

Project Honolulu Technical Preview v1711 build 15002


A Microsoft anunciou em seu blog Server Management Experience a disponibilidade no TechNet Evaluation Center do Project Honolulu Technical Preview v1711 build 15002.

Project Honolulu Technical Preview v1711 build 15002

Disponível para download aqui, o Project Honolulu é uma experiência flexível e instalada localmente que possibilita o gerenciamento do Windows Server usando o navegador.

Com ele você pode substituir diversas soluções de gerenciamento e configuração, como snap-ins do Microsoft Management Console, o Server Manager do Windows Server, o Gerenciador de Tarefas e etc.

O Project Honolulu Technical Preview v1711 build 15002 pode ser instalado no Windows 10, no Windows Server 2016 e no Windows Server Technical Preview. As instruções para instalação e requisitos estão disponíveis através do link: https://docs.microsoft.com/en-us/windows-server/manage/honolulu/deployment-guide

Quem já tem o Honolulu instalado verá uma notificação “Update available” em sua página inicial indicando que a atualização está disponível.

As novidades neste build incluem uma nova ferramenta Remote Desktop, melhorias na performance da interface e mais.

Fontes e Direitos Autorais: Microsoft | TechNet – 07/12/2017 – https://blogs.technet.microsoft.com/servermanagement/2017/12/07/1711-update-to-project-honolulu-technical-preview-is-now-available/

Suporte para Cosmos DB no Azure Storage Explorer já está disponível como Preview


A Microsoft anunciou na semana passada que o suporte para Cosmos DB no Azure Storage Explorer já está disponível como Preview.

Cosmos DB no Azure Storage Explorer

Com o suporte os bancos de dados Cosmos DB podem ser explorados e gerenciados com a mesma experiência de uso que torna o Azure Storage Explorer uma poderosa ferramenta para desenvolvedores que precisam gerenciar armazenamento no Azure.

Para quem não sabe, o Storage Explorer é um aplicativo autônomo que permite que você trabalhe facilmente com dados do Azure Storage no Windows, macOS e Linux.

O aplicativo fornece várias maneiras de se conectar às contas de armazenamento. Isso inclui se conectar a contas de armazenamento associadas às suas assinaturas do Azure, conectar-se às contas de contas de armazenamento e serviços compartilhados por outras assinaturas do Azure e até mesmo se conectar e gerenciar o armazenamento local usando o Emulador de Armazenamento do Azure.

Suporte para Cosmos DB no Azure Storage Explorer já está disponível como Preview
Azure Storage Explorer

O suporte para o Cosmos DB no Azure Storage Explorer permite que você gerencie entidades, manipule dados, crie e atualize ‘stored procedures’ e muito mais.

Para começar, faça o Azure Storage Explorer aqui para Windows, aqui para macOS ou aqui para Linux, confira aqui um artigo para saber mais sobre o Storage Explorer e utilize o manual para ver como gerenciar Cosmos DB no Azure Storage Explorer.

Uma demonstração do Cosmos DB no Storage Explorer está disponível aqui.


Fontes e Direitos Autorais: azure.microsoft.com – 09/11/2017.