DevOps e seus segredos obscuros

Empresas estão cada vez mais se voltando para o DevOps para apoiar as suas transformações digitais.


No começo, havia o código, e os desenvolvedores eram responsáveis ​​por tudo. Eles criaram a lógica e a mantiveram em execução nos servidores, mas isso mudou com a expansão e a diferenciação das equipes. Alguns profissionais permaneceram com o código (devs) e outros acabaram cuidando das máquinas (ops).

Atualmente, graças à nuvem e à ascensão dos microsserviços, o software se tornou uma constelação de dezenas e até milhares de componentes rodando em máquinas separadas. Cada um é tecnicamente independente, mas todas essas máquinas devem trabalhar juntas.

A principal tarefa da equipe de DevOps é fornecer toda a orquestração desses aplicativos multifacetados. Eles podem não lidar com a profundidade da arquitetura do software, mas mantêm as peças em funcionamento.

Confira algumas verdades ocultas e conceitos errôneos que têm sido amplamente divulgados.

DevOps não programa

Muitos pensam que o DevOps não faz programação – e eles estão certos. As funções divergiram, e grande parte do trabalho de lidar com bytes e estruturas de dados hoje é atribuído a desenvolvedores que vivem em um mundo diferente.

Estrategicamente, faz sentido isentar os programadores da responsabilidade de manter tudo em funcionamento, porque as suas mentes estão perdidas no meio de toda a abstração. Mas os membros da equipe de DevOps ainda precisam escrever trechos de código e pensar abstratamente sobre estruturas de dados ocultos. Manter tudo funcionando requer inúmeras linhas de comando, mas que geralmente podem ser coletadas e simplificadas.

Continue Lendo “DevOps e seus segredos obscuros”

Material de Apoio – Outubro 2019


Muito bom dia…..

 

Seja bem-vindo a mais um post da sessão Material de Apoio.

Como tem passou estes dias desde o nosso último post? Eu acredito que esteja tudo bem, pois não faz tanto tempo assim desde o nosso último encontro aqui no meu blog.

Quero aproveitar e compartilhar com você que o post de hoje é especial, nele além dos tradicionais arquivos e demais conteúdos disponibilizados, você vai encontrar duas novidades que preparei para serem adicionados a cada novo post da sessão Material de Apoio. E ai, ficou curioso? Calma que a primeira novidade já esta logo abaixo.

Introdução

De uma forma mais objetiva e direta, você vai encontrar em cada post desta sessão uma imagem que representa não exatamente o conteúdo do post, mas sim a época, período ou estação do ano em que o mesmo foi publicado, uma forma diferente e até mesmo divertida que encontrei para tentar te ajudar a lembra do que foi acesso no meu blog.

Essa não é uma sugestão minha, na verdade nos últimos dias recebi alguns e-mails de visitantes que estavam gostando do conteúdo do post, mas as vezes não conseguiam se lembrar o que havia sido acessado, foi ai que pensei em adicionar uma imagem, figura ou símbolo que traga uma certa lembrança mais rápido e fácil ao visitante.

Para o post de hoje, nada mais coerente que do adicionar a imagem de uma árvore como símbolo, a qual seria um Ipê amarelo, denominada Figura 1 apresentada a seguir:

Image result for Arvore IpeFigura 1 – Simbolo que representa conteúdo compartilhado no post 165.

Bom agora que já conhecemos a primeira novidade, vamos avançar mais um pouco e conhecer mais sobre o post de hoje e seu conteúdo.

O post de hoje

Este é o quinto post da sessão em 2019 e de número 165 no total da mesma.

Para aqueles que já acompanham o meu blog a um certo tempo, os posts dedicados a sessão Material de Apoio, possuem o objetivo de compartilhar o conhecimento de recursos, funcionalidades e procedimentos que podemos realizar no Microsoft SQL Server.

Para este post, coletei os mais recentes scripts obtidos nos meses de agosto, setembro e outubro, oriundos de questões apresentadas nos fóruns MSDN/TechNet, é justamente ai que esta importante ferramenta disponível na internet aparece, todos os arquivos compartilhados neste post, que atualmente estão compondo a minha galeria de códigos formada ao longo dos anos de trabalho como DBA e atualmente como Professor de Banco de Dados, foram concebidos com base no entendimento das respectivas dúvidas relacionadas ao Microsoft SQL Server em seus mais diversos recursos e funcionalidades.

Destaco que os arquivos a seguir, não necessariamente foram considerados como respostas para as questões ou dúvidas, como também, não representam a melhor solução, na verdade os respectivos códigos e scripts satisfazem um possível entendimento da minha parte para com o possível entendimento e interpretação do que o participante post.

Neste post você vai encontrar arquivos relacionados com os seguintes temas:

◦ 1 – Identity;
◦ 2 – Transações;
◦ 3 – Serviços do SQL Server;
◦ 4 – Extended Procedure XP_ServiceControl;
◦ 5 – Função Ident_Current;
◦ 6 – Função Scope_Identity;
◦ 7 – Variáveis de Sistema;
◦ 8 – Comando Begin Transaction;
◦ 9 – Comando Rollback Transaction;
◦ 10 – Comando Commit Transaction;
◦ 11 – Diretiva Set Identity_Insert On;
◦ 12 – Diretiva Set Identity_Insert Off;
◦ 13 – Sequencia Numérica;
◦ 14 – DMV sys.dm_server_services;
◦ 15 – Comando DBCC CheckIdent();
◦ 16 – Comando Create Table;
◦ 17 – Comando Insert;
◦ 18 – Comando Select;
◦ 19 – Visão de sistema sys.servers;
◦ 20 – Visão de sistema sys.sysservers;
◦ 21 – Comando Exec;
◦ 22 – Comando Update;
◦ 23 – Constraint Default;
◦ 24 – Data Type DateTime;
◦ 25 – Função GetDate();
◦ 26 – Envio de E-mails;
◦ 27 – Lista de Remententes;
◦ 28 – Função de sistmea sp_send_dbmail;
◦ 29 – Comando Distinct;
◦ 30 – Função Stuff(); e
◦ 31 – Formatação For XML Path().

Espero que este conteúdo possa lhe ajudar em seus atividades profissionais e acadêmicas. Por questões de compatibilidade com a plataforma WordPress.com, todos os arquivos estão renomeados com a extensão .docx ao final do seu respectivo nome, sendo assim, após o download torna-se necessário remover esta extensão, mantendo somente a extensão padrão .sql.

Material de Apoio

1 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Calculando transações por banco de dados desde a inicialização do serviço do SQL Server

2 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Monitorando – Serviços SQL Server através da xp_servicecontrol

3 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Identificando e analisando as diferenças entre Ident_Current, Scope_Identity e Variável de Sistema Identity

4 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Identificando e contando as transações abertas através do Begin Transaction

5 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Refazendo Numeração Identity

6 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Diretiva Set Identity_Insert On

7 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Criando Sequencia Numérica – Sem Identity

8 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Enviando – Email – Lista de Remetentes

9 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Utilizando – sys.dm_server_services – Identificando a conta que esta executando os serviços do SQL Server

10 – Material de Apoio – Outubro 2019 – Retornando a Relação de Serviços ou Servers – SQL Server

Fique a vontade para copiar, editar, compartilhar e distribuir estes arquivos com seus contatos, aproveite se possível deixe seu comentário, críticas, sugestões e observações.

Nota: Todos os arquivos disponibilizados foram obtidos ou criados com autorização de seus autores, sendo estes, passíveis de direitos autorais.

Links

Caso você queira acessar os posts anteriores da sessão, não perca tempo utilize os links listados abaixo:

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2019/08/20/material-de-apoio-agosto-2019/

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2019/06/25/material-de-apoio-junho-2019/

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2019/04/17/material-de-apoio-abril-2019/

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2019/02/04/material-de-apoio-fevereiro-2019/

 

Agora vou apresentar a segunda novidade, que ao meu ver é a mais importante, a sua participação o seu feedback, que em cada post será de suma importância, me ajudando de forma construtiva a melhor o conteúdo aqui compartilhado.


Feedback

Espero que você esteja gostando do conteúdo aqui disponibilizado, como também, possa me ajudar a torná-lo ainda melhor no decorrer do tempo com a sua participação, preenchendo o formulário abaixo:


Agradecimento

Quero agradecer imensamente a sua visita, sinto-me honrado e orgulhoso de contar com a sua presença.

Não deixe de acessar os outros posts das demais sessões, o próximo post desta sessão será publicado no mês de dezembro (2019 já encontra-se no seu fim), até lá, continue aproveitando cada momento da sua vida, desfrutando com muita sabedoria os momentos de galeria e também os desafios que são colocados ao seu redor.

Um forte abraço, aproveite a sua semana.

Obrigado.

Dica do Mês – Identificando os números ausentes em uma sequência numérica


Olá pessoal, bom dia.

Tudo bem? Estamos no ultimo final de semana do mês de Setembro, a primavera chegou, já estamos vivendo a última estação do ano, 2019 voando, passando de forma extremamente rápida, o que muitas vezes não nos deixa perceber o quanto nossa vida é uma correria.

Mesmo com este correira, temos que tentar aproveitar todo tempo disponível dentro das 24 horas diárias para se dedicar também ao que gostamos de fazer, e por isso estou aqui novamente em mais um post do meu blog, que honra ter encontrar aqui neste sábado, sua presença é muito importante.

Ainda mais na sessão Dica do Mês, a qual foi criada á alguns anos com objetivo de compartilhar algo que possa ser considerada como uma dica ou melhores práticas para se trabalhar na área de banco de dados, mais especificamente com o Microsoft SQL Server.

A dica de hoje esta envolvida diretamente com os dados manipulados diariamente por empresas, instituições ou organizações públicas e privadas, me refiro a lançamento feitos através de um SIG – Sistema de Informação Gerencial ou ERP – Enterprise Resource Planning, que muitas vezes utilizamos para dar entrada em lançamento contábeis, movimentações fiscais e financeiras, ou “basicamente” cadastrar uma nota fiscal de recebimento de produto no almoxarifado da empresa.

Para facilitar o entendimento, e server como base de exemplo para nossa dica, dentre as mais diversas áreas, setores e departamentos que constituem uma empresa, selecione para esta dica, uma das mais tradicionais áreas conhecida por muitos como Controle de Estoque vinculado com os lançamentos contábeis.

Mais ainda não ficou claro o objetivo desta dica, não é mesmo? Tenho a certeza que não, mas tenha calma, você vai descobrir a seguir o que estou querendo te apresentar.

Continue Lendo “Dica do Mês – Identificando os números ausentes em uma sequência numérica”

Certificações em Análise de Dados que podem valer a pena e mudar sua carreira

Hoje uma das possíveis maneiras de se destacar no mercado de trabalho, é obter uma certificação relacionada a análise de dados, dentre elas BigData é a onda da vez.


Se você está procurando uma maneira de se destacar no mercado de trabalho, ter uma certificação em big data pode ser uma ótima opção. As certificações medem seus conhecimentos e habilidades em relação a benchmarks específicos para provar aos empregadores que você tem os conhecimentos certos. Pela escassez de talentos, o número de formações está se expandindo rapidamente. Entender a tecnologia certa pode ser um desafio, mas construir a equipe certa com as melhores habilidades para incorporar projetos de big data pode ser ainda mais difícil. Não surpreendentemente, esse desafio é refletido na crescente demanda por habilidades e certificações em Big Data.

A análise de dados e a certificação em big data valem a pena?

As organizações estão em busca de cientistas de dados e analistas com experiência em lidar com big data. Essas habilidades estão em alta demanda e são relativamente raras. Por conta disso, profissionais especializados podem exigir altos salários. Interessou? As certificações certas podem ajudar.
De acordo com uma pesquisa da empresa de análise de tecnologia Foote Partners, a explosão de interesse na internet das coisas (IoT) está criando grande déficits de talentos. A IDC está prevendo um CAGR de 30% nos próximos cinco anos, enquanto a McKinsey espera que a IoT tenha um
impacto econômico global de US$ 4 trilhões a US$ 11 trilhões até 2025.
Image result for imagem analise de dados
A Foote Partners acredita que a análise avançada de dados será um dos principais conhecimentos para o impulsionamento da IoT. Entre essas habilidades estão:
  • Apache Hadoop e módulos relacionados (HDFS, HBase, Flume, Oozie, Hive, Pig, YARN);
  • NoSQL e NewSQL;
  • Apache Spark; e
  • Aprendizado de máquina e mineração de dados.

Continue Lendo “Certificações em Análise de Dados que podem valer a pena e mudar sua carreira”

Material de Apoio – Agosto 2019


Hello everybody, good morning.

 

Seja bem-vindo a mais um post da sessão Material de Apoio. Como você tem passou estes dias desde o nosso último post? Eu acredito que esteja tudo bem, pois não faz tanto tempo assim desde o nosso último encontro aqui no meu blog.

 

Posso dizer que o mês de julho foi bastante intenso e repleto de atividades, mesmo estando alguns dias em casa e curtindo um pequeno Descanso em conjunto com a minha família, me dediquei muito a participar a manter uma das minhas principais atividades como MVP em Data Platform, cuidar dos fóruns MSDN/TechNet aqui no Brasil dedicados exclusivamente ao Microsoft SQL Server, não foi fácil, por incrível que parece nestes últimos 40 dias o volume de participantes e questões cresceu de forma considerável, isso é muito bom, várias e várias questões interessantes e desafiadoras, e como eu sempre digo aprender não custa nada, na verdade custa sim, custa você querer e se dedicar. Não é mesmo!

 

Mas qual é o motivo de iniciar mais este post falando sobre os fóruns MSDN/TechNet, calma, fique tranquilo, daqui a pouco você vai descobrir. Dando continuidade, estou de volta cumprindo a minha missão de colaborar e compartilhar com a comunidade técnica mais um post desta que é uma das sessões mais importantes existentes no meu blog.

Espero que você esteja gostando do conteúdo aqui disponibilizado, como também, possa me ajudar a torná-lo ainda melhor no decorrer do tempo com a sua participação.

 

O post de hoje

Seja bem-vindo a mais um post da sessão Material de Apoio, sendo o quarto post da sessão em 2019 e de número 164 no total da mesma.

Para aqueles que já acompanham o meu blog a um certo tempo, os posts dedicados a sessão Material de Apoio, possuem o objetivo de compartilhar o conhecimento de recursos, funcionalidades e procedimentos que podemos realizar no Microsoft SQL Server.

Hoje será um pouco diferente, estou trazendo alguns dos mais recentes scripts catalogados nos meses de junho e julho, oriundos de questões apresentadas nos fóruns MSDN/TechNet, é justamente ai que esta importante ferramenta disponível na internet aparece, todos os arquivos compartilhados neste post, que atualmente estão compondo a minha galeria de códigos formada ao longo dos anos de trabalho como DBA e atualmente como Professor de Banco de Dados, foram concebidos com base no entendimento das respectivas dúvidas relacionadas ao Microsoft SQL Server em seus mais diversos recursos e funcionalidades.

Destaco que os arquivos a seguir, não necessariamente foram considerados como respostas para as questões ou dúvidas, como também, não representam a melhor solução, na verdade os respectivos códigos e scripts satisfazem um possível entendimento da minha parte para com o possível entendimento e interpretação do que o participante post.

Neste post você vai encontrar arquivos relacionados com os seguintes temas:

◦ 1 – Bloqueios de Querys e Transações;
◦ 2 – Cláusula Where;
◦ 3 – Comando Begin
◦ 4 – Comando Case When;
◦ 5 – Comando Case;
◦ 6 – Comando Create Table
◦ 7 – Comando Declare;
◦ 8 – Comando End;
◦ 9 – Comando Insert;
◦ 10 – Comando Select;
◦ 11 – Comando Set;
◦ 12 – Comando Union All;
◦ 13 – Comando Union;
◦ 14 – Common Table Express
◦ 15 – Concatenação de Strings;
◦ 16 – Consumo de Energia;
◦ 17 – DataType Int,
◦ 18 – DataType SmallInt,
◦ 19 – DataType TinyInt;
◦ 20 – Derived Table
◦ 21 – Encontrando HeadBlockers;
◦ 22 – Extended Stored Procedure XP_Regread;
◦ 23 – Função Stuff();
◦ 24 – Gerando Totais e Subtotais;
◦ 25 – Isolation Level Read Committed;
◦ 26 – Isolation Level Read Uncommitted;
◦ 27 – Movimentação de Saldo de Estoque;
◦ 28 – Níveis de Hierarquia de dados;
◦ 29 – Níveis de Isolamento;
◦ 30 – Operador Cross Apply;
◦ 31 – Operador Lógico Condicional While;
◦ 32 – Operador Outer Apply;
◦ 33 – Transferindo o Saldo de Estoque para o próximo mês;
◦ 34 – Visão de Compatibilidade sys.sysprocesses.

Espero que este conteúdo possa lhe ajudar em seus atividades profissionais e acadêmicas. Por questões de compatibilidade com a plataforma WordPress.com, todos os arquivos estão renomeados com a extensão .docx ao final do seu respectivo nome, sendo assim, após o download torna-se necessário remover esta extensão, mantendo somente a extensão padrão .sql.

Material de Apoio

1 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Consultando as configurações de energia do servidor.sql

2 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Entendendo os operador Apply em conjunto com Cross e Outer.sql

3 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Identificando o nível de isolamento atualmente em uso.sql

4 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Montando uma Derived Table.sql

5 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Analisando movimentação de Saldos e transportando para o próximo mês caso necessário.sql

6 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Concatenação de string diretamente no select + Stuff.sql

7 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Encontrando HeadBlockers e resolvendo bloqueios.sql

8 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Gerando totais e subtotais parciais agrupando dados sem nível de hierarquia.sql

9 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Transaction Isolation Levels – Read Committed e Read Uncommitted.sql

10 – Material de Apoio – Agosto – 2019 – Criando uma agenda com intervalos de 30 minutos.sql

Fique a vontade para copiar, editar, compartilhar e distribuir estes arquivos com seus contatos, aproveite se possível deixe seu comentário, críticas, sugestões e observações.

Nota: Todos os arquivos disponibilizados foram obtidos ou criados com autorização de seus autores, sendo estes, passíveis de direitos autorais.

Links

Caso você queira acessar os posts anteriores da sessão, não perca tempo utilize os links listados abaixo:

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2019/06/25/material-de-apoio-junho-2019/

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2019/04/17/material-de-apoio-abril-2019/

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2019/02/04/material-de-apoio-fevereiro-2019/

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2018/12/18/material-de-apoio-dezembro-2018/

Agradecimento

Quero agradecer imensamente a sua visita, sinto-me honrado e orgulhoso de contar com a sua presença.

Não deixe de acessar os outros posts das demais sessões, o próximo post desta sessão será publicado no mês de outubro, até lá, continue aproveitando cada momento da sua vida, desfrutando com muita sabedoria os momentos de galeria e também os desafios que são colocados ao seu redor.

A strong embrace, great health, success, we meet soon.

Thanks.

#26 – Para que serve

Conheça uma pequena introdução sobre os Níveis de Isolamento, destacando de forma prática o Read Uncommitted.


Olá, pessoal, bom dia.

Como vocês estão? Já fazem alguns meses que não nos encontramos nesta sessão em meu blog, fico feliz em te encontrar novamente. Seja bem-vindo a mais um post da sessão Para que Serve, post de número 26, em mais um dia de muitas atividades, afazeres e compromissos profissionais, domésticos (sim, eu adoro ajudar a minha esposa, cuidar da nossa casa…..) e claro acadêmicos.

Neste post quero destacar uma parte de um dos recursos mais importantes, impactantes e tradicionais do Microsoft SQL Server existente deste sua primeira versão, o qual esta totalmente relacionamento com o comportamento de nossas transações, querys e processamentos que possam estar sendo realizados neste momento em nossos servidores ou instâncias.

Sendo direto e reto no assunto, você que esta neste momento lendo este post e trabalhando com seus dados, tabelas e bancos no SQL Server esta fazendo uso dele sem talvez saber que ele exista, me refiro ao tradicionais Níveis de Isolamento de Transações ou Transaction Isolation Levels.

Você se lembra da existência deste recurso e o quanto ele é importante? Pois bem, caso não se lembra, a partir deste post e provavelmente os próximos 2 ou 3 futuros serão dedicados nesta sessão a apresentar de forma simples, prática e muito didática como podemos fazer uso deste recurso em nossas transações, seus comportamentos, vantagens e desvantagens (isso se elas existirem) e principalmente os riscos ao fazer uso talvez de uma forma não muito indicada.

Sendo assim, chegou a hora de conhecer um pouco mais sobre o post de número 25 da sessão Para que serve. Mas uma vez, bem vindo ao #26 – Para que serve – Apresentando os nível de isolamento Read Uncommitted.

Espero que você esteja animado para conhecer um pouco mais sobre este recurso, caso já conheça, continue lendo este post, sempre podemos aprender algo novo….

Continue Lendo “#26 – Para que serve”

Material de Apoio – Junho 2019


Olá, muito boa tarde….

Tudo bem? Antes de começar este post, quero lhe perguntar: Esta preparado para férias de meio de ano? Ainda não, como diria aquele famoso apresentando “O louco meu…..”, poxa vida, eu não vejo a hora de poder descansar um pouco, mesmo não sendo férias, mas sim um pequeno recesso de 10 ou 15 dias já ajuda bastante.

Pois bem, antes de pensarmos neste merecido descanso, estou de volta cumprindo a minha missão de colaborar e compartilhar com a comunidade técnica mais um post da sessão Material de Apoio dedicado exclusivamente ao meu blog.

Espero que você esteja gostando do conteúdo aqui disponibilizado, como também, possa me ajudar a torná-lo ainda melhor no decorrer do tempo com a sua participação.

O post de hoje

Seja bem-vindo a mais um post da sessão Material de Apoio, sendo o terceiro post da sessão em 2019 e de número 163 no total da mesma.

Para aqueles que já acompanham o meu blog a um certo tempo, os posts dedicados a sessão Material de Apoio, possuem o objetivo de compartilhar o conhecimento de recursos, funcionalidades e procedimentos que podemos realizar no Microsoft SQL Server.

Hoje não será diferente, estou trazendo alguns dos mais recentes scripts catalogados nos últimos meses, que atualmente estão compondo a minha galeria de códigos formada ao longo dos anos de trabalho como DBA e atualmente como Professor de Banco de Dados.

Neste post você vai encontrar arquivos relacionados com os seguintes temas:

1 – Begin Catch;
2 – Begin Try;
3 – Buffer Page;
4 – Chave Estrangeira;
5 – Chave Primária;
6 – Cláusula From;
7 – Cláusula Where;
8 – Comando DBCC Ind;
9 – Comando DBCC Page;
10 – Comando DBCC TraceOff;
11 – Comando DBCC TraceOn;
12 – Comando Delete;
13 – Comando Exec;
14 – Comando Insert;
15 – Comando Order By;
16 – Comando Select;
17 – Comando Update;
18 – Create Function;
19 – Create Stored Procedure;
20 – Create Table;
21 – Create View;
22 – DataType Char();
23 – DataType Int;
24 – DataType SmallInt;
25 – Diretiva Set;
26 – End Catch;
27 – End Try;
28 – ForceSeek;
29 – Função Error_Line();
30 – Função Error_Message();
31 – Função Error_Number();
32 – Função Error_Procedure();
33 – Função Error_Severity();
34 – Função Error_State();
35 – Funções de Captura e Apresentação de Erros;
36 – Funções Analíticas;
37 – Funções de Ranking;
38 – Heap Table;
39 – Índices;
40 – Key Lookup;
41 – OffSet Table;
42 – Operador Lógico Condicional Case;
43 – Operador Lógico Condicional IF;
44 – Page Header;
45 – Páginas de Dados;
46 – Registros Fantasmas;
47 – System Table Sys.SysIndexes;
48 – System Table Sys.Tables;
49 – System View Sys.index_columns;
50 – System View Sys.indexes; e
51 – Tratamento de Erros e Exceções.

Espero que este conteúdo possa lhe ajudar em seus atividades profissionais e acadêmicas. Por questões de compatibilidade com a plataforma WordPress.com, todos os arquivos estão renomeados com a extensão .docx ao final do seu respectivo nome, sendo assim, após o download torna-se necessário remover esta extensão, mantendo somente a extensão padrão .sql.

Material de Apoio

1 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Criando Stored Procedure + Tratamento de Erros com Begin Try.sql

2 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Criando uma Heap Table, Adicionando Primary Key e Simulando uso de índices Clustered.sql

3 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Simulando – Cenários de utilização de índices.sql

4 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Simulando Key Lookup.sql

5 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Acessando as informações sobre índices e página de dados.sql

6 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Trabalhando com Views – Funções de Agregação – Junção de Tabelas.sql

7 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Identificando as colunas utilizadas em uma view.sql

8 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Utilizando Claúsula Output.sql

9 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Trabalhando com funções de Ranking.sql

10 – Material de Apoio – Junho – 2019 – Trabalhando com funções analíticas.sql

Fique a vontade para copiar, editar, compartilhar e distribuir estes arquivos com seus contatos, aproveite se possível deixe seu comentário, críticas, sugestões e observações.

Nota: Todos os arquivos disponibilizados foram obtidos ou criados com autorização de seus autores, sendo estes, passíveis de direitos autorais.

Links

Caso você queira acessar os posts anteriores da sessão, não perca tempo utilize os links listados abaixo:

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2019/04/17/material-de-apoio-abril-2019/

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2019/02/04/material-de-apoio-fevereiro-2019/

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2018/12/18/material-de-apoio-dezembro-2018/

https://pedrogalvaojunior.wordpress.com/2018/10/30/material-de-apoio-outubro-2018/

Agradecimento

Quero agradecer imensamente a sua visita, sinto-me honrado e orgulhoso de contar com a sua presença.

Não deixe de acessar os outros posts das demais sessões, o próximo post desta sessão será publicado no mês de agosto, até lá, continue aproveitando cada momento da sua vida, desfrutando com muita sabedoria os momentos de galeria e também os desafios que são colocados ao seu redor.

Um forte abraço, muita saúde, sucesso, nos encontramos em breve.

Valeu.